Fale Conosco!

Nome: E-mail: Telefone Cidade: Mensagem:

26/11/2011 - Defesa do empresário Elissandro Sphor diz que jamais tentou impedir júri da Boate Kiss

Julgamento sobre a tragédia terá início no dia 1º de dezembro em Porto Alegre

"O júri da Boate Kiss será realizado no dia 1º de dezembro em Porto Alegre. Não existe nenhuma atitude minha dentro dos autos que represente qualquer tentativa minha de não realização do julgamento". A declaração foi feita pelo advogado Jader Marques, responsável pela defesa do empresário Elissandro Sphor, o Kiko, um dos sócios da Boate Kiss, durante entrevista coletiva realizada em Porto Alegre.

 

Durante aproximadamente uma hora, o advogado ressaltou que nunca disse que o júri não seria realizado. "Entrei na defesa do meu cliente no dia 28 de janeiro de 2013. Existe uma certa confusão na atividade do profissional do Direito e em nenhum momento entrei com recursos ou pedidos para que o júri não se realizasse. Jamais fiz isso", ressaltou.

 

Conforme Marques, tanto ele quanto o empresário Elissandro Sphor jamais defenderam o adiamento do júri da Boate Kiss. “Elissandro Spohr está lá e é o único, até agora, que não afasta a sua parcela de responsabilidade. E por ela será julgado. Ele devia ser indiciado, devia ser processado e devia ser julgado. E vai ser. Não há nenhum movimento para impedir que isso aconteça”, acrescentou.

 

O advogado pediu ainda que a Justiça invalide simulador criado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul. Segundo Marques, a maquete 3D não é fiel às medidas da casa noturna de Santa Maria. A defesa de Elissandro Spohr, ex-sócio da Boate Kiss que responde pela morte de 242 pessoas no incêndio de 27 de janeiro de 2013, encaminhou nesta sexta-feira o pedido de desconsideração da maquete virtual apresentada pelo Ministério Público.

O software, desenvolvido por profissionais vinculados à Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), é uma representação virtual da casa noturna onde aconteceu a maior tragédia da história gaúcha. Segundo Marques, existe uma série de problemas na construção da maquete 3D. As medidas usadas pelos pesquisadores, por exemplo, seriam diferentes das relatadas pelo Instituto-Geral de Perícias (IGP) no laudo da boate.

 

O advogado informou que vai levar um simulador diferente, feito a pedido do empresário, realizado por uma empresa privada. “Não está sendo possível abrir o software para ver a maquete 3D juntada pelo Ministério Público. Meu problema é com o conteúdo desse software. Ele tem impropriedades técnicas, não está de acordo com o laudo. Se ele for mantido como ferramenta do júri, precisa ter a observação dos seus erros para não induzir aos jurados a pensarem coisas que a planta do IGP não tem”, acrescentou.

Documentário

O advogado que representa Elissandro Spohr falou ainda sobre o documentário produzido pela equipe de Spohr.  O trabalho é criticado por familiares da vítima e dos sobreviventes. Conforme Marques, o documentário é o retrato de uma outra realidade, que mostra um homem preso na noite da tragédia do dia 27 de janeiro de 2013.

 

Para Marques, o empresário tem responsabilidade na tragédia, mas não é o único, ou o maior culpado, pelas vidas perdidas na Boate Kiss. “Não há nada a ser encoberto. Nos últimos nove anos, nós ouvimos, vemos e nos deparamos com o depoimento das pessoas que sofrem. E esse sofrimento é legítimo. O Elissandro Spohr, quase todos os dias, entra em contato comigo e expõe esta angústia com as coisas noticiadas. O documentário é o registro de um sofrimento diário, que nunca veio a público. O entendimento até aqui é de que todo sofrimento é legitimado, menos o dele.”, afirma.

 

A linha de argumentação que será levada pela defesa do réu ao julgamento no dia 1º de dezembro, é de que mais pessoas deviam estar no banco dos réus. Segundo Marques, deveriam estar no julgamento as pessoas que autorizaram o funcionamento da boate quando ela foi criada, em 2009, antes de Spohr assumir a administração do local. O simulador desenvolvido a pedido de Jader tem dois cenários: o primeiro mostrando a Kiss em 2013, e o segundo em 2009.

 

Tragédia

 

Em 27 de janeiro de 2013 a Boate Kiss sediou a festa universitária denominada “Agromerados”. No palco, se apresentava a banda Gurizada Fandangueira, quando um dos integrantes disparou um artefato pirotécnico, atingindo parte do teto do prédio, que pegou fogo. O incêndio, que se alastrou rapidamente, causou a morte de 242 pessoas e deixou mais de 600 feridos. As responsabilidades são apuradas em seis processos judiciais. O principal tramitou na 1ª Vara Criminal da Comarca, foi dividido e originou outros dois (falso testemunho e fraude processual).

 

No processo criminal, os empresários e sócios da Boate Kiss, Elissandro Callegaro Spohr, o Kiko, e Mauro Londero Hoffmann, o vocalista da Banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos e o produtor musical Luciano Bonilha Leão, respondem por homicídio simples (242 vezes consumado, pelo número de mortos; e 636 vezes tentado, número de feridos). Eles serão julgados por um Conselho de Sentença, no Tribunal do Júri, no dia 1º de dezembro de 2021, no plenário das Varas do Júri da Comarca de Porto Alegre, junto ao Foro Criminal.

Foi concedido o desaforamento (transferência de julgamento para outra comarca) a três réus - Kiko, Hoffmann e Santos - para serem julgados em uma Vara do Júri da Comarca de Porto Alegre. Bonilha foi o único que não manifestou interesse na troca, mas, através de um pedido de desaforamento do Ministério Público, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) determinou que ele se juntasse aos outros, em um julgamento único, na Capital.

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/11/2021 - Turismo nacional deve encerrar o ano com crescimento de 16%

A estimativa de faturamento é de R$ 130 bilhões, diz FecomercioSP

O turismo brasileiro deve terminar o ano com crescimento de 16% e faturamento de R$ 130 bilhões, 22% inferior ao registrado no período pré-pandemia, de acordo com dados do levantamento do Conselho de Turismo (CT) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

 

Os segmentos que registraram os resultados mais expressivos, a partir do quarto mês do ano, foram os de transporte aéreo, com alta anual de 83,9% e serviços de alojamento e alimentação, que teve elevação de 61,9%. “No entanto, a base de comparação explica o resultado, pois, esses foram os setores que mais sofreram o impacto da crise em 2020, estando, também, abaixo do patamar de abril de 2019”, diz a FecomercioSP.

 

Segundo os dados, a demanda dos passageiros aéreos atingiu nível superior a 6 milhões em julho, mantendo-se no mesmo nível nos meses seguintes. Até junho esses números estavam menores do que 5 milhões de pessoas. A perspectiva da Fecomercio é a de que o transporte aéreo encerre o ano com faturamento de R$ 37,8 bilhões, o que representa um crescimento anual de 30,5%. “Porém, ainda 36% abaixo do nível de 2019. Já o resultado projetado do último trimestre deve ser 12% menor em relação ao mesmo período do ano pré-pandemia”, estima a entidade.

 

O transporte rodoviário (intermunicipal, interestadual e internacional), que apresentou quedas relativamente modestas no início do ano, deve encerrar 2021 com alta de 9% e faturamento de R$ 17,7 bilhões (5,1% abaixo do patamar de 2019). Para o transporte aquaviário, a projeção de alta é 8,4% (R$ 467 milhões em valores absolutos).

 

Para o grupo de locação de veículos, agência e operadoras de turismo, a expectativa é que haja aumento no faturamento de 4,2%, chegando a R$ 29 bilhões. Na comparação com 2019, o nível ainda é 8,5% abaixo do obtido. Embora negativo, é um dos resultados relativos mais favoráveis entre os setores analisados pelo levantamento. O último trimestre deve registrar um ritmo de crescimento de 7%.

 

Os dados indicam ainda que o grupo de alimentação e alojamento deve registrar alta de 15,9%, com faturamento de R$ 25 bilhões, um quadro ainda negativo quando comparado ao ano de 2019, quando a alta foi de 26%.

 

Para as atividades culturais, recreativas e esportivas, a projeção para a segunda metade do ano é aumento de 11,7%, encerrando 2021 com alta de 1,9%. No primeiro semestre de 2021 houve queda de 7,4% nesse grupo. “Como este grupo depende, essencialmente, do número de pessoas completamente imunizadas, com o ritmo de vacinação bem estabelecido, a tendência é que haja cada vez mais aumento de público e atividades no próximo ano, dando condições para uma recuperação mais robusta”, diz a FecomercioSP.

 

Impacto da inflação no turismo

Apesar de os números apontarem para um bom desempenho no início de 2022, o processo inflacionário, que impacta tantos as famílias como as empresas, pode limitar um crescimento mais expressivo do setor no próximo ano, embora o dólar alto ainda mantenha a atratividade do turismo doméstico, que passou a ser “descoberto” por muitos brasileiros.

 

Segundo a presidente do CT da FecomercioSP, Mariana Aldrigui, a pressão da inflação no orçamento das famílias é, e continuará sendo, o fator mais importante a ser observado no próximo ano, principalmente a partir de março, quando a demanda começa a diminuir. “Infelizmente, como em outros momentos relevantes para o turismo, fez-se muito pouco em termos de investimentos, oferta de crédito e estímulo à inovação, o que deixa o Brasil ainda mais dependente de seu mercado interno”, analisou.

 

O levantamento, com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o setor tem enfrentado inflação de 16,75% nos últimos 12 meses. Esta variação é superior à média do Índice de Preços do Consumidor Amplo (IPCA), de 10,67%. Isto é, há um avanço real de preços do turismo de 5,49%. As passagens aéreas são as principais responsáveis pela alta. Em 12 meses, o preço aumentou 50,11%, resultado da demanda reprimida pela pandemia e do aumento de custos, sobretudo do querosene (QAV), que subiu 90%, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

 

Segundo as análises da FecomercioSP, a alta do combustível e da energia elétrica deve impactar outras atividades importantes do setor, como hotéis e translados, que repassarão os custos aos consumidores e aos pacotes turísticos, pressionando os valores nos próximos meses. Embora algumas atividades ainda não repassem a inflação para o preço final (caso da hospedagem, que teve aumento médio de preços de 4,44%), como o processo inflacionário atual é estrutural, o ajuste é questão de tempo e deve continuar, pelo menos, até metade do próximo ano.

 

“O resultado não surpreende, uma vez que já se previa um aumento considerável da demanda, que esteve reprimida ao longo dos últimos 18 meses. Os aumentos generalizados nos insumos de todos os setores também colaboram com a elevação dos preços, e é provável que a curva de aumento siga ascendente nos próximos meses (pelo menos até o carnaval), podendo ser revertida somente em caso de queda acentuada na demanda”, disse Aldrigui.

 

 

 

Fonte; Agência Brasil

26/11/2021 - Receita Federal e Denarc apreendem 1,6 tonelada de tetracaína na BR 448, em Porto Alegre

Produto químico, avaliado em R$ 6 milhões, é misturado pelos traficantes na cocaína

Um carregamento com 1,6 tonelada de tetracaína, insumo usado para ser misturado na cocaína, foi apreendido em uma operação conjunta da Receita Federal e do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil em Porto Alegre. O produto químico, de cor branca, foi avaliado em torno de R$ 6 milhões. O resultado da ação foi divulgado na manhã desta sexta-feira.

 

Na madrugada da última quarta-feira, um caminhão Mercedes-Benz 1113, com placas de Santana do Livramento, monitorado pela Receita Federal, foi abordado na BR 448 (Rodovia do Parque), perto da Arena do Grêmio. O veículo estava carregado com cerca de nove toneladas de sucatas, mas ocultava 150 caixas de papelão contendo sacos plásticos bem vedados no seu interior, cheios do produto químico, de cor branca, usado pelos traficantes.

 

O motorista do caminhão, de 28 anos, sem antecedentes, natural de Santana do Livramento, foi autuado em flagrante delito por tráfico de drogas. A confirmação de que a substância era tetracaína foi realizada pelo Departamento de Perícia Laboratorial do Instituto-Geral de Perícias, que emitiu laudo oficial do teste positivo com reagentes. "Em altas doses, associada à cocaína, a tetracaína pode ocasionar depressão do sistema nervoso central, com risco até de parada cardíaca, coma e morte por overdose", alertou o IGP.

 

Conforme a Receita Federal, as duas instituições monitoravam nos últimos meses as rotas rodoviárias que seriam utilizadas para transporte de drogas, armas e produtos ilícitos, da fronteira com o Uruguai para Porto Alegre.

O delegado Alencar Carraro, do Denarc, observou que a tetracaína é “um anestésico local extremamente potente, sujeita a controle e fiscalização pela Anvisa”. Ele destacou que o combate às organizações criminosas exige a atuação conjunta das diversas instituições. “A Receita Federal e o Denarc têm desenvolvido diversas ações em conjunto que propiciaram excelentes resultados na localização de drogas, armas e demais bens de origem ilícita, e na identificação de criminosos que atuam organizadamente”, frisou.

 

Segundo o delegado Alencar Carraro, um inquérito policial foi aberto para aprofundamento das investigações, visando identificar os demais envolvidos no transporte de drogas e insumos oriundos da fronteira para a Capital e Região Metropolitana.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/11/2021 - Anvisa recomenda restrições de voo diante de nova variante de covid-19

Decisão foi tomada após registro de nova variante do Sars-CoV-2

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta sexta-feira (26) uma nota técnica em que recomenda ao governo brasileiro medidas de restrição para voos e viajantes procedentes da África do Sul, de Botsuana, de Eswatini, do Lesoto, da Namíbia e do Zimbábue. A decisão foi tomada diante do registro de uma nova variante do Sars-CoV-2 identificada como B.1.1.529.

 

"De acordo com a Lei 13.979/2020, compete à Anvisa emitir manifestação técnica fundamentada de assessoramento às decisões interministeriais sobre eventuais restrições para ingresso no território brasileiro", informou a agência. "A efetivação das medidas, contudo, depende de portaria interministerial editada conjuntamente pela Casa Civil, pelo Ministério da Saúde, pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública", completou.

 

A nota técnica recomenda medidas restritivas de caráter temporário em relação a voos e viajantes procedentes dos seis países tendo em vista a detecção recente da variante nessas localidades. "Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), essa nova variante parece ter maior transmissibilidade e provavelmente está ligada ao aumento contínuo de infecções por SARS-CoV-2 nos referidos países, cuja cobertura vacinal ainda encontra-se baixa".

Ainda segundo o documento, países como Itália, Alemanha e Reino Unido já começaram a adotar medidas de restrição de trânsito de viajantes provenientes dessas regiões. Autoridades da Comissão Europeia também indicam que, em coordenação com os estados-membros, pretendem adotar restrições em todo o bloco.

 

Entenda

De acordo com a Anvisa, a recomendação é que o governo brasileiro siga as seguintes medidas protetivas:

- Suspensão imediata dos voos procedentes da África do Sul, de Botsuana, de Eswatini, do Lesoto, da Namíbia e do Zimbábue;

- Suspensão, em caráter temporário, da autorização de desembarque no Brasil de viajante estrangeiro com passagem pelos seis países nos últimos 14 dias, que não se enquadre nas exceções a serem determinadas pelos órgãos competentes e de imigração;

- Realização de quarentena, logo após o desembarque no Brasil, para viajantes brasileiros e seus acompanhantes legais ou que se enquadrem nas excepcionalidades previstas na Portaria 658/2021, com origem ou histórico de passagem pelos seis países nos últimos 14 dias que antecedem a entrada no Brasil.

 

"Considerando não haver, no momento, malha aérea com voos procedentes diretamente da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue para o Brasil e visando o controle da disseminação de nova variante do SARS-CoV-2 identificada, a Anvisa recomenda a restrição de entrada de viajantes com essas procedências por qualquer meio de transporte (aéreo, rodoviário ou aquaviário)", destacou a agência.

Outra orientação é que, até que as medidas restritivas sugeridas sejam implementadas, seja reforçado o monitoramento, por parte das autoridades de saúde, de viajantes procedentes dos países citados com desembarque no Brasil.

 

"Considerando o atual cenário epidemiológico, destacamos que a Anvisa mantém a recomendação para evitar viagens não essenciais, em especial à África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue", concluiu.

 

 

Fonte: Agência Brasil

25/11/2021 - Mulher que confessou matar grávida para roubar bebê é condenada em Santa Catarina

Em um julgamento que durou 15 horas e ocorreu na Câmara de Vereadores de Tijucas, com público restrito pelas medidas sanitárias contra a covid-19, o Conselho de Sentença do Tribunal atendeu integralmente à denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e condenou Rozalba Maria Grimes que matou a professora Flavia Godinho pra lhe retirar da barriga o filho de 36 semanas de vida, ainda em gestação. A ré foi condenada por homicídio com cinco qualificadoras contra a mãe e por homicídio qualificado tentado (tentativa de homicídio) contra o bebê. Além disso, ela também deverá cumprir pena por mais quatro crimes relacionados aos dois homicídios.

 

As penas somadas chegam a 56 anos e 10 meses de reclusão em regime inicial fechado, mais oito meses de detenção. A ré pode recorrer da sentença, mas não em liberdade, pois já cumpre prisão preventiva pelos crimes e os motivos que levaram a essa medida continuam presentes, conforme determinou o Juiz José Adilson Bittencourt Júnior. Além, disso, pelo crime de homicídio, a pena foi superior a 15 anos de reclusão, o que também determina o cumprimento imediato da pena.

 

Após o julgamento, o Promotor de Justiça Alexandre Carrinho Muniz, que atuou em colaboração como integrante do Grupo Especial de Atuação do Tribunal do Júri (GEJURI) do MPSC, comentou a decisão dos jurados, que seguiram o entendimento do Ministério Público e consideraram a ré como plenamente consciente de seus atos e, por isso, mentalmente apta a pagar pelos crimes na Justiça: "É o resultado de um trabalho que o Ministério Público fez, em conjunto com a Polícia Civil, em que nós conseguimos demonstrar não só a questão da materialidade e da autoria, que me pareceu bastante incontroversa, mas também de identificar - até por parte do IGP que fez um excelente trabalho na confecção do laudo de sanidade mental - que ela tinha plena capacidade entender o caráter ilícito dos fatos e também de ter controle sobre seus atos", comentou.

 

Entenda os crimes pelos quais Rozalba foi condenada

Homicídio cinco vezes qualificado contra Flávia Godinho, subtração de incapaz e parto suposto.

 

No dia 27 de agosto de 2020, Rozalba preparou uma emboscada para matar a professora Flávia, que estava a poucos dias de dar à luz seu primeiro filho, com a intenção de lhe retirar o bebê da barriga e tomá-lo para si. Para consumar os seus planos, durante meses, Rozalba se aproximou da professora, que era apenas uma conhecida sua, e conquistou a sua confiança a enganando, mentindo que também estaria esperando um bebê.

 

Com isso, no dia dos crimes, Rozalba facilmente convenceu Flávia a acompanhá-la para uma surpresa - um chá de bebê (inexistente) que estaria sendo organizado por ela e as amigas da vítima. Flávia se deixou ser vedada e, sem ver o que a esperava, foi atacada por Rozalba, que golpeou a cabeça da vítima várias vezes.

 

Com a vítima inconsciente devido aos golpes, Rozalba usou um estilete para lhe abrir o ventre e extrair do útero de Flávia o filho, ainda em gestação. Flávia morreu devido à hemorragia causada pelo parto em condições precárias e realizado de forma brutal.

 

As circunstâncias do homicídio configuram as qualificadoras de motivo torpe, pela dissimulação, praticado com recurso que dificultou a defesa da vítima e com meio cruel, para possibilitar a prática de outro crime (subtração de incapaz e parto suposto) e feminicídio (já que a morte de Flávia está diretamente relacionada à sua condição do sexo feminino, devido à sua gravidez). A pena também foi aumentada, como pediu o Ministério Público, porque a vítima era gestante. Ela também foi condenada pela subtração do bebê de sua mãe verdadeira e por ter simulado o parto de seu filho, que nunca existiu.

 

Tentativa de homicídio qualificado contra o bebê (homicídio tentado do neonato)

 

Como a criança foi gravemente ferida pelo estilete usado para retirá-lo do ventre de sua mãe, o bebê que ainda estava em gestação, quase morreu. Rozalba não tinha qualificação alguma para realizar uma cirurgia como uma cesariana, tampouco tinha a intenção de realizar tal procedimento. A acusada apenas queria retirar o bebê da barriga de Flávia e, com isso, colocou em risco a vida da criança de forma consciente, assumindo a possibilidade de matá-la. Além disso, o bebê nunca teria chance de se defender, circunstância que leva à qualificação deste crime como homicídio qualificado tentado, com o uso de recurso que tornou impossível a defesa da vítima.

 

Fraude processual e ocultação de cadáver

Após cometer os crimes contra a vida da mãe e do bebê em gestação, Rozalba fez o que pode para acobertar os seus atos e prejudicar as investigações e o processo: escondeu o corpo de Flavia no forno de uma cerâmica, o que fez com que o cadáver só fosse encontrado no dia seguinte aos crimes e a vítima chegasse a ser dada como desaparecida. A ré também escondeu o celular da Flávia, onde havia certamente provas contra ela.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

25/11/2021 - Enem serve de acesso ao ensino superior no Brasil e em Portugal

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começou a ser aplicado no último domingo (21) e segue no próximo dia 28. Trata-se do maior exame de acesso ao ensino superior do país. Com as notas em mãos, é possível concorrer a vagas em instituições públicas e privadas em todo o Brasil e também em instituições estrangeiras.

Um dos principais programas federais que utilizam a nota do Enem é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para vagas em instituições públicas de ensino superior. Para concorrer, os candidatos não podem ter tirado zero na prova de redação. O Sisu geralmente tem duas edições no ano. A primeira delas ocorre em janeiro do ano seguinte à aplicação do Enem.

 

Por causa da pandemia, o calendário do Sisu 2021 foi atípico. Com as aulas suspensas para evitar a propagação do novo coronavírus, as universidades precisaram adaptar os períodos letivos. A expectativa é que, em 2022, o cronograma comece a ser regularizado.

 

O Programa Universidade para Todos (ProUni), por sua vez, seleciona estudantes para bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior. As bolsas podem ser integrais, de 100% da mensalidade, ou parciais, de 50%. Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. É preciso também não ter zerado a redação do Enem e ter obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas das provas.

 

Assim como o Sisu, o ProUni tem duas edições no ano. Em 2021, o ProUni também foi atípico por causa da pandemia. A primeira edição do programa utilizou as notas do Enem 2019, para que o calendário não sofresse impacto. As notas do Enem 2020, cujas provas ocorreram em janeiro e fevereiro deste ano, foram usadas na segunda edição do ProUni 2021.

 

Agora, o programa deverá ser normalizado. Os estudantes que fizeram o Enem 2021 poderão concorrer às bolsas do ProUni 2022. O ProUni geralmente ocorre após o Sisu.

 

A nota pode também ser usada para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que oferece recursos a condições mais atrativas que as disponíveis no mercado.

 

Além dos processos seletivos conduzidos pelo governo federal, as instituições de ensino públicas e privadas têm liberdade para usar as notas em processos próprios. Os candidatos podem checar nas instituições onde têm interesse em estudar quais são os critérios adotados.

 

Instituições de ensino estrangeiras também utilizam as notas do Enem em processos seletivos. Atualmente, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) tem convênio com 51 instituições de ensino em Portugal. Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas. A lista das instituições está disponível no portal do Inep. 

 

Enem 2021

No primeiro dia do Enem, os candidatos fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. Ao todo, dos 3,1 milhões de inscritos, 74% compareceram ao exame. No segundo dia, os participantes farão as provas de matemática e ciências da natureza. Por causa da pandemia, o exame adotou uma série de medidas de segurança. 

 

Questões do Enem

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) tem uma programação intensa de cobertura do Enem, com dicas e correção de provas. Mais informações estão disponíveis aqui. Para testar os conhecimentos, os estudantes podem acessar gratuitamente o Questões Enem, um banco que reúne todas as questões do exame de 2009 a 2020. No sistema, é possível escolher quais áreas do conhecimento se quer estudar. O banco seleciona as questões de maneira aleatória.

 

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

25/11/2021 - Acidente de trânsito deixa um morto e um ferido na BR 290, em Butiá

No trecho da rodovia, um automóvel e uma carreta colidiram frontalmente na pista

Um morto e um ferido foi o saldo de um acidente de trânsito ocorrido na madrugada desta quinta-feira no km 170 da BR 290, em Butiá. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um Fiat Uno, com placas de Santa Cruz do Sul, e uma carreta Scania, com placas de Santana do Livramento, colidiram frontalmente no trecho da estrada.

Conforme a PRF, o motorista do automóvel, de 32 anos, teve óbito no local. Já o condutor do caminhão foi socorrido com lesões leves, após ficar preso nas ferragens. A pista foi totalmente liberada ao amanhecer.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

25/11/2021 - Expectativa de vida dos brasileiros cresce apesar de pandemia, diz IBGE

Uma pessoa nascida em 2020 no país tem esperança de viver até os 76,8 anos, segundo o Instituto

Apesar da crise sanitária provocada pela pandemia de Covid-19, a expectativa de vida dos brasileiros cresceu em 2020. Passou de 76,6 em 2019 para 76,8 no ano passado, um aumento de dois meses. Desde 1940, a esperança de vida no Brasil melhorou em 31,3 anos. Uma pessoa nascida no país em 2020 tem expectativa de viver, em média, até os 76,8 anos.

 

Os dados são da Tábua Completa de Mortalidade, divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e publicada no Diário Oficial da União.

 

As informações fornecidas pelo estudo, que é publicado anualmente, servem de parâmetro para determinar o fator previdenciário no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social.

Em 1940, a esperança de vida era de 45,5 anos, sendo 42,9 para homens e 48,3 anos para mulheres. A taxa de mortalidade infantil era de cerca de 146,6 óbitos para cada mil nascidos vivos; já em 2020, a taxa foi de 11,5 por mil.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/11/2021 - Acusada de matar grávida para ficar com bebê será levada a júri nesta quarta-feira

Será realizada nesta quarta-feira (24), às 8 horas, a sessão do Tribunal do Júri com a mulher acusada de matar a amiga para retirar um bebê de seu ventre, em agosto de 2020, no município de Canelinha, Santa Catarina. O julgamento vai ocorrer no plenário da Câmara de Vereadores de Tijucas, cuja entrada será controlada pela Polícia Militar. Em depoimento à Polícia Civil na época do crime, a mulher informou que teria matado a vítima com um golpe de tijolo na cabeça e usado um canivete para retirar o bebê do ventre da gestante. A mulher grávida saiu de casa de carona para participar de um chá de bebê surpresa. A acusada admitiu que teria contado à vítima a história do chá de bebê para atraí-la. Ainda conforme o depoimento, ao chegar no local, ela aproveitou o momento em que a vítima estava de costas para dar um golpe com tijolo na grávida. Ela disse que também estava grávida, mas que perdeu o bebê e não contou para os familiares por causa da expectativa que eles criaram.

 

Presa preventivamente, a ré foi pronunciada pelos crimes de feminicídio qualificado por motivo torpe, com emprego de meio cruel, mediante dissimulação e para encobrir outro crime. Também pelo crime de tentativa de homicídio qualificada pela impossibilidade de defesa (em relação ao bebê). Ela responderá, ainda, pelos crimes de ocultação de cadáver, parto suposto, subtração de incapaz e fraude processual.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

24/11/2021 - Saiba como utilizar o 13º salário para quitar as dívidas

A primeira parcela está chegando e, antes de sair gastando, veja como ele pode ajudar suas finanças

Um dos momentos mais esperados nesta época do ano para os assalariados é o pagamento do 13º salário. A primeira parcela é recebida até o dia 30 de novembro e a segunda, até dia 20 de dezembro. Para aproveitar este “bônus” da melhor forma, é preciso planejar em que ele será investido.

 

Usar o 13º salário para quitar as dívidas do ano é uma boa estratégia de organização financeira. Segundo a professora da Escola de Negócios da PUCRS, Frederike Mette, sempre vale a pena ressaltar que todas as dívidas compreendem um acúmulo de juros sobre o valor devedor. “Desta forma, utilizar os recursos do 13º salário para buscar minimizar ou zerar o endividamento das pessoas sempre é uma ótima escolha”, indica.

 

Por onde começar

É preciso elencar prioridades - aquelas dívidas que devem ser quitadas primeiro. De acordo com Frederike, para isso, deve-se buscar compreender e analisar qual a taxa de juros que incide sobre cada valor. “Assim, deve-se priorizar sempre o pagamento das dívidas mais caras, ou seja, aquelas que possuem mais juros. Normalmente estas são àquelas derivadas de crédito rotativo, como cheque especial e cartão de crédito”, explica. E essa mesma lógica deve ser usada caso o valor do 13º não seja suficiente para quitar todos os débitos.

Fuja das dívidas

Ainda segundo Frederike, é possível chegar ao final do ano sem dívidas. Ela indica como: “É preciso ter um consumo consciente, evitar compras por impulso e, ao decidir a compra de qualquer coisa, incluí-la na organização e planejamento financeiro, a fim de compreender se ‘é possível’ cumprir com essa obrigação”, finaliza a professora.

 

 

Fonte: Correio do Povo 

Bella +

24/11/2021 - Caxias do Sul publica novo decreto e segue regramento estadual no combate à Covid-19

Uso de máscara permanece como obrigatório em locais fechados e abertos

A prefeitura de Caxias do Sul publicou um novo decreto nessa terça-feira em que o município passa a seguir de forma integral o decreto estadual 55.882, que institui o Sistema de Avisos, Alertas e Ações para fins de enfrentamento à pandemia da Covid-19, com as devidas alterações.

 

O uso da máscara permanece sendo obrigatório em locais fechados e abertos. Além disso, também segue sendo obrigatória a apresentação do comprovante da vacina para competições esportivas com público; eventos de entretenimento em locais fechados, como casas de festas, casas noturnas ou similares, ou em locais abertos, com controle de acesso de público; feiras e exposições corporativas, convenções, congressos e similares; cinemas, teatros, auditórios, circos, casas de espetáculos, casas de shows e similares; e parques temáticos, de aventura, de diversão, aquáticos, naturais, jardins botânicos, zoológicos e outros atrativos turísticos similares.

Conforme o decreto estadual, a exigência do comprovante de vacina só não é obrigatória nos municípios que atingiram 90% da população adulta com esquema vacinal completo. Não é o caso de Caxias, que está com esse índice em 74,2%.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/11/2021 -Lewandowski concede habeas corpus para internação de Abdelmassih

Ministro determinou avaliação completa de saúde do ex-médico

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu ontem (23) um habeas corpus ao ex-médico Roger Abdelmassih, de 78 anos, determinando que ele seja internado no Hospital Penitenciário do Estado de São Paulo.

 

Lewandowski atendeu a pedido da defesa do ex-médico, que havia solicitado uma avaliação médica. Os advogados querem que o ex-médico vá para prisão domiciliar humanitária, ante seu quadro de saúde debilitada.

 

Abdelmassih, que já foi um dos maiores especialistas em reprodução humana do país, cumpre pena de 181 anos de prisão pelo estupro de 37 de suas pacientes. No regime regime fechado, o ex-médico fica preso no Complexo Penitenciário de Tremembé, em São Paulo.

 

Desde que foi preso para cumprimento de pena, em 2014, Abdelmassih teve a prisão domiciliar concedida e revogada diversas vezes. A última foi neste ano, quando a Justiça de São Paulo concedeu e depois revogou o benefício

Na decisão de ontem (23), Lewandowski reconheceu a gravidade dos crimes cometidos por Abdelmassih, mas disse haver conflito entre laudos médicos sobre o real estado de saúde do ex-médico.

 

O ministro determinou a realização de avaliação clínica “completa e exauriente” do ex-médico, a ser feito no Instituto Médico, Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc). Após a perícia, o juiz de execução penal responsável deve proferir nova decisão sobre a situação prisional, ordenou Lewandowski.

 

 

Fonte: Agência Brasil

23/11/2021 - Polícia Federal deflagra ofensiva contra tráfico internacional de drogas a partir de porto de SC

Barcos pesqueiros carregavam toneladas de cocaína até o alto mar, onde seguiam em outra embarcações para África e Europa

A Polícia Federal de Santa Catarina deflagrou nesta terça-feira a operação Mar Aberto com o objetivo de desarticular organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de cocaína. Por meio da simulação de operações de pesca, os criminosos tentavam movimentar toneladas de cargas de cocaína para alto mar, de onde seriam resgatadas por embarcações estrangeiras. O entorpecente seria levado então até países da África e Europa.

 

Cerca de 100 agentes cumpriram 20 mandados de busca e apreensão em Balneário Camboriú, Camboriú, Florianópolis, Itajaí, Itapema, Porto Belo, Navegantes e São José, além de Curitiba e Matinhos, no Paraná, e Itapemirim, no Espírito Santo. Seis ordens de prisão preventiva também foram executadas. Houve ainda sequestro judicial de veículos, imóveis e embarcações de pesca industrial, pertencentes ao grupo criminoso.

 

As investigações começaram em outubro do ano passado e possibilitaram identificar uma organização criminosa que se apossou de barcos de pesca industrial para transportar grandes quantias de cocaína para o exterior. Além da aquisição de barcos de grande autonomia e capacidade de armazenamento de carga, o grupo contratou, em vários pontos do país, tripulações especializadas na atividade de navegação marítima para realização de longas travessias intercontinentais.

 

Por meio da simulação de operações de pesca, os traficantes buscavam dissimular o carregamento e movimentação de cargas de cocaína até determinados pontos no oceano, sendo recolhidas por embarcações estrangeiras e encaminhadas para África e Europa.

 

Durante o trabalho investigativo, a Polícia Federal identificou três barcos pesqueiros, além de operadores logísticos e gerentes operacionais em solo. Em 3 de julho deste ano foi abordada uma embarcação na foz do rio Itajaí-Açu, carregada com 2,8 toneladas de cocaína ocultas sob densa camada de gelo. Sete tripulantes foram presos em flagrante. No dia 20 do mesmo mês, outra embarcação foi abordada pelos agentes junto à costa de Porto Belo, sendo apreendidos 844 quilos de cocaína no porão do navio ocultos entre as redes de pesca. Oito prisões foram efetuadas. Já em 16 de setembro, outros sete envolvidos também foram detidos, todos ligados a atividades logísticas de facilitação à operação de tráfico.

 

Uma terceira embarcação, também originária da frota pesqueira de Itajaí, estava sendo monitorada desde a entrada no porto de Natal, no Rio Grande do Norte, de onde partiu em 27 de fevereiro deste ano. No litoral de Recife, em Pernambuco, a embarcação foi carregada com 2,8 toneladas de cocaína e seguiu viagem rumo à costa da África.

 

Perseguida em alto mar, a tripulação teria dispensado as bolsas náuticas que continham a droga, não sendo possível a apreensão da carga ilícita naquela oportunidade. Posteriormente, entre os meses de maio e julho, bolsas de cocaína começaram a chegar no litoral da Bahia e Espírito Santo, sendo encontradas pela população local. Ao menos 17 bolsas náuticas intactas, carregadas com 442 quilos de cocaína, foram recuperadas.

 

As investigações apontam que a organização criminosa tentou exportar para os continentes africano e europeu ao menos 6,5 toneladas de cocaína ao longo de um ano. As provas que estão sendo coletadas pelos policiais federais auxiliarão na identificação dos financiadores da atividade criminosa, entre outros eventuais participantes.

 

Todos os investigados devem responder pelos crimes de tráfico internacional e associação para o tráfico, com penas somadas de 8 a 25 anos de prisão, além do perdimento dos bens utilizados nas ações criminosas ou adquiridos com o proveito destas.  

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

23/11/2021 - China aceitará carne bovina do Brasil certificada até 4 de setembro

Decisão liberará carregamentos retidos em portos chineses

As autoridades alfandegárias da China disseram nesta terça-feira (23) que aceitarão pedidos de importação de carne bovina brasileira que tenha recebido certificado sanitário antes de 4 de setembro, potencialmente permitindo que os carregamentos retidos nos portos chineses finalmente sejam liberados na alfândega.

 

O Brasil suspendeu as exportações de carne bovina para a China em 4 de setembro após detectar dois casos atípicos de doença da vaca louca, mas a carne que já estava nos portos continuou sendo exportada, com a maior parte não conseguindo passar pela alfândega na chegada à China.

 

Os casos foram considerados "atípicos" por serem de um tipo espontâneo, e não por transmissão no rebanho.

 

De acordo com a Organização Internacional de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês), casos "atípicos" não oferecem riscos à saúde humana e animal, e são em geral detectados em bovinos mais velhos.

 

A alfândega chinesa atualizou seu site nesta terça-feira para informar que agora está aceitando pedidos de importação de carne bovina certificada antes da suspensão.

 

Não ficou claro quanto tempo esses procedimentos levariam, ou a quantidade de produto presa no limbo desde a suspensão.

 

O Brasil é o principal fornecedor de carne bovina da China, atendendo a cerca de 40% de suas importações, e os compradores esperavam inicialmente que o comércio fosse retomado em algumas semanas.

 

Desde que os casos em bovinos foram anunciados, o Brasil também notificou dois casos de distúrbio neurodegenerativo em pessoas, embora autoridades tenham dito que eles não estavam relacionados ao consumo de carne bovina.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

23/11/2021 - A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o Auxílio Brasil. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para integrar o programa social, os nove tipos diferentes de benefícios e o que aconteceu com o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial, que vigoraram até outubro. Segundo o Ministério da Cidadania, neste primeiro mês de funcionamento do novo programa social, serão contempladas mais de 14,5 milhões de famílias em um investimento superior a R$ 3,25 bilhões.

Valor médio do benefício é de R$ 217,18

A Caixa paga nesta terça-feira (23) o Auxílio Brasil para beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 5. O valor médio do benefício é de R$ 217,18. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês. Ontem, foram pagos os benefícios com NIS final 4.

 

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

 

Benefícios básicos

O novo programa social tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga um emprego ou tenha um filho que se destaque em competições esportivas ou em competições científicas e acadêmicas.

 

Podem receber o Auxílio Brasil as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda per capita de até R$ 200, consideradas em condição de pobreza.

 

A Caixa paga nesta terça-feira (23) o Auxílio Brasil para beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 5. O valor médio do benefício é de R$ 217,18. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês. Ontem, foram pagos os benefícios com NIS final 4.

 

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

 

Benefícios básicos

O novo programa social tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga um emprego ou tenha um filho que se destaque em competições esportivas ou em competições científicas e acadêmicas.

 

Podem receber o Auxílio Brasil as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda per capita de até R$ 200, consideradas em condição de pobreza.

 

 

Fonte: Agência Brasil

23/11/2021 - Calor segue intenso nas regiões Oeste e Noroeste do RS nesta terça-feira

Sol aparece entre nuvens em todo o Estado

Apesar de dar trégua e diminuir a intensidade em algumas regiões do Estado, as temperaturas seguem altas no Oeste e Noroeste do Estado. Em Porto Alegre, por exemplo, as máximas da segunda-feira não se repetem. No entanto, podem ficar acima dos 35°C nestas regiões.

 

De acordo como a MetSul Meteorologia, a nebulosidade aparece na maioria das regiões, e ajuda a aplacar os termômetros. No começo do dia, a passagem de uma frente fria pode trazer chuva isolada no Sul do Estado. À noite, ela atinge a metade Norte, de novo em poucas localidades.

Em Porto Alegre, o sol aparece entre nuvens. A mínima na Capital é de 18°C, e a máxima chega aos 28°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Caxias do Sul 16°C / 27°C

Erechim 19°C / 31°C

Santa Rosa 22°C / 36°C

Santa Maria 21°C / 32°C

Torres 18°C / 27°C

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/11/2021 - Casal é preso pela PRF com contrabando de agrotóxicos na BR 386, em Sarandi

Houve a apreensão de mais de 250 litros do produto que é proibido pela Anvisa

Mais de 250 litros de agrotóxicos contrabandeados foram interceptados pela Polícia Rodoviária Federal na BR 386, em Sarandi. Vindo da Argentina, o produto estava sendo transportado por um casal em um Volkswagen Gol.

 

O flagrante ocorreu na tarde deste domingo. No interior do automóvel e no porta-malas o efetivo da PRF encontrou diversos galões de um agrotóxico proibido no país pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Estudos internacionais indicaram casos de intoxicação aguda e morte de pessoas que tiveram contato com a substância, além de estar relacionado a casos de câncer e doença de Parkinson.

 

O motorista do veículo, de 42 anos, e a passageira, de 60 anos, ambos moradores de Estrela, foram presos por contrabando. O caso foi encaminhado para a Polícia Federal em Passo Fundo.

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/11/2021 - RS terá predomínio de sol e calor intenso nesta segunda-feira

Dia começa ameno, mas baixa umidade gera grandes variações de temperatura

O sol predomina no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira, mais uma vez com amplos períodos de céu claro, principalmente entre a madrugada e de manhã. Nuvens ingressam em diversas regiões e, devido ao intenso calor, há chance de chuva isolada no fim da tarde ou à noite na fronteira com o Uruguai, Campanha, Sul e parte do Leste gaúcho.

 

Não se descarta instabilidade na região de Porto Alegre no fim do dia e/ou no começo da terça. Frio ocorre cedo, em baixadas dos Aparados, e o tempo é ameno no restante do Estado. Faz calor intenso à tarde, com mais de 35ºC em muitas cidades. A umidade do ar segue bastante baixa à tarde na maioria dos municípios.

 

As mínimas rondam os 5ºC em São José dos Ausentes e os 10ºC em Vacaria. As máximas, por sua vez, podem chegar a 37ºC em Alegrete e a 38ºC em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 18ºC e 37ºC.

 

Foi um fim de semana de extremos. O Estado teve frio de 3ºC, geada, calor de 36ºC e umidade desértica de 10% sob efeito de massa de ar extremamente seca que predominou no sábado e no domingo, com muito sol e predomínio do céu claro em todas as regiões. O sábado amanheceu com frio intenso de 3,2ºC em Cambará, 5,3ºC em São Francisco de Paula e Ausentes, 6,0ºC em Farroupilha, 6,1ºC em Canela e 6,9ºC em Soledade. Ontem, 3,9ºC em Ausentes, 4,5ºC em Soledade, 4,9ºC em São Francisco de Paula e 5,5ºC em Canela. A Grande Porto Alegre anotou 9,9ºC no sábado e 11,0ºC ontem em Novo Hamburgo.

 

À tarde, calor de 32,9ºC em Uruguaiana, 32,7ºC em Porto Xavier, 32,1ºC em Quaraí, 31,1ºC em São Gabriel, 31,0ºC em Santo Augusto, 30,7ºC em Alegrete, 30,5ºC em Cruz Alta, 30,3ºC em Porto Alegre, e 30,2ºC em Campo Bom e Teutônia. 

 

Por que a temperatura variou tão absurdamente a ponto de fazer 3ºC com geada ao amanhecer e 36ºC à tarde no mesmo dia no Rio Grande do Sul? Ar seco. Em nível de deserto. No sábado, a umidade desceu a 11% em Cruz Alta e Ibirubá, 13% em Santa Rosa

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/11/2021 - TSE faz nesta segunda sexto teste de segurança das urnas

Hackers foram convocados para tentar violar a integridade da votação e apontar eventuais fragilidades

Em mais uma etapa de avaliação da segurança dos equipamentos que serão usados nas eleições de 2022, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) faz, nesta segunda-feira (22), o sexto teste público de segurança das urnas eletrônicas. De acordo com a Corte, 26 investigadores vão colocar em prática 29 planos de ataque, para tentar desvirtuar a votação.

 

O objetivo é identificar fragilidades e falhas que poderiam colocar em risco a segurança do voto e a integridade das eleições.  O procedimento ocorre desde 2009 e leva a mudanças nos softwares e hardwares das urnas sempre que algum novo risco é identificado.

 

A realização sempre antes da eleição é necessária por causa do avanço tecnológico, que cria novos mecanismos e ferramentas para invadir e alterar sistemas informatizados. “O sistema é aprimorado com o reforço da sua segurança diante de novas tecnologias que vão surgindo”, afirma o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE.

De acordo com o TSE, foi montada uma estrutura com "computadores, urnas, impressoras, ferramentas e insumos — montada em espaço exclusivo, com entrada controlada, monitorado por câmeras, no 3º andar do edifício-sede da Corte Eleitoral, em Brasília". A complexidade do caso é tão elevada que os eventos que envolvem ataques e observação dos resultados vão durar cinco dias.

 

TSE faz nesta segunda sexto teste de segurança das urnas

Hackers foram convocados para tentar violar a integridade da votação e apontar eventuais fragilidades.

   

TSE faz nesta segunda sexto teste de segurança das urnas

TSE faz nesta segunda sexto teste de segurança das urnas | Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

Em mais uma etapa de avaliação da segurança dos equipamentos que serão usados nas eleições de 2022, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) faz, nesta segunda-feira (22), o sexto teste público de segurança das urnas eletrônicas. De acordo com a Corte, 26 investigadores vão colocar em prática 29 planos de ataque, para tentar desvirtuar a votação.

 

O objetivo é identificar fragilidades e falhas que poderiam colocar em risco a segurança do voto e a integridade das eleições.  O procedimento ocorre desde 2009 e leva a mudanças nos softwares e hardwares das urnas sempre que algum novo risco é identificado.

 

A realização sempre antes da eleição é necessária por causa do avanço tecnológico, que cria novos mecanismos e ferramentas para invadir e alterar sistemas informatizados. “O sistema é aprimorado com o reforço da sua segurança diante de novas tecnologias que vão surgindo”, afirma o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE.

De acordo com o TSE, foi montada uma estrutura com "computadores, urnas, impressoras, ferramentas e insumos — montada em espaço exclusivo, com entrada controlada, monitorado por câmeras, no 3º andar do edifício-sede da Corte Eleitoral, em Brasília". A complexidade do caso é tão elevada que os eventos que envolvem ataques e observação dos resultados vão durar cinco dias.

 

VEJA TAMBÉM

- Bolsonaro sanciona o auxílio-gás para famílias de baixa renda

- Estudo da Câmara estima acúmulo de meio trilhão em precatórios.

Planos de ataque

As fases dos testes começaram em outubro, quando os especialistas receberam o código-fonte da urna e do sistema eletrônico usado para a transmissão dos dados. Com isso, eles puderam elaborar planos de ataques — de acordo com eventuais fragilidades que possam prejudicar a votação. Uma urna foi desmontada e eles puderam conhecer cada componente físico e virtual do equipamento. O TSE define a quais programas os atacantes vão ter acesso para tentar executar a investida.

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/11/2021 - Agência Brasil explica: 13º para trabalhador com Benefício Emergencial

Acordo de suspensão de contrato paga menos que redução de jornada

Com a proximidade do fim de ano, cerca de 2,6 milhões de trabalhadores fazem a pergunta: como ficará o 13º salário do empregado que aderiu ao Benefício Emergencial (BEm)? O programa complementou a renda do trabalhador que teve o contrato suspenso ou a jornada reduzida durante a pandemia de covid-19 em troca da preservação do emprego.

 

Embora tenha definido as condições do programa, a Medida Provisória 1.045, que recriou o programa em 2021, não especifica como será o pagamento do 13º. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, a orientação será semelhante à do ano passado, quando o governo também teve de esclarecer esse ponto.

 

Por orientação do ministério, quem teve jornada reduzida receberá integralmente o benefício. Quem teve o contrato de trabalho suspenso ganhará proporcionalmente ao número de meses em que trabalhou mais de 15 dias. Dessa forma, caso o empregado tenha trabalhado pelo menos 15 dias em oito meses no ano e ter ficado com o contrato suspenso por quatro meses receberá dois terços do 13º.

 

Isso ocorre porque a Lei 4.090/1962, que criou o 13º, determina que a gratificação natalina é calculada da seguinte forma: a cada mês em que trabalha pelo menos 15 dias, o empregado tem direito a 1/12 (um doze avos) do salário total de dezembro. Dessa forma, o cálculo do 13º considera como um mês inteiro o prazo de 15 dias trabalhados.

 

Para o adicional de férias, o procedimento será o mesmo: pagamento integral a quem teve redução de jornada e proporcional a quem teve suspensão de contrato.

 

A legislação beneficia o trabalhador com jornada reduzida. Isso porque o empregado apenas teve o horário diminuído, mas trabalhou o mesmo número de dias que teria trabalhado normalmente. No caso da suspensão de contratos, o empregado é prejudicado porque ficou em casa durante o período do acordo.

 

Estatísticas

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, foram fechados 3.275.843 acordos especiais na edição de 2021 do Benefício Emergencial. Desse total, 2.593.980 trabalhadores e 634.525 empregadores foram contemplados.

 

Na divisão por modalidades, os acordos de suspensão de contratos lideraram, com 1.367.239 assinaturas. Em seguida, vêm os acordos de redução de 70% na jornada (com diminuição de 70% nos salários), com 789.195 assinaturas; as reduções de 50% na jornada (com diminuição equivalente do salário), com 613.414 assinaturas; e as reduções de 25% da jornada (com diminuição proporcional da na remuneração), com 505.994 assinaturas. Houve apenas um acordo do tipo para trabalhadores intermitentes, empregados que não fazem jornada cheia e recebem menos que um salário mínimo.

 

Para compensar a queda nos salários, os trabalhadores recebem o Benefício Emergencial, que correspondia ao percentual do seguro-desemprego a que o empregado teria direito se fosse demitido. No caso dos contratos suspensos, a remuneração equivale a 100% do seguro-desemprego. Os trabalhadores intermitentes ganham ajuda de R$ 600.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

19/11/2021 - Trabalhadores nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial

Sétima parcela foi depositada em 31 de outubro

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), nascidos em dezembro, podem sacar, a partir de hoje (19), a sétima parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 31 de outubro.

 

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

 

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda-feira a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

 

39,2 milhões de famílias atendidas

A liberação do dinheiro em espécie marca o fim da segunda rodada do auxílio emergencial, que começou em abril. Neste ano, o programa atendeu a 39,2 milhões de famílias, dos quais 23,9 milhões de trabalhadores informais, dez milhões inscritos no Bolsa Família e 5,3 milhões inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

 

Os beneficiários do Bolsa Família foram migrados para o Auxílio Brasil, novo programa social do governo federal. Os trabalhadores informais e inscritos no CadÚnico deixaram de receber o benefício. Uma vez por mês, os inscritos no CadÚnico que mantiverem os dados atualizados serão selecionados para receberem o Auxílio Brasil, dependendo do espaço no Orçamento do governo.

 

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

 

Neste ano, a rodada de pagamentos teve sete parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, receberam R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebeu R$ 375; e pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio foi pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa fosse inferior a meio salário mínimo. O beneficiário precisava ter sido considerado elegível até dezembro de 2020, pois não houve nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continuou valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

 

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício.

 

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

19/12/2021 - Brasil já tem posto que vende etanol mais caro do que a gasolina

Apesar de render 30% menos do que a gasolina, o biocombustível é encontrado por preço 1,65% maior na cidade de Bagé

O posto responsável por vender o etanol mais caro do Brasil, por R$ 7,899, está situado na cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul, e já comercializa o biocombustível por um valor superior ao cobrado pela gasolina (R$ 7,769). A disparidade de 1,65% chama atenção pelo fato de que os veículos abastecidos com etanol têm um rendimento cerca de 30% inferior em relação aos que tiveram o tanque preenchido com gasolina.

 

Segundo os dados mais recentes da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o Rio Grande do Sul é o estado responsável pelo maior preço médio cobrado pelo litro do etanol (R$ 6,943).

 

O estado situado no extremo sul do país é também aquele no qual menos vale a pena abastecer com o biocombustível, com paridade de 98,04% na comparação com os cerca de R$ 7,082 cobrados pelo litro de gasolina na região. As estimativas apontam que, apesar de o etanol custar menos na imensa maioria dos estabelecimentos, ele só compensa quando custar menos do que 70% do preço cobrado pela gasolina.

A diferença significativa ocorre porque o veículo abastecido com álcool gasta mais litros para percorrer a mesma distância que o com gasolina. Na semana passada, o etanol não era competitivo em nenhum dos estados brasileiros e nem do Distrito Federal.

 

O R7 buscou o contado com o Posto Cinturão de Combustíveis Ltda, localizado no Bairro de Boa Esperança, em Bagé (RS), para entender a venda do etanol por um valor mais elevado do que o da gasolina, mas não obteve retorno do estabelecimento até a publicação desta reportagem.

 

A Vibra Energia, antiga BR Distribuidora, afirma que não tem influência sobre os preços praticados na bomba dos estabelecimentos bandeirados. "Por lei, os postos são agentes diferentes e a precificação é livre nos diversos mercados e cada revendedor tem níveis de formação de custo dos produtos e de competitividade diferentes, levando a uma diferenciação nos preços praticados nas bombas em todo Brasil", afirma a distribuidora, em nota.

O etanol e a gasolina são dois dos principais vilões da inflação deste ano e apresentam variações de, respectivamente, 51,25% e 38,29% entre janeiro e outubro, segundo cálculos do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), divulgado mensalmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/11/2021 - RS publica decreto que regulariza flexibilizações nos protocolos contra Covid-19

Em municípios com mais de 90% da população adulta, passaporte vacinal não será exigido, apenas recomendado

O governo do Rio Grande do Sul publicou nesta sexta-feira decreto que regulariza as flexibilizações envolvendo a Covid-19 no Estado. O documento também reitera a a situação de calamidade pública em relação à doença no estado e aborda as ações necessárias para prevenção e enfrentamento ao coronavírus. A partir do documento, estão retirados os tetos de ocupação de locais abertos e fechados, assim como a previsão de multas por descumprimento da lotação.

 

Em relação ao passaporte vacinal, fica a exigência para ingresso e permanência no interior dos seguintes estabelecimentos, eventos e/ou locais de uso coletivo. Para os municípios com mais de 90% de adultos vacinados, o comprovante de imunização passa a não ser obrigatório, somente recomendado:

 

• Competições esportivas com público;

• Eventos de entretenimento em locais fechados, como casas de festas, casas noturnas ou

similares, ou em locais abertos, com controle de acesso de público;

• Feiras e exposições corporativas, convenções, congressos e similares;

• Cinemas, teatros, auditórios, circos, casas de espetáculos, casas de shows e similares; e

• Parques temáticos, de aventura, de diversão, aquáticos, naturais, jardins botânicos,

zoológicos e outros atrativos turísticos similares.

São protocolos obrigatórios, conforme o decreto, as seguintes medidas:

 

• A disponibilização, por todo e qualquer estabelecimento, de produtos assépticos para

lavagem das mãos, como sabão ou álcool 70% (setenta por cento), a seus empregados e clientes;

I• A utilização, mantendo-se boca e nariz cobertos, de máscara de proteção individual para circulação em espaços públicos:

• A determinação, pelo encarregado, de encaminhamento imediato para atendimento médico e o afastamento do trabalho, conforme determinação médica, dos empregados dos estabelecimentos destinados à utilização simultânea por várias pessoas, de natureza pública ou privada, comercial ou industrial, fechado ou aberto, com atendimento a público amplo ou restrito, quando verificada a presença de sintomas de contaminação pelo novo coronvírus.

Ainda de acordo com o decreto, fica recomendada a adoção por todas as pessoas das seguintes medidas de prevenção e enfrentamento à pandemia de Covid-19:

• A observância do distanciamento social, restringindo a circulação, as visitas e as reuniões presenciais;

• A observância de cuidados pessoais, sobretudo da lavagem das mãos, antes e após a realização de quaisquer tarefas, com a utilização de produtos assépticos, como sabão ou álcool 70%, bem como da higienização, com produtos adequados, dos instrumentos domésticos e de trabalho;

 

• A observância do distanciamento interpessoal de dois metros, sempre que possível, e não menos de um metro, evitando-se a formação de aglomerações de pessoas nos recintos ou nas áreas internas e externas de circulação ou de espera, bem como nas calçadas, portarias e entradas dos prédios e estabelecimentos, públicos ou privados;

 

• A manutenção dos ambientes arejados e bem ventilados, garantindo a circulação e renovação do ar, com portas e janelas abertas, sempre que possível.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/11/2021 - Prazo para agendar revisão de perícia médica no INSS termina hoje

Quem não fizer a revisão pode ter o auxílio-doença suspenso

Quem recebe benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por estar afastado do trabalho por incapacidade temporária – o antigo auxílio-doença – deve ficar atento para o agendamento de nova perícia médica, sob o risco de ter o benefício suspenso.

 

Os 95 mil beneficiários por afastamento temporário foram convocados por edital no fim de setembro e têm até esta sexta-feira (19) para agendar nova perícia médica, em que será avaliado se o beneficiário permanece incapaz para o trabalho.

 

O agendamento pode ser feito por meio do aplicativo Meu INSS ou da central de atendimento 135. Se o segurado não agendar a perícia, o benefício será suspenso e só será reativado após novo agendamento. “Caso não ocorra a manifestação do cidadão, o auxílio será cessado definitivamente”, alerta o INSS.

 

A lista com o nome e o número de benefício de todos os convocados foi publicada e deve ser conferida no Diário Oficial da União.

 

Esse modo de convocação é utilizado para os casos em que as cartas com o chamamento para nova perícia foram devolvidas pelos Correios, sem que o beneficiário pudesse ser localizado. Isso ocorre por causa da mudança de endereço sem a respectiva atualização cadastral, por exemplo.

 

Foi convocado quem recebe o benefício por afastamento temporário há mais de seis meses e que não tem data de cessação já estipulada ou indicação de reabilitação profissional através do Programa de Revisão dos Benefícios por Incapacidade (PRBI).

 

A revisão desse tipo de benefício ocorre desde agosto, quando 173 mil beneficiários foram convocados por carta. Segundo o instituto, os aposentados por invalidez e pessoas que recebem o amparo assistencial ao deficiente não passam por esta revisão.

 

O INSS destaca que a nova perícia médica não necessariamente pode resultar na interrupção do afastamento temporário. É possível que o benefício seja mantido, mas que seja marcada uma data de cessação futura. Outra possibilidade é que o benefício se transforme em aposentadoria por invalidez, quando constatada a total impossibilidade de recuperação.

 

Passo a passo

Todos os convocados devem acessar o Meu INSS, por meio de aplicativo de celular ou pela internet (site gov.br/meuinss), e seguir os seguintes passos:

 

1. Fazer login no Meu INSS;

2. Clicar em Do que você precisa?, e escrever Agendar Perícia. Em seguida: Novo Requerimento;

3. Escolher entre "Perícia Inicial", se for a primeira vez, ou "Perícia de Prorrogação", se já estiver em benefício.

4. Seguir as orientações que aparecem na tela;

5. Informe os dados necessários para concluir o seu pedido.

 

O agendamento também pode ser feito ligando para a Central de Atendimento do INSS pelo número 135 e seguir as instruções. Por esse meio é possível também atualizar o endereço e o telefone do beneficiário, se for o caso.

 

 

Fonte: Agência Brasil

17/11/2021 - Homem é preso em operação contra grupo que comanda tráfico em Santa Cruz

Uma operação da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco) com apoio da 2ª Delegacia de Polícia Civil resultou na prisão de um homem de 31 anos por tráfico de drogas na manhã desta quarta-feira (17). Os cumprimentos de mandados durante a operação ocorreram nos bairros Progresso, Esmeralda e Ana Nery.

 

De acordo com o delegado titular da Draco, Marcelo Chiara Teixeira, o preso foi localizado nesta manhã durante cumprimento de mandado em uma residência no Bairro Esmeralda. Ele já tem antecedentes por furto, roubo, receptação, tráfico de drogas e porte de arma raspada. No local foi apreendido um total de 1.765 kg de drogas, sendo 372 gramas de cocaína e 1.393 kg de maconha que estavam escondidas em um sofá. O indivíduo é suspeito de armazenar drogas para um detento que gerencia o tráfico nos bairros Arroio Grande, Renascença, Aliança, além de outros pontos da zona sul e já havia sido indiciado em outros inquéritos.

 

Ainda conforme o delegado, um dos seis mandados de busca foi cumprido nesta terça-feira pela Polícia Civil na Penitenciária Estadual de Venâncio Aires na cela do indivíduo, de 25 anos, apontado como sendo o chefe do tráfico do grupo investigado. Todas as residências alvos da operação de hoje, seriam de pessoas que trabalham para esse criminoso. "De dentro do presídio ele estava comandando a ação de diversos indivíduos e hoje foi feita essa operação. Através de diversas diligências representamos pelo mandado de busca", destaca. As investigações, conforme o delegado, prosseguem.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

17/11/2021 - RS terá dia chuvoso e com marcas amenas nesta quarta-feira

Frente fria influencia clima do RS até o fim de semana, quando devem ocorrer dias com temperaturas mais baixas

A frente fria que chegou ao Rio Grande do Sul segue atuando durante esta quarta-feira. O dia terá muitas nuvens  e chove em todas as regiões. No Oeste e no Sul, a instabilidade se concentra entre a madrugada e de manhã, já que a partir da tarde o tempo começa a melhorar e o sol aparece com nuvens pelo ingresso de massa de ar seco e frio.

 

Nas demais regiões, inclusive em Porto Alegre, a chuva ocorre a qualquer hora do dia. Devido ao quadro de instabilidade, pouco vai variar a temperatura e as mínimas ocorrem à noite. O vento pode soprar com rajadas com o ingresso de ar mais frio.

As mínimas rondam os 11ºC no Chuí e os 12ºC em Caxias do Sul. As máximas, por sua vez, podem chegar a 24ºC em Torres e 25ºC em Uruguaiana. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 16ºC e 22ºC.

 

Não é nenhuma novidade nesta primavera. Ar frio tardio trazendo mínimas abaixo do que é normal para a época do ano. Ocorreu em outubro e se repete agora em novembro, sob a influência do fenômeno climático La Niña, no Oceano Pacífico Equatorial, que favorece incursões tardias de ar frio no Centro e no Sul da América do Sul.

A nova massa se trata de uma incursão frio forte para novembro e que irá ter efeitos maiores no Sul e no Leste gaúcho, apesar de que as mínimas cairão bastante até no Noroeste, especialmente na sexta e no sábado. Esta massa de ar frio foi a que trouxe uma tempestade de neve em plena metade de novembro em áreas de maior altitude da região patagônica. As noites mais frias vão se dar em dois momentos.

No Sul e na Campanha, as madrugadas mais frias serão as de quarta e de sexta-feira. Marcas abaixo de 10ºC são esperadas em várias cidades com 5ºC a 7ºC em alguns pontos. Com o vento calmo e o perfil muito seco da atmosfera, não se pode descartar geada fraca e isolada em pontos do Uruguai e região da fronteira.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/11/2021 - Primeiro dia do Enem terá prova de redação

Exame começa no próximo domingo

No primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, no próximo domingo (21), os candidatos farão, além das provas objetivas de linguagens e ciências humanas, a única prova subjetiva da avaliação, a redação. Nesta edição, o tema será o mesmo, tanto para o Enem impresso quanto para o digital e, em ambas modalidades, o texto deverá ser feito à mão. Por isso, é obrigatório levar caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente.

 

Ir bem na redação pode ser um diferencial para o candidato. Para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior, é necessário não ter tirado zero na redação.

 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibiliza todos os anos, conforme previsto no edital do exame, uma cartilha com os detalhes da correção. Ainda não foi disponibilizada a cartilha do Enem 2021. Documentos de anos anteriores, com exemplos de redações que receberam a nota máxima, 1 mil, estão disponíveis na página da autarquia.

 

Dicas

Conhecer as provas de redação anteriores pode ajudar os candidatos, segundo o coordenador de Integração Pedagógica do SAS Plataforma de Educação, Vinicius Beltrão. “Os temas de redação geralmente são cíclicos. Ou vão trazer questões de inclusão ou questões sobre cidadania e ética. Podem falar de comportamento, de sociedade da informação, esses temas macros sempre são previstos pensando numa realidade brasileira”.

 

Como os candidatos precisam, além de ter um conhecimento mínimo sobre o assunto, fazer uma proposta de intervenção, a dica é buscar referências que ajudem a embasar o texto. Podem ser músicas, filmes, livros, notícias e documentos como a Constituição Federal e a Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), da qual o Brasil é signatário. “Fazer grupo de estudo, compartilhar com colegas o que cada um andou lendo, ver os principais temas, escrever. Pegar alguns temas e refazer a redação, não só para treinar a parte cognitiva, mas para treinar o tempo”.

 

No dia da prova, de acordo com o professor, o ideal é reservar uma hora para fazer a redação. Isso pode ser feito logo no começo, quando o candidato está mais descansado. A dica é antes mesmo de ler os textos de apoio, ver, no final do enunciado, qual é o tema da redação. Assim, quando o estudante ler os textos de apoio, já saberá sobre o que precisará escrever e poderá destacar elementos que o ajudem na produção do próprio texto.

O estudante terá à disposição uma folha de rascunho, mas somente o que estiver escrito em caneta preta na folha de redação será considerado na correção. “É importante fazer o treinamento para a gestão do tempo”, recomenda Beltrão.

 

Acompanhe a cobertura da Agência Brasil sobre o Enem 2021:

Reler as redações

A professora de redação na plataforma Explicaê Cainã Marques Vilanova recomenda que, nessa reta final, os estudantes revisem os textos que escreveram ao longo do ano. “Fazer uma análise de redações já feitas. Se estudou durante o ano e fez 30 redações, por exemplo, é hora de colocá-las em cima da mesa e dar uma olhada, rever os principais erros, analisar o que é preciso melhorar”, diz.

 

Outra dica é ler redações que tiraram nota 1 mil em edições anteriores. Produzir muitos novos textos a alguns dias do exame pode, de acordo com Cainã, gerar nervosismo. “Esta semana não é mais para fazer muitos textos, vejo alunos desesperados querendo recuperar o tempo perdido. Isso atrapalha até porque dificilmente terão alguém para fazer a correção dessas redações e não terão um feedback”.

 

Uma alternativa é buscar temas que o estudante ainda não tenha trabalhado e fazer um roteiro com os tópicos que abordaria e com os conhecimentos que teria se o tema fosse aquele, incluindo filmes relacionados ao assunto, entre outros. É preciso também, segundo a professora, tomar cuidado com o que se vê nas redes sociais, onde muitas informações e dicas falsas são divulgadas.

 

A professora conta que a alguns dias do exame, os estudantes estão ansiosos e abalados pelo ano de pandemia e também pelas notícias recentes de demissões no Inep. Nessa segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Enem irá ocorrer na mais absoluta tranquilidade. “Começam agora a ter a cara do governo as questões da prova do Enem. Ninguém está preocupado com aquelas questões absurdas do passado que caíam, temas de redação que não tinham nada a ver com nada. Realmente algo voltado para o aprendizado”, afirmou.

 

Segundo Cainã, os estudantes que conhecem bem a estrutura da prova estão preparados para discorrer sobre qualquer tema. Ela ressalta que os textos de apoio são de grande ajuda e que devem ser lidos com atenção. Eles não devem ser copiados na íntegra, o que poderá zerar a redação, mas podem conter informações que ajudem nos argumentos dos estudantes.

 

Motivos para nota zero

Segundo o edital do Enem, são motivos para zerar a redação:

 

• fuga total ao tema;

 

• não obediência ao tipo dissertativo-argumentativo;

 

• extensão de até sete linhas manuscritas, qualquer que seja o conteúdo, ou extensão de até dez linhas escritas no sistema Braille;

 

• cópia de texto(s) da Prova de Redação e/ou do Caderno de Questões sem que haja pelo menos oito linhas de produção própria do participante;

 

• impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, em qualquer parte da folha de redação;

 

• números ou sinais gráficos sem função clara em qualquer parte do texto ou da folha de redação;

 

• parte deliberadamente desconectada do tema proposto;

 

• assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante;

 

• texto predominante ou integralmente escrito em língua estrangeira;

 

• folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho; e

 

• texto ilegível, que impossibilite sua leitura por dois avaliadores independentes.

 

Veja os temas das redações de anos anteriores:

 

Enem 2009: O indivíduo frente à ética nacional

 

Enem 2010: O trabalho na construção da dignidade humana

 

Enem 2011:  Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado

 

Enem 2012: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI

 

Enem 2013:  Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil

 

Enem 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil

 

Enem 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

 

Enem 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil e Caminhos para combater o racismo no Brasil - Neste ano houve duas aplicações regulares do exame.

 

Enem 2017: Desafios para formação educacional de surdos no Brasil

 

Enem 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

 

Enem 2019: Democratização do acesso ao cinema no Brasil

 

Enem 2020: O Estigma Associado às Doenças Mentais na Sociedade Brasileira (Enem impresso), O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil (Enem digital) e A falta de empatia nas relações sociais no Brasil (Enem PPL e reaplicação)

 

Enem 2021

O Enem será aplicado nos dias 21 e 28 de novembro para mais de 3 milhões de estudantes em todo o país. No primeiro dia de prova, os participantes farão as provas de linguagens, ciências humanas e redação. No segundo, matemática e ciências da natureza. Os locais de prova estão disponíveis no Cartão de Confirmação de Inscrição na Página do Participante.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

17/11/2021 - Caixa inicia pagamento do Auxílio Brasil

Datas seguem modelo do Bolsa Família, com base no dígito final do NIS

Cerca de 14,5 milhões de famílias começam a receber hoje (17) a primeira parcela do Auxílio Brasil. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS).

 

Com valor médio de R$ 217,18 neste mês, a parcela de novembro começará a ser paga hoje para os beneficiários de NIS com final 1 e terminará no dia 30 para os beneficiários de NIS com final 0. Assim como no Bolsa Família e no auxílio emergencial, o pagamento será feito pela Caixa Econômica Federal. O governo trabalha para que o programa chegue a 17 milhões de famílias nos próximos meses.

 

Quem recebia o Bolsa Família não precisará ir aos centros de Referência de Assistência Social (Cras) para refazer o cadastro. O Auxílio Brasil usará a mesma base de dados do antigo programa social. Apenas nos casos em que o usuário precisar atualizar informações, como mudanças na família e na documentação do responsável familiar há menos de dois anos, será necessário procurar o Cras para atualizar os dados.

 

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: o novo aplicativo Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

 

O novo programa social terá três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário arranje um emprego ou tenha um filho que se destaque em competições esportivas ou em competições científicas e acadêmicas.

 

Podem receber o Auxílio Brasil as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda per capita de até R$ 200, consideradas em condição de pobreza. No Bolsa Família, os valores das linhas de extrema pobreza e pobreza eram, respectivamente, de R$ 89 e de R$ 178 por pessoa.

 

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o Auxílio Brasil. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para integrar o programa social, os nove tipos diferentes de benefícios e o que aconteceu com o Bolsa Família e o auxílio emergencial, que vigoraram até outubro.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

16/11/2021 - Rússia revogará proibição de voos do Brasil, Argentina e outros países

Medida vai vigorar a partir de 1º de dezembro

A Rússia revogará a proibição de voos para países como Bangladesh, Brasil, Mongólia, Costa Rica e Argentina a partir de 1º de dezembro. A informação foi dada nesta terça-feira (16) pela força-tarefa do governo russo para o combate ao novo coronavírus.

O governo suspendeu os voos comerciais normais para o exterior quando a pandemia atingiu o país no ano passado, mas desde então vem gradualmente relaxando as restrições.

As proibições de voos infligiram um duro golpe às companhias aéreas da Rússia.

 

Fonte: Agência Brasil

16/11/2021 - Frente fria avança e chuva atinge o Rio Grande do Sul nesta terça-feira

Em alguns pontos isolados, Estado pode registrar temporais e pancadas fortes

O tempo começa a mudar no Rio Grande do Sul e a chuva aparece a partir desta terça-feira. Com a chegada de uma frente fria, a instabilidade se manifesta primeiramente no Oeste e no Sul com o aumento da nebulosidade. No restante do território gaúcho, o sol surge com nuvens e depois haverá um crescimento na cobertura da nebulosidade, antecipando a chegada da instabilidade.

 

De acordo com a MetSul, na segunda metade do dia, a chuva alcançará quase todo o Estado. Em alguns pontos isolados, pancadas fortes podem aparecer, com chance de temporais. Trovoadas são esperadas na maior parte dos municípios. Antes da chuva, o tempo é quente e abafado.

 

Em Porto Alegre, o dia será de sol e chuva. Na Capital, a mínima será de 18°C, e a máxima chega aos 28°C.

Mínimas e máximas no RS

Cruz Alta 18°C / 28°C

Erechim 18°C / 30°C

Santa Cruz 18°C / 28°C

Uruguaiana 18°C / 25°C

Santa Rosa 20°C / 29°C

Torres 19°C / 30°C

 

Fonte: Correio do Povo

16/11/2021 - Pix terá valor com suspeita de fraude bloqueado a partir de hoje

Medida cautelar faz parte de pacote de segurança que entra em vigor nesta terça-feira, aniversário de 1 ano do meio de pagamento

A segunda fase do Pix, meio de pagamento digital, instantâneo e gratuito do Banco Central, completa um ano nesta terça-feira (16). No dia do seu aniversário, o sistema estreia uma série de medidas de segurança para aprimorar o seu funcionamento. Entre elas, estão o bloqueio preventivo de até 72 horas dos recursos pelos bancos em caso de suspeita de fraude e notificações obrigatórias de transações rejeitadas.

 

Desde o dia 4 de outubro começou a valer o limite de R$ 1 mil nas transferências noturnas, entre 20h e 6h, realizadas por meio do Pix. O limite de transferências noturnas pode ser alterado a pedido do cliente, formalizado nos canais de atendimento eletrônicos, porém a instituição deverá estabelecer prazo mínimo de 24 horas para a efetivação do aumento.

 

As medidas visam à prevenção de fraudes e sequestro-relâmpago. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, nos primeiros sete meses deste ano, houve um aumento de 39,1%, com 206 boletins de ocorrência de sequestro-relâmpago.

 

Bloqueio cautelar

Essa medida irá permitir que a instituição que detém a conta do usuário recebedor pessoa física possa efetuar um bloqueio preventivo dos recursos por até 72 horas em casos de suspeita de fraude.

 

A opção vai possibilitar que a instituição realize uma análise de fraude mais robusta, aumentando a probabilidade de recuperação dos recursos pelos usuários pagadores vítimas de algum crime. Sempre que o bloqueio cautelar for acionado, a instituição deverá comunicar imediatamente ao usuário recebedor.

 

Notificação de infração 

A notificação de infração, funcionalidade hoje facultativa, passa a ser obrigatória, além de ter o seu uso ampliado para transações em que pagador e recebedor possuem conta na mesma instituição e para transações rejeitadas por fundada suspeita de fraude. 

 

Esse mecanismo permite, por exemplo, que as instituições registrem uma marcação na chave Pix, no CPF/CNPJ do usuário e no número da conta quando há fundada suspeita de fraude. Essas informações serão compartilhadas com as demais instituições sempre que houver uma consulta a uma chave Pix, dando mais subsídios aos mecanismos de prevenção à fraude das instituições.

 

Ampliação do uso de informações para fins de prevenção à fraude

Também será criada uma nova funcionalidade que permitirá a consulta de informações vinculadas às chaves Pix para fins de segurança. O objetivo é que essa consulta seja feita para alimentar os mecanismos de análise de fraude dos participantes, inclusive em processos que não estejam diretamente relacionados ao Pix. 

 

Assim, informações de notificação de fraudes vinculadas a usuários finais estarão disponíveis para todos os participantes do Pix, que poderão utilizá-las em seus processos como, por exemplo, abertura de contas.

 

Mecanismos adicionais para proteção dos dados

Estabelecimento de obrigatoriedade de que os mecanismos adotados pelas instituições sejam no mínimo iguais aos implementados pelo BC. Também haverá a necessidade de as instituições definirem procedimentos de identificação e de tratamento de casos em que ocorram excessivas consultas de chaves Pix, que não resultem em liquidação ou casos de chaves inválidas. 

 

Ampliação da responsabilização das instituições

O Regulamento do Pix agora deixa claro que as instituições que ofertam o Pix a seus clientes têm o dever de responsabilizar-se por fraudes decorrentes de falhas nos seus próprios mecanismos de gerenciamento de riscos, compreendendo a inobservância de medidas de gestão de risco. 

 

Adicionalmente, foi determinado que as instituições devem obrigatoriamente utilizar as informações vinculadas às chaves Pix como um dos fatores a serem considerados para fins de autorização e de rejeição de transações. Essas medidas criam incentivos para que os participantes aprimorem cada vez mais seus mecanismos de segurança e de análise de fraudes.

 

Pix saque e Pix troco começarão no dia 29 de novembro

Oficialmente o Pix começou a valer no dia 3 de novembro do ano passado para apenas 5% dos clientes do sistema bancário e em horário reduzido. Desde o dia 16 de novembro de 2020, a modalidade passou a atender os clientes bancários cadastrados durante 24 horas. Nesta terça-feira, um ano depois, o sistema inicia integra essas novas medidas de segurança e ainda vem mais mudanças por aí.

 

A partir do dia 29 de novembro deste ano, os usuários poderiam efetuar dois novos serviços com a modalidade: Pix saque e Pix troco. O correntista poderá sacar até R$ 500 durante o dia e até R$ 100 à noite (das 20 horas às 6 horas). O uso do serviço será totalmente gratuito para o cliente final pessoa física até oito operações por mês.

Poderão oferecer os serviços: estabelecimentos comerciais como padarias, supermercados, entre outros; redes de ATMs compartilhados; e participantes do Pix, por meio de seus ATMs próprios.

 

Para ter acesso aos recursos em espécie, basta que o cliente faça um Pix para o agente de saque, em dinâmica similar à de um Pix normal, a partir da leitura de um QR Code mostrado ao cliente ou a partir do aplicativo do prestador do serviço.

Como vai funcionar na prática:

Pix Saque: nessa transação, o usuário chega no caixa e pede para fazer um saque de R$ 100, por exemplo, usando a sua chave Pix.

Pix Troco: neste caso, o usuário compra alguma coisa no estabelecimento e pede uma quantia a mais em dinheiro físico na operação.

Por exemplo: a pessoa compra um produto de R$ 100, faz um Pix de R$ 200 e recebe R$ 100 de volta em espécie como saque de sua conta.

As novas funções do Pix não serão obrigatórias no comércio, mesmo que o estabelecimento já aceite Pix como forma de pagamento.

 

 

Fonte: Correio do Povo

12/11/2021 - Governo da Argentina altera regras para ingresso de fronteiriços no país

A fronteira entre Uruguaiana e Paso de los Libres foi reaberta aos brasileiros no último dia 27

O governo da Argentina implementou, nesta quinta-feira, alterações nas regras para o ingresso no país de pessoas residentes a no máximo 50 quilômetros da fronteira entre Uruguaiana e Paso de los Libres. Deixaram de ser exigidos a Declaração Jurada, que era preenchida pela Internet, e o Seguro de Saúde. Está mantida, porém, a apresentação do teste de antígeno – a ser feito no máximo no dia anterior à viagem, da carteira com a vacinação completa contra a Covid e da comprovação de residência.

 

A travessia agora pode ser realizada durante as 24 horas. A fronteira entre Uruguaiana e Paso de los Libres foi reaberta aos brasileiros no último dia 27.

 

 

Fonte: Correio do Povo

12/11/2021 - Receita Federal apreende carreta com 350 mil maços de cigarros que viriam para o RS

Operação realizada pela Delegacia da Receita Federal em?Cascavel/PR e Delegacia da Receita Federal em Joinville/SC apreendeu uma carreta com cerca de 350 mil maços de cigarros contrabandeados.

 

A?apreensão ocorreu na manhã desta quinta-feira (11), na rodovia BR-467 próximo ao Distrito de Sede Alvorada/Cascavel/PR,?quando,?após monitoramento pelo setor de inteligência da Receita Federal, foi identificada uma carreta com suspeita de transportar cigarros estrangeiros.

 

A abordagem foi realizada pela equipe da Receita Federal em Cascavel, após um longo período de espera da passagem do veículo. Durante a vistoria foram localizados cerca de 350 mil maços de cigarros de origem paraguaia, transportados ocultos a uma carga lícita de soja que teria como destino o estado do Rio Grande do Sul. O motorista foi preso em flagrante e conduzido à Polícia Federal.

 

Será aplicada pena de perdimento sobre a carga e o veículo em favor da União. Além disso, será cobrada multa de R$ 2,00 por maço de cigarro apreendido além do perdimento do veículo transportador (cavalo e carreta), avaliados previamente em R$ 250 mil.

A atuação da Receita Federal na repressão ao contrabando e descaminho, tráfico de entorpecentes e outros ilícitos aduaneiros tem como objetivo a proteção da sociedade, impedindo o enriquecimento das organizações criminosas.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

12/11/2021 - Leilão de petróleo da União terá seis concorrentes

Todas as empresas habilitadas já atuam no pré-sal

A Pré-Sal Petróleo (PPSA) anunciou hoje (12) as seis empresas habilitadas para participar do 3º Leilão de Petróleo da União, previsto para o dia 26, às 14h, na B3. As petroleiras CNODC, Equinor, Petrobras, Petrogal, Repsol e Totalenergies disputarão mais de 55 milhões de barris de petróleo de propriedade da União no Polígono do Pré-Sal, dos campos de Búzios, Sapinhoá e Tupi e da Área de Desenvolvimento de Mero.

 

A PPSA informou que todas as empresas habilitadas já atuam no pré-sal. Com exceção da Petrogal, as demais operam ou participam de consórcio em um dos quatro campos cuja parcela de óleo da União será leiloada. Apesar de o edital permitir a realização de consórcios, todas as companhias se habilitaram como proponentes individuais.

 

O leilão será presencial e transmitido ao vivo pelo canal da B3 no Youtube. As cargas serão leiloadas na seguinte sequência: Búzios, Sapinhoá, Tupi e Mero. Para cada área, serão oferecidos contratos cujos prazos podem variar de 24, 36 a até 60 meses. A maior carga a ser comercializada é da Área de Desenvolvimento de Mero, equivalente a 43,4 milhões de barris, para um contrato de 36 meses.

 

Leilão

O leilão poderá ocorrer em até três etapas. Na primeira, cada área será oferecida por contrato de maior prazo. Segundo explicou a PPSA, cada proponente entregará sua proposta por escrito, com base no preço de referência fixado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para o respectivo petróleo. Caso haja mais de um proponente, o leilão será iniciado a viva voz. Vencerá a empresa que oferecer o maior ágio.

 

Caso não haja proponente para o contrato de maior prazo, será realizada uma nova fase, com a reabertura do referido lote para contrato de menor prazo. Da mesma forma, vencerá quem ofertar o maior ágio sobre o preço de referência, podendo ou não ter etapa a viva voz.

 

Se ainda assim o lote não for comercializado, será iniciada a fase da repescagem. O lote será reapresentado pelo menor prazo e o vencedor será aquele que oferecer a menor oferta de deságio em relação ao preço de referência. Da mesma forma que na fase anterior, se houver mais de um proponente, terá início o leilão a viva voz. A Pré-Sal Petróleo, entretanto, poderá aceitar ou não a oferta.

 

Caso não aceite, existem opções que serão avaliadas posteriormente. Por lei, a PPSA pode vender o petróleo diretamente, preferencialmente por leilão, ou por meio de agente comercializador.

 

Fonte: Agência Brasil

12/11/2021 - Brasil recebe 2,2 milhões de doses de vacinas da Pfizer

Neste mês, 56,7 milhões de doses devem chegar ao país

A Pfizer entregou hoje (12) o 19º lote de vacinas contra a covid-19. Chegaram ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, 2.254.590 doses do imunizante.

 

A entrega faz parte do segundo acordo assinado entre a farmacêutica e o governo federal, que prevê a entrega de 100 milhões de doses até o fim de 2021.

A previsão do Ministério da Saúde é que 56,7 milhões de doses cheguem agora em novembro, com antecipação de parte dos lotes.

Em outubro, foram recebidos 25,4 milhões de doses. No mês passado, o laboratório também finalizou o primeiro contrato com o governo brasileiro para o fornecimento de 100 milhões de doses.

 

 

Fonte: Agência Brasil

11/11/2021 - Morre a jornalista de política Cristiana Lôbo, aos 63 anos

Ela lutava contra um meiloma múltiplo, um tipo de câncer que afeta a medula óssea

Morreu nesta quinta-feira (11), em São Paulo, a jornalista e colunista de política Cristiana Lôbo, aos 63 anos. Ela lutava contra um meiloma múltiplo, câncer que afeta as células da medula óssea. A informação foi confirmada pela TV Globo.

 

Natural de Morrinhos, em Goiás, Cristiana começou sua trajetória como jornalista há mais de 30 anos, cobrindo a política do seu estado natal. Trabalhou no jornal O Globo, onde foi setorista do Ministério da Saúde. No mesmo periódico, iniciou a cobertura da política nacional, que a acompanhou até 2020, quando precisou se ausentar para tratar o câncer.

 

Depois de deixar O Globo, ela assumiu a coluna de política no jornal o Estado de S. Paulo. A estreia em televisão aconteceu em 1997, na Globonews. A jornalista trabalhava na sede da TV Globo, em Brasília. Inicialmente, ela fez parte da equipe de comentaristas do Jornal das Dez. Cristiana também teve um programa só seu na emissora de TV a cabo, o Fatos e Versões, e assinou uma coluna sobre os bastidores da política no portal G1.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

11/11/2021 - Cinco mulheres são presas em operação da Polícia Civil de Santa Cruz

A Polícia Civil de Santa Cruz do Sul, através da operação denominada Negócio da China, deflagrada pela 2ª DP, prendeu cinco mulheres na manhã desta quinta-feira (11) envolvidas em roubos e estelionatos. Elas são familiares de seis detentos da Penitenciária Estadual Venâncio Aires (Peva) que comandavam o esquema de dentro do presídio e responderão por associação criminosa. Os mandados foram cumpridos com apoio de todas as delegacias de Santa Cruz do Sul em cidades da região metropolitana e Vale do Taquari.

 

De acordo com o delegado Alessander Zucuni Garcia, titular da 2ª DP,  três celas da galerida D da Peva foram alvos de mandados na manhã desta quarta-feira, com apoio da Susepe, assim como residências de Porto Alegre, Novo Hamburgo, Teutônia e Lajeado. As investigações que culminaram na identificação da quadrilha iniciaram após um assalto no dia 16 de julho, nas proximidades do Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, quando moradores do Paraná foram atraídos ao local para realizar a compra de grades, momento que foram obrigados a realizar a transferência bancária de R$ 47 mil. Um roubo no mesmo estilo também foi realizado em Porto Alegre.

 

Segundo o delegado, o grupo também praticava golpes mais comuns, como o Golpe do Nude. "A coordenação dos crimes era de presidiários recolhidos na Peva. Diante dessa investigação, recolhemos muitos elementos probatórios para o envolvimento deles nesses crimes", explica. A prisão preventiva dos indivíduos, já recolhidos, foi solicitada após a coleta das evidências. Um deles é natural de Santa Cruz do Sul e os demais de municípios do Vale do Taquari. A ação individual de cada presa será analisada a fim de identificar outros enquadramentos, além da associação criminosa. "Os presidiários cansaram de dizer para as companheiras que isso não daria nada, que o máximo que iria acontecer era as contas serem bloqueadas. Está aí a prova de que quem participar disso, mais cedo ou mais tarde, será responsabilizado com prisão", pontua.

 

Conforme Alessander Zucuni Garcia, a maioria das vítimas da quadrilha eram produtores rurais, atraídos por ofertas anunciadas em grupos de redes sociais. "Eles direcionavam os golpes a produtores rurais e envolviam implementos agrícolas e anunciavam nos grupos das redes sociais. As mulheres presas nesta quarta-feira faziam as movimentações financeiras e também auxiliavam os presos criando as postagens", diz. De acordo com o delegado, em um dos crimes cometidos em Rosário do Sul, a vítima perdeu R$ 90 mil ao negociar um trator com os criminosos.

 

Foram apreendidos durante a operação uma arma de fogo, cinco celulares, R$ 7 mil, uma quantia de entorpecentes, um relógio e anotações. "Foi um trabalho bem extenso, ficamos muitos meses envolvidos, e agora vamos municiar várias delegacias com provas coletadas durante a investigação", destaca o delegado, que acredita que a operação foi uma das maiores dos últimos anos na região no combate ao estelionato e à fraude eletrônica.

A Polícia Civil agora foca em identificar os executores dos crimes.

 

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

11/11/2021 - Governo regulamenta programa para facilitar doação de alimentos

Empresas podem doar legumes, frutas, carnes e lácteos

O governo federal regulamentou hoje (11) o Programa Brasil Fraterno–Comida no Prato para facilitar doações de alimentos por empresas com a possibilidade de isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A cerimônia foi realizada no Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, ministros, representantes do setor de alimentos e outras personalidades.

“Quando se fala que em torno de 30% [de alimentos produzidos] é desperdiçado, no Brasil equivale, você com esse desperdício, poder alimentar 60 milhões de pessoas”, destacou  Bolsonaro.

 

O objetivo do programa é conectar empresas interessadas em doar alimentos e instituições habilitadas a recebê-los. A portaria hoje assinada tem o manual operativo de doações no âmbito do programa de segurança alimentar e nutricional e cria um selo de reconhecimento para as empresas que se conectarem ao serviço e realizarem doações.

 

Quem pretende fazer as doações pode preencher o cadastro no portal, para pleitear a isenção do ICMS. A plataforma reúne um mapa georreferenciado com dados completos de bancos de alimentos incluídos na Rede Brasileira de Bancos de Alimentos e permite o cadastro de instituições que poderão receber as doações diretamente, em cada unidade da federação.

 

O programa Brasil Fraterno foi lançado em março deste ano, mas, de acordo com o ministro da Cidadania, João Roma, a isenção do ICMS para empresas doadoras era uma possibilidade pouco conhecida. Ainda assim, até outubro, mais de R$ 42 milhões em valor de alimentos já foram doados com a isenção.

 

Operação

Segundo João Roma, a portaria de regulamentação deixa claro as responsabilidades e procedimentos de doação e critérios de isenção. Como o ICMS é um imposto estadual, a medida precisou ser aprovada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que reúne os secretários estaduais de Fazenda e Economia.

 

O ministro explicou que a isenção do ICMS é a mesma que se aplicaria ao comércio e à indústria de alimentos nos casos de logística reversa. Normalmente, os produtos que estão perto do prazo de validade são substituídos nas prateleiras e destinados à incineração ou destruição em locais adequados, de acordo com a legislação ambiental. Essa operação logística é isenta de tributação.

 

“Com essa regulamentação, atualizamos as normativas para que ficasse claro que, se esses produtos forem entregues nesta rede de banco de alimentos, a indústria também ficaria isenta de impostos”, disse. “Porque esse produto não está sendo comercializado, está destinado a uma função social. Com isso, estamos potencializando a capacidade de doação não só da rede de varejo, mas de muitas indústrias”, explicou, durante coletiva de imprensa após a cerimônia.

 

Podem ser doados tanto alimentos perecíveis, como frutas, legumes, verduras, hortaliças, panificados, carnes, lácteos e refeições prontas, como itens não perecíveis, como grãos, cereais e produtos embalados. O requisito é que sejam alimentos de qualidade e que estejam na data de validade.

 

Tanto doadores quanto instituições que recebem os alimentos precisam prestar contas posteriormente. Para isso, é preciso apresentar notas fiscais da operação e confirmar que a doação foi efetivamente recebida pelas entidades.

 

Segundo informações da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), das 140 milhões de toneladas de alimentos produzidas anualmente no país, cerca de 26 milhões são colocadas no lixo, um desperdício superior a 20%. Esse processo envolve desde questões de logística e manuseio inadequado até padrões rígidos de aparência de alimentos para comercialização e burocracias no processo de doação.

 

Selo Comida no Prato

A portaria de regulamentação prevê, ainda, a entrega de selos de reconhecimento concedidos anualmente. De acordo com o Ministério da Cidadania, haverá um selo verde do programa, disponível para todas as empresas que realizarem doações, em qualquer valor, e também selos específicos, nas categorias ouro, prata ou bronze, para serem usados por empresas que tiverem doações mais vultosas.

 

O selo bronze será conferido a quem doar alimentos no valor entre R$ 100 mil e R$ 499 mil, enquanto o selo prata poderá ser utilizado por instituições que doarem valores na faixa de R$ 500 mil a R$ 999 mil. Já o selo ouro vale para quem fizer doações a partir de R$ 1 milhão.

 

Bancos de alimentos

Durante a cerimônia, também foi assinada portaria que regulamenta os procedimentos para novas adesões à Rede Brasileira de Bancos de Alimentos, que reúne bancos de alimentos públicos e privados. O objetivo, segundo o Ministério da Cidadania, é fortalecer a atuação conjunta desses equipamentos e reduzir perdas e desperdícios, além de promover o direito humano à alimentação adequada.

 

Os bancos de alimentos são estruturas físicas ou logísticas que coletam e distribuem alimentos recebidos a partir de doações privadas ou públicas. Esses alimentos são posteriormente direcionados a instituições de assistência social, proteção e defesa civil, unidades de ensino e de justiça e estabelecimentos de saúde.

 

As unidades que fazem parte da rede estão automaticamente habilitadas para receber, como intermediários logísticos entre doadores e entidades, as doações realizadas com isenção do ICMS, além de já serem pré-cadastradas no portal Brasil Fraterno-Comida no Prato.

 

Em 2020, os bancos de alimentos que fazem parte da Rede Brasileira de Bancos de Alimentos captaram e distribuíram 73,5 mil toneladas de alimentos, doados para 9,7 mil entidades em todo o Brasil.  

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

11/11/2021 - Policiais civis do RS e de SC investigam rede de pedofilia com distribuição de pornografia infantil

Professor da cidade catarinense de Joinville foi preso por participar com dicas no estupro de uma criança pelo padrasto no município gaúcho de Pinheiro Machado

Policiais civis gaúchos e catarinenses investigam uma rede de pedofilia na qual um professor auxiliou um padastro a estuprar a enteada de oito anos de idade. O abuso sexual foi inclusive filmado e fotografado. O docente confessou a prática dos crimes, os aliciamentos contra as crianças e a distribuição do conteúdo de pornografia infantil. Pelo RS, a apuração do caso é conduzida pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Bagé, sob comando do delegado Cristiano Ritta. Já em SC, o trabalho é coordenado pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente de Joinville.

 

Na última terça-feira, o professor, de 34 anos, que atua na rede pública de ensino de Joinville, foi preso preventivamente por participação no estupro de vulnerável da vítima pelo padastro. O abuso sexual ocorreu na cidade gaúcha de Pinheiro Machado.

 

No local das buscas na residência dele, no bairro Costa e Silva, em Joinville, os policiais civis encontraram um vasto material de conteúdo pornográfico. Houve a apreensão de um computador, dois notebooks, nove discos rígidos internos e externos, quatro telefones celulares e cinco CDs, entre outros objetos.

 

Investigações desde fevereiro

As investigações começaram em fevereiro deste ano, após a prisão do padrasto. O material coletado no telefone celular do acusado foi encaminhado para a Draco de Bagé, que descobriu então uma rede de distribuição de conteúdo de pedofilia, com milhares de imagens de cunho sexual infanto-juvenil. Durante a apuração do caso, os agentes identificaram que o professor auxiliou no estupro da criança de Pinheiro Machado ao repassar ao padastro as técnicas de aliciamento e de dopar a criança.

 

O docente, que trabalhava em uma escola pública com crianças de seis a dez anos, também agia como um distribuidor do conteúdo sexual em redes de relacionamentos e comunicadores. O trabalho policial prossegue para encontrar novas vítimas dos crimes sexuais.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

09/11/2021 - Arsenal de facção criminosa é apreendido no bairro Restinga, em Porto Alegre

Local de armazenamento foi descoberto após efetivo do 21º BPM prender dois assaltantes

A Brigada Militar apreendeu um arsenal de uma facção criminosa na noite desta segunda-feira no bairro Restinga, na Zona Sul de Porto Alegre. O efetivo do 21º BPM encontrou 16 armas em uma residência. Os policiais militares recolheram um fuzil, três espingardas, sete pistolas e cinco revólveres, além de dez carregadores e 371 munições de calibres variados.

 

Na casa foram localizados ainda quatro radiocomunicadores com quatro bases e seis carregadores de energia elétrica, um colete balístico, uma balança de precisão, três.telefones celulares, em torno de R$ 200 em dinheiro, 1,7 quilo de cocaína, 177 gramas de crack e 1,2 quilo de maconha, entre outros objetos.

 

A descoberta do depósito de armamento foi possível com a prisão de dois criminosos, ambos com 20 anos e antecedentes. A dupla havia assaltado uma mulher, de 35 anos, para roubar o celular dela e fugido. Acionados, os policiais militares do 21º BPM realizaram buscas e abordaram os suspeitos em um Fiat Uno. O aparelho telefônico da vítima foi recuperado.

 

Segundo a Brigada Militar, os indivíduos revelaram então onde estava o arsenal armazenado, pois temiam que um grupo rival tomasse posse das armas guardadas pela facção.

 

CANOAS

 

Em Canoas, o 15º BPM prendeu três assaltantes com dois revólveres, uma pistola, um simulacro de arma de fogo e 24 munições, no bairro Rio Branco. Os policiais militares apreenderam ainda 32 telefones celulares, duas balanças de precisão, seis notebooks, um televisor, uma quantia em dinheiro, três pinos de cocaína e duas buchas de crack, bem como um Fiat Palio. O veículo havia sido utilizado em um roubo horas antes pelo trio.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

09/11/2021 - Como manter o peso depois da dieta?

Nutricionista traz dicas para que os quilos perdidos na reeducação alimentar não sejam recuperados

Você já começou o seu “Projeto Verão”? Algumas pessoas já se adiantaram e deram início a novos hábitos para estar com o corpo em dia para a próxima estação. Mas depois de conquistar o emagrecimento desejado, vem outro desafio: o de mantê-lo, sem recuperar os quilos perdidos.

 

Qualquer perda de peso, quer ela seja rápida ou lenta, pressupõe mudanças de hábitos e estilo de vida consistentes para que a perda de peso seja duradoura. “Dietas muito restritivas, que promovem perdas de mais de um quilo por semana, são difíceis de serem mantidas a longo prazo. Elas dificilmente promovem mudanças de hábitos alimentares, o que aumenta o risco de recuperar o peso tão rapidamente quanto ele foi perdido”, alerta a coordenadora do curso de Nutrição da Universidade La Salle, Carina de Araújo.

A profissional também ressalta que o efeito sanfona, aquele de engordar e emagrecer a cada temporada, é tão prejudicial à saúde quanto se manter em excesso de peso. Portanto, não é recomendado!

 

Para a nutricionista, a manutenção do peso perdido irá ocorrer caso o indivíduo consiga incorporar na sua rotina de vida os novos hábitos que o levaram à perda. É preciso entender que o processo de emagrecimento não acaba quando o peso desejado é alcançado.

“O nutricionista tem papel fundamental nesse aspecto. Avaliando caso a caso, ele é quem indicará, de forma personalizada, o que cada indivíduo precisa ingerir para emagrecer de forma saudável e sem o risco de ganhar todo o peso perdido novamente”, analisa Carina.

 

Manter hábitos saudáveis

Modificar hábitos requer tempo e paciência, então, mesmo depois de conquistar o peso sonhado, é importante manter o estilo de vida que o levou a esta conquista. Alguns aspectos podem ser mantidos ao longo de toda a vida e podem auxiliar neste processo:

 

-    Planeje as refeições do seu dia. Elabore um cardápio semanal, organize a sua lista de compras e a ida ao supermercado baseando-se neste cardápio. Esse hábito irá permitir que você poupe tempo e evita que você faça refeições por impulso, normalmente mais palatáveis, mais calóricas, ricas em açúcares e gorduras;

-    Estipule horários para as suas refeições. Evite almoçar em um dia às 11h e no outro às 14h, por exemplo. Esta organização irá auxiliar a evitar os jejuns prolongados ou pular refeições, o que poderia proporcionar aumento da fome e exageros na próxima;

-    Invista em técnicas de controle de estresse, ansiedade e que melhorem a qualidade do sono, como exercícios regulares, meditação, ioga ou qualquer outra técnica que lhe ajude;

-    Mastigue bem os alimentos, saboreie-os, evite distrações. Isso poderá auxiliar a come

-    Inclua a prática de atividade física regular. A prática de exercício físico não só auxilia no processo de perda de peso, mas também é uma ótima estratégia para ajudar com o controle do estresse e da ansiedade;

-    Pesar-se com frequência moderada, uma vez por semana ou a cada 15 dias, pode auxiliar no processo. Mas cuidado, pesar-se diariamente ou até mais de uma vez ao dia, pode atrapalhar o processo, trazendo mais ansiedade e conclusões precipitadas acerca da sua evolução.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo 

Bella +

09/11/2021 - Fronteira dos EUA com México é reaberta após 20 meses de interrupção

Tráfego foi menor que o esperado

Um tráfego menor do que o esperado foi registrado na fronteira entre México e Estados Unidos (EUA) nessa segunda-feira (8), quando foi reaberta a passagem para viagens não essenciais, após um fechamento de 20 meses devido à pandemia de covid-19. Muitos moradores permaneceram em casa para evitar possíveis situações caóticas.

 

Autoridades da cidade mexicana fronteiriça de Tijuana disseram que as pessoas evitaram a travessia, apesar da suspensão da maior parte das restrições ao longo da fronteira de 3,2 mil quilômetros, para não ficarem presas no trânsito.

 

"Na parte da manhã, não havia filas", disse a moradora de Tijuana Claudia Hernandez, enquanto se preparava para entrar nos EUA para fazer compras antes do feriado do Dia de Ação de Graças, na semana que vem.

 

"Na semana que vem, veremos as filas gigantescas que sempre se formam".

 

Javier Delgado, uma autoridade de transportes de Tijuana, disse que há cerca de 35% menos trânsito do que era esperado na divisa da cidade com San Diego, uma das mais movimentadas do planeta.

 

No domingo, centenas de carros haviam formado filas que se estendiam por quilômetros desde Tijuana, alimentando temores de que a reabertura pudesse ser um problema. Mas o trânsito avançou de maneira constante.

 

Na mexicana Ciudad Juarez, que faz fronteira com El Paso, no Texas, cerca de 20 pessoas estavam na fila para atravessar, na manhã de ontem, a fim de visitar familiares do outro lado da fronteira.

 

"Nós achávamos que iriam nos dizer novamente que decidiram não abrir", disse Lorena Hernandez, que se encontrou com sua filha em El Paso, pela primeira vez desde março de 2020. "Eu disse: se eles não reabrirem, vou pegar um avião".

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

09/11/2021 - Dia será ensolarado em todo o Rio Grande do Sul nesta terça-feira

Temperaturas sobem especialmente no Oeste e no Noroeste do Estado

A terça-feira será de sol em todo o Rio Grande do Sul. Em algumas regiões, nuvens são esperadas, mas de maneira escassa e o Estado seguirá com predomínio de céu aberto como nos últimos dias.

De acordo com a MetSul, o tempo aberto e seco na madrugada deve proporcionar um amanhecer frio. Entretanto, ao longo do dia, as temperaturas sobem e a tarde terá calor no Oeste e no Noroeste, principalmente.

Em Porto Alegre, a terça-feira será de sol e as marcas ficam entre 12°C e 26°C.

 

Mínimas e Máximas

Erechim 12°C | 28°C

Pelotas 11°C | 25°C

Bagé 11°C | 27°C

Santiago 13°C | 31°C

Santana do Livramento 12°C | 28°C

Alegrete 15°C | 30°C

Uruguaiana 17°C | 28°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

08/11/2021 - Após pente-fino do INSS, 85 mil podem ter benefício suspenso

Dos 95 mil notificados para marcar perícia até o dia 11 de novembro, apenas 10 mil agendaram o procedimento obrigatório

Os segurados convocados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), após pente-fino para identificar possíveis irregularidades no pagamento de benefícios, têm até a quinta-feira para agendar perícia médica. Dos 95 mil que devem passar pelo procedimento para manter o benefício por incapacidade temporária (auxílio-doença ou acidentário), apenas 10 mil já marcaram a perícia. Outros 85 mil podem perder o benefício.

 

Segundo o INSS, quem não agendar a perícia no prazo terá o benefício suspenso. Esse grupo é formado por beneficiários que não foram localizados no endereço que consta na base de dados do INSS ou deixaram de marcar o exame após receber a notificação. A relação dos segurados foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) no dia 27 de setembro. Confira a lista completa neste link.

 

O INSS anunciou em junho deste ano que iniciaria um pente-fino na lista de segurados que recebem auxílio-doença ou acidentário. Em julho, o instituto começou a enviar cartas para 170 mil segurados. Os notificados tinham até 30 dias, a contar da data de recebimento notificada pelos Correios, para agendar o procedimento

 

Desse total, o INSS não conseguiu encontrar esses 95 mil nomes que foram divulgados no Diário Oficial da União. O Rio Grande do Sul é o estado com o maior número de segurados na lista: 11.816. São Paulo tem 10.735 e Rio de Janeiro 6.134.

 

O que fazer se o nome estiver na lista?

O segurado que estiver com o nome na lista do pente-fino do INSS deve providenciar o agendamento da sua perícia médica quanto antes, para não ter o benefício suspenso.

 

A perícia médica pode ser marcada de três formas:

• Aplicativo Meu INSS;

• Central de atendimento 135; ou

• Site do INSS: www.meu.inss.gov.br.

 

Para realizar a perícia é preciso apresentar os seguintes documentos:

• CPF;

• Laudo médico contendo o nome do médico, número do CRM, código da doença/CID (Classificação Internacional de Doenças) e a descrição da doença e exames médicos recentes que comprovem a doença; e

• RG.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

08/11/2021 - Começa hoje prazo para universidades públicas aderirem ao Sisu

Prazo termina na sexta-feira

Começa hoje e vai até sexta-feira (12), o prazo de adesão das instituições de educação superior públicas à primeira edição de 2022 do Sistema de Seleção Unificado (Sisu). O programa do Ministério da Educação (MEC) dá acesso a cursos de graduação em universidades públicas do Brasil. As vagas são abertas duas vezes por ano.

 

De acordo com as regras, é de exclusiva responsabilidade da instituição participante do Sisu descrever, no documento de adesão, as condições específicas de concorrência às vagas por ela ofertadas.

De 15 a 19 de novembro, as instituições podem retificar, se for o caso, informações constantes nos documentos de adesão, que deverão ser assinados digitalmente, exclusivamente, por meio do sistema de gestão do Sisu.

 

Segundo o edital, as instituições de educação superior que aderirem ao Sisu devem divulgar, tanto em suas páginas na internet como em locais de grande circulação de estudantes, as condições específicas de concorrência às vagas ofertadas no âmbito do Sisu.

Candidatos

O processo seletivo do Sisu para o primeiro semestre de 2022 ainda não tem data marcada, mas está previsto para ocorrer entre janeiro e fevereiro do ano que vem. A seleção dos candidatos às vagas será feita com base na nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021.

 

O edital de adesão prevê que seja disponibilizado pelas instituições o acesso virtual para que os estudantes selecionados possam encaminhar a documentação exigida e efetuar a matrícula de forma remota, caso não possam fazer de forma presencial.

Após a divulgação da data do resultado do Enem 2021, o MEC publicará o edital com o prazo de inscrição e demais procedimentos referentes ao primeiro processo seletivo do Sisu do ano 2022. Na primeira edição de 2021, foram oferecidas 209.190 mil vagas em 110 instituições públicas de ensino superior em todo o país.

 

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

05/11/2021 - MEC prorroga prazo para renovação de contratos do Fies

Prazo agora vai até 31 de dezembro

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União de hoje (5) portaria que prorroga, para 31 de dezembro, o prazo para a renovação semestral dos contratos de financiamentos concedidos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), simplificados e não simplificados, do 1º e 2º semestres de 2021.

 

Os aditamentos de renovação semestral devem ser feitos por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFIES), disponível na página eletrônica do Ministério da Educação.

 

A prorrogação do prazo tem por objetivo garantir que todos os estudantes possam realizar os aditamentos neste período de pandemia de covid-19.

 

No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao banco para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

 

Os contratos do Fies devem ser renovados semestralmente. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas faculdades no SisFies.

 

O Fies é o programa do governo federal que tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas.

 

Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies). O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. O percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino.

 

O P-Fies funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

05/11/2021 - BM de Cachoeira do Sul prende jovem e desarticula ponto de distribuição de drogas

A Brigada Militar de Cachoeira do Sul prendeu um jovem, de 21 anos, por tráfico de drogas no Passo do Moura. A ação aconteceu na noite dessa quinta-feira (4), durante realização da Operação Avante Paz no Interior.

 

Em uma residência que era usada para armazenamento e distribuição de drogas, os policiais militares flagraram dois indivíduos. Com a aproximação da viatura, um deles fugiu. O jovem que permaneceu no local foi abordado e, em busca pessoal, foi localizado um estojo contendo drogas prontas para venda e distribuição.

 

Durante diligências, foram localizados 288 gramas de maconha fracionada, 27 pinos de cocaína, pesando 20 gramas, porções de crack, pesando 57 gramas, três plantas de maconha, um simulacro de pistola, uma balança digital de precisão, além de 196 pinos vazios para armazenamento de cocaína e um caderno contendo anotações do tráfico. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao jovem, que foi apresentado, com o material apreendido, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foi autuado em flagrante. Após foi encaminhado ao Presídio Estadual de Cachoeira do Sul.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

05/11/2021 - Seis anos após tragédia de Mariana, voz de atingidos chega ao CNJ

Novo acordo de reparação é mediado pelo conselho

Seis anos após a tragédia de Mariana (MG), atingidos estão tendo a oportunidade de expor suas experiências e descontentamentos com a reparação nas altas esferas do Poder Judiciário. O espaço foi garantido no âmbito do processo de negociação de um novo acordo de reparação que está sendo mediado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No mês passado, duas audiências públicas foram realizadas em formato virtual. Cada uma delas durou cerca de seis horas, e cada atingido pôde falar por cinco minutos. Mais um encontro está previsto para 1º de dezembro.

                                                                             

A tragédia de Mariana ocorreu no dia 5 novembro de 2015, quando o rompimento de uma barragem da mineradora Samarco causou a morte de 19 pessoas e gerou impactos em dezenas de cidades mineiras e capixabas situadas na Bacia do Rio Doce. Em março de 2016, foi firmado o Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) que estabeleceu os 42 programas atualmente em andamento. O acordo foi firmado entre a Samarco, suas acionistas Vale e BHP Billiton, a União e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo. Para administrar as medidas previstas e custeadas pelas mineradoras foi criada a Fundação Renova.

 

A repactuação desse acordo ocorre em meio a um cenário complexo do processo reparatório. Segundo o CNJ, cerca de 85 mil processos relacionados à tragédia tramitam na Justiça brasileira. O Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e o Ministério Público do Espírito Santo (MPES), que não participaram da negociação do TTAC, consideram que a Fundação Renova não tem a autonomia necessária diante das mineradoras e não conseguiu apresentar os resultados esperados após seis anos. As três entidades, além das defensorias públicas da União e dos dois estados, estão envolvidas na repactuação.

 

O procurador-geral de Justiça do MPMG, Jarbas Soares Júnior, está otimista com um acordo, pois avalia que as próprias mineradoras têm interesse em chegar a um termo que traga mais segurança jurídica. Ele cita dois dos principais gargalos do processo indenizatório: o reassentamento e as indenizações. "Os atingidos estão até hoje sem suas moradias, o que é um direito elementar básico do cidadão. As indenizações estarão no coração dessa repactuação".

 

Nas audiência públicas já realizadas, os atingidos se queixaram de diversos problemas como a contaminação da água, a ineficiência dos programas de reparação e a falta de assessorias técnicas, direito que foi conquistado judicialmente mas que não foi efetivado em muitos municípios. "O índice de analfabetismo na área de produção rural é alto. É muito difícil lidar com tudo isso. A assessoria técnica há muito tempo foi escolhida, mas não vem a campo por falta de liberação", diz Maria Célia Albino de Andrade, produtora rural e moradora de Conselheiro Pena (MG).

 

Apesar de ressaltarem a importância do espaço, muitos deles destacaram nas audiências públicas que esperam participação nas decisões. "O atingido e a atingida precisa estar na mesa de negociação. Precisa ter poder de decisão junto aos órgãos competentes que já estão na mesa", disse Rômulo Araújo, morador de São Mateus (ES). "Só reunião online não é participação", acrescenta Simone Silva, que integra a comissão de atingidos de Barra Longa (MG).

 

O cronograma da mediação prevê atividades até fevereiro do próximo ano. A expectativa do MPF e do MPMG é que possa ser obtido um acordo mais próximo ao que foi negociado para a tragédia de Brumadinho, sem o envolvimento de uma entidade como a Fundação Renova. As ações foram divididas: a responsabilidade de execução ficou em parte com o governo estadual, os municípios e a mineradora Vale, responsável pela barragem que se rompeu causando 270 mortes em janeiro de 2019. Também foram previstas medidas que ficaram a cargo da decisão dos atingidos junto às instituições de Justiça. O acordo de Brumadinho foi fechado em R$ 37,68 bilhões.

 

Jarbas Soares Júnior vê os dois casos se influenciando. "O que aconteceu em Mariana inspirou Brumadinho, para que não fossem cometidos os mesmos erros. E agora o acordo de Brumadinho está inspirando a repactuação de Mariana", diz o procurador-geral de Justiça do MPMG.

 

Para o MPF, a extensão dos danos na bacia do Rio Doce foram superiores. Sua referência na negociação de repactuação é uma ação judicial de R$ 155 bilhões que moveu contra as três mineradoras em 2016. A Fundação Renova afirma já ter gasto, até o final de setembro, cerca de R$ 16,8 bilhões na reparação. A entidade trabalha com um horizonte de atuação até 2030 e prevê que o custo total da reparação chegará a quase R$ 29 bilhões. "Esse é o valor que temos hoje. É um valor que vamos revisando periodicamente para incorporar novas informações, novas decisões judiciais", diz o presidente da Fundação Renova, André de Freitas.

 

Reassentamento

As duas comunidades situadas na zona rural de Mariana que foram devastadas - Bento Rodrigues e Paracatu - ainda estão sendo reconstruídas. Já são seis anos que os atingidos vivem em casas alugadas pela Fundação Renova no centro de Mariana ou em cidades vizinhas, como Barra Longa e Ponte Nova. Pelo cronograma original da reconstrução, as casas deveriam ter sido entregues em 2018 e 2019. Uma multa pelos atrasos está sendo cobrada judicialmente pelo MPMG.

 

Para o presidente da Fundação Renova, a situação decorre da complexidade do processo. Segundo ele, empreendimentos do padrão que está sendo construído levam entre cinco a sete anos para serem entregues. "O que foi feito foi um processo inédito com alta participação: escolha do terreno pela comunidade, seleção do projeto urbanístico. Houve mudanças no projeto depois de licenciado, teve a pandemia, então há uma complexidade enorme. Obra mesmo começamos em 2019. Antes foi preparação", diz André de Freitas.

 

Ele lamentou os impactos da pandemia. "Parou a obra, voltou gradativamente. Devíamos ter 5 mil pessoas trabalhando lá no final do ano passado. Tínhamos 1,7 mil". De acordo com a Fundação Renova, em Bento Rodrigues há 10 casas prontas e mais 87 em construção. Cerca de 65 devem estar concluídas ainda este ano. Os desenhos são feitos por arquitetos contratados pela entidade, e as decisões são tomadas juntamente com as vítimas.

 

"Para podermos começar a construir uma casa, são necessários o projeto executivo e a liberação do alvará. Há casos em que a família ainda está definindo o projeto. Todos os que já estão liberados a gente entrega até o final do ano que vem. Mas talvez fique um pequeno saldo, uma casa aqui, outra ali, que a gente continuará construindo", acrescenta André.

 

Indenizações

Outro problema envolve as indenizações. Em julho do ano passado, a Ramboll, uma das consultorias externas independentes que assessoram a atuação do MPF, indicou que apenas 34% das famílias cadastradas em toda a bacia haviam recebido algum valor indenizatório. Esse cenário vem mudando desde que foi criado o novo sistema indenizatório simplificado, a partir de uma série de sentenças proferidas pelo juiz federal Mário de Paula Franco Júnior. As primeiras delas, em setembro do ano passado, beneficiaram os municípios de Naque (MG) e Baixo Guandu (ES). A partir de então, milhares de atingidos de outros municípios solicitaram adesão e foram atendidos.

 

"Estamos com quase 46 mil casos com termos aceitos no sistema simplificado. Considerando uma média de R$ 100 mil por pessoa, são cerca de R$ 4,5 bilhões. Nem todos foram pagos ainda. São termos aceitos, mas uma parte deles ainda precisa ser homologada. Cerca de 37 mil já foram pagos. É uma entrega maior do que a gente imaginava para este ano. O nível de adesão é um dos principais indicadores da atratividade do sistema. A média é de 93%", diz o presidente da Fundação Renova.

 

Entre os indenizados estão trabalhadores informais, que até então não haviam sequer sido reconhecidos no processo de reparação, como revendedores de pescado, comerciantes, artesãos, agricultores, carroceiros, areeiros, ilheiros e lavadeiras. Eles devem receber quantias que variam entre R$ 71 mil e R$ 161,3 mil. São valores referentes a danos materiais e morais e lucros cessantes, isto é, os ganhos financeiros que o trabalhador deixou de obter. Também foram arbitrados valores entre R$ 17,4 mil e R$ 54 mil a moradores que pescavam ou plantavam para subsistência.

 

As sentenças fixaram ainda valores para hotéis, pousadas, bares e restaurantes informais, além de donos ou tripulantes de embarcações empregadas na pesca profissional. A Fundação Renova avalia que as decisões judiciais viabilizaram o progresso das indenizações, ao ampliar o leque de documentos que podem ser apresentados, e tornar mais simplificado o reconhecimento dos atingidos de difícil comprovação.

 

O MPF, no entanto, considera alguns valores baixos e vê irregularidades na implantação do sistema. Em uma ação civil pública foi denunciado o reconhecimento de comissões de atingidos ilegítimas. Também foi levantada suspeita de lide simulada, que ocorre quando o processo é aberto após acordo prévio entre advogados de ambas as partes. No entanto, em decisões preliminares, a Justiça manteve o sistema.

 

Percepções

Na primeira audiência pública, a moradora de Barra Longa, Cristiane Ribeiro Martins, endossou a denúncia do MPF. "É uma comissão que nunca existiu", disse ela sobre a entidade que solicitou a inclusão do município no sistema simplificado. Entre os atingidos, há diferentes percepções sobre o sistema indenizatório simplificado. "A lama chegou a 400 metros da minha propriedade e eu não fui considerado atingido. Foi uma luz no fim do túnel de, quem sabe, receber alguma coisa", disse Alexander da Costa Calderaro, produtor rural em Mariana.

 

Creusa Fernandes Almeida, moradora do distrito de Revés de Belém, em Bom Jesus do Galho (MG), vê uma pressão da Fundação Renova e também dos advogados particulares para que as pessoas façam a adesão. "Eu aderi porque era considerada um caso de difícil comprovação. E hoje vejo que não era de difícil comprovação. Não tive problema nenhum para entrar e rapidamente me pagaram".

 

Uma das principais queixas diz respeito à exigência de assinatura do termo de quitação geral: por meio dele, o atingido concorda em não fazer novas reivindicações indenizatórias. Outra crítica é sobre a interrupção do pagamento do auxílio emergencial, concedido aos trabalhadores que perderam sua fonte de renda. O repasse, feito mensalmente, não se confunde com a indenização, mas é interrompido uma vez que o atingido adere ao sistema simplificado e recebe os valores.

 

"Por que dar quitação geral? Por que esse sistema tira do atingido o direito de ter seu auxílio emergencial, seu lucro cessante no final do ano? Por que o juiz e as novas comissões defendem isso e jogam esse problema pra frente? Daqui a pouco acaba o dinheiro e os problemas vão continuar, porque o peixe vai estar contaminado. A pesca sofreu um impacto que nós ainda não conseguimos medir", diz o capixaba Rômulo Araújo.

 

O agricultor José Pavuna, de Tumiritinga (MG), não achou o sistema indenizatório atraente. "Eu irrigo cinco hectares. Tinha 4,5 mil pés de café. Perdi tudo. Toda minha vida vem desse pedacinho de terra. Eu não aderi. Minha perda é maior do que o valor que está lá", contou.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

05/11/2021 - RS terá predomínio de sol, com episódios de chuva nesta sexta-feira

Estado deve sofre efeitos do fenômeno La Niña, com menos precipitação nos próximos meses

O sol aparece na maioria das regiões nesta sexta-feira, mas ainda de manhã áreas de instabilidade ingressam a partir do Nordeste da Argentina e trazem chuva no Oeste e no Noroeste do Rio Grande do Sul. No decorrer do dia, a instabilidade avança para diversos pontos do Sul e até alguns do Centro do Estado.

 

A chuva será bastante irregular e com volumes muito baixos, porém setores isolados podem ter chuva forte. Em cidades mais a Nordeste, como da Serra e na Grande Porto Alegre, o dia é de sol e nuvens com forte calor à tarde com previsão de chance de chuva para sábado.

 

As mínimas rondam os 15ºC em Santana do Livramento e os 12ºC em Vacaria. As máximas, por sua vez, podem chegar a 31ºC em Passo Fundo e 33ºC em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 19ºC e 32ºC. No Litoral Norte, as marcas se alternam entre 19ºC e 28ºC.

 

O fenômeno La Niña já atinge intensidade moderada. Dados de anomalia de temperatura da superfície do mar divulgados pela Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera, dos Estados Unidos, mostraram uma intensificação do resfriamento superficial das águas do Pacífico Equatorial.

 

A La Niña traz maior irregularidade da chuva no Sul do Brasil e aumenta o risco de estiagem entre o fim da primavera e o começo do outono, mas não significa que deixa de chover.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

04/11/2021 - Câmara aprova em primeiro turno texto-base da PEC dos Precatórios

Deputados ainda precisam analisar destaques do texto e realizar a votação em segundo turno

Foi aprovada, por 312 votos a 144, na madrugada desta quinta-feira (4) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios na Câmara dos Deputados. O texto abre espaço de R$ 91,6 bilhões no Orçamento de 2022 para o pagamento do Auxílio Brasil e outros gastos durante o ano eleitoral. 

 

A sessão para apreciação dos destaques (sugestões de mudanças ao texto principal) e votação em segundo turno da PEC será convocada "oportunamente", segundo o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL). Não ficou claro se isso ocorrerá ainda nesta quinta ou na semana que vem. Se aprovado em segundo turno, o texto seguirá para o Senado, onde também necessitará de aprovação em dois turnos.

 

Lira deu voto favorável e ajudou a aprovar a proposta. O parlamentar, que por ocupar a presidência da Casa não costuma votar, apertou o sim e contribuiu para garantir o placar vitorioso para o governo. O placar favorável ao governo federal (312) foi de apenas quatro votos a mais do que o necessário. Parte da oposição também foi crucial para que o presidente Jair Bolsonaro assegurasse seu plano para o ano eleitoral.

 

Foram dias de negociações, pressão sobre a oposição e promessas de emendas parlamentares para o governo obter 312 votos a favor da PEC dos Precatórios, contra 144. Por ser uma alteração constitucional, a proposta precisava de maioria qualificada, com 308 votos, ou três quintos dos parlamentares. Ainda será preciso aprovar o texto em um segundo turno de votação antes que ele siga para o Senado, onde também deve enfrentar resistências.

 

A aprovação coloca em modo de espera o "plano B" que o governo tem engatilhado: uma consulta ao Tribunal de Contas da União (TCU) para prorrogar o auxílio emergencial com crédito extraordinário, fora do teto de gastos - a regra que limita o avanço das despesas à inflação.

 

Ao longo do dia, Lira avisou que não tinha como garantir um resultado favorável, mas trabalhou intensamente pela vitória e por um texto mais palatável aos parlamentares, inclusive para a oposição.

 

O governo enfrentou grandes dificuldades em arregimentar o apoio necessário, tanto pelo conteúdo da PEC quanto pela retomada das votações presenciais, que se tornou um obstáculo ao alcance de quórum mais confortável. As bancadas do MDB e do PSDB, geralmente alinhadas ao governo, não engrossaram o apoio à proposta.

 

Lira, no entanto, angariou votos da oposição, que tinha como meta priorizar o pagamento dos precatórios que a União deve aos Estados em decorrência de ações judiciais envolvendo o Fundef, antigo fundo de educação básica. Pelo acordo, em vez de entrar na fila das dívidas judiciais, eles serão pagos de forma parcelada: 40% no primeiro ano, 30% no segundo e 30% no terceiro. Com essa concessão, o texto ganhou o apoio de 15 parlamentares do PDT, partido de oposição ao governo.

 

O Podemos, que na semana que vem filia o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, que deixou o governo Bolsonaro após divergências com o presidente sobre a condução dos trabalhos da Polícia Federal, deu mais quatro votos para a aprovação da PEC.

 

O primeiro requerimento do chamado kit obstrução da oposição mostrou que o cenário seria difícil para o governo, mas não impossível. O pedido para retirada de pauta da PEC foi rejeitado por 307 votos a 148. Esses requerimentos servem para que a minoria tente impedir ou atrasar a análise de propostas pelos deputados, mas também servem como um indicativo do que o governo pode esperar do placar da votação do texto final.

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

04/11/2021 - Com fila de 1,8 milhão de pedidos, INSS prevê normalização em janeiro

Do total, 420.996 solicitações aguardam documentação do segurado e 1.407.561 necessitam da análise do instituto

A fila para aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) registrou 1,8 milhão de requerimentos em agosto. O estoque alto dos benefícios previdenciários e assistenciais se mantém desde 2019, chegando a variar neste ano de 1,7 milhão em janeiro a 1,9 milhão em maio.

 

O volume inclui tanto os processos que estão até 45 dias como os acima disso. Do total atualmente na fila, 420.996 requerimentos estão em exigência, ou seja, aguardando alguma documentação do segurado para que o INSS possa concluir a análise, segundo a assessoria de imprensa do órgão. Os outros 1.407.561 pedidos são os que necessitam de análise do instituto.

 

O tempo de espera superou 100 dias neste ano. O INSS tem analisado em média 800 mil benefícios por mês. Além disso, também há registro de fila de requerimentos aguardando perícia médica de 335.262 segurados.

 

O presidente do INSS, Leonardo Rolim, afirmou recentemente que a instituição está trabalhando para diminuir os prazos de atendimento aos beneficiários e que as concessões devem ser normalizadas a partir de janeiro. Segundo ele, a demora se deve ao fato de as agências terem ficado fechadas por seis meses e estarem funcionando de maneira mais restrita devido às determinações sanitárias da Covid-19.

 

“Acreditamos que em breve teremos um prazo adequado. Inclusive, assumimos um compromisso perante o Supremo Tribunal Federal, em um acordo que foi feito com o Ministério Público Federal e com a Defensoria Pública da União, de um prazo de 90 dias para a concessão do (BPC) tanto da pessoa com deficiência quanto da pessoa idosa. Esse prazo começa a contar a partir de janeiro do ano que vem”, disse Rolim, em audiência em comissão da Câmara em outubro.

 

Ele se refere a acordo firmado com o Ministério Público Federal e Defensoria Pública, homologado pelo Supremo Tribunal Federal, para fixar prazos na tentativa de diminuir a fila de espera por benefícios. O período para análise tem limites de 30 a 90 dias, de acordo com o tipo de benefício ou auxílio solicitado.

 

O INSS também destaca a informatização dos processos, com o uso de reconhecimento facial para a prova de vida e o recebimento de atestados digitais para a realização de perícias. Além disso, o instituto cita medidas como o projeto-piloto em que os segurados podem solicitar pensão por morte ou auxílio-maternidade diretamente nos cartórios, ao emitir certidões de óbito ou nascimento.

 

"Estamos avançando muito no quesito de agilizar com responsabilidade todas as questões que tratam do direito do segurado. O INSS vem implantando diversas medidas para acelerar a análise de benefícios, como investimento em automação para análise, além de deslocar servidores de outras áreas para a análise de benefícios, o que aumentou em 22% nossa capacidade de produção, além de investir constantemente na capacitação de seus servidores", afirma o instituto em nota.

 

A reforma da Previdência, que compelta dois anos neste mês, e a pandemia de Covid-19 impactaram no aumento de pedidos e na demora das análises, avalia o advogado Ruslan Stuchi, especialista em direito previdenciário e sócio do Stuchi Advogados.

 

"Certamente está tendo um atraso nas análises de pedidos e requerimentos junto ao INSS. Essa demora está vindo de uma demanda crescente dos últimos anos e vamos torcer para que essa previsão de normalização em janeiro seja concretizada", afirma Stuchi.

 

Segundo ele, houve uma alta da demanda tendo em vista a reforma da Previdência. "Com isso, muitos trabalhadores começaram a analisar e fazer pedidos no INSS junto aos requerimentos administrativos."

 

Veja os prazos do INSS

Definidos em acordo homologado pelo Supremo Tribunal Federal

 

- Salário-maternidade: 30 dias

- Aposentadoria por invalidez comum e acidentária: 45 dias

- Auxílio-doença comum e por acidente do trabalho: 45 dias

- Pensão por morte: 60 dias

- Auxílio-reclusão: 60 dias

- Auxílio-acidente: 60 dias

- Benefício assistencial à pessoa com deficiência: 90 dias

- Benefício assistencial ao idoso: 90 dias

- Aposentadorias, salvo por invalidez: 90 dias

Pelo acordo, os prazos para o cumprimento de decisões judiciais são os seguintes (considerados a partir da intimação do INSS):

- Benefícios por incapacidade: 25 dias

- Benefícios assistenciais: 25 dias

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

04/11/2021 - Rio Grande do Sul terá tempo quente e abafado nesta quinta-feira

Em Porto Alegre, a máxima deve chegar aos 31°C

O Rio Grande do Sul terá uma quinta-feira de tempo quente e abafado. De acordo com a MetSul Meteorologia, o sol aparece com nuvens em todo o Estado, mas podem ocorrer períodos de maior nebulosidade em algumas regiões. No Noroeste, Norte e pontos do Leste podem registrar chuva isolada e passageira por causa da massa de ar quente e úmido que atua pelo Sul do Brasil.

 

O restante do território gaúcho passará o dia sem registro de chuva. As máximas devem ficar ao redor ou acima dos 30°C na maioria das regiões. O calor deve ser intenso no Oeste e Noroeste, onde as marcas podem ficar entre 32°C e 34°C durante à tarde. Em Porto Alegre, a quinta-feira será de sol e nuvens, com mínimo de 19°C e máxima de 31°C.

 

Mínimo e Máxima

São José dos Ausentes 15°C | 24°C

Vacaria 15°C | 25°C

Bagé 20°C | 26°C

Santana do Livramento 20°C | 28°C

Santa Maria 17°C | 31°C

Uruguaiana 19°C | 32°C

Santa Rosa 17°C | 34°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

04/11/2021 - Tecnologia 5G vai a leilão hoje; entenda os impactos

Meta do governo é que 100% das escolas públicas sejam conectadas

Após anos de pesquisa, articulação e negociação, está marcado para hoje (4) o leilão das frequências que serão usadas na quinta geração de internet móvel, o 5G. Considerado um grande marco tecnológico, o padrão viabiliza inovações dignas de ficção científica: carros autodirigíveis, procedimentos médicos a distância, automação completa de linhas de produção, vigilância e monitoramento de todo o tráfego urbano, além de entretenimento em altíssima qualidade e conectividade semelhante à encontrada em países desenvolvidos.

 

Mas, segundo o Ministério das Comunicações, as inovações do 5G não são apenas melhorias de serviços para uma parcela limitada da sociedade. De acordo com os termos do certame, aprovado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em 25 de agosto, o leilão do 5G será responsável também pela ampliação da internet móvel de quarta geração (4G) para localidades que ainda não contam com essa tecnologia, ampliando assim a base total de usuários brasileiros.

 

“Podemos dizer sem medo de errar que a chegada do 5G vai levar o país para outro patamar de inclusão digital", destacou  o secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Artur Coimbra, em entrevista para a Agência Brasil. "Vamos cobrir todas as rodovias federais com pelo menos conectividade 4G, além de banda larga móvel para quase 10 mil localidades rurais, com a expansão do serviço para escolas e centros de saúde. Nossa meta para o ano que vem, e já temos condições, é de levar internet para 100% das escolas públicas do país”, acrescentou o secretário.

 

Sobre o mercado e os preços que deverão ser praticados com a chegada da nova tecnologia, Coimbra afirmou que há uma tendência ao avanço tecnológico com a manutenção de preços, e que a adoção do padrão 5G não será elitizada. “Na prática, haverá uma melhora na dinâmica do custo-benefício. Em telecomunicações, há um fenômeno conhecido de avanço tecnológico sem necessariamente reajuste de preços”, explicou.

 

Artur Coimbra informou que existe também, dentro do governo, uma preocupação sobre a escassez de semicondutores que assola o mundo. Segundo o secretário, o Ministério das Comunicações já elaborou algumas alternativas para reforçar e atrair a produção de eletroeletrônicos, como tablets e celulares compatíveis com o novo padrão 5G, para solo nacional.

 

Estrutura e inclusão

Segundo o Ministério das Comunicações, a chegada do 5G eliminará um dos grandes empecilhos na universalização do acesso digital: a infraestrutura. A pasta informou que o leilão do 5G – de caráter não arrecadatório para o governo – terá grande parte do dinheiro da concessão revertida para ações de avanço no setor.

 

De acordo com Artur Coimbra, as metas futuras do Ministério das Comunicações após o leilão do 5G serão de caráter social, com o objetivo de traçar os perfis de brasileiros que ainda não estão incluídos na revolução digital, mesmo após chegar à meta de 100% do território conectado.

 

“Estamos muito perto de eliminar a necessidade de infraestrutura para levar inclusão digital. Agora, vamos focar no uso do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações [Fust], que vai permitir cobertura para todo o agro, para resolver as questões que ainda limitam o acesso à internet pelas pessoas.”

 

Os termos do leilão do 5G preveem a obrigação de cobertura das 26 capitais e do Distrito Federal até julho de 2022. O serviço deverá cobrir todas as cidades brasileiras com mais de 50 mil habitantes até 2028, enquanto o serviço de 4G deverá cobrir todo o território nacional.

 

O leilão do 5G está marcado para começar às 10h, no auditório do Espaço Cultural Renato Guerreiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em Brasília. A abertura do leilão será feita pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, pelo presidente da Anatel, Leonardo de Morais, e por conselheiros da agência. Está prevista a presença do presidente Jair Bolsonaro na solenidade.

 

 

Fonte: Agência Brasil

03/11/2021 - Como e quando introduzir frutas na alimentação do bebê

As frutas são os primeiros alimentos oferecidos para os pequenos após o leite materno

Um dos momentos mais marcantes no desenvolvimento dos bebês é a introdução das frutas na alimentação. Elas quase sempre são os primeiros alimentos oferecidos para eles. O simples preparo e a grande aceitação por parte dos pequenos facilita a vida das mães, mas essa etapa também pode gerar algumas dúvidas: quais opções oferecer? Quando começar?

 

A Organização Mundial da Saúde recomenda que a introdução de frutas seja feita a partir do sexto mês de vida, pois antes disso, os bebês possuem sistemas digestivo e imunológico imaturos. Também é indicado que a oferta seja feita mediante os sinais de prontidão: o bebê senta com pouco ou nenhum apoio; diminuição do movimento de empurrar com a língua os alimentos para fora da boca; mostra interesse pelos alimentos; tem controle da cervical e a cabeça firme; sabe levar objetos à boca.

 

“Os benefícios de incluir frutas na alimentação do bebê são diversos. Além de contribuírem na regulação do apetite e do intestino, elas possuem compostos bioativos que fortalecem o sistema imune da criança. Importante destacar que a oferta frequente de frutas e verduras variadas promove bons hábitos alimentares de forma natural”, explica a nutricionista assistencial do Hospital Moinhos de Vento, Mirian Benites Machado.

Mas qual fruta oferecer? A boa notícia para as mães é que não há ordem: todas são bem-vindas! “Os pais podem ofertar uma fruta nova a cada dia e observar se o bebê apresenta algum sinal de alergia. As frutas cítricas devem estar incluídas, até mesmo as mais azedas. É um momento de experimentar, de criar memórias e hábitos e, por isso, a variação é tão importante”, aponta Mirian.

Aos seis meses, as crianças podem consumir de duas a três porções de frutas por dia. Já a partir do sétimo mês de vida, de três a quatro porções. “É importante que a criança tenha bons exemplos dos seus cuidadores e que a oferta de alimentos seja colorida e diversificada. Ela pode rejeitar uma fruta em algum momento, porém deve-se oferecer essa mesma fruta outras vezes”, indica. Alguns estudos, inclusive, apontam que devem ser de oito a 15 vezes por conta da variação de sabores.

 

Como oferecer

A forma com que são oferecidas as frutas é importante. Mirian explica que as consistências recomendadas são inteira, em pedaços ou em papinha (preparar o alimento esmagado, não liquidificado), pois estimulam a mastigação.

“Se for uma fruta in natura, é importante adequar o corte para que a criança consiga pegar o alimento, levá-lo à boca e não sofrer com engasgos. Este método é chamado método BLW (Baby-led Weaning) e é amplamente utilizado, pois permite maior independência da criança, pois ela mesma guia a sua alimentação”, comenta.

 

Também é  possível ofertar as frutas de forma mista — in natura e em papa. Já os sucos não são recomendados antes dos dois anos de idade, nem mesmo os naturais. “Durante o processamento, perdemos as fibras, há maior concentração de frutose (açúcar da fruta) e pulamos uma etapa importante da alimentação da criança: a mastigação. Esse processo é fundamental para o desenvolvimento muscular da face, dentição e controle do apetite”, destaca.

Principais cuidados

Um dos pontos que merecem atenção dos pais é a higienização das frutas. “Além do processo de limpeza em água corrente, é importante utilizar água clorada para desinfetar o alimento”, explica Mirian.

A conservação também é importante pois a maioria das frutas podem ser armazenadas em refrigeração e até serem congeladas, em porções individuais, para que seja mais prático no dia a dia.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/11/2021 - Melo e secretários farão reunião sobre atraso no vale-refeição dos rodoviários em Porto Alegre

Empresas alegam que problema é uma consequência da falta de repasses

O prefeito Sebastião Melo (MDB) e o secretário de Mobilidade Urbana da Capital, Luiz Fernando Záchia, se reunirão na tarde desta quarta-feira para debater o possível atraso no pagamento do vale-refeição dos rodoviários. Integrantes do sindicato que representa a categoria foram recebidos no Paço Municipal durante a manhã, e relataram à administração que as empresas atribuem o problema à falta de repasses do Poder Público.

 

Melo cumpria uma agenda externa no momento em que os trabalhadores chegaram à sede do Executivo e, por isso, não participou do encontro. Para o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Porto Alegre (Stetpoa), Sandro Abbade, a medida sugerida pelas empresas que operam o transporte público da cidade infringe o acordo coletivo dos rodoviários. As possibilidades de greve e judicialização do tema não são descartadas.

 

“Nós resolvemos vir à prefeitura para conversar antes dos nossos próximos passos, que são os protestos no asfalto, nos corredores. Se não sair uma solução, vamos nos movimentar”, afirma. Além do atraso no vale-refeição, a categoria se queixa por estar há dois anos sem aumento salarial. Os rodoviários querem reajuste salarial com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e mais um ganho real de 3%.

 

O próprio valor do vale-refeição, fixado em R$ 27,50/dia, é contestado. Os trabalhadores pedem um aumento de, pelo menos, R$ 4,50 – elevando o total para R$ 32/dia. Pelo menos seis empresas teriam informado aos trabalhadores a necessidade de atrasar, em partes, os depósitos do ticket: Sudeste, VAP, VTC, Restinga, Trevo e Gasômetro. Todas alegam que não há dinheiro em caixa para integralizar o benefício.

 

   

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/11/2021 - BM de Santa Cruz do Sul apreende menor por tráfico de drogas

Um adolescente de 16 anos foi apreendido na manhã desta quarta-feira (3) pela Brigada Militar através da Força Tática.

A guarnição do Canil Setorial Regional do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio Pardo, durante patrulhamento nas proximidades de um conhecido ponto de tráfico de drogas no Bairro Bom Jesus, visualizou um jovem em atitude suspeita.

Os policiais militares realizaram a abordagem e localizaram em seu bolso 39 pedras de crack e a quantia de R$ 46. Diante dos fatos, foi apreendido o menor infrator e conduzido  à Delegacia de Polícia para o registro.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

03/11/2021 - Casos de Covid-19 recuam nas Américas pela 8ª semana seguida, diz Opas

Entidade informou que foram registrados na última semana mais de 745 mil casos e pouco mais de 18 mil mortes

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) destacou, durante entrevista coletiva nesta quarta, 3, que, pela oitava semana consecutiva, o número de casos da Covid-19 diminui nas Américas. Diretor assistente da entidade, Jarbas Barbosa informou que foram registrados na última semana mais de 745 mil casos e pouco mais de 18 mil mortes na região.

 

Barbosa disse que os números têm melhorado em geral na região, inclusive em boa parte da América do Sul. Na América do Norte, Estados Unidos, Canadá e México também registram recuo nos casos da Covid-19. Nos EUA e no Canadá, a Opas destacou ainda uma "queda notável" nas hospitalizações pelo vírus.

 

Casos de Covid-19 recuam nas Américas pela 8ª semana seguida, diz Opas

Entidade informou que foram registrados na última semana mais de 745 mil casos e pouco mais de 18 mil mortes   

Opas insistiu que é necessário seguir vigilante sobre a emergência de saúde

Opas insistiu que é necessário seguir vigilante sobre a emergência de saúde | Foto: Spencer Platt / AFP / CP

 

 

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) destacou, durante entrevista coletiva nesta quarta, 3, que, pela oitava semana consecutiva, o número de casos da Covid-19 diminui nas Américas. Diretor assistente da entidade, Jarbas Barbosa informou que foram registrados na última semana mais de 745 mil casos e pouco mais de 18 mil mortes na região.

 

Barbosa disse que os números têm melhorado em geral na região, inclusive em boa parte da América do Sul. Na América do Norte, Estados Unidos, Canadá e México também registram recuo nos casos da Covid-19. Nos EUA e no Canadá, a Opas destacou ainda uma "queda notável" nas hospitalizações pelo vírus.

Apesar da melhora, a Opas insistiu que é necessário seguir vigilante sobre a emergência de saúde. "O progresso em nossa região não é motivo para se tornar complacente ou acabar com medidas de saúde pública que nos ajudam a ficar seguros", afirmou Barbosa.

 

Prioridades para dose de reforço

A Opas disse também que apenas dois grupos de pessoas são recomendados para receber uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Com base nas evidências coletadas pelo grupo de especialistas do SAGE, comitê que assessora a OMS de forma independente, a Organização Pan-Americana da Saúde não aconselha a administração de uma dose adicional de forma generalizada.

Pessoas imunossuprimidas devem recebê-lo, independentemente da vacina que receberam. Isso inclui pacientes com câncer, pessoas HIV positivas, aqueles que tomam certos medicamentos, como corticosteróides, e receptores de transplantes. Pessoas com mais de 60 anos de idade que receberam uma vacina de vírus inativo, como as chinesas Sinovac ou Sinopharm, também devem receber uma dose de reforço.

 

"Essas pessoas precisam de uma dose adicional para se protegerem de uma doença grave e do risco de morrer por Covid-19, e sua vacinação não pode ser considerada completa até que recebam a terceira injeção", disse Jarbas Barbosa. "Ainda não há evidências suficientes para recomendar vacinas de reforço para outros grupos que estão totalmente imunizados, especialmente quando a disponibilidade da vacina é limitada e muitos em nossa região ainda não receberam sua primeira injeção", acrescentou.

Barbosa pediu para priorizar as doses da vacina anticovid na América Latina e no Caribe, onde a imunização avança, mas há defasagens em vários países e o acesso continua desigual. "Quando a disponibilidade de vacinas é baixa, é melhor proteger primeiro os mais vulneráveis", lembrou.

 

Isso significa não atingir todos os níveis da população antes que uma alta porcentagem de grupos vulneráveis esteja totalmente imunizada.

"A Opas insta os países a priorizarem os idosos, os trabalhadores da linha de frente e as pessoas com doenças pré-existentes, para protegê-los, mas também para evitar que os sistemas de saúde fiquem sobrecarregados com casos graves", disse Barbosa.

 

Uma vez que os mais vulneráveis estejam protegidos, a maior porcentagem possível da população adulta deve ser imunizada e "só depois" deve-se considerar vacinar os mais jovens, segundo a Opas.

Barbosa lembrou que não há evidências, no momento, de que a vacinação de crianças e adolescentes seja um pré-requisito para a reabertura de escolas. "Esta abordagem em fases estabelece a melhor base para os países reduzirem a circulação do vírus", disse.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

 

29/10/2021 - Caminhoneiros do RS avaliam participação em paralisação da categoria

 

Uma paralisação nacional dos caminhoneiros está sendo organizada para ocorrer na próxima segunda-feira (1º). No Rio Grande do Sul ainda não há previsão sobre o tamanho da adesão, mas os protestos estão sendo chamados. Ao menos uma organização discorda do movimento.

 

Conforme informações da Gaúcha ZH, a mobilização pode ocorrer nas principais rodovias, segundo estimativa do presidente do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de Ijuí e também diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL), Carlos Alberto Litti Dahmer. Na Região Sul, o ato também tem apoio do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens de Rio Grande (Sindicam). O Estado tem cerca de 250 mil caminhoneiros autônomos, segundo Litti.   

 

Entre as reivindicações, a categoria pede a redução do valor do diesel e a revisão da política de preços adotada pela Petrobras. Na semana passada, um novo reajuste elevou em 9,15% o preço médio de venda do combustível para as distribuidoras. Também pedem que se discuta o piso do frete e a aposentadoria especial dos caminhoneiros. 

 

 

 

Fonte: Portal arauto

Por Gaúcha ZH

29/10/2021 - Megaoperação da Polícia Civil cumpre mandados em Candelária

A Polícia Civil deflagrou uma megaoperação em Candelária na manhã desta sexta-feira (29). Cerca de 100 policiais cumprem mandados de busca, apreensão e prisão em vários pontos do município. A ofensiva, contra o tráfico de drogas, tem apoio de delegacias de toda a região, incluindo Santa Cruz, Vera Cruz e Rio Pardo.

Um helicóptero da Polícia Civil também acompanha os trabalhos, que contam com apoio da Brigada Militar.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

29/10/2021 - Sol aparece em todo Rio Grande do Sul nesta sexta-feira

Pancadas isoladas de chuva podem atingir alguns municípios da Metade Norte do Estado

O sol aparece acompanhado de nuvens em todo o Rio Grande do Sul nesta sexta-feira. De acordo com a MetSul Meteorologia, pancadas isoladas de chuva podem ocorrer entre a tarde e a noite, em razão da combinação de ar quente e úmido em alguns municípios da Metade Norte, como nas áreas dos Aparados, Planalto, Alto Uruguai e o Noroeste.

O tempo predomina na Metade Sul. O dia começa ameno, mas durante a tarde deve esquentar. Nas Metade Oeste e Noroeste, o calor deve ser intenso. Em Porto Alegre, a sexta-feira será de sol e nuvens. As marcas ficam entre 17°C e 29°C.

 

Mínima e Máxima

Erechim 16°C | 27°C

Pelotas 15°C | 28°C

Bagé 16°C | 30°C

Santiago 17°C | 30°C

Santana do Livramento 16°C | 31°C

Alegrete 17°C | 32°C

Uruguaiana 19°C | 34°C

 

Fonte: Correio do Povo

29/10/2021 - Receita Federal paga hoje lote residual de restituições do IRPF 2021

O crédito em conta bancária é relativo a outubro

A Receita Federal credita hoje (29) na conta bancária do contribuinte a restituição do lote residual do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativas ao exercício de 2021. O lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores.

 

As informações sobre a restituição estão disponíveis por meio de aplicativo para tablets e smartphones e por meio do site da Receita, na área intitulada Meu Imposto de Renda, onde deve-se clicar em Consultar a Restituição.

 

Nela, o contribuinte tem acesso às orientações e aos canais de prestação do serviço, nos quais é possível fazer consultas no formato simplificado ou completo de sua situação, por meio do extrato de processamento, acessado no portal e-CAC. Caso identifique pendência, ele poderá retificar a declaração.

 

Segundo a Receita Federal, há R$ 448,5 milhões em créditos bancários para 292.752 contribuintes. “Desse total, R$ 169.234.573,08 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 4.593 idosos acima de 80 anos, 40.459 entre 60 e 79 anos, 3.862 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 14.520 cuja maior fonte de renda seja o magistério", informou, em nota a Receita.

 

O pagamento da restituição é feito na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Nos casos em que o depósito não tenha sido feito, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Em geral essa situação ocorre quando a conta corrente declarada foi encerrada.

 

Para ter acesso ao dinheiro não depositado, o contribuinte precisa reagendar o crédito por meio do Portal BB, ou ligar para a Central de Relacionamento BB, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

 

“Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deve requerê-lo pelo portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em Solicitar restituição não resgatada na rede bancária", informa a Receita.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

27/10/2021 - Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho

Também recebem hoje inscritos no Bolsa Família com NIS 8

Trabalhadores informais nascidos em julho recebem hoje (27) a sétima parcela do auxílio emergencial em 2021. O benefício tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

 

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

 

Também recebem hoje a sétima parcela do auxílio emergencial os participantes no Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de final 8. As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pela rodada do auxílio emergencial deste ano. O benefício começou a ser pago em abril.

 

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da sétima parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 18 e segue até a próxima sexta-feira (29). O auxílio emergencial somente é depositado quando o valor é superior ao benefício do programa social.

 

Em todos os casos, o auxílio está sendo pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à atual rodada (veja guia de perguntas e respostas no último parágrafo).

O programa se encerraria em julho, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas. A partir de novembro, o público do Bolsa Família será migrado para o Auxílio Brasil.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

27/10/2021 - BM apreende objetos arremessados para o pátio da penitenciária de Venâncio Aires

A Brigada Militar de Venâncio Aires apreendeu na madrugada desta quarta-feira (27) objetos arremessados para o pátio da Penitenciária Estadual de Venâncio Aires.

 

Durante o serviço de guarda, o policial millitar ouviu um barulho na tela e visualizou dois indivíduos trajando roupas escuras correndo em direção à RSC-287. De imediato foi feito contato com a Polícia Penal para averiguação na parte interna.

 

Os policiais efetuaram averiguação na parte externa, onde foram localizados quatro invólucros contendo diversos aparelhos smartphones e acessórios de celular, oriundos de arremessos frustrados. Foram apreendidos três smartphones marca Samsung, três smartphones marca LG, dois smartphones marca Motorola, quatro fones de ouvido, duas baterias de celular marca LG, uma bateria de celular marca Sansung e cinco carregadores de telefone celular.

 

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

27/10/2021 - Calor aumenta e máximas podem chegar aos 36°C no RS nesta quarta-feira

Umidade fica abaixo dos 20%

O Rio Grande do Sul deve ter mais um dia de calor intenso. Nesta quaarta-feira, a massa de ar seco segue atuando sobre o Estado, e favorece novamente a amplitude térmica. As máximas podem chegar a 36°C nos Vales, Oeste e Noroeste.

De acordo com a MetSul Meteorologia, o amanhecer ainda deve ser frio, dependendo da cidade. A umidade do ar segue baixa, recomendando-se hidratação. Esses fatores favorecem o risco de fogo em vegetações.

Em Porto Alegre, o sol predomina. A mínima na Capital será de 16°C, e a máxima pode chegar aos 33°C.

 

Calor aumenta e máximas podem chegar aos 36°C no RS nesta quarta-feira

Umidade fica abaixo dos 20%

 

26/10/2021 | 18:57

MetSul Meteorologia

   

Quarta-feira será de calor no RS

Quarta-feira será de calor no RS | Foto: Guilherme Almeida

 

O Rio Grande do Sul deve ter mais um dia de calor intenso. Nesta quaarta-feira, a massa de ar seco segue atuando sobre o Estado, e favorece novamente a amplitude térmica. As máximas podem chegar a 36°C nos Vales, Oeste e Noroeste.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, o amanhecer ainda deve ser frio, dependendo da cidade. A umidade do ar segue baixa, recomendando-se hidratação. Esses fatores favorecem o risco de fogo em vegetações.

Em Porto Alegre, o sol predomina. A mínima na Capital será de 16°C, e a máxima pode chegar aos 33°C.

 

 

Mínimas e máximas no RS

Vacaria 6°C / 28°C

Cruz Alta 15°C / 33°C

Uruguaiana 16°C / 35°C

Bagé 15°C / 33°C

Pelotas 15°C / 33°C

Erechim 13°C / 30°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/10/2021 - Carne vermelha fica mais barata pela primeira vez em um ano e meio, aponta IBGE

Apesar da queda de 0,31% em outubro, preço da proteína ainda acumula salto de 22% nos últimos 12 meses

A maior prévia da inflação apurada desde fevereiro de 2016 trouxe ao menos uma boa notícia para o bolso dos consumidores: a carne vermelha ficou mais barata pela primeira vez em 16 meses.

A queda de 0,31% registrada no preço da proteína em outubro, no entanto, ainda é insuficiente para reverter os saltos no acumulado deste ano (+10,27%) e nos últimos 12 meses (+22,06%), de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Carne vermelha fica mais barata pela primeira vez em um ano e meio, aponta IBGE

Apesar da queda de 0,31% em outubro, preço da proteína ainda acumula salto de 22% nos últimos 12 meses

 

A maior prévia da inflação apurada desde fevereiro de 2016 trouxe ao menos uma boa notícia para o bolso dos consumidores: a carne vermelha ficou mais barata pela primeira vez em 16 meses.

A queda de 0,31% registrada no preço da proteína em outubro, no entanto, ainda é insuficiente para reverter os saltos no acumulado deste ano (+10,27%) e nos últimos 12 meses (+22,06%), de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conforme os dados, a deflação da carne vermelha no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) na passagem de setembro para outubro foi guiada pelos cortes capa de filé (-1,83%), costela (-1,68%) e pá (-1,59%).

Também ficaram mais em conta, só que em menor intensidade, o peito (-0,98%), o lagarto redondo (-0,98%), o músculo (-0,82%), o cupim (-0,67%), o patinho (-0,36%), o lagarto comum (-0,34%), o acém (-0,25%) e o filé-mignon (-0,11%).

 

Por outro lado, a picanha (+2,88%) e o fígado (+0,37%) e a carne de porco (+0,3%) ficaram mais caros e impediram uma queda mais significativa no preço das carnes no período entre os dias 16 de setembro e 15 de outubro de 2021.

No acumulado dos últimos 12 meses, nenhum dos cortes de carne apresenta variação negativa de preço. Os destaques ficam por conta do músculo (+29,7%), da pá (+27,9%), do lagarto comum (+27,1%) e da carne de carneiro (+26,9%).

Já as menores altas apuradas no período entre setembro de 2020 e outubro de 2021 partem da capa de filé (+1,9%), da carne de porco (+8,1%), do fígado (+11,3%) e do cupim (+17,4%).

 

- Banco Central inicia nesta terça reunião que deve elevar taxa básica de juros

- Impacto da pandemia no emprego é mais forte que o previsto, afirma OIT

- Programa do governo preservou 10,5 milhões de postos, diz ministro

- Petrobras questiona governo sobre possibilidade de privatização

Substitutos

Para burlarem o aumento da carne vermelha, os consumidores têm a alternativa de escolher outras proteínas que tiveram uma variação menor de preço nos últimos 12 meses.

 

Opção mais comum para substituir a carne vermelha, o frango acumula alta semelhante à da proteína bovina nos últimos 12 meses. Os saltos ocorrem compra tanto na da peça inteira (+28,7%) quanto em pedaços (+31,3%).

Outra fonte alternativa de proteína, os ovos ficaram 17,9% mais caros no último ano. Os pescados, por sua vez, têm uma variação de 7,2% no período e podem ser uma boa opção para o bolso.

ECONOMIA CARNES CARNE BOVINA OVOS FRANGO PORCO DINHEIRO INFLAÇÃO IBGE

 

 

Fonte: Correio do Povo

 

26/10/2021 - Empresário é preso e parte de carga de celulares roubados é apreendida em Santa Cruz

A Polícia Civil, através de trabalho da equipe da Draco de São Leopoldo, desencadeou nesta segunda-feira (25), a Operação Easy. Na ação, um empresário de 24 anos foi preso e parte de carga de eletrônicos levados de uma empresa de São Leopoldo, em setembro, foi recuperada em Santa Cruz do Sul.

 

A ofensiva investiga roubo a um centro de distribuição de mercadorias, ocorrido em São Leopoldo, no dia 24 de setembro de 2021. Durante o assalto, no bairro Arroio da Manteiga, oito indivíduos fortemente armados, simulando serem agentes da Polícia Civil, chegaram ao galpão de distribuição da empresa, utilizando duas vans de transporte, um VW Tiguan e um Hyundai HB20. Os assaltantes renderam os funcionários, mediante violência, e roubaram carga de eletrônicos. As vítimas foram trancadas em um caminhão baú, enquanto os criminosos recolhiam os objetos.

 

Em trabalho conjunto com a Delegacia de Combate ao Roubo de Cargas do DEIC e com o apoio da Draco de Santa Cruz do Sul, na tarde desta segunda-feira, por volta das 17h30min, a especializada localizou, no mostruário de uma loja de eletrônicos no centro de Santa Cruz do Sul, aparelhos celulares roubados no crime.

 

O proprietário da loja foi detido e conduzido à Draco de São Leopoldo para lavratura do auto de prisão em flagrante por receptação qualificada.

 

 

Fonte: Portal Arauto

26/10/2021 - Terça-feira será de calor e máximas podem passar dos 30°C no RS

Amanhecer frio acentua amplitude térmica

A tarde de terça-feira será de muito calor no RS. Na maioria dos municípios, as máximas ficam ao redor ou acima dos 30 graus. O dia deve ser com bastante sol.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, no entanto, a diferença de temperatura entre a noite e o dia será grande. Assim, a massa de ar seco mantém o resfriamento na madrugada, e o amanhecer pode ser gelado.

Em Porto Alegre, a mínima será de 13°C e a máxima chega aos 31°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Bagé 14°C / 31°C

Santa Cruz 12°C / 32°C

Vacaria 5°C / 26°C

Torres 13°C / 28°C

Erechim 9°C / 28°C

 

Fonte: Correio do Povo

26/10/2021 - Quadrilha que roubou mais de R$ 10 milhões em salmão, queijos e carnes nobres é alvo de ação no RS

Mercadorias vinham da Argentina e eram levadas sobretudo para Santa Catarina

A Polícia Civil desencadeou nesta terça-feira uma operação contra uma organização criminosa especializada no roubo de cargas de salmão, carnes nobres, queijo e chocolates. A quadrilha, que atacava as mercadorias vindas da Argentina, causou prejuízos superiores a R$ 10 milhões entre 2016 e 2020. Ao menos 15 assaltos foram identificados apenas no Rio Grande do Sul, mas existem ocorrências também em outros estados.

 

A ação foi conduzida pela Delegacia de Repressão a Roubo e Furto de Cargas (DRFC) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Mais de 120 agentes, sob comando do delegado Alexandre Luiz Fleck, efetuaram 15 prisões, sendo que cinco realizadas dentro do sistema carcerário.

 

Houve o cumprimento de 22 ordens judiciais de busca e apreensão e outros 20 mandados de prisão em Porto Alegre, Canoas, Uruguaiana e Santana do Livramento; além de Tijucas, Itapema, Itajaí, Porto Belo e Penha, em Santa Catarina; em Foz do Iguaçu, no Paraná; e em Presidente Prudente, em São Paulo.

 

A operação, denominada Conexão Sul, foi antecedida por uma investigação que começou no final de 2018.  Os policiais civis apuraram a existência de um grupo criminoso formado por aproximadamente 40 integrantes. Durante o trabalho investigativo, os agentes da DRFC apreenderam caixas de salmão chileno na residência de um dos investigados.

 

A quadrilha era estruturada para a prática de roubos de carga de alto valor agregado, sobretudo salmão, que entravam no país pela fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina. O principal destino da mercadoria era Santa Catarina. 

A organização criminosa tinha dois núcleos, sendo um em Uruguaiana e outro no Litoral Norte de Santa Catarina, sendo chefiada por uma dupla em cada local. Um dos líderes encontra-se atualmente recolhido em um presídio argentino.

 

Ajudantes aduaneiros repassavam informações privilegiadas sobre o tipo de carga e o caminhão que a transportava após o ingresso no país vindo da Argentina, através do porto seco de Uruguaiana.

 

Os ataques ocorreram principalmente nas rodovias federais no trecho entre Uruguaiana, São Borja e Ijuí. A abordagem era feita com ao menos dois veículos e uso de armas de fogo. Um indivíduo, denominado "elétrico", era responsável pelo desligamento dos sistemas de segurança do caminhão interceptado e uso de bloqueadores de sinal (jammers) de alta potência.

 

O veículo atacado era então levado para outro local, onde acontecia o transbordo da carga para outro caminhão, seguindo a carga roubada até seu destino final em Santa Catarina. Os receptadores previamente alinhados com a quadrilha falsificavam notas fiscais para dar aparência de legalidade da mercadoria. Os lucros eram distribuídos de forma organizada, com controle feito por um "tesoureiro".

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/10/2021 - Preços de gasolina e diesel aumentam hoje nas refinarias

Litro da gasolina pura fica em R$ 3,19 em média

Os preços da gasolina e do óleo diesel vendidos nas refinarias da Petrobras aumentam a partir de hoje (26), segundo anúncio feito nessa segunda-feira (25) pela estatal.

 

O litro da gasolina pura (ou seja, antes da mistura obrigatória com etanol anidro), sobe R$ 0,21 e chega a R$ 3,19 em média.

Considerando-se a gasolina já misturada ao álcool, a alta é de R$ 0,15. Com isso, o litro do combustível passa a custar R$ 2,33 em média.

Já o óleo diesel puro (antes da mistura com biodiesel) teve aumento médio de R$ 0,28 por litro e passa a custar R$ 3,34. O litro do diesel já misturado ao biodiesel fica R$ 0,24 mais caro, passando a custar R$ 2,94 em média.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

25/10/2021 - Bolsonaro envia ao Congresso PL para criar crédito ao Auxílio Brasil

Proposta pede R$ 9,3 bilhões para o programa, que substituirá o Bolsa Família a partir de novembro, elevando em 20% valor médio do benefício

O presidente da República, Jair Bolsonaro, encaminhou um projeto de lei ao Congresso Nacional para a abertura de crédito de R$ 9,3 bilhões para o Auxílio Brasil, que substitui o Bolsa Família a partir de novembro. A proposta do chefe do Executivo tem o objetivo de permitir o remanejamento do saldo entre os programas de distribuição de renda.

 

Segundo a Secretaria-Geral da Presidência da República, o projeto segue as normas constitucionais e não afetam “a ‘regra de ouro’, tampouco o ‘Novo Regime Fiscal (EC 95/2016’, e é compatível com a obtenção da meta de resultado primário, prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2021”.

 

A regra de ouro estabelece que o governo só pode emitir dívida pública para rolar (renovar) a própria dívida ou para cobrir despesas de capital, como investimentos em obras públicas e amortizações. Para cobrir gastos correntes, o governo precisa pedir autorização do Congresso, por meio de crédito suplementar ou especial no Orçamento.

 

Atualmente, os beneficiários do Bolsa Família recebem, em média, R$ 190. Esse valor será reajustado em 20% e vai elevar o benefício médio para R$ 230. A expectativa é de que haja, com o Auxílio Brasil, um aumento no número de famílias atendidas de 14 milhões para 17 milhões de famílias.

 

 

Fonte: Correio do Povo

25/10/2021 - FGV: confiança do consumidor volta a subir após dois meses em queda

Alta foi puxada pela melhora de perspectivas das famílias

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 1 ponto de setembro para outubro deste ano e interrompeu uma trajetória de dois meses em queda. Com o resultado, o indicador chegou a 76,3 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

 

A alta foi influenciada principalmente pelo Índice de Expectativas, que mede a confiança do consumidor brasileiro no futuro. O subíndice subiu 1,3 ponto, atingindo 82,4 pontos em outubro, puxado pela melhora das perspectivas sobre a situação financeira familiar.

O Índice da Situação Atual, que mede a percepção do consumidor sobre o presente, variou 0,2 ponto e chegou a 69 pontos.

“Contudo, consumidores se mantêm cautelosos em relação à intenção de compra de bens duráveis. O aumento da incerteza, o aumento dos preços e a demanda represada por serviços na pandemia podem estar contribuindo para frear o consumo desses produtos”, disse a pesquisadora da FGV Viviane Seda Bittencourt.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

25/10/2021 - Sol predomina no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira

Tempo muito aberto e seco irá trazer forte resfriamento noturno

O sol predomina no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira com amplos períodos de céu claro sob influência de um centro de alta pressão. O tempo muito aberto e seco vai trazer forte resfriamento noturno e o dia começará frio para esta época do ano com marcas de um dígito ao amanhecer em diversas localidades.

Na Serra e nos Aparados, onde esfriará mais, haverá formação de geada em baixadas na madrugada. O mesmo ar seco que traz mais frio no começo desta segunda favorecerá acelerado aquecimento de manhã. Com isso, a amplitude térmica hoje será muito grande e a tarde um pouco quente

 

 

Fonte: Correio do Povo

25/10/2021 - Agência Brasil explica como funciona o programa Jovem Aprendiz

Iniciativa pode ser via de entrada no mercado formal de trabalho

Fruto de uma lei em vigor há quase 21 anos, o Programa Jovem Aprendiz é uma iniciativa federal que visa estimular empresas e órgãos públicos a contratar jovens de 14 a 24 anos de idade, bem como pessoas com necessidades especiais, sem limite de idade.

 

Além de oferecer aos jovens uma oportunidade de aprendizagem profissional e, em muitos casos, uma via de entrada para o mercado formal de trabalho, a política pública de estímulo à contratação de aprendizes também busca qualificar a mão de obra de que o setor produtivo precisa.

 

A proposta é integrar o estudo e a prática. Por isso, a chamada Lei da Aprendizagem (10.097/00), que norteia o programa, estabelece que a jornada diária do aprendiz não deve superar seis horas diárias, salvo em casos em que o jovem já tenha completado o ensino fundamental, quando, então, poderá trabalhar até oito horas diárias. Em qualquer das duas situações, a carga horária deve levar em conta o tempo destinado aos estudos.

 

Na condição de aprendiz, o jovem contratado recebe salário e outros direitos trabalhistas e previdenciários, como vale-transporte, 13° salário, férias e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Tudo devidamente registrado na Carteira de Trabalho e Previdência Social. O contrato não deve durar mais que dois anos – exceção aos casos de portadores de necessidades especiais.

 

Mais do que simplesmente colocar jovens de 14 a 24 anos para trabalhar, os empregadores devem matriculá-los em cursos oferecidos por entidades de aprendizagem qualificada, tais como as que formam o Sistema S, ou por escolas técnicas e agrotécnicas e entidades sem fins lucrativos registradas nos conselhos dos direitos da criança e do adolescente dos municípios onde atuem.

 

Fazem parte do Sistema S o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); o Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac); o Serviço Social do Comércio (Sesc); o Serviço Social da Indústria (Sesi); o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop); o Serviço Social de Aprendizagem do Transporte (Senat); o Serviço Social de Transporte (Sest) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

 

Muitas empresas, principalmente as de grande porte, têm seus próprios programas de seleção e contratação de aprendizes, mas há também entidades como o Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), o Instituto Euvaldo Lodi e a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), entre outras, que fazem a ponte entre os jovens e os empregadores interessados.

 

O Ministério da Economia, por sua vez disponibiliza, em sua página uma relação, por localidades, contendo os cursos de aprendizagem profissional autorizados a funcionar no país.

 

Pela legislação brasileira, empreendimentos de médio e grande portes com ao menos sete empregados desempenhando funções que exijam formação profissional são obrigados a contratar o correspondente a, no mínimo, 5%, e, no máximo, 15%, de aprendizes. As atividades que incidem neste cálculo podem ser consultadas na página da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Já os estabelecimentos dispensados de cumprir a exigência legal constam da Instrução Normativa nº 146, de 2018, do Ministério do Trabalho e Previdência.

 

Limites

A condição do menor aprendiz, bem como seus direitos e deveres, já constava na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), de 1943, que permitia a contratação de aprendizes a partir dos 14 anos de idade.

 

Em 1967, um decreto-lei reduziu para 12 anos o limite mínimo – que vigorou até 1998, quando uma emenda à Constituição Federal voltou a proibir a contratação de aprendizes com menos de 14 anos.

 

Dois anos depois, a regra foi incorporada à Lei da Aprendizagem, que norteia o Programa Jovem Aprendiz e, entre outras coisas, observa o veto constitucional ao acesso de menores de 16 anos a qualquer outra forma de trabalho que não na condição de aprendiz.

 

Em 2005, a Lei nº 11.180 elevou de 18 anos para 24 anos de idade o limite etário máximo para a contratação de aprendizes por empresas e órgãos públicos.

 

Resultados

Desde que a Lei da Aprendizagem entrou em vigor, em 2000, o número de jovens aprendizes vinha aumentando ano após ano, até pelo menos 2020. No entanto, uma consulta à Relação Anual de Informações Sociais (Rais) revela que os resultados ainda são tímidos.

 

Mesmo que o número de contratos de aprendizagem tenha saltado de 368.818, em 2016, para 481.284 em 2019, eles ainda representavam menos de 8% dos 6,51 milhões de jovens de 14 a 24 anos ocupados no mercado formal de trabalho em 2019 – pouco antes de o mundo começar a enfrentar a pandemia de covid-19.

 

Os dados da Rais 2020 ainda estão sendo computados, mas o Boletim da Aprendizagem que o Ministério da Economia divulga em sua página na internet revela que, no ano passado, foram registrados ao menos 393.920 contratos de aprendizagem. Dado que, conforme alerta o ministério, pode ser reajustado após a conclusão da Rais 2020. O mesmo boletim indica que, no fim de julho deste ano, havia ao menos 461.548 contratos ativos em todo o país.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

22/10/2021 - RS recebe mais de 535 mil doses da Pfizer

Imunizantes serão utilizados para segunda dose e aplicação de reforço

O Rio Grande do Sul recebeu na manhã desta sexta-feira uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19 da Pfizer. Foram 535.860 doses, que serão utilizadas para segunda aplicação de quem já recebeu a primeira dose há, no mínimo, oito semanas, e para idosos que já completaram o esquema vacinal há seis meses e precisam realizar o reforço da imunização.

 

O Estado tem ainda 769.027 pessoas que poderiam voltar a um posto de saúde para receber a segunda dose e ainda não o fizeram ou não tiveram a aplicação devidamente registrada no sistema de informação do Ministério da Saúde. “Apenas uma dose da vacina, no caso da Pfizer, AstraZeneca e Coronavac, não é suficiente para atingir a proteção ideal contra a doença”, reforça a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde, Tani Ranieri. “É fundamental que as pessoas recebam a segunda dose, mesmo que o prazo ideal tenha passado”, acrescenta.

 

Segunda dose com registro em atraso nesta sexta-feira:

AstraZeneca: 462.178

CoronaVac: 165.058

Pfizer: 141.791

 

Total: 769.027

 

Importância da vacinação

Com mais de 93% da população adulta vacinada com pelo menos uma dose, nesta sexta-feira, o Rio Grande do Sul registra uma queda expressiva nos óbitos por Covid-19. "A vacinação tem mostrado uma redução sensível no número de novos casos, principalmente de novas internações”, afirma a secretária da Saúde, Arita Bergmann. Ela apela à população que não esqueça da segunda dose. “A resposta imune exige o esquema completo da vacinação. É evidente que os agravos não são tão graves, mas sem o esquema completo os riscos são muito maiores”, pontua.

 

Além das doses recebidas nesta sexta-feira, o Estado distribuiu mais 400 mil vacinas das fabricantes Pfizer, Coronavac e AstraZeneca na última quarta-feira. Os imunizantes foram direcionados a indígenas idosos, imunossuprimidos, profissionais da saúde e adolescentes, além de adolescentes não indígenas e para segunda dose.

 

Mais de 36,2 milhões de doses da Janssen até dezembro a nível nacional

De acordo com o Ministério da Saúde, até dezembro o Brasil deve contar com 36,2 milhões de vacinas de dose única da Janssen, da farmacêutica Johnson & Johnson. A previsão, segundo a pasta, é de que o primeiro lote do imunizante esteja disponível no começo de novembro.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/10/2021 - Penitenciária Estadual de Caxias do Sul inaugura horta comunitária

Nos próximos meses, a ideia é ampliar a estrutura e doar os insumos colhidos ao Banco de Alimentos do município

A Penitenciária Estadual de Caxias do Sul inaugurou, nessa quinta-feira, uma horta comunitária. A estrutura foi erguida dentro dos muros do presídio, em área próxima à entrada. A atividade conta com o apoio da Universal nos Presídios.

Conforme os idealizadores, a horta comunitária será mantida pelos detentos e tem o objetivo de auxiliar na sua ressocialização. As atividades são supervisionadas pelos agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Nos próximos meses, a ideia é ampliar a estrutura da horta e doar os insumos colhidos ao Banco de Alimentos do município.

 

O vereador Elisandro Fiuza (Republicanos) destacou que a iniciativa de criar a horta é um trabalho de muitas mãos que visa humanizar o trabalho prisional. Atualmente a Penitenciária Estadual de Caxias do Sul possui uma população carcerária de 1.056 detentos, mas nem todos participam das atividades de ressocialização.

 

A inauguração da horta contou com a presença do  prefeito Adiló Didomenico, além de autoridades da área da segurança pública, vereadores e dos representantes da Universal Presídio  Daniel Campos, Luciano da Rosa, Roger Farias e Vanderleia Domingues.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/10/2021 - Processo de visto para os EUA será retomado em novembro

País abre as fronteiras para a entrada de brasileiros vacinados contra a Covid-19 a partir do dia 8 do próximo mês

As embaixadas e consulados dos EUA no Brasil estão trabalhando para retomar os serviços de emissão de vistos. A previsão é que esse processo seja retomado em novembro, mas não há uma data definida.

 

Em maio de 2020, os brasileiros passaram a ser impedidos de entrar em território norte-americano e isso impactou no número de vistos solicitados e emitidos. Essa foi uma medida para conter o número de casos de Covid-19 durante o período de pico da doença no país.

 

Na semana passada, o governo de Joe Biden anunciou a reabertura das fronteiras a partir do dia 8 de novembro para brasileiros com esquema vacinal completo, ou seja, que tomaram as duas doses da vacina ou que receberam dose única de um dos imunizantes autorizados pea FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA).

 

As pessoas que receberam as duas doses da CoronaVac, da fabricante chinesa Sinovac e produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, podem viajar aos EUA, já que é um imunizantes que consta na lista de uso de emergência da OMS

A consulta para datas disponíveis e o agendamento de atendimento para emissão do visto devem ser feitos no site do governo dos EUA.

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/10/2021 - Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência

Proposta foi aprovada hoje e segue para análise do Senado

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (21) o Projeto de Lei (PL) 3878/20 que destina 10% de vagas de emprego pelo Sistema Nacional de Empregos (Sine) para mulheres vítimas de violência doméstica ou familiar. A proposta agora segue para análise do Senado.

 

O projeto altera a Lei nº 13.667, de 2018, que dispõe sobre o Sine. O órgão é responsável pelas políticas públicas de qualificação e de recolocação dos trabalhadores no mercado de trabalho.

De acordo com o texto, não havendo o preenchimento das vagas por ausência de mulheres em situação de violência doméstica ou familiar, as vagas remanescentes poderão ser preenchidas por mulheres e, não havendo, pelo público em geral.

O projeto aprovado é um substitutivo da relatora deputada Tabata Amaral (PSB-SP). Ao justificar a aprovação da proposta, a deputada disse que durante a pandemia da covid-19 aumentou o número de casos de violência contra a mulher.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelou que, em 2020, uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos de idade afirmou ter sofrido algum tipo de violência.

 

O levantamento mostrou ainda que houve um aumento no número de agressões dentro de casa, que passou de 42% para 48,8%, e um crescimento na participação de companheiros, namorados e ex-parceiros como autores das agressões.

De acordo com a deputada Tabata Amaral, os casos de violência doméstica comprometem a autonomia econômica das vítimas da violência e aumentam o seu grau de dependência do parceiro assediador. A deputada disse ainda que o projeto visa criar condições para que as mulheres se mantenham afastadas das situações de violência.

“Os impactos da violência doméstica sobre o mercado de trabalho aumentam o grau de dependência das mulheres vítimas de violência e as iniciativas que priorizem o seu acesso ao emprego devem ser incentivadas”, disse Tabata.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

21/10/2021 - PF combate distribuição de dinheiro falsificado no Rio Grande do Sul

Organização criminosa investigada colocou mais de R$ 150 mil em cédulas falsas de 100 reais em circulação este ano

Um grupo criminoso responsável por distribuir farta quantidade de dinheiro falso na Região Metropolitana de Porto Alegre foi alvo na manhã desta quinta-feira da Polícia Federal. A operação Sólon foi deflagrada em Porto Alegre, Canoas, Cachoeirinha e Imbé. Cerca de 50 agentes cumpriram quatro mandados de prisão preventiva e dez mandados de busca e apreensão. Houve seis prisões. Seis armas, entre pistolas e revólveres, foram recolhidas.

 

Este ano, a Superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Sul já registrou cerca de 100 ocorrências similares, indicando que o grupo criminoso investigado tenha colocado em circulação mais de R$ 150 mil em notas falsas no valor de 100 reais. Em 2020, em torno de R$ 500 mil em dinheiro falsificado foi despejado na Região Metropolitana de Porto Alegre.

A investigação começou em maio deste ano e identificou que o grupo criminoso utilizava um site de anúncios de produtos usados para repassar cédulas falsificadas através da aquisição de televisores, videogames e smartphones.

 

Os policiais federais apuraram a participação do líder do esquema em cerca de 40 grupos de aplicativos de mensagem destinados exclusivamente à prática de golpes variados, como geração de boletos falsos, falsificação de diplomas de instituições de ensino, compra e venda de cartões clonados e negociação de dados de terceiros para práticas de fraudes diversas.

 

Com antecedentes criminais por crimes de moeda falsa, roubo e receptação, o estelionatário foi detido em Imbé. Ele e a companheira eram responsáveis pelo gerenciamento da atividade criminosa. O casal realizava a compra de moeda falsa, a filtragem de anúncios no site e mantinha contato com as vítimas pelo chat e, posteriormente, por aplicativo de mensagem utilizando perfil falso.

 

Após a negociação e combinada a retirada do objeto, o casal mantinha contato com cúmplices para que se fingissem ser motoristas de aplicativo de transporte, visando a retirada das mercadorias com as vítimas. Já algumas mulheres eram responsáveis por efetuar o pagamento com notas no valor de 100 reais falsas, pertencentes a um mesmo lote de falsificação.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/10/2021 - Governo do RS anuncia investimento de R$ 280,3 milhões em Segurança Pública

Maior fatia ficou com a Brigada Militar, que receberá até o final de 2022 R$ 116,9 milhões

Com investimento de R$ 280,3 milhões, o governo do Rio Grande do Sul anunciou na manhã desta quinta-feira o lançamento do programa Avança na Segurança. Os projetos e recursos previstos até o final de 2022. Em cerca de 15 dias serão anunciados os recursos para a área do sistema prisional, incluindo uma solução final para a Cadeia Pública de Porto Alegre (antigo Presídio Central).

 

O governador Eduardo Leite observou que os recursos para o setor de segurança pública, todos próprios, representam “o dobro do total que o Estado investiu nos últimos 13 anos, ao longo de 2007 até 2020”. Segundo ele, a maior parte dos investimentos já está com processos em andamento. "Já fomos nos preparando, organizando…A SSP tem boa capacidade de execução e a maior parte do investimento acontece até o final do próximo ano", adiantou.

A Brigada Militar ficou com R$ 116,9 milhões, enquanto à Polícia Civil coube R$ 85,8 milhões. Já o Instituto-Geral de Perícias ganhou R$ 14,7 milhões. Por sua vez, o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul recebeu R$ 38,6 milhões. Os recursos são destinados à aquisição de veículos, tecnologias, obras, armas e obras. Em torno de R$ 24,3 milhões foram direcionados para a própria Secretaria da Segurança Pública do Estado.

 

O lançamento ocorreu no estacionamento da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), entre as avenidas Padre Cacique e Edvaldo Pereira Paiva, no bairro Praia de Belas, em Porto Alegre.

Ele lembrou que o RS já reduziu mais de 30% os homicídios ao longo dos dois anos e em mais de 50% os roubos de veículos, além de mais de 70% nos roubos a bancos. “Isto é fruto de uma ação coordenada e de um avanço determinante no processo de integração das nossas forças de segurança”, frisou. O governador enfatizou ainda o emprego das forças de segurança de “forma inteligente e qualificada”.

 

Eduardo Leite aproveitou para informar sobre a situação dos escombros da sede da SSP na rua Voluntários da Pátria, na Capital, atingida por um incêndio e desabamento, na noite de 14 de julho deste ano. “Está em um processo agora com todos os laudos sendo feitos para a contratação até o final deste ano para fazermos a demolição”, explicou. “Paralelamente estamos desenvolvendo projetos de um ou mais prédio para ocupação daquele espaço”, revelou.

O vice-governador e secretário estadual da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, arriscou um prazo para ser feita a implosão. "Vamos ver se conseguimos fazer ainda em dezembro. Trabalhamos com esta hipótese..É o nosso desejo", declarou.

Sobre o lançamento do Avançar na Segurança, Ranolfo Vieira Júnior esclareceu que o programa foi "pensado a partir das instituições de maneira integrada, como tem sido no RS Seguro, dentro da atribuição de cada uma".

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/10/2021 - Lote com mais de 1 milhão de vacinas contra covid-19 chega ao Brasil

Imunizantes vieram da Holanda

Mais um lote, agora com 1.263.600 doses da vacina Comirnaty contra covid-19, chegou hoje, às 8h15, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). O avião veio de Amsterdã, na Holanda.

É o sétimo lote do segundo contrato firmado pela farmacêutica Pfizer com o governo federal, que prevê a entrega de 100 milhões de imunizantes até dezembro próximo.

A empresa já cumpriu o primeiro contrato de 100 milhões de doses, celebrado com o governo na primeira semana de outubro.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

20/10/2021 - Autor de furtos em prédios e casas de Santa Cruz é preso pela Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia de Polícia, prendeu preventivamente na manhã desta quarta-feira (20), no Bairro Bom Jesus, um indivíduo autor de diversos furtos em prédios residenciais e casas de Santa Cruz.

Segundo a delegada titular da 1ª DP, Ana Luísa Aita Pippi, o homem é um dos responsáveis por praticar furtos qualificados especialmente nos meses de setembro e outubro. Muitas das ações foram flagradas por meio de câmeras e sendo a maioria delas na região central. Nesses dois meses, pelo menos seis ocorrências envolvendo o criminoso foram feitas na delegacia. "Ele já vinha nos dando bastante trabalho nesses dois últimos meses", comenta.

 

Em relação à forma do indivíduo agir, a delegada explica que geralmente efetuava arrombamento e escaladas: "Em alguns casos houve tentativas, mas ele não chegou a ser preso na época. Nós fizemos um trabalho no sentido de representar pela prisão preventiva dele, até para tirar das ruas mais um autor de furtos que vinham causando sérios prejuízos às vítimas. Em um caso ele chegou a escalar um apartamento no terceiro andar com uma moradora dentro. Ele fugiu, mas levou vários objetos. O fato chamou atenção por ele ter escalado".

 

Conforme a delegada, nas ações ele levava bicicletas, eletrônicos, dinheiro e celulares, tendo diversos antecedentes por crimes patrimoniais: "Ele vive disso. É viciado em drogas e acaba praticando esses delitos para sustentar o vício. A gente atua continuamente nesses crimes, sempre dando ênfase aos crimes violentos, mas os furtos nós nunca deixamos de dar uma resposta à comunidade, porque é um incômodo para a sociedade". Após o registro na Delegacia de Polícia, o indivíduo será encaminhado ao Presídio Regional de Santa Cruz.

 

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

20/10/2021 - Explosão deixa pelo menos 13 mortos em Damasco

Duas bombas foram colocadas em ônibus do Exército sírio

Pelo menos 13 pessoas morreram hoje (20) e três ficaram feridas na explosão de duas bombas, colocadas em um ônibus do Exército sírio, quando circulava no centro de Damasco, em horário de pico. Há dois anos não eram registrados ataques como esse.

A explosão ocorreu no início da manhã, quando o veículo militar atravessava a ponte de Al Raes, em pleno centro da capital síria, informou a agência oficial Sana.

A unidade de Engenharia do Exército desativou ainda uma terceira bomba, acrescentou.

As explosões ocorreram durante o horário de pico, quando as pessoas iam para o trabalho e para as escolas.

As autoridades disseram ter sido um atentado terrorista", de acordo com o canal de televisão Al Jazeera.

"É um ato covarde", disse o comandante da polícia de Damasco, general Hussein Jumaa, à TV estatal.

Segundo ele, uma força policial isolou a área imediatamente e garantiu que não houvesse mais bombas. O militar também pediu às pessoas que informassem as autoridades sobre algum objeto suspeito que vissem.

 

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelo ataque.

O atentado é o mais grave na capital desde 2017, quando um ataque, reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico, atingiu o Palácio da Justiça matando pelo menos 30 pessoas.

Na região de Idleb, no noroeste do país, controlada por rebeldes, pelo menos oito pessoas, incluindo cinco civis, morreram hoje em bombardeios do Exército, informou uma organização não governamental.

O Exército atacou um bairro da cidade de Ariba, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

20/10/2021 - Tempo segue ensolarado no RS nesta quarta-feira

Metade Leste tem chance de chuva isolada e passageira

O Rio Grande do Sul vai ter mais um dia com a presença do sol em todas as regiões nesta quarta-feira. Até pode haver nuvens esparsas, especialmente na metade Leste. Há chance de chuva muito isolada e passageira nesses pontos.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, o tempo aberto da madrugada, com vento fraco, favorece o resfriamento noturno. Por conta disso, amanhecer deve ser um pouco mais gelado para a época. Pode haver geada fraca nos Campos de Cima da Serra. A tarde volta a ficar com temperatura agradável.

 

Em Porto Alegre, a mínima será de 12°C e a máxima não ultrapassa os 23°C.

Mínimas e máximas no RS

Passo Fundo 10°C / 24°C

Uruguaiana 13°C / 27°C

Santa Maria 11°C / 24°C

Ausentes 2°C / 18°C

Torres 13°C / 20°C

 

 

Fonte:  Correio do Povo

20/10/2021 - Senado aprova auxílio gás para famílias carentes

Projeto volta para a Câmara para análise de financiamento

O Senado aprovou hoje (19) a criação do Programa Gás para os Brasileiros, o chamado auxílio gás. O programa vai auxiliar famílias de baixa renda na compra do gás de cozinha. O projeto de lei (PL) prevê que cada família receba bimestralmente o equivalente a 40% do preço do botijão de gás. O projeto retorna à Câmara.

 

De acordo com o PL aprovado, serão beneficiadas famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo, ou que morem na mesma casa de beneficiário do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O programa será financiado com recursos dos royalties pertencentes à União na produção de petróleo e gás natural sob o regime de partilha de produção, de parte da venda do excedente em óleo da União e bônus de assinatura nas licitações de áreas para a exploração de petróleo e de gás natural. Além disso, serão utilizados outros recursos que venham a ser previstos no Orçamento Geral da União e dividendos da Petrobras pagos ao Tesouro Nacional.

Entre as justificativas do autor do projeto, senador Eduardo Braga (MDB-AM), está o aumento do preço do gás de cozinha nos últimos meses o que tem feito com que famílias optem pelo o uso de lenha, carvão e, até mesmo, etanol para o preparo dos alimentos o que provocou o aumento de doenças pulmonares e acidentes com queimaduras.

 

Para ele, o projeto traz “justiça social”, devolvendo à população parte do lucro da Petrobras obtido no mercado. “Estamos fazendo uma justiça social quando estabelecemos fontes de financiamento que não são fiscais. A fonte de financiamento diz respeito aos dividendos que a União recebe pelas suas ações da Petrobras, pelo lucro que a União obtém. Estamos pegando o lucro das ações da Petrobras e devolvendo pro povo humilde.”

Na avaliação do relator do projeto no Senado, Marcelo Castro (MDB-PI), a mais recente política de preços da Petrobras, adotada na gestão do presidente Michel Temer, com a estatal sob comando de Pedro Parente, pavimentou a crise dos combustíveis vivida hoje.

 

“A primeira providência que ele [Parente] tomou foi eliminar os subsídios, deixar de controlar os preços da Petrobras e atrelou os preços dos combustíveis ao mercado internacional, ao preço em dólar do barril de petróleo. Então, eliminando o subsídio dos combustíveis, evidentemente, eliminou o subsídio do GLP, do gás de cozinha”, disse o senador.

 

“Com a política que foi feita, nós sabemos das consequências, da greve dos caminhoneiros. Mas o fato é que, à medida em que o petróleo aumenta de preço, imediatamente, de 15 em 15 dias, aumenta de preço aqui no Brasil. Se o dólar se valoriza e o nosso real se desvaloriza, aumenta de preço também. E isso levou ao que nós estamos vivendo hoje: uma gasolina de R$ 7 o litro e o GLP de R$ 100, R$ 120, R$ 130”, acrescentou.

 

O PL retorna para nova apreciação dos deputados porque Castro alterou a forma de financiamento do programa. O texto que saiu da Câmara previa o uso de recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), imposto sobre a importação e a comercialização de gasolina. Mas o relator entendeu que o aumento de tributos provocaria “um indesejável impacto inflacionário”.

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/10/2021 - Acusação na esfera criminal

A Primeira Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS) decidiu, em audiência nesta segunda (18), suspender por dois anos do futebol o jogador William Ribeiro, que agrediu o árbitro Rodrigo Crivellaro em partida da Divisão de Acesso, entre Guarani de Venâncio Aires e São Paulo de Rio Grande, em 4 de outubro.

 

De acordo com o site Gaúcha ZH, William Ribeiro foi denunciado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que trata sobre a prática de agressão física durante partida, com o agravante da ação ter sido praticada contra árbitro, assistentes ou demais membros de equipe de arbitragem.

 

O procurador do TJD-RS, Alberto Lopes Franco, citou a gravidade do ato cometido contra Rodrigo Crivellaro e defendeu o afastamento de William Ribeiro dos gramados. O relator do caso, Assis Rafael Machado da Silva, destacou a necessidade de uma punição exemplar e votou pela suspensão do atleta pelo período de dois anos. Os demais membros da comissão acataram a pena de forma unânime.

 

Primeira manifestação

 

Na sessão, realizada virtualmente, William Ribeiro se manifestou pela primeira vez e relembrou o momento da agressão, se dizendo arrependido pela atitude que tomou. "Aconteceram várias questões no campo. Eu errei. O que eu fiz não foi certo. Estou muito arrependido. Na hora me deu um apagão e agi daquela forma. Eu não sei explicar o que me deu na hora. Simplesmente me escureceu as vistas. Eu estou até procurando tratamento psicológico", contou.

 

Acusação na esfera criminal

 

Após a agressão, William Ribeiro foi preso em flagrante e passou a noite na Penitenciária Estadual de Venâncio Aires. Em audiência de custódia realizada no dia posterior, ele teve concedida a liberdade provisória. Na semana passada, o MP-RS recorreu da decisão, justificando que a manutenção da prisão se justificava para evitar "sensação de impunidade".

 

A Polícia Civil recebeu, na última sexta-feira (15), o resultado dos exames de corpo de delito do árbitro Rodrigo Crivellaro. O laudo concluiu que o soco e o chute deferidos pelo jogador William Ribeiro não colocaram a vida de Rodrigo em risco. No entanto, ainda é possível que o Ministério Público faça uma denúncia de tentativa de homicídio ao atleta.

 

 

Fonte: Gaucha ZH

Portal Arauto

19/10/2021 - Nascidos em novembro e dezembro podem sacar auxílio emergencial

Parcela foi depositada em 2 e 3 de outubro

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em novembro e dezembro podem sacar, a partir de hoje (19), a sexta parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal no último dia 2, para os aniversariantes de novembro, e 3, para os nascidos em dezembro.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

 

Com o saque de hoje, está concluída a fase de retirada da sexta parcela do auxílio emergencial. Amanhã (20), a Caixa começa a pagar a sétima parcela para os trabalhadores informais e inscritos no CadÚnico nascidos em janeiro. O banco também deposita nesta quarta-feira a sétima parcela para os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) final 3.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

 

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

 

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

19//10/2021 - Rio Grande do Sul terá tempo agradável nesta terça-feira

Dia será de sol acompanhado de nuvens em boa parte do Estado

O Rio Grande do Sul terá uma terça-feira de tempo agradável. De acordo com a MetSul Meteorologia, o sol aparece em boa parte do Estado acompanhado de nuvens. No entanto, locais próximos do Litoral gaúcho têm chance de chuva leve ou garoa isolada e passageira por causa de um ar frio associado a um centro de alta pressão que avança pelo Atlântico e induz mais nuvens em pontos perto da costa, no Leste do território gaúcho.

 

O dia mais uma vez começa frio para esta época do ano e a tarde novamente será de temperatura agradável. Com a atuação do reforço de ar frio, o vento por vezes pode soprar moderado no Sul e no Leste gaúcho. Em Porto Alegre, a terça será de tempo seco, com marcas entre 11°C e 23°C.

 

Mínima e Máxima

São José dos Ausentes 5°C | 21°C

Caxias do Sul 8°C | 22°C

Pelotas 10°C | 22°C

Alegrete 10°C | 24°C

Uruguaiana 12°C | 25°C

Cruz Alta 12°C | 26°C

São Miguel 12°C | 26°C

Santa Rosa 10°C | 27°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/10/2021 - Vulcão deixa Ilha de La Palma, na Espanha, irreconhecível

Erupção começou há cerca de um mês

Um mês depois da erupção do vulcão Cumbre Vieja, a ilha de La Palma, na Espanha, está irreconhecível em algumas áreas, como a Ilha das Canárias. O vulcão continua a expelir lava e cinza.

Com a atividade vulcânica, a visibilidade no território torna-se difícil e a quantidade de matéria que continua a sair do vulcão impressiona.

É nessa região que o madeirense Luís Ramos trabalhava numa plantação de bananas, uma das principais fontes de riqueza da ilha.

O português perdeu o emprego e a casa e agora vive na casa do patrão da mulher, com o sogro, a mulher e os filhos.

Luís Ramos já nem sabe identificar bem o local onde morava.

Trinta dias depois do início da erupção, continua sem nada, recorreu às seguradoras e ainda não obteve resposta. Agora, só pede um sítio para ficar nem que seja provisório.

Vulcão

O Cumbre Vieja continua com atividade intensa, apesar de, nas últimas horas, ter entrado numa fase de "estabilidade e lentidão".

O dia de hoje transcorre sem incidentes. As autoridades alertaram, em comunicado, que dada a previsão da chegada ao mar de uma frente ativa de lava, e da provável emissão de mais gases nocivos para a saúde, poderá ser determinado um confinamento da população em áreas próximas.

 

Esse rio de lava acabou por, nas últimas horas, desacelerar a velocidade para apenas dois metros por hora, adiando por mais alguns dias o contato com as águas do Oceano Atlântico.

Há sinais de alguma normalização no dia a dia dos moradores. As autoridades responsáveis pela educação nas Ilhas Canárias permitiram que as aulas nas escolas fossem retomadas nos municípios mais afetados pelo vulcão (Tazacorte, Los Llanos de Aridane e El Paso), com um número de alunos superior a 90%.

A Ilha de La Palma trnasformou-se, neste mês, em um dos locais mais observados do mundo, com os cientistas aprofundando os conhecimentos sobre a evolução do planeta.

Foi um mês sem descanso para a população da ilha, confrontada com uma catástrofe social e econômica, sendo no entanto um alívio o fato de não ter havido até agora qualquer morte em consequência da atividade do vulcão. A solidariedade, assim como a erupção, tem sido constante

 

 

Fonte: Agência Brasil

18/10/2021 - Homem é baleado em frente a bar em Candelária

Um homem, que não teve a identidade divulgada, foi baleado na noite deste domingo (17) em frente ao Bar do Bonelli, localizado no Bairro Marilene, em Candelária.

 

Segundo a Brigada Militar, estava ocorrendo um baile no local no momento em que houve um desentendimento dentro do estabelecimento, o que teria motivado os disparos. De acordo com o Jornal de Candelária, a vítima estava na festa e teria sido retirada após um desentendimento. Instantes depois, o homem teria voltado armado e ao tentar ingressar no local, acabou sendo surpreendido por outro homem que, de dentro do estabelecimento efetuou os disparos contra a vítima.

Com ferimentos na perna, o homem baleado foi encaminhado para o Hospital Candelária. O atual estado de saúde dele não foi divulgado.

 

 

Fonte: Portal Arauto

18/10/2021 - Novos casos de ebola são detectados no Congo

Segundo a OMS, cinco casos foram diagnosticados em dez dias

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira (18) que foram detectados três novos casos de ebola na República Democrática Oriental do Congo. Já são cinco os casos identificados em apenas dez dias.

Para as autoridades de saúde, o surto está relacionado ao de 2018-20, que matou mais de 2.200 pessoas e infectou mais de 3 mil.

Os casos mais recentes foram detectados no distrito sanitário de Butsili, perto da cidade de Beni, onde ocorreu o último surto, informou a OMS em nota.

Do cinco casos confirmados até agora, três pessoas morreram.

De acordo com a OMS, após grandes surtos podem ocorrer outros, causados ??por infecções latentes que permanecem no sêmen dos sobreviventes.

Em fevereiro deste ano, foi detectado um aumento de casos, controlado em maio. Nesse período, seis pessoas morreram.

No país, as vacinas têm mostrado impacto significativo no controle do ebola. Na semana passada, os médicos começaram a vacinar os contatos das pessoas que estavam infectadas, usando um imunizante da Merck, uma das duas vacinas contra disponíveis contra o ebola. A outra é fabricada pela Johnson & Johnson.

 

 

Fonte: Agência Brasil

18/10/2021 - Sol predomina no RS nesta segunda-feira

Litoral Norte e Campos de Cima da Serra têm chance de chuva
O sol predomina na maior parte do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. Apesar disso, também deve haver nebulosidade em muitos municípios. No Litoral Norte e nos Campos de Cima da Serra, há chance de chuva ao longo do dia.
De acordo com a MetSul Meteorologia, o ar seco e frio influencia o tempo na maior parte do território. Por conta disso, o amanhecer será de temperaturas baixas para a época do ano. À tarde, as marcas são agradáveis.
Em Porto Alegre, o sol aparece entre nuvens. A mínima na Capital será de 11°C, e a máxima fica na casa dos 23°C.

Mínimas e máximas no RS
Torres 14°C / 20°C
Vacaria 9°C / 18°C
Caxias do Sul 8°C / 21°C
Cruz Alta 9°C / 23°C
Erechim 12°C / 23°C
Uruguaiana 10°C / 25°C

 

Fonte: Correio do Povo

18/10/2021 - Homem que mantinha esposa em cárcere privado por dez horas acaba morto pelo BOPE em Farroupilha

Ocorrência na rua Hilário Hilgert, no bairro São Francisco, mobilizou ainda o efetivo do 36º BPM

Acabou em morte o caso do homem, de 50 anos, que mantinha a esposa, de 58 anos, em cárcere privado por cerca de dez horas, entre a noite de domingo e o amanhecer desta segunda-feira, em Farroupilha, na Serra. O indivíduo foi baleado e morto pelo efetivo do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Brigada Militar.

 

A ocorrência foi registrada na rua Hilário Hilgert, no bairro São Francisco. Conforme a BM, a sala de operações do 36º BPM recebeu uma ligação telefônica por volta das 19h30min de domingo sobre uma pessoa armada no interior da casa e que pretendia matar a companheira.

 

No local, os policiais militares foram recebidos com cinco tiros pelo indivíduo, mas os disparos atingiram apenas a porta de entrada. Houve tentativa de negociação sem sucesso com ele, que já possuía antecedentes criminais por ameaça e lesão corporal. A moradia foi então cercada e isolado o entorno. O BOPE, em Porto Alegre, foi acionado em torno das 23h30min e deslocou-se até Farroupilha. Por várias horas, o negociador da unidade policial tentou a libertação da refém e várias tentativas de contato, mas não obteve êxito.

 

Diante da ameaça crescente contra a vítima, o efetivo do BOPE ingressou às 5h20min desta segunda-feira na casa. Os policiais militares foram recebidos a tiros e ocorreu o revide, sendo o atirador baleado. Socorrido, ele não resistiu aos graves ferimentos após chegar no Hospital São Carlos, vindo a óbito. Já a vítima foi resgatada sem lesões, sendo levada pelo Samu e hospitalizada também devido ao estado de choque.

 

Fonte: Correio do Povo

15/10/2021 - Granizo atinge cidade das Missões e causa estragos em 70 casas

Trinta e duas pessoas foram obrigadas a se deslocar para residências de parentes

A cidade de Eugênio de Castro, na região das Missões, foi fortemente atingida pela queda de granizo na noite desta quinta-feira. De acordo com informações da coordenação municipal da Defesa Civil, ao menos 70 residências foram danificadas. Houve falta de energia elétrica no município e 32 pessoas foram para casas de parentes. Ninguém ficou ferido.

 

Desde a madrugada, equipes da prefeitura trabalham auxiliando os moradores com lonas para cobertura de suas casas atingidas pelo temporal. A cidade, que possui cerca de 2.700 habitantes, solicitou ajuda com doações de colchões e telhas. Os donativos podem ser encaminhados para a sede da prefeitura, na rua Manoel Fernandes, 200.

A chuva de granizo também atingiu outras cidades do Noroeste do Estado. Em Santo Ângelo, o Arroio Itaquarinchim transbordou e causa inundações no bairro Harmonia. Segundo os bombeiros, não há relato de pessoas desabrigas ou desalojadas.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

15/10/2021 - PRF bloqueia totalmente BR 392, entre Pelotas e Rio Grande, para retirada de caminhão

Interrupção ocorre das 14h às 18h desta sexta-feira

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) bloqueou totalmente, nos dois sentidos de tráfego, a BR 392 no trecho entre Pelotas e Rio Grande, na região Sul do Estado. A interrupção no trânsito ocorre entre 14h e 18h desta sexta-feira. A operação é realizada para a retirada de um caminhão com cloro em gás que tombou no Km 54 da rodovia na tarde de ontem.

Com a possibilidade de vazamento do produto e a previsão de ventos fortes na região, será feito um isolamento da ponte do canal do São Gonçalo até a Unidade Operacional da PRF.

 

 

Fonte: Correio do Povo

15/10/2021 - RS tem expectativa de tornar aulas presenciais obrigatórias em novembro

Atualmente, Estado segue tanto o modelo presencial quanto o híbrido para as redes estadual, municipal e privada

Com o avanço da vacinação de jovens e adolescentes no País, alguns estados já começaram a se mobilizar para tornar obrigatório o retorno às atividades presenciais nas escolas. No Rio Grande do Sul, a expectativa é de que isso ocorra em novembro, ainda que não seja uma questão completamente definida pelo governo do Estado. Conforme a assessoria da Secretaria Estadual de Educação, o tema ainda será discutido por técnicos da administração estadual. Atualmente, o RS segue tanto o modelo presencial quanto o híbrido para as redes estadual, municipal e privada.

 

A prefeitura de Porto Alegre retomou o segundo semestre de ensino de forma 100% presencial. Porém, o modelo ainda não é obrigatório, pois, se decidirem, os alunos podem retirar o material didático nas escolas nas quais estão matriculados, para realizarem as tarefas em casa.

 

Segundo a pasta a educação, cerca de 90% dos alunos da rede retornaram ao ensino presencial, o que corresponde a cerca de 60 mil alunos entre educação infantil, fundamental e médio. Todos seguem os últimos protocolos editados pelo governo do Estado, como distância mínima de um metro entre os alunos, uso de máscaras e álcool gel e ambientes ventilados.

 

Na rede privada, o modelo híbrido (presencial e remoto) ainda segue sendo usado. Porém, conforme o último balanço do Sindicato do Ensino Privado do RS (Sinepe), sete em cada dez escolas estão recebendo todos os alunos em sala de aula – os dados correspondem aos mês de setembro, com 96 instituições de ensino.

 

Decreto aumenta capacidade de salas

Um decreto, editado ainda em agosto pelo governador Eduardo Leite, diminuiu de 1,5 metro para apenas um metro a distância entre as classes, o que aumentou a capacidade das salas em receberem os alunos. Todas devem manter também o uso obrigatório de máscaras, álcool gel e a ventilação de ambientes fechados.

 

Em São Paulo, por exemplo, as aulas presenciais obrigatórias irão começar já na próxima segunda-feira. Já em Minas Gerais, a medida é cogitada ainda para 2021, ainda sem um mês definido. 

 

Imunização desigual entre adolescentes no RS

No momento atual, a imunização de adolescentes contra a Covid-19 tem andado de maneira desigual. O Estado aplicou a primeira dose em 50,8% da faixa etária entre 12 e 17 anos, mas remessas específicas para este público ainda não chegaram e campanhas ficaram ainda mais dependentes de planejamentos municipais.

 

Um exemplo desta desigualdade está no critério que reúne as 20 cidades mais populosas do Rio Grande do Sul. Doze delas já alcançaram a faixa dos 12 anos e entre elas está Porto Alegre, que desde 23 de setembro aplica primeiras doses para aqueles que têm essa idade ou mais. Outras três vacinam jovens a partir de 13 anos. Já Caxias do Sul, a segunda maior cidade do Estado, abriu a imunização da faixa etária dos 14 anos em 29 de setembro, não avançou para nova faixa desde então. E Canoas, a terceira maior cidade, começa a imunizar adolescentes de 14 anos sem comorbidades nesta quarta, 13. Em Pelotas (quarta maior cidade), Passo Fundo e Guaíba o cronograma está nos 15 anos.

 

 

Fonte: Correio do Povo

15/10/2021 - Governo federal autoriza complemento ao orçamento do Censo 2022

Foi autorizada complementação de R$ 292 milhões

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou hoje (15) que a Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento autorizou a complementação de cerca de R$ 292 milhões ao orçamento do Censo Demográfico 2022. Com a emenda ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2022, a pesquisa receberá R$ 2.292.907.087.

O PLOA 2022 foi enviado ao Congresso Nacional em 31 de agosto com a previsão de R$ 2 bilhões para a realização da pesquisa, que é a mais completa executada pelo IBGE e serve de base para outros estudos e índices calculados pelo instituto. O IBGE destacou na época que o valor não era suficiente, e que eram necessários os R$ 292 milhões adicionais, valor que foi confirmado ao Supremo Tribunal Federal (STF) no início deste mês, em resposta a um pedido de informação do ministro Gilmar Mendes.

 

Na nota divulgada hoje, o instituto informa que a Secretaria do Tesouro considerou "possível" a ampliação do orçamento do censo nos termos esclarecidos pelo instituto ao Supremo. Os recursos complementares sairão do Fundo de Garantia à Exportação (FGE), supervisionado pelo Ministério da Economia.

O instituto ressaltou que a adequação do PLOA-2022 ao detalhamento do projeto orçamentário do IBGE "demonstra a importância da sintonia entre o Executivo, o Legislativo e o Judiciário no sentido da realização do Censo Demográfico em 2022, beneficiando a população brasileira nas suas várias dimensões".

O Censo Demográfico é uma pesquisa realizada em todo o país a cada 10 anos, e sua última edição foi em 2010. Por causa da pandemia da covid-19, a pesquisa não foi realizada em 2020, e cortes no orçamento de 2021 provocaram um novo adiamento neste ano.

O Projeto da Lei Orçamentária de 2021 chegou a prever R$ 2 bilhões para a realização da pesquisa, mas a verba foi reduzida durante a tramitação e restaram apenas R$ 53,3 milhões. O corte de recursos levou o IBGE a cancelar a realização do censo neste ano, já que a verba era insuficiente até para o treinamento dos técnicos.

A realização do censo em 2021 chegou a ser garantida por uma liminar do então ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello, em abril. O plenário da corte, porém, decidiu que, por causa da pandemia da covid-19 e do tempo necessário para elaborar a pesquisa, o censo poderia ser feito em 2022, com os trabalhos de preparação começando este ano.

 

 

Fonte: Agência Brasil

13/10/2021 - Batalhão Rodoviário da BM prende homem por porte ilegal de arma de fogo em Venâncio Aires

Policiais militares da Força Tática do 2º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar prenderam nesta terça-feira (12) um homem por porte ilegal de arma de fogo, na RSC-453, Km 3, em Venâncio Aires.

Os policiais militares abordaram um veículo Ford F1000, emplacado em Passo do Sobrado e, durante a busca veicular foi localizado entre os bancos do veículo um revólver calibre 38, municiado com seis munições intactas e dentro de uma pochete encontrado ainda 10 munições do mesmo calibre.

O homem de 53 anos de idade não possui porte e o registro da arma encontra-se vencido desde 29/10/2012. Foi dada voz de prisão ao homem, o qual foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Venâncio Aires para lavratura do flagrante.

 

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

13/10/2021 - Sol aparece, mas tempo muda e terá chuva em todo o RS nesta quarta-feira

Ar mais quente ingressa e máximas rondam os 30ºC em alguns pontos

O sol aparece em todo o Rio Grande do Sul na manhã desta quarta-feira, mas o tempo vai mudar em várias regiões da tarde para noite. A nebulosidade aumenta e áreas de instabilidade avançam a partir do Oeste com chuva. Chove em quase todo o Estado até o final do dia.

Em áreas mais a Leste e a Nordeste do território gaúcho, como Porto Alegre, o tempo seco predomina e o sol aparece como no feriado. Espera-se que a chuva chegue só quase no final desta quarta ou apenas no começo da quinta. Ar mais quente ingressa antes da chuva e faz calor à tarde em diversas regiões.

 

As mínimas rondam os 11ºC em Santana do Livramento e os 8ºC em São José dos Ausentes. As máximas, por sua vez, podem chegar a 29ºC em Santa Maria e 31ºC em Santa Cruz do Sul. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 16ºC e 29ºC.

Quem foi passar o feriadão em Florianópolis só viu chuva pela frente. E não foi somente no feriado. A instabilidade dura semanas. Em todos os dias do feriadão houve o registro de precipitação na capital catarinense com os mais altos acumulados no feriado de ontem, mas os últimos 15 dias foram extremamente chuvosos.

 

Mínimas e máximas no RS

Capão da Canoa 16°C / 26°C

Santa Maria 15°C / 29°C

Uruguaiana 16°C / 26°C

Erechim 13°C / 28°C

Bagé 11°C / 28°C

Rio Grande 14°C / 26°C

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/10/2021 - Oito pessoas ficam feridas em colisão entre ônibus e carreta em Eldorado do Sul

Acidente de trânsito ocorreu no km 122 da rodovia, na interseção com a BR 116 

Oito pessoas ficaram feridas na manhã desta quarta-feira em um acidente de trânsito sobre o viaduto do km 112 da BR 290, na interseção com a BR 116, em Eldorado do Sul.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um ônibus de linha intermunicipal, que fazia a viagem de General Câmara para Porto Alegre, colidiu na traseira de uma carreta no local.

De acordo com a PRF, os oitos passageiros com ferimentos leves já foram atendidos. Durante a ocorrência, o trecho da rodovia foi desviado em Guaíba, acessando o retorno no km 296 da BR 116.

 

 

      Fonte: Correio do Povo

13/10/2021 - Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência

Instituição defende investimentos rápidos em energia limpa

       A Agência Internacional de Energia (AIE) considerou hoje (13) que o mundo vai sofrer com o aquecimento global, mas também com "turbulências" no abastecimento energético, se não investir mais rapidamente em energias limpas.

No relatório anual, publicado duas semanas antes da abertura da Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (COP26), em novembro, em Glasgow, na Escócia, a agência emitiu "avisos sérios sobre a direção que o mundo está tomando".

Afirmando que surge nova economia no mercado da energia, a agência lamentou que o progresso seja contrariado pela "resistência do status quo e dos combustíveis fósseis", com o petróleo, gás e carvão representando ainda 80% do consumo final de energia, responsáveis por três quartos das alterações climáticas.

Atualmente, os compromissos climáticos dos governos, se cumpridos, só permitirão atingir 20% das reduções de emissões de gases de efeito estufa, necessárias para manter o aquecimento global sob controle até 2030.

"Os investimentos em projetos de energia descarbonizada terão de triplicar nos próximos dez anos para se conseguir a neutralidade de carbono até 2050", apontou o diretor da AIE, Fatih Birol.

 

"Se conseguirmos atingir a neutralidade de carbono até 2050, 2,2 milhões de mortes prematuras por poluição atmosférica poderão ser evitadas até 2030, 40% menos do que atualmente. Em outros cenários, irão aumentar", adverte o documento.

A AIE, que faz parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), apresentou três cenários para o futuro: o das atuais políticas de redução de emissões efetivamente implementadas pelos governos; o dos compromissos de redução assumidos; e o que permite atingir a neutralidade de carbono em 2050, já tornado público pela AIE em maio.

No primeiro cenário - o mais pessimista - a temperatura global aumentará 2,6 graus Celsius em 2100, em comparação com a era pré-industrial; no segundo, 2,1 graus; e apenas no terceiro será limitada a 1,5 grau.

 

O terceiro cenário, atingindo a neutralidade de carbono até 2050, "exigirá grandes esforços, mas oferece benefícios consideráveis, tanto para a saúde quanto para o desenvolvimento econômico", afirma a AIE.

A agência acredita que é necessário um aumento do investimento de cerca de US$ 4 bilhões por ano até 2030 em projetos e infraestruturas de energia limpa para atingir o objetivo da neutralidade de carbono até 2050.

 

O financiamento adicional necessário para esse objetivo "é menos oneroso do que parece", acrescentou. Segundo a AIE, 40% das reduções das emissões "pagam-se", por meio da eficiência energética, da luta contra as fugas de metano ou de parques solares ou eólicos.

A AIE disse ainda que o atual déficit de investimento afeta não só o clima, mas também os preços e a oferta, garantindo "turbulências" como as que o mundo sofre atualmente, com as tensões sobre os combustíveis fósseis.

Nos últimos anos, a depreciação dos preços do petróleo e do gás limitaram o investimento no setor, mas a transição para a energia limpa é demasiado lenta para satisfazer a procura, considerou a agência

"Há um risco de turbulência crescente nos mercados globais de energia", disse Birol. "Não estamos investindo o suficiente para satisfazer necessidades futuras, e essas incertezas estão nos preparando para um período volátil", disse.

"A forma de responder é clara: investir de forma rápida e maciça em energia limpa" para satisfazer as necessidades, tanto a curto quanto a longo prazo, acrescentou.

Caso contrário, "o risco de volatilidade desestabilizadora tenderá a aumentar", afirma o relatório, que destaca a importância de uma transição "acessível a todos os cidadãos".

"Está surgindo uma nova economia energética, com potencial para criar milhões de empregos", disse Fatih Birol, que apelou aos líderes que participarão da COP26 para "fazer a sua parte, transformando a década de 2020 na de implantação maciça da energia descarbonizada

 

 

Fonte: Agência Brasil

11/10/2021 - Denarc apreende 27 quilos de maconha e 2,5 quilos de cocaína no Centro de Porto Alegre

Apartamento na esquina da rua Fernando Machado com avenida Borges de Medeiros servia para tele entrega e depósito de drogas

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil anunciou na manhã desta segunda-feira a apreensão de cerca de 27 quilos de maconha e em torno de 2,5 quilos de cocaína em Porto Alegre. O flagrante ocorreu a partir da tarde de domingo na área central da Capital. A equipe do Alencar Carraro investigava há algumas semanas a informação sobre a existência de uma rede de tele entrega de drogas naquela região.

 

Os agentes descobriram então que um apartamento, situado na esquina da rua Fernando Machado com a avenida Borges de Medeiros, seria usado como depósito de entorpecentes comercializados pelo grupo criminoso. Após algumas horas de monitoramento, os policiais civis verificaram uma movimentação de pessoas entrando e saindo deste apartamento do imóvel, sobretudo motoboys.

 

Houve a deflagração da ação no local, sem encontradas as drogas armazenadas. Os agentes do Denarc apreenderam ainda quatro balanças de precisão, cinco máquinas de cartão de crédito, três cadernos contendo anotações do narcotráfico e embalagens para acondicionar as drogas, entre outros materiais. Não teve prisões. Segundo o delegado Alencar Carraro, as investigações prosseguem com o objetivo de apontar os responsáveis pelo esquema criminoso. De acordo com ele, já existem suspeitos identificados.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

11/10/2021 - Felipão acerta saída e não é mais técnico do Grêmio

Time e treinador voltaram atrás nos discursos após derrota e decidiram colocar fim ao vínculo em meio à crise

Contrariando os discursos após a derrota para o Santos, Grêmio e Felipão chegaram a acordo para encerrar a passagem do técnico pelo Tricolor. O clube anunciou o desligamento do treinador no fim da noite deste domingo, após reunião em São Paulo. Thiago Gomes comandará a equipe diante do Fortaleza nesta quarta-feira.

 

Chegou ao fim a quarta passagem de Luiz Felipe Scolari no comando do Grêmio. O treinador não suportou a nova derrota diante do Santos, na tarde deste domingo, na Vila Belmiro, pela 25° rodada do Brasileirão. O revés aprofundou a crise no vestiário tricolor e estacionou o time na zona de rebaixamento.

Anunciado em 7 de julho, Felipão chegou ao Grêmio muito mais pela "mística" e glórias dos tempos de outrora. Era de conhecimento do técnico e da diretoria tricolor que o novo líder da casamata teria que reorganizar a casa e reconduzir o clube ao caminho das vitórias após a saída do técnico Tiago Nunes.

“Eu não posso dizer detalhadamente como vamos fazer para tirar o Grêmio desta dificuldade momentânea. Posso dizer que nós temos que trabalhar. Os atletas estarão mais empenhados no trabalho para superar as dificuldades. Vamos discutir com os atletas e colocar em campo para superar esse momento no Brasileirão. Não é em uma vitória que vai mudar tudo. Temos que mudar com calma, mas temos que mudar em alguns aspectos para amanhã”, declarou o técnico em sua apresentação, na véspera do Grenal da 11° rodada, em 10 de julho.

 

O 0 a 0 com o Inter marcou o retorno do técnico como comandante do Grêmio. Na sequência, as dificuldades ficaram evidentes, com o time intercalando vitórias e derrotas. O comandante gremista também não conseguiu fazer a equipe crescer nas outras competições que restavam.

 

Na Sul-Americana, a estrada terminou para a LDU e na Copa do Brasil a derrota sofrida na Arena por 4 a 0 liquidou com qualquer pretensão de avançar às semifinais do torneio nacional. Na ocasião, Luiz Felipe assumiu a responsabilidade. "Eu que escalei, eu que troquei. Se existe um culpado, sou eu. Faço as minhas escolhas, e assumo responsabilidade. As mudanças não ocorreram com a situação que eu imaginei", admitiu. O jogo de volta, no Maracanã, foi protocolar e ainda com novo revés, por 2 a 0.

Felipão oscilou entre altos e baixos, não conseguindo fazer com que a equipe engrenasse. O ponto alto desta última trajetória foi entre a 20ª e a 21ª rodadas, único período em que o Grêmio conseguiu duas vitórias consecutivas sob o comando do treinador. As vitórias diante do Ceará e do Flamengo deram esperanças de que o Tricolor poderia reagir e sair de vez da zona de rebaixamento. No entanto, o bom momento durou muito pouco e terminou com uma nova derrota, com quatro gols sofridos para o Athletico-PR. A má fase a partir daí só foi ampliada com o insucesso diante do Sport e o empate frustrante com o Cuiabá, ambos em Porto Alegre.

 

E logo depois do jogo com o Cuiabá, Felipão, irritado, negou a existência de desavenças no vestiário do Grêmio. O treinador classificou como "mentira" as informações que teriam vazado após a derrota. "Nada diferente de todas as situações que eu já vivo no futebol há 50 anos. Quem passa isso para vocês (jornalistas) é um mentiroso cafajeste", atacou. 

 

Até a partida deste domingo, na Vila Belmiro, foram 21 jogos, com nove vitórias, três empates e nove derrotas, entre Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana – só no Campeonato Brasileiro, foram 15 jogos, com seis vitórias, três empates e seis derrotas

 

 

Fonte: Correio do Povo

11/10/2021 - Homem morre e outro fica ferido após queda de carro em valão de São Leopoldo

Sobrevivente foi encaminhado ao Hospital Centenário, mas recusou atendimento

Um homem morreu e outro ficou levemente ferido após a queda de um carro em um valão, localizado no bairro Vicentina, em São Leopoldo. Segundo a Brigada Militar, o acidente aconteceu por volta das 4h30min desta segunda-feira (11). Ainda não se sabe qual dos dois ocupantes era o motorista do automóvel, um Chevrolet Corsa.

 

Informações preliminares dão conta de eles estavam no sentido centro-bairro da avenida João Corrêa quando perderam o controle do veículo, que acabou caindo na água. Os moradores da região prestaram os primeiros socorros. Mesmo assim, um ocupante, de 49 anos, perdeu a vida. O outro, de 30, foi levado ao Hospital Centenário e não aceitou atendimento.

 

O movimento reduzido nas ruas, em razão da véspera de feriado, fez com que a ocorrência não provocasse grandes prejuízos à mobilidade urbana da região. O carro foi removido do valão por volta das 8h. Agora, o automóvel será submetido a uma perícia, que determinará as causas do acidente.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

11/10/2021 - AstraZeneca anuncia resultados animadores em testes de fármaco anticovid-19

Medicamento AZD7442 consiste em uma combinação de anticorpos e reduziu o risco de desenvolver a forma grave da doença

Um coquetel de anticorpos contra a Covid-19 desenvolvido pelo laboratório anglo-sueco AstraZeneca apresentou resultados considerados positivos em testes clínicos da fase 3 - anunciou a empresa farmacêutica, em nota divulgada nesta segunda-feira (11). Os testes do medicamento AZD7442, que consiste em uma combinação de anticorpos, "resultaram em uma redução estatisticamente satisfatória" dos "casos graves de Covid-19, ou das mortes pela doença, em comparação com um placebo em pacientes não hospitalizados com sintomas leves ou moderados", relatou a AstraZeneca.

De acordo com o laboratório, 90% dos participantes pertenciam a categorias de pacientes considerados com alto risco de desenvolver formas graves da Covid-19, incluindo aqueles com comorbidades. Os 903 participantes destes ensaios clínicos receberam o tratamento nos cinco dias que se seguiram ao surgimento dos primeiros sintomas. A análise preliminar dos resultados mostra que "o AZD7442 reduziu o risco de desenvolver Covid-19 grave, ou mortal, em 67% dos casos, em comparação com o placebo", detalha o comunicado.

 

"Dado que os casos graves de covid-19 continuam em todo mundo, existe uma necessidade importante de novas terapias, como o AZD7442, para proteger as populações vulneráveis", afirmou Hugh Montgomery, professor de medicina de cuidados intensivos da University College London e um dos principais pesquisadores deste ensaio clínico.

A AstraZeneca apresentará os dados às autoridades de saúde e solicitou à FDA, agência americana que regula o setor de medicamentos e alimentos, que aprove o fármaco para tratar a Covid-19. Em março, o grupo anunciou um acordo com os Estados Unidos para fornecer ao país até 700 mil doses desse tratamento com anticorpos, ainda este ano, no total de US$ 726 milhões.

 

 

Fonte: Correio do Povo

08/10/2021 - Secretaria da Saúde emite alerta para surto de doença que causa diarreia aguda

A Secretaria Estadual da Saúde emitiu nesta quinta-feira (7) alerta para surto da Doença Diarreica Aguda que afeta 25 cidades gaúchas. A doença gastrointestinal tem como principal sintoma a diarreia, que pode ser acompanhada de dor abdominal, náusea, vômito e febre.

 

Segundo a nota, os surtos da doença foram identificados desde o final de agosto e, em algumas cidades, têm como agente causador o norovírus. Santa Cruz do Sul está entre as cidades que apresentam casos da doença. Uma investigação busca determinar a causa do surto em outros municípios, segundo a Vigilância Epidemiológica. Em contato com a reportagem do Portal Arauto, a Prefeitura de Santa Cruz do Sul confirmou que há cerca de três semanas foram registrados os primeiros casos, mas ainda não há um levantamento preciso dos índices da doença na cidade.

 

A transmissão da doença se dá, principalmente, através do consumo de água ou alimentos contaminados. No caso do norovírus, ela ainda pode ocorrer através de contato com superfícies contaminadas.

 

CIDADES

 

De acordo com a Gaúcha ZH, as cidades que estão no alerta são Dois Irmãos, Esteio, Morro Reuter, Porto Alegre, Bento Gonçalves, Nova Prata, Carlos Barbosa, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Caxias do Sul, São Marcos, Pinto Bandeira, Santa Maria, Lavras do Sul, Colorado, Saldanha Marinho, Santana do Livramento, Santa Cruz do Sul, Mato Leitão, Horizontina, Tucunduva, Santa Rosa, Santo Cristo, Barra Funda e Sarandi.

 

A indicação é de que a população consuma apenas água de fontes confiáveis e busque sempre a higiene das mãos, bem como lavagem de alimentos e utensílios.

 

Com informações da Gaúcha ZH***

Fonte: Portal Arauto

08/10/2021 - PRF apreende carregamento de 190 quilos de maconha na BR 386, em Sarandi

Uma Chevrolet Blazer foi abordada pelo efetivo da PRF, quando vinha de Santa Catarina

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu um carregamento com cerca de 190 quilos de maconha na BR 386, em Sarandi. A droga estava em uma Chevrolet Blazer que foi abordada na tarde dessa quinta-feira.

Segundo o efetivo da PRF, o entorpecente vinha de Santa Catarina. O motorista tentou ainda escapar da prisão e fugiu a pé, mas foi encontrado e detido após três horas de buscas na região.

Trata-se de um paranaense, de 27 anos, residente em Foz do Iguaçu, na fronteira com Ciudad del Este, no Paraguai. Ele chegou a trocar de roupara para não ser reconhecido, mas não teve exito.

 

 

Fonte: Correio do Povo

08/10/2021 - STF libera eventos para arrecadação de recursos para candidaturas, mas veta volta de showmícios

Novo entendimento já vale para as campanhas de 2022

Por 7 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira manter a proibição de showmícios durante as campanhas eleitorais. No entanto, a Corte liberou a realização de apresentações artísticas internas para arrecadação de recursos. O novo entendimento vai valer para as campanhas de 2022.

 

O Supremo julgou uma ação protocolada em 2018 por três partidos. Na ação, PSB, PSOL e PT questionaram a constitucionalidade do trecho da Lei 11.300 de 2006 que proibia as apresentações artísticas, remuneradas ou não, para promoção de candidatos em comícios e reuniões eleitorais. A norma alterou a Lei 9.504 de 1997 (Lei das Eleições). As legendas sustentaram que a proibição é incompatível com a garantia constitucional da liberdade de expressão.

No julgamento, que foi iniciado ontem (6), prevaleceu o voto proferido pelo relator, ministro Dias Toffoli, para quem os showmícios devem continuar proibidos, mas eventos partidários com finalidade arrecadatória podem ser realizados, por tratar-se de modalidade de doação de pessoas físicas, permitidas legalmente.

Além do relator, votaram no mesmo sentido os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski.

 

O ministro Gilmar Mendes votou contra a realização dos showmícios e dos eventos de arrecadação e alertou que a medida poderá provocar fraudes, como aluguel de CPFs de pessoas físicas para justificar as contribuições e dificuldades para fiscalizar o cumprimento do teto de 10% dos rendimentos brutos para doações pessoas físicas e a proibição de contribuição de empresas.

“Esses eventos de arrecadação não serão chás da tarde, mas eventos midiáticos, um meio propício para lavagem de capitais, seja de dinheiro não declarado, seja de propina acertada com os próprios políticos, uma espécie de cashback do crime, embalado musicalmente”, afirmou. O presidente do STF Luiz Fux e Nunes Marques também votaram no mesmo sentido.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

08/10/2021 - Saída para o feriadão deve ter trânsito intenso nesta sexta à tarde

Movimento de retorno deve ser maior na noite da próxima terça

O feriado nacional de 12 de outubro deve elevar o fluxo de veículos nas estradas gaúchas. Como a data cai em uma terça-feira, muitas pessoas vão prolongar o feriado emendando a segunda-feira. A Polícia Federal Rodoviária (PRF), que vai coordenar a Operação Nossa Senhora Aparecida 2021, estima aumento no tráfego a partir de sexta-feira à tarde nas rodovias de saída de Porto Alegre, sendo que o retorno deve ser mais expressivo na tarde e na noite de terça-feira. A PRF destaca que o movimento de ida tende a apresentar pontos de congestionamento, principalmente por intensificar o movimento normal de sexta-feira.

 

O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) vai reforçar o policiamento ostensivo rodoviário no Rio Grande do Sul, concentrando esforços em horários e locais com maior índice de ocorrência de acidentes e de infrações mapeados anteriormente por estatísticas. As fiscalizações terão foco no controle de ultrapassagens indevidas, consumo de álcool, excesso de velocidade e para verificar a presença dos equipamentos obrigatórios, estado de conservação do veículo, uso do cinto de segurança e dos assentos especiais para crianças.

 

As ações também serão direcionadas para retirar criminosos de circulação, recuperar veículos roubados, apreender armas ilegais, entorpecentes e produtos de contrabando das rodovias estaduais. O CRBM acrescenta que é aconselhável verificar  luzes, óleo, calibragem, níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa. Também é essencial que o motorista descanse no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência. O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER-RS) afirma que não há alertas de bloqueios e interdições.

Orientações

Antes de viajar: certifique-se que a documentação esteja em dia. Confira também freios, suspensão, pneus e o sistema de iluminação. Não faça ingestão de bebidas alcoólicas. Planeje sua viagem, com pontos de parada.

Durante a viagem: tenha calma, acredite na sinalização e respeite a velocidade máxima. Só ultrapasse em locais permitidos e com visibilidade suficiente. Não deixe o celular ser uma distração, desligue ou ative o modo avião para que notificações não tirem a sua atenção enquanto estiver dirigindo. Priorize viajar durante o dia, nos horários de menor movimento, mantendo-se na mesma faixa de rolamento, sem mudanças repentinas de direção.

Abordagem policial: obedeça às ordens dos agentes, não faça movimentos bruscos, abra os vidros do carro para ser melhor visualizado e, à noite, ligue a luz interna.

 

A concessionária responsável pelas rodovias gaúchas, CCR Via Sul, estima um aumento de 57% no fluxo na Freeway em relação ao movimento normal  a partir de hoje na saída de Porto Alegre e região metropolitana.  A assessoria informa que vai reforçar as equipes ao longo dos cinco dias, bem como a frota, em até 20%, de forma a oferecer mais rapidez e agilidade tanto no atendimento a ocorrências quanto nas praças de pedágio.

 

Além disso, a empresa destaca todos os canais que o usuário tem à disposição para acompanhar o movimento do tráfego nas rodovias, de forma a planejar melhor sua viagem. Entre os recursos mais recentes, a concessionária disponibiliza o aplicativo ‘CCR Rodovias Sul’, para iOS e Android. Pela ferramenta esse acompanhamento do tráfego fica ainda mais específico, uma vez que o aplicativo classifica por cores: verde (normal), amarelo (intenso) e vermelho (lento).São José do Norte é incluída na Operação Balada Segura

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

07/10/2021 - Arroz anã pode ser incluído como Indicação Geográfica no Brasil

Cultivado no Rio, produto tem consistência e sabor únicos

A localidade de Porto Marinho, situada no distrito de São Sebastião do Paraíba, município de Cantagalo, na região serrana do estado do Rio de Janeiro, pode ter o seu principal produto, o arroz anã, incluído na lista de Indicação Geográfica no Brasil, como Denominação de Origem, que apresenta qualidades e características exclusivas de um produto de determinada área.

 

Não se sabe a origem do cereal, mas o arroz anã é cultivado há décadas em Porto Marinho e tem consistência e sabor únicos. Proveniente de agricultura familiar, é cultivado às margens do Rio Paraíba do Sul, sem utilização de pesticidas ou adubos químicos e tem atraído chefes renomados, inclusive do exterior, para conhecer o produto.

 

O lançamento do projeto para a candidatura do arroz anã à Indicação Geográfica ocorre hoje (7) no centro de Porto Marinho, que faz divisa com Minas Gerais, o único lugar que cultiva esse tipo híbrido do cereal. Sua população é de 200 habitantes. O projeto tem como parceiros o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no estado, o Serviço Social do Comércio (Senac), o Instituto Maniva, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a prefeitura de Cantagalo e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

 

Valorização

A analista Erica Bittencourt, gestora estadual de Indicações Geográficas do Sebrae Rio, informou à Agência Brasil que o projeto prevê elaborar a documentação para registro do arroz anã no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). “A gente vai estruturar tudo que o distrito, os produtores de arroz anã precisam para fazer esse registro no INPI. O Sebrae está dando todo o apoio para que esses produtores consigam fazer o registro”, disse Erica.

 

A obtenção do registro de Indicação Geográfica vai valorizar o produto local, que é denominado “grande joia” da culinária. “A gente quer valorizar os produtores, o produto, que hoje não têm essa valorização. Ele é comercializado só internamente, no próprio distrito, no município de Cantagalo, e queremos levar o arroz anã para outros locais”. A ideia é expandir a comunicação para restaurantes e chefes sobre o produto. “É uma joia que a gente tem aí, que é o saber fazer com um produto tão específico”.

 

Erica informou que o Sebrae Rio vai trabalhar toda a parte do registro, mas também do aumento da produtividade e da criação de embalagem e marca para o arroz anã dessa região. “Toda essa parte vamos trabalhar com eles, de acesso a mercado”.

 

Planejamento

Os encontros entre produtores de Porto Marinho, o Sebrae Rio e todos os parceiros envolvidos vêm ocorrendo de forma digital há cerca de dois anos e renderam um amplo planejamento que envolve o Projeto de Indicação Geográfica, capacitações, consultorias técnicas e de gestão, ações com foco no turismo e gastronomia, além de um censo sociocultural, que permitiu que os especialistas pudessem conhecer a região e desenvolver, a partir daí, novos projetos de crescimento econômico para a localidade. O projeto terá continuidade até 2023.

 

A expectativa do presidente da Nova Associação de Moradores, Pescadores, Produtores Rurais, Artesãos e Amigos do Porto Marinho e adjacências, Maurício Passareli Silva, é que a comunidade passe a ter mais atenção do Poder Público e também possa gerar desenvolvimento econômico e social. “Acredito que o encontro presencial será muito produtivo, porque por aqui gostamos desse contato, de olhar nos olhos, de reconhecer o outro. Os encontros virtuais têm sido muito produtivos, já vendemos praticamente toda a safra, mas sei que agora teremos ainda mais oportunidades de crescimento e visibilidade”, disse ele.

Gastronomia e turismo

Durante o lançamento do projeto, o Senac RJ apresentará proposta de desenvolvimento para a região de Porto Marinho, por meio de ações nos eixos da gastronomia e do turismo. O objetivo é valorizar a comunidade local e promover o desenvolvimento da região por meio da geração de renda, capacitação profissional e atração de turistas.

 

Na área da gastronomia, o Senac RJ desenvolve estudo sobre o potencial culinário do arroz anã e realiza pesquisas no laboratório da unidade Copacabana, na zona sul da capital fluminense, sobre as receitas tradicionais locais e preparos inovadores.

O arroz anã de Porto Marinho tem formato semelhante ao arroz japonês, mas apresenta grãos ligeiramente menores. O produto é adaptável a receitas doces e salgadas e tem potencial para usos funcionais como em farinha de arroz sem glúten, por exemplo. Após a conclusão da fase de pesquisa, a intenção do Senac RJ é promover a capacitação das cozinheiras locais para incentivar a geração de renda e o registro de receitas tradicionais em uma publicação.

 

Na área de turismo, o Senac pretende propor roteiros para que o turista tenha a oportunidade de realizar uma visita gastronômica, histórica, rural e ecológica à região. Há possibilidade também de criação de uma rota histórica pelas fazendas centenárias dos arredores de Porto Marinho, considerado o primeiro Vale do Café do estado

 

 

Fonte: Agência Brasil

07/10/2021 - Governo cria rede para aumentar produtividade do setor automotivo

Iniciativa do Ministério da Economia pretende aumentar a competitividade em toda a cadeia produtiva do segmento

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (7) a portaria que institui a "Rede Colaborativa para Aumento da Produtividade e da Competitividade do Setor Automotivo Brasileiro", que recebeu o nome de Made in Brasil Integrado (MiBI). A entidade tem o objetivo de elevar a competitividade das cadeias produtivas do setor automotivo.

Entre as atividades da rede estão o mapeamento das demandas e oportunidades na cadeia de valor das principais commodities da indústria automotiva necessárias para o desenvolvimento do país, a definição de estratégias transversais de articulação da cadeia da indústria automotiva para avanços em sua competitividade, a remoção de barreiras para desenvolvimento e produção nacional de componentes, sistemas e peças para a competitividade da cadeia automotiva; e a identificação e proposição de estratégias para evitar desabastecimento do mercado brasileiro.

A rede foi criada pela Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia. Pela portaria publicada nesta quinta, a pasta fará parte do Comitê Executivo da MiBI, ao lado de instituições como a SAE Brasil, Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) e Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais (Abinfer), entre outros.

 

O comitê será responsável por propor diretrizes, linhas programáticas, alianças e critérios para as ações da rede, definir segmentos prioritários para o diagnóstico dos componentes desses segmentos, acompanhar, avaliar e divulgar os resultados dos trabalhos desenvolvidos, designar grupos de trabalho e aprovar a indicação dos coordenadores e também aprovar a indicação de representante que exercerá a secretaria executiva do comitê.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

07/10/2021 - Investigada por guardar armas e drogas para facção é presa pela Draco em Santa Cruz

Uma mulher de 26 anos foi presa na manhã desta quinta-feira (7) por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo com numeração raspada. A ação, realizada pela Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco), aconteceu  no Bairro Aliança, em Santa Cruz do Sul.

 

Na residência da mulher foi localizada no quarto um pedaço de tijolo de maconha pesando 86 gramas, além de um revólver calibre .38 municiado, com cinco cartuchos e numeração raspada. Além disso, a Polícia Civil apreendeu dois celulares.

 

De acordo com o delegado titular da Draco, Marcelo Chiara Teixeira, a investigada tem dois antecedentes por tráfico de drogas e associação por tráfico. Em fevereiro de 2019 já havia sido presa por tráfico em uma ação da Draco. Ainda conforme o delegado, a investigação dá conta de que ela estaria armazenando drogas e armas para o traficante que comanda o tráfico de entorpecentes em toda a zona leste de Santa Cruz: "As investigações prosseguem, agora, para coletarmos mais elementos para elucidar e identificar mais pessoas envolvidas".

 

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

07/10/2021 - Estudo mostra que vulcões fertilizam e regeneram a vida do oceano

Vida marinha se recuperou em três anos após erupção do vulcão Tagoro

A lava incandescente tem efeito devastador de imediato, mas em médio prazo revela-se um fertilizante no mar. Um estudo concluiu que a vida marinha se recuperou em três anos, após a erupção do vulcão Tagoro, nas Ilhas Canárias. A lava e os gases libertaram nutrientes que favoreceram o aumento de fitoplâncton (micro-organismos aquáticos), atraindo mais peixes, crustáceos e cefalópodes, como polvos e lulas.

O vulcão Tagoro, que entrou em erupção debaixo de água perto da ilha de El Hierro, vizinha de La Palma, em outubro de 2011, foi o objeto de estudo do Instituto Espanhol de Oceanografia e da Universidade de Las Palmas, em Gran Canaria.

 

Tagoro

Tagoro permaneceu em atividade quase seis meses, o que causou alterações na temperatura, acidez e composição química da água do Mar de las Calmas. A vida marinha existente nesse recanto do Atlântico e que atraía os adeptos do mergulho foi exterminada.

O vulcão subaquático matou os peixes após a erupção, conforme a temperatura da água subiu e os níveis de oxigênio caíram.

As investigações, que se concentraram à volta da cratera, revelaram que a área fora do raio de 200 metros da chaminé vulcânica, estava repleta de vida, ao fim de três anos após a erupção.

 

"A lava é rica em ferro, além de magnésio e silicatos, e isso fornece nutrientes para a água", diz Carolina Santana González, oceanógrafa da Universidade de Las Palmas, em Gran Canaria, citada no The Guardian.

Além de registar um aumento de fitoplâncton, havia também peixes adultos, lulas e polvos, mas os cientistas lembram que se perdeu biodiversidade.

"Isso acontece quase imediatamente. A lava fertiliza a água e a área se recupera em curto espaço de tempo. No caso da ilha de El Hierro, a vida marinha restaurou-se quase completamente em três anos", afirmou Carolina González.

 

"É como um incêndio florestal. Ele destrói tudo, mas ao mesmo tempo fornece nutrientes para um novo crescimento. A diferença é que a vida marinha se recupera muito mais rápido do que uma floresta", acrescentou.

Em El Hierro, as análises químicas perto do cone do vulcão demonstraram que a concentração de ferro era quase 30 vezes maior que o nível normal.

As águas ao redor do vulcão também eram ricas em dióxido de carbono, que diminui os níveis de pH e, assim, ajuda os micro-organismos a absorver o ferro, diz o estudo.

 

Embora o ferro oxide na água e se forme em outros compostos, a baixa atividade vulcânica existente em El Hierro manteve a emissão desse nutriente.

Os cientistas também destacam o fenômeno que ocorre quando a lava empurra a água do fundo do mar, rica em nutrientes, para a superfície, facilitando a difusão desses nutrientes.

"Não podemos parar a natureza, mas a natureza possui mecanismos de regeneração rápidos e eficazes", diz Eugenio Fraile Nuez, responsável pelo monitoramento do vulcão La Palma, do navio do Instituto de Oceanografia atracado ao largo da costa onde a lava está caindo no mar.

 

"É por isso que não é uma catástrofe ambiental, mas muito pelo contrário: vulcões são vida", afirma.

Cumbre Vieja

Em La Palma, a lava está a cerca de 8 quilômetros de uma reserva marinha que cobre cerca de 3.500 hectares de mar. É o abrigo de anêmonas tropicais, douradas, algas castanhas, lagostas e tartarugas marinhas.

Durante as erupções do Cumbre Vieja, a lava já cobriu mais de 30 hectares de fundo de mar, até a profundidade de 24 metros, duplicando o tamanho da península criada recentemente na ilha.

Assim que o vulcão se estabilizar, em terra o quadro será sombrio. A lava destruiu 855 edifícios, tornou centenas de hectares de terra inutilizáveis, enterrou mais de 27 quilômetros de estrada, e cerca de 20% das plantações de banana se perderam. Mas, ao contrário da renovação em terra, que será mais lenta, a vida no mar é promissora.

Os seis anos de investigação das consequências da erupção do El Hierro podem dar pistas para entender como a crise climática pode afetar os oceanos, diz Carolina González.

Nesse contexto, a cientista lembra que "a maior ameaça à vida marinha da ilha não é o vulcão, mas a atividade humana. O verdadeiro problema é a pesca excessiva".

 

 

Fonte: Agência Brasil

06/10/2021 - Sancionada lei que autoriza uso da reforma do IR como fonte para o novo Bolsa Família

Texto faz alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021 (LDO 2021), com o objetivo de viabilizar o Auxílio Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos o projeto de lei que autoriza o governo federal a usar a reforma do Imposto de Renda como fonte de recursos para compensar a criação do Auxílio Brasil, programa desenhado para substituir o Bolsa Família. O texto da lei sancionada está publicado em edição extra do Diário Oficial da União que circula nesta terça-feira (5).

 

A lei faz alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021 (LDO 2021), com o objetivo de viabilizar o Auxílio Brasil. Os ajustes valerão apenas para este exercício fiscal. A medida autoriza o uso de propostas legislativas em tramitação como fonte de compensação para criação ou aumento de despesa obrigatória para programas de transferência de renda. A intenção do governo é usar a arrecadação oriunda das mudanças no Imposto de Renda para bancar o Auxílio Brasil. A reforma no IR já foi aprovada pela Câmara dos Deputados, mas sofre resistência no Senado.

 

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência da República afirmou que a alteração "não afasta o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), inclusive quanto à necessidade de efetiva aprovação de medidas compensatórias, as quais deverão estar em vigor no momento do aumento da despesa". O que a nova lei possibilita é que projetos que aumentem a despesa sejam propostos ao Legislativo antes mesmo da aprovação final das respectivas medidas compensatórias, o que permite que as duas propostas tramitem em paralelo.

"Essa alteração dará, portanto, maior agilidade à discussão e tramitação dos dois projetos no âmbito do Legislativo, o que permitirá, conforme expectativa do Governo Federal, que ambas as medidas estejam aprovadas até o final do corrente ano", diz a Secretaria-Geral.

 

Presidente fez vetos

A pedido do Ministério da Economia, o presidente Bolsonaro vetou algumas alterações por motivos orçamentários, segundo explicou a Secretaria-Geral.

 

"Uma delas diz respeito à determinação de liberação de pagamentos de obras de engenharia em parcela única e de liberação de pagamentos no caso de entes inscritos em cadastro de inadimplentes, o que poderia prejudicar a boa gestão fiscal e acabar por causar a paralisação de recursos, em alguns casos."

 

Também foi vetado o dispositivo que permitiria que as emendas parlamentares não cumprissem o porcentual mínimo de aplicação em ações e serviços públicos de saúde, "por poder prejudicar o cumprimento do mínimo constitucional de gastos na Saúde". O governo também justificou o veto pelo fato de que, com a pandemia da covid-19, o setor de saúde é um dos que possui maior necessidade de recursos orçamentários, devendo ser priorizado.

 

A lei sancionada, no entanto, manteve um dispositivo que autoriza a celebração de aditivos em contratos para conclusão de obras paralisadas que demonstrem "equilíbrio no cronograma físico financeiro e apresentem execução física igual ou superior a 30%". A proposta enfrentava resistências da equipe econômica, mas foi patrocinada pela base de apoio do governo. A alteração pode encarecer o custo de obras nos próximos anos com o objetivo de atender a interesses eleitorais.

 

Crédito suplementar

O presidente Bolsonaro também sancionou lei que altera a Lei Orçamentária Anual de 2021, criando nova hipótese de abertura de crédito suplementar e alterando prazos limites para publicação de atos de suplementação de créditos.

 

De acordo com a Secretaria-Geral, entre as medidas para dar maior agilidade nos ajustes orçamentários, a lei inclui nova autorização para abertura de crédito suplementar para assistência social no âmbito do Ministério da Cidadania, quando destinadas ao enfrentamento da pandemia e seus efeitos.

 

A lei amplia ainda o prazo limite para a abertura de créditos suplementares. Atualmente, esse prazo é 15 de dezembro e passará a ser 23 de dezembro de 2021. Há ainda algumas hipóteses contempladas em que a publicação poderá ocorrer até o dia 31 de dezembro de 2021.

O presidente vetou um dispositivo que pretendia a revogação de inciso que desobrigaria que as emendas parlamentares cumprissem o percentual mínimo de aplicação em ações e serviços públicos de saúde. "O veto foi feito por solicitação do Ministério da Economia, pois a revogação proposta poderia comprometer o atendimento dos limites constitucionais mínimos para aplicação na Saúde."

 

Fonte: Gaúcha ZH

06/10/2021 - Zuckerberg nega que Facebook tenha priorizado lucro em detrimento de segurança

Fundador da plataforma considerou ilógica a ideia de que a rede social dê mais espaço a conteúdos polarizadores

Em um texto direcionado aos funcionários do Facebook e republicado em sua própria página na rede social, o fundador e presidente da plataforma, Mark Zuckerberg, afirma que pesquisas internas que mostram danos que o Instagram causaria ao bem-estar de adolescentes foram retiradas de contexto para criar uma narrativa de que a empresa não se importa com o tema. O executivo também disse que não é verdade que o Facebook priorize o lucro em detrimento da segurança dos usuários, e que é "ilógico" afirmar que a companhia dê mais impulso a conteúdos que geram polarização política e social.

 

O texto vem a público em meio à mais recente crise de imagem do Facebook. Documentos internos da companhia obtidos pelo Wall Street Journal mostram que pesquisas do próprio Facebook constataram que o Instagram produziria danos à saúde mental de adolescentes, em especial meninas, e que a empresa resistiu a fazer mudanças em algoritmos que favoreciam a difusão de informações falsas.

 

Nesta terça-feira, 5, Frances Haugen, ex-funcionária do Facebook que foi a responsável por trazer as pesquisas a público, disse, em audiência no Senado americano, que o Facebook priorizou o crescimento e os lucros em detrimento da segurança dos usuários. Sem citá-la, Zuckerberg rebate a acusação.

"No coração dessas acusações está a ideia de que priorizamos o lucro em detrimento da segurança e do bem-estar (dos usuários). Isso simplesmente não é verdade", escreveu. O executivo usa como exemplo a mudança no feed de notícias do Facebook, anos atrás, que favoreceu conteúdos de amigos dos usuários, tirando espaço de vídeos virais e conteúdos de empresas. Segundo ele, a rede social fez a mudança mesmo sabendo que isso reduziria o tempo de uso do site.

 

Ouça o podcast Direto ao Ponto

Além disso, segundo Zuckerberg, é ilógico afirmar que o Facebook dá mais espaço a conteúdos polarizadores para aumentar o engajamento dos usuários. "Ganhamos dinheiro através de publicidade, e os anunciantes têm nos dito de forma constante que não querem seus anúncios próximos de conteúdos prejudiciais ou raivosos", disse ele. "E eu não conheço nenhuma empresa de tecnologia que parte para a construção de produtos que deixam as pessoas com raiva ou depressivas."

Zuckerberg afirmou que as pesquisas internas que vieram à público precisam ser visualizadas "com a foto completa", e que foram retiradas de contexto ao serem lidas individualmente. Ele defendeu que o Congresso americano atualize a regulamentação sobre plataformas de internet para aumentar a segurança dos usuários, em especial crianças e adolescentes, mas se disse preocupado com "os incentivos que estão sendo criados" a partir da divulgação dos documentos.

 

"Se atacarmos organizações que se esforçam para estudar seu impacto no mundo, estaremos efetivamente mandando a mensagem de que é mais seguro não olhar para este impacto, caso você encontre algo que poderia ser usado contra você", afirmou.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

06/10/2021 -PF desarticula esquema de lavagem de dinheiro do tráfico internacional

Operação Maassari cumpre mandados de busca e apreensão no Paraná

Um esquema de lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas é o alvo da Operação Maassari, da Polícia Federal. Cerca de 20 policiais federais cumprem, nesta quarta-feira (6), quatro mandados de busca e apreensão, sendo dois em Curitiba e dois em Ponta Grossa, no Paraná.

O trabalho é um desdobramento da Operação Beirute, deflagrada pela Polícia Federal em 2014, e que desmantelou uma organização criminosa com ramificações em diversos países. Na ocasião, foi constatado que o grupo investigado atuava na exportação de cocaína da América do Sul para os continentes europeu, africano e asiático.

Entre os envolvidos está um libanês residente em Curitiba, apontado como financiador das atividades ilícitas e responsável pela intermediação com traficantes asiáticos e libaneses.

 

Esquema

As investigações revelaram que esse libanês constituiu uma estrutura formada por empresas fictícias e seus respectivos sócios, tendo como propósito operacionalizar a lavagem dos recursos oriundos do tráfico internacional de drogas.

"Os investigados movimentaram mais de R$ 24 milhões em suas contas bancárias durante o período apurado, grande parte através de transações em espécie e operações estruturadas conhecidas como smurfing, bem como investimentos e aquisição de bens, tudo isto sem capacidade econômica e financeira declaradamente compatível, havendo também indícios de interposição das pessoas físicas e jurídicas para fins de ocultação dos bens e valores" , detalhou a PF em nota.

Crimes

Os investigados poderão responder pelo crime de lavagem de dinheiro, com penas que variam de 3 a 10 anos para cada ato de lavagem.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

06/10/2021 - Chuva volta ao Norte do RS nesta quarta-feira

 

Nas demais regiões, dia será de sol entre nuvens

A chuva volta nesta quarta-feira, mas não para todo o Estado. As nuvens aumentam e chove em boa parte do dia mais ao Norte do Rio Grande do Sul, e também no Noroeste, Alto Uruguai e Planalto Médio.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, nas demais regiões, o dia será de sol entre nuvens. A região central pode ter instabilidade isolada. O dia começa menos frio e aquece à tarde no Oeste Centro e no Sul.

Em Porto Alegre, o sol aparece entre nuvens. A mínima na capital deve ser de 12°C, e a máxima chega aos 26°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Vacaria 10°C / 18°C

Torres 13°C / 23°C

Santa Maria 12°C / 24°C

Caxias do Sul 11°C / 23°C

Pelotas 9°C / 23°C

Erechim 14°C / 21°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/10/2021 - Mãe de Nego do Borel registra na polícia desaparecimento do cantor

Polícia Civil confirma que agentes já realizam diligências para localizar o artista, segundo jornal

A mãe do cantor Nego do Borel, Roseli Viana Gomes, registrou o desaparecimento do artista na segunda-feira (4). Conforme o portal G1, o registro foi feito na 42ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, e o caso foi encaminhado para a Delegacia de Descoberta de Paradeiros nesta terça-feira (5). De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a Polícia Civil confirma que agentes já realizam diligências para localizar o cantor.

A mãe de Leno Maycon Gomes (seu nome verdadeiro) contou à polícia que o músico saiu de casa chorando na manhã de segunda. Mais tarde, Nego do Borel teria ligado a um de seus assessores para agradecer "por tudo", como se estivesse se despedindo.

Ainda de acordo com Roseli, o artista falou que a amava e pediu a ela que não o impedisse de fazer o que ele queria. Em uma folha de caderno, ela encontrou um bilhete que dizia: "A Fazenda vai me pagar, fez minha mãe chorar".

 

No último dia 25 de setembro, Nego do Borel foi expulso do reality show A Fazenda, da TV Record, após a emissora iniciar apuração de um suposto abuso sexual por parte do artista contra Dayane Mello, colega de confinamento. O caso está sendo apurado pela Polícia Civil de São Paulo. O cantor chegou a gravar um vídeo logo depois, negando as acusações e dizendo que estava deprimido.

 

 — Eu estava feliz. Mais uma coisa que eu perdi. Eu não sei mais o que eu faço da minha vida. Esse é o racismo na cara da sociedade. É por que eu sou preto? Por que sou funkeiro? Por que vim da favela? Vocês vão tirar a minha vida. Eu estou depressivo, eu estou magoado, eu estou mal. Eu não fiz por maldade — disse em trecho da gravação.

 

Pouco antes do caso, o cantor foi indiciado por violência doméstica contra a ex-namorada, Duda Reis. A modelo havia registrado, em janeiro, ocorrência contra o cantor por estupro e ameaça.

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

05/10/2021 - Dupla é presa por posse e tráfico de drogas em Rio Pardo

Dois homens, de 18 e 36 anos, foram presos pela Brigada Militar de Rio Pardo na tarde de segunda-feira (4). O homem mais velho foi conduzido a Delegacia por posse de drogas, enquanto o jovem foi preso por tráfico de drogas. O caso aconteceu no Bairro Parque São Jorge.

 

A prisão ocorreu quando a Força Tática realizava patrulhamento em um local conhecido pelo tráfico de entorpecentes. Os policiais flagraram um homem saindo do local. Ele foi abordado e, com ele, foram encontradas seis porções de crack.  Os policiais militares também flagraram no local o jovem e com ele 45 pedras de crack, um aparelho celular e R$ 39,50.

Ambos foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia de Rio Pardo.

 

 

Fonte: Portal Arauto

05/10/2021 - Tempo firme predomina no Rio Grande do Sul nesta terça

Com frio para outubro, amanhecer terá chance de geada

O Rio Grande do Sul terá o predomínio de tempo firme nesta terça-feira. Segundo a MetSul Meteorologia, uma massa de ar seco e frio de alta pressão cobre o Estado e traz um dia de sol e amplo período de céu claro em diversas áreas.

 

O tempo aberto e frio da madrugada deve favorecer a neblina e o nevoeiro em pontos isolados. Nuvens podem aparecer no Noroeste e no Norte gaúcho, em especial no final do dia.

O dia começa com muito frio para época do ano com chance de geada isolada e fraca em baixadas de diferentes regiões. Mas com a presença do sol, a temperatura logo se eleva e a tarde será de tempo agradável.

 

Em Porto Alegre, o sol predomina nesta terça-feira, com marcas entre 10°C e 21°C.

 

Mínima e Máxima

Rio Grande 9°C | 20°C

Bagé 4°C | 21°C

Alegrete 6°C | 22°C

Cruz Alta 6°C | 23°C

Uruguaiana 7°C | 23°C

São Miguel 8°C | 24°C

Santa Rosa 5°C | 26°C

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/10/2021 - Brasil é o maior exportador de comida halal no mundo

Conceito norteia alimentação de muçulmanos em todo o mundo

Halal é uma palavra árabe que significa lícito, permitido. Mais do que isso, é um conceito que permeia a alimentação e o uso de produtos cosméticos e farmacêuticos por muçulmanos em todo o mundo. Pela sharia, o código de leis islâmico, os seguidores da fé de Maomé só podem consumir produtos que se encaixem nessa categoria porque seriam aqueles permitidos por Deus.

 

No judaísmo, há uma categoria semelhante: o kosher. Um exemplo é a proibição de consumo de carne de porco, de álcool etílico, sangue e animais de presas longas, considerados haram, ou seja, não permitidos. As carnes de boi, frango, caprinos e ovinos podem ser consumidas, desde que o abate seja feito de forma adequada, em um ritual halal.

 

A restrição é ligada não apenas a esses itens, mas a qualquer produto que contenha esses ingredientes em sua composição ou que tenha contato com eles. Um carimbo usado em uma carne, por exemplo, não pode ter glicerina de origem suína.

 

Como isso é levado muito a sério pelos muçulmanos, é preciso garantir que os produtos consumidos realmente tenham sido processados da forma correta. Por isso, as empresas interessadas em servir ao consumidor islâmico precisam ser certificadas.

 

“Hoje, 1,9 bilhão de consumidores no mundo são muçulmanos. E as estimativas para 2060 é que uma, em cada três pessoas, seja muçulmana. Então você tem um mercado gigantesco, um potencial enorme a ser explorado. Além disso, os consumidores muçulmanos são muito fiéis. Uma vez que eles identificam uma marca certificada, que traz um produto de qualidade, acabam se fidelizando àquela marca”, explica Elaine Franco de Carvalho, coordenadora de qualidade da Fambras Halal, uma das principais certificadoras halal do Brasil.

 

É um mercado concentrado não apenas no Oriente Médio e norte da África, mas também em países como o próprio Brasil. Na Indonésia, por exemplo, que tem grande população muçulmana e é o maior mercado consumidor de comida halal, a certificação é obrigatória para os exportadores.

 

“Uma vez que a empresa estiver certificada, ela vai atender a alguns países que antes ela não atendia, por ter a certificação halal como requisito [para exportação] ou por ter a certificação halal com diferencial”, afirma Elaine.

 

Segundo dados do último Relatório Global do Estado da Economia Islâmica, antes da pandemia o Brasil era o maior exportador mundial de comida halal. Em 2019, o país exportou US$ 16,2 bilhões nesse tipo de produto, 12% a mais do que o segundo colocado, a Índia, que negociou US$ 4,4 bilhões.

 

Certificação

Segundo Elaine, o processo de certificação envolve inicialmente uma avaliação documental da empresa, na qual se verifica, por exemplo, os ingredientes e materiais usados na fabricação ou beneficiamento do produto e sua origem. “A gente precisa garantir que se aquela empresa usa uma queratina de origem animal, por exemplo, que ela tenha vindo de um animal abatido de acordo com o ritual islâmico”, conta.

 

A certificadora, então, envia um auditor com conhecimentos técnicos na área de atuação da empresa (que pode ser um veterinário, um engenheiro agrônomo entre outros) e autoridades religiosas para verificar se tudo é feito dentro dos preceitos do islamismo.

 

No caso do abate bovino, por exemplo, Elaine explica que é preciso que tudo seja feito de acordo com um ritual, que começa com a declamação das palavras Bismillah, Allahu Akbar (“em nome de Deus, Deus é o maior”) e termina com a drenagem do sangue do animal por três minutos.

 

A faca deve ser bem afiada para seccionar as principais artérias do pescoço em único corte e garantir a morte instantânea do animal. “É um requisito do abate halal que você minimize o sofrimento do animal”, diz Elaine.

 

O abate deve ser feito por um muçulmano, mas se não houver ninguém disponível, poderá ser executado por um judeu ou um cristão. Já o supervisor do abate precisa ser um seguidor do Islã.

 

Depois de aprovada, a empresa pode receber uma certificação para todos os lotes de seu produto, com validade de três anos, ou pode receber certificações por lotes. Cerca de 450 empresas brasileiras são certificadas apenas pela Fambras Halal.

 

Com produtos presentes no Oriente Médio desde a década de 1970, a indústria alimentícia brasileira BRF decidiu dar um passo adiante, em 2014, de olho no gigantesco mercado halal, ao instalar uma fábrica nos Emirados Árabes Unidos. Localizada na zona industrial de Abu Dhabi, capital do país, a planta processa principalmente produtos de frango e também hambúrguer bovino.

 

É a primeira indústria alimentícia brasileira a instalar uma fábrica no país e, se depender do governo dos Emirados Árabes, não será a última. No último domingo (3), a ministra de Mudanças Climáticas e Meio Ambiente da nação árabe, Mariam Almheiri, convidou empresas do Brasil a seguir o exemplo da BRF.

 

Segundo ela, seu país proporciona vantagens como a avançada infraestrutura de transportes e proximidade com o mercado consumidor árabe e asiático. Segundo o vice-presidente de Mercado Internacional da BRF, Patrício Rohner, o mercado halal (ou seja, produtos processados de acordo com as leis islâmicas) representa hoje 25% de todas as vendas da empresa e metade da comercialização no exterior.

 

Uma das marcas da BRF, a Sadia é uma das líderes em seu segmento nos Emirados Árabes. “Quando você vê um mercado como Kuwait, o Catar, os Emirados Árabes ou a Arábia Saudita, o reconhecimento da marca é maior do que no Brasil”, disse Rohner.

 

Produtos processados no Brasil

A decisão de montar uma fábrica nos Emirados Árabes, depois de anos exportando produtos processados no Brasil, surgiu ao perceber que os alimentos produzidos no país árabe poderiam estar mais próximos do paladar dos consumidores da região.

 

“Para desenvolver produtos para o sabor local, não tem nada melhor do que estar próximo ao consumidor. Quando você tenta encontrar os ingredientes que as pessoas se acostumaram a comer ou aprenderam a comer desde pequenas, é muito difícil fazer isso de fora”, explicou Rohner.

 

Os animais são criados e abatidos no Brasil, onde recebem certificação halal. Só depois, a carne é exportada para os Emirados Árabes, onde é processada (por exemplo, transformada em nuggets, hambúrgueres ou tenderizada e empacotada).

Segundo Rohner, financeiramente é mais viável criar os animais no Brasil, porque o país tem a estrutura para atender ao mercado nacional e ao internacional, além de abundância de grãos (para alimentação dos rebanhos) e de água.

 

Além da fábrica em Abu Dhabi, a BRF opera outras três unidades processadoras de alimentos no Oriente Médio, uma na Arábia Saudita e duas na Turquia.

 

Há outras empresas alimentícias que ainda não têm fábrica nos Emirados Árabes, mas que já marcam presença ali, como a JBS, concorrente da BRF, que mantém um escritório comercial no país, e a Tropicool Açaí, rede varejista que oferece produtos da fruta amazônica. Ela tem lojas em Dubai.

 

* O repórter Vitor Abdala e o fotógrafo Marcelo Camargo viajaram a convite da Apex-Brasil. Matéria alterada às 8h45 para acréscimo de informações.

 

 

Fonte: Agência Brasil

04/10/2021 - Suellyn Scheffer é a nova Miss Rio Grande do Sul 2021

A modelo Suellyn Scheffer, representando a cidade de Montenegro, foi eleita Miss Universo Rio Grande do Sul 2021 na noite desde domingo (3).

 

Gravada em Estrela, a grande final seria exibida a partir das 20h no canal UMiss, da plataforma SoulTV, e no perfil do concurso no Instagram, mas ocorreram problemas técnicos e a divulgação do resultado atrasou. Apenas por volta das 23h o público conheceu a grande campeã.

 

Quem é Suellyn Scheffer

A modelo de 25 anos é natural de Montenegro e sempre foi apaixonada por teatro e dança –  foi bailarina dos oito aos 17 anos. Para modelar, Suellyn morou em São Paulo e, depois, passou por diferentes países para realizar temporadas internacionais, como Argentina, Japão, Turquia, Itália e México.

 

Ela é apaixonada por exercícios físicos, como pilates, funcional e ioga. Suellyn também faz trabalho voluntário na Clínica Lar Esperança em Porto Alegre, que atende crianças em vulnerabilidade social.

 

Fonte: Portal Arauto

04/10/2021- Caminhão carregado de frutas tomba na freeway, em Porto Alegre

Acidente ocorreu por volta das 6h desta segunda-feira, na altura do km 90. Motorista não se feriu

Um caminhão carregado de frutas tombou na freeway, em Porto Alegre, na manhã desta segunda-feira (4). O motorista estava sozinho no veículo e não se feriu.

O condutor iria entregar um carregamento de bananas, abacaxis e mamões em Gravataí e tombou na altura do km 90 da rodovia, sentido Capital-Litoral, por volta das 6h. Ao todo, havia 800 quilos de frutas, divididos em 80 caixas, no veículo.

 

Pelas marcas no asfalto, o motorista chegou a frear, bateu na mureta, e o caminhão virou. A CCR ViaSul foi acionada, e a faixa da direita chegou a ser bloqueada para o trabalho de transbordo da carga.

Às 7h45min, o trânsito já havia sido liberado no trecho.

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

04/10/2021 - Semana começa com chuva leve e aberturas de sol, mas também com frio no RS

Mínimas de um dígito ocorrem em vários pontos do Estado

Uma massa de ar frio ingressa no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira e traz um dia de temperatura muito agradável para outubro. A jornada começa fria em algumas regiões e termina com marcas baixas nos termômetros em todo o Estado.

 

Por isso, na grande maioria das cidades, as mínimas desta segunda-feira ocorrem à noite. O dia começa com muitas nuvens entre a madrugada e de manhã na Metade Norte, com chance de garoa e chuva leve em diferentes pontos, mas depois o sol aparece. No Oeste e no Sul, o sol vai predominar e aparece desde cedo.

 

As mínimas rondam os 6ºC em Bagé e em São José dos Ausentes. As máximas, por sua vez, podem chegar a 21ºC em Uruguaiana e 24ºC em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 13ºC e 21ºC.

Ciclone extratropical com pressão mínima central de 995 hPa, a Leste da província argentina de Buenos Aires, impulsiona uma massa de ar frio para o Sul do Brasil. O ciclone extratropical não representa um risco maior por não ser intenso, estar distante do Sul do Brasil e pela tendência de se afastar do continente neste começo de semana.

 

A massa de ar frio, entretanto, vai trazer temperatura baixa para outubro. Queda de temperatura será percebida no Sul do país e em parte do Centro-Oeste, mas o resfriamento será maior no Rio Grande do Sul. Esta massa de ar frio vai garantir temperatura agradável e abaixo da média desta época do ano ao longo de quase toda a primeira quinzena de do mês.

 

 

Fonte: Correio do Povo

04/10/2021 - Operações do Pix à noite terão limite de R$ 1 mil a partir de hoje

Medida vale entre as 20h e as 6h

A partir de hoje (4), as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e as 6h terão limite de R$ 1 mil. A medida foi aprovada pelo Banco Central (BC) em setembro, com o objetivo de coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos.

 

As contas de pessoas jurídicas não foram afetadas pelas novas regras. A restrição vale tanto para transações por Pix, sistema de pagamento instantâneo, quanto para outros meios de pagamento, como transferências intrabancárias, via Transferência Eletrônica Disponível (TED) e Documento de Ordem de Crédito (DOC), pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos.

 

O cliente poderá alterar os limites das transações por meio dos canais de atendimento eletrônico das instituições financeiras. No entanto, os aumentos serão efetivados de 24 horas a 48 horas após o pedido, em vez de ser concedidos instantaneamente, como era feito por alguns bancos.

 

As instituições financeiras também devem oferecer aos clientes a possibilidade de definir limites distintos de movimentação no Pix durante o dia e a noite, permitindo limites mais baixos no período noturno. Ainda será permitido o cadastramento prévio de contas que poderão receber Pix acima dos limites estabelecidos, mantendo os limites baixos para as demais transações.

 

Na semana passada, o BC estabeleceu medidas adicionais de segurança para o sistema instantâneo de pagamentos, que entrarão em vigor em 16 de novembro. Uma delas é o bloqueio do recebimento de transferências via Pix a pessoas físicas por até 72 horas, caso haja suspeita de que a conta beneficiada seja usada para fraudes.

 

 

Fonte: Agência Brasil

01/10/2021 - BR 116 em São Leopoldo tem congestionamentos devido a bloqueio por obras

Interrupção irá durar 80 horas no sentido Capital-interior, junto à ponte sobre o Rio dos Sinos

A manhã desta sexta-feira começou com transtorno no trânsito da região do Vale do Sinos, em função do bloqueio da BR 116 no trecho de São Leopoldo. A interrupção, que teve início à meia-noite, é total e vai durar 80 horas no sentido Capital-interior, junto à ponte sobre o Rio dos Sinos, para o içamento de 32 vigas pré-moldadas, cada uma com 20 metros de comprimento e 25 toneladas. A pista do sentido interior-capital da BR 116 seguirá com o fluxo normal, com interrupções com sistema “pare e siga” no decorrer dos trabalhos, mas este trecho também apresenta lentidão. Vias da cidade que servem como alternativas, como a avenida João Corrêa e avenida Mauá, também já estão congestionadas neste início de manhã.

 

O pior ponto, entretanto, é no sentido do bloqueio da 116. Na pista lateral da rodovia, segundo a Polícia Rodoviária Federal, que acompanha o serviço,  o desvio pela avenida Dom João Becker, no acesso à Rodoviária de São Leopoldo, o último desvio antes das obras, é o mais congestionado. Segundo o diretor de Trânsito da GCM, Cláudio Dumom, foram instaladas as placas de sinalização em toda a cidade, desde a avenida Henrique Bier até a avenida Unisinos.

Além disso, os semáforos da avenida João Corrêa, rua São Joaquim, rua Independência, rua Bento Gonçalves, avenida Theodomiro Porto da Fonseca, a partir da Estação São Leopoldo, terão seus tempos aumentados para ampliar o fluxo do trânsito, principalmente para quem vai sair da cidade em direção a Porto Alegre. Da mesma forma será aumentado o tempo do semáforo do supermercado Big, dando preferência pela avenida Mauá.

 

Desvios

Para quem se desloca em direção a Novo Hamburgo é necessário seguir por desvios dentro do município de São Leopoldo. Os trechos serão sinalizados e haverá equipes de moto da Guarda Civil Municipal para auxiliar na organização do trânsito. No entanto, há uma restrição de altura para os veículos de até 4,5 metros. Os motoristas devem sair da BR 116 ao chegar no km 246,9, logo após o viaduto sobre a avenida João Corrêa, acessar a via lateral e na sequência, ingressar na avenida Dom João Becker.

Os condutores deverão seguir pela Dom João Becker, virar à esquerda na rua ponte Henrique Luiz Roesler que terá sentido único e uso obrigatório para veículos pesados, seguir em frente pela Doutor Hildebrand e converter à esquerda na rua Ferraz de Abreu para acessar a avenida Caxias do Sul até o acesso à BR 116. Como alternativa, veículos leves poderão converter à esquerda na ponte 25 de Julho, seguindo pela avenida Caxias do Sul, até a saída para a 116. A avenida Mauá também é alternativa para quem desejar sair da BR 116 ainda antes pela avenida Unisinos.

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2021 - Chile encerra estado de emergência imposto desde março de 2020

Decisão do governo vigora a partir de hoje

O Chile encerra nesta sexta-feira (1º) o estado de emergência decretado na sequência da pandemia, pondo fim ao recolher obrigatório imposto em todo o país desde março de 2020. Nas últimas 24 horas, o país registrou 895 casos, o número mais alto em seis semanas.

 

A mudança pode ser vista imediatamente nas principais ruas de Santiago, a capital do país sul-americano, onde as empresas prolongaram o seu horário de abertura, que permaneceu restrito durante toda a emergência.

A decisão do Executivo foi tomada segunda-feira (27). Um pouco antes, o governo anunciou a reabertura das fronteiras à entrada de estrangeiros vacinados a partir de hoje, após várias semanas em que se registrou uma diminuição significativa dos casos.

"Era necessário fornecer ao nosso país mais e melhores ferramentas para combater a pandemia de covid-19, permitindo a restrição da liberdade e mobilidade das pessoas por meio de medidas como quarentenas, cordões sanitários e recolher obrigatório. Esse estado de catástrofe permitiu que as Forças Armadas colaborassem no controle e supervisão das medidas de emergência que o governo teve de adotar", disse o presidente chileno, Sebastián Piñera, durante o anúncio.

Com o novo cenário, não haverá mais quarentenas regionais ou comunitárias em todo o país, embora medidas como o isolamento de positivos, contatos próximos, suspeitos e viajantes sejam mantidas, além das limitações de capacidade, dependendo da situação epidemiológica.

Até agora, 1,6 milhão de pessoas foram infectadas pelo SRA-CoV-2 no Chile e mais de 45 mil morreram, incluindo casos confirmados e suspeitos, segundo o Departamento de Estatística e Informação do Ministério da Saúde.

 

 

Fonte: Agência Brasil

01/10/2021 - Ao menos cinco modalidades de eventos irão exigir comprovante de vacinação no RS

Novos protocolos foram divulgados pelo governo do Estado nesta quinta-feira

Pelo menos cinco modalidades de eventos irão exigir comprovante de vacinação no Rio Grande do Sul. Na noite desta quinta-feira, os novos protocolos de distanciamento em eventos com público foram divulgados em transmissão pelo governador Eduardo Leite.

 

Cinco atividades, consideradas de alto risco dentro dos protocolos, citam a necessidade de apresentação do comprovante vacinal contra a Covid-19. São elas as competições esportivas; eventos infantis, sociais e de entretenimento; feiras e exposições; cinemas, teatros, e casas de shows em geral; e parques temáticos e zoológicos.

 

Quando exigido, para eventos de maior parte, o participante deve apresentar o comprovante de vacinação oficial, que pode ser obtido gratuitamente por meio do aplicativo Conecte SUS. A necessidade de apresentação deve seguir o cronograma por faixa etária, que leva em conta o calendário de vacinação estadual, prevendo quando cada grupo estará com a primeira dose ou esquema vacinal completo.

O governador Eduardo Leite elogiou o avanço da vacinação no Rio Grande do Sul, mas citou a necessidade da manutenção nos cuidados, no distanciamento social e no uso da máscara. “Acima de tudo é importante a vacinação, por isso que a gente coloca a exigência da vacinação para determinados tipos de atividades, em especial de entretenimento, em que nós precisamos incentivar as pessoas a estarem vacinadas para reduzir o risco de contaminação e principalmente o de prejuízo grave a sua saúde e mortes”, frisou.

 

A exigência de vacinação considera o calendário de imunização no Rio Grande do Sul.

Veja as datas:

40 anos ou mais: esquema vacinal completo a partir de 1° de outubro

30 a 39 anos: primeira dose ou dose única de 1° a 31 de outubro e esquema vacinal completo a partir de 1° de novembro

18 a 29 anos: primeira dose ou dose única de 1° de outubro a 30 de novembro, e esquema vacinal completo a partir de 1° de dezembro

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2021 - Dia Nacional do Idoso: conheça políticas públicas para essa população

Pessoas com mais de 60 anos representam quase 18% dos brasileiros

Dos 210 milhões brasileiros, 37,7 milhões são pessoas idosas, ou seja, que têm 60 anos ou mais. Os dados são deste ano e fazem parte de uma pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que traz também outras estatísticas: 18,5% dessa população ainda trabalha e 75% dela contribuem para a renda de onde moram.

 

Para lembrar a importância dessa população e de seus direitos é celebrado hoje (1º) o Dia Nacional da Pessoa Idosa. A comemoração foi instituída em uma Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e no Brasil.

Os direitos dos idosos estão garantidos na Constituição Federal, que, em seu Artigo 230, define que família, sociedade e Estado têm o dever de amparar as pessoas idosas, assegurando a sua participação na  comunidade, defendendo sua dignidade, promovendo seu bem-estar e garantindo o direito à vida.

 

Outro instrumento para garantia dos direitos dessa população é o Estatuto do Idoso. Criado em 2003, ele assegura, de forma permanente, direitos fundamentais, medidas de proteção, política de atendimento, acesso à Justiça e proteção judicial.

 

Mesmo com todas essas garantias, idosos ainda são vítimas de diversos tipos de violência, entre elas física, psicológica e financeira. Para combater esses abusos, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) criou uma cartilha sobre o combate à violência contra a pessoa idosa  e recebe denúncias contra essa população por meio do Disque 100. Com base nessas denúncias, o MMFDH deflagrou, no fim do ano passado, em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a Operação Vetus. Foram apuradas13.424 denúncias que resultaram na instauração de 3.703 inquéritos e na prisão de 569 pessoas.

 

Para prevenir os abusos financeiros contra essa população o MMFDH está dando cursos de educação financeira a mil instituições de longa permanência para idosos (Ilpis). Também firmou parceria com a Federação Nacional dos Bancos  (Febraban) numa campanha em que alerta para os golpes financeiros contra os mais velhos, que aumentaram 60% durante a pandemia.

 

Pacto

Para assumir compromisso formal entre os governos federal, estadual e municipal com vistas a implementar as políticas públicas destinadas à promoção e defesa dos direitos das pessoas idosas foi criado o Pacto Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (PNDPI)). Até o momento, 18 estados aderiram à estratégia, que tem como metas ampliar o número de conselhos dos Direitos das Pessoas Idosas e de fundos municipais destinados a esse fim.

 

Para aumentar os valores destinados a esse fundo, uma parceria entre o MMFDH e a Receita Federal permitiu que o contribuinte possa, na declaração de Imposto de Renda, doar recursos financeiros aos fundos vinculados aos conselhos que tratem exclusivamente da pauta da pessoa idosa, sejam municipais, distrital, estaduais ou nacional.

 

Graças a essa iniciativa, só neste ano os fundos dos Direitos da Pessoa Idosa (FDI) receberam mais de R$ 51,5 milhões, em doações feitas durante a declaração do Imposto de Renda 2021. O valor é mais que o dobro doado no ano anterior, de R$ 22,8 milhões.

 

Abrigos

Outra frente de trabalho busca apoiar as instituições de longa permanência para idosos (Ilpis), conhecidas como abrigos. Um auxílio emergencial de R$ 160 milhões beneficiou mais de 2 mil instituições e 60 mil idosos. Já o Programa Solidarize-se já cadastrou mais de 5 mil instituições desse tipo e destinou R$ 5 milhões para atender a 500 delas e, assim, auxiliar cerca de 18 mil idosos. No ano passado, foram investidos R$ 2 milhões para a instalação de equipamentos nas Ilpis. Neste ano, a meta é chegar a R$ 5 milhões em investimentos.

 

Participação popular

O Solidarize-se também conta com participação popular.  Por meio do Programa Pátria Voluntária foram arrecadados mais de R$ 3,3 milhões, beneficiando 8.500 pessoas idosas que vivem em abrigos, com cesta básica e itens de higiene pessoal.

 

Fonte: Agência Brasil

30/09/2021 - Recuperação do emprego é puxada por trabalhadores autônomos

Contingente chegou ao recorde de 25,2 milhões de pessoas

No trimestre móvel encerrado em julho, o número de trabalhadores por conta própria manteve a trajetória de crescimento, iniciada no período encerrado em outubro do ano passado, e atingiu o patamar recorde de 25,2 milhões de pessoas. Na comparação com o trimestre encerrado em abril, o aumento foi de 4,7%, com mais 1,1 milhão de pessoas.

 

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua e foram divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de desocupação caiu 1 ponto percentual no período, para 13,7, e representa um contingente de 14,1 milhões de pessoas em busca de um trabalho.

 

Na comparação com o mesmo trimestre móvel de 2020, houve aumento de 3,8 milhões de pessoas trabalhando por conta própria, uma alta de 17,6%. A analista da pesquisa Adriana Beringuy destaca que essa é a forma de inserção no mercado de trabalho que mais vem crescendo nos últimos trimestres, embora o trabalho com carteira assinada comece a ter resultados mais favoráveis, com aumento de 3,5%, totalizando 30,6 milhões de pessoas.

 

“Diferente da população ocupada como um todo, que embora esteja crescendo, ainda permanece num nível abaixo do período pré-pandemia, no caso específico do conta própria, essa reposição foi feita e ainda supera ao que ocorria no período pré-pandemia. É uma reação [do mercado de trabalho] muito voltada para o trabalho por conta própria”, disse a analista.

 

Informalidade

De acordo com Adriana Beringuy, com esse aumento do trabalho por conta própria, o nível de informalidade também atingiu um nível recorde, com taxa de 40,8%.

 

“A gente tem um recorde de informalidade. A população ocupada em julho foi estimada em 89 milhões, com um incremento de 3,1 milhões no trimestre. Já a população informal ficou estimada em 36,3 milhões, portanto um aumento de 2 milhões. A população ocupada no trimestre expandiu 3,6% e a informalidade 6,1%”, disse.

 

O trabalho informal inclui as pessoas sem carteira assinada no setor privado e doméstico, empregadores ou empregados por conta própria sem CNPJ e trabalhadores sem remuneração. No trimestre anterior, a taxa de informalidade foi de 39,8%, com 34,2 milhões de pessoas. Há um ano, esse contingente era menor de 30,7 milhões, com taxa de 37,4%, o menor patamar da série.

 

O grupo chamado de subutilizados somou 31,7 milhões, uma redução de 4,7% na comparação trimestral, quando eram 33,3 milhões de pessoas. Com isso, a taxa composta de subutilização caiu 1,6 ponto percentual, para 28,0%.

 

Os trabalhadores subocupados por insuficiência de horas trabalhadas chegaram ao número recorde de 7,7 milhões de pessoas, um aumento de 7,2%, com mais 520 mil pessoas nessa condição. Na comparação anual, o indicador subiu 34%.

 

Os desalentados, que desistiram de procurar trabalho devido às condições estruturais do mercado diminuíram 10% no trimestre fechado em julho, somando 5,4 milhões de pessoas. Em relação ao mesmo trimestre móvel de 2020, a redução foi de 7,3%.

 

Os dados do IBGE mostram que houve expansão também no trabalho doméstico, que subiu 7,7% no trimestre, somando 5,3 milhões de pessoas. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o aumento foi de 16,1%, um adicional de 739 mil pessoas. Este foi o maior crescimento em toda a série histórica.

 

A categoria dos empregadores ficou estável, com 3,7 milhões, assim como os empregados do setor público, que somam 11,8 milhões.

 

Atividades econômicas

Entre as atividades econômicas, o crescimento da ocupação no trimestre subiu em seis dos dez grupos pesquisados e nenhum registrou perdas. O setor que mais cresce foi a construção, que avançou 10,3%. Em seguida vem alojamento e alimentação (9%), serviços domésticos (7,7%), transporte, armazenagem e correio (4,9%), comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (4,5%) e agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (3,2%).

 

Na comparação anual, o crescimento atingiu oito atividades, com destaque para construção (23,8%), alojamento e alimentação (16,8%) e serviços domésticos (16,5%), atividades que, segundo a analista da Pnad, tiveram perdas muito acentuadas na pandemia e ainda estão recompondo o contingente de trabalhadores.

 

Segundo Adriana Beringuy, apesar do crescimento da população ocupada, o rendimento médio real dos trabalhadores diminuiu 2,9% frente ao trimestre anterior, ficando em R$ 2.508. Na comparação anual, a queda foi de 8,8%. A massa de rendimento real, que soma todos os rendimentos dos trabalhadores, ficou estável em R$ 218 bilhões.

 

“Temos mais pessoas ocupadas, no entanto, com rendimentos menores. Isso faz com que a massa de rendimentos fique estável. A despeito de um crescimento tão importante da população ocupada, a massa de crescimento não acompanha a expansão, devido ao fato de a população ocupada estar sendo remunerada com rendimentos menores, tanto na comparação trimestral quanto na anual”, explica a analista.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

30/09/2021 - Organização criminosa sediada em Esteio aplicava "golpe dos nudes" em sete estados

Operação da Polícia Civil resultou na prisão dos 20 dos 32 investigados com o cumprimento de mais de 100 ordens judiciais

Mais uma organização criminosa envolvida com o “golpe dos nudes” é alvo da Polícia Civil. Ao amanhecer desta quinta-feira, a DP de Esteio, sob comando da delegada Luciane Bertoletti, desencadeou a operação X-Con que resultou em 20 prisões por extorsão, estelionato e associação criminosa. No total, são 32 investigados pelo crime. O grupo obteve mais de R$ 5 milhões em cinco meses.

 

Houve o cumprimento de mais de 100 ordens judiciais contra uma organização criminosa que atuava ao menos no Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Tocantins e Pernambuco. As investigações já identificaram vítimas em Esteio, Porto Alegre, Canoas, Charqueadas, Montenegro, Novo Hamburgo, Alvorada e Viadutos.

 

Tratam-se de 44 mandados judiciais de busca e apreensão, 32 prisões preventivas, 25 quebras de sigilo bancário, 12 sequestro de veículos e um sequestro de imóvel, além de 32 bloqueios de mais de 200 contas bancárias. Cerca de 250 policiais civis foram mobilizados. Dinheiro, armas, munições, telefones celulares e cartões bancários foram recolhidos.

 

A delegada Luciana Bertolletti observou que “a investigação durou cinco meses e desvendou uma organização com núcleo em Esteio e que atuava em todas as regiões do Brasil, fazendo vítimas em sete estados”. Para ela, o maior objetivo da operação, além de prender os criminosos, é "devolver o valor para as vítimas”.

 

Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ªDPRM), delegado Mario Souza, destacou que “o uso de artifícios como a imagem de autoridades com objetivo de aplicar golpes em pessoas tem que ser apurado” e que “os investigados possuíam um esquema elaborado para causar prejuízos às pessoas".

 

Ele enfatizou inclusive que “nenhum delegado, policial ou outra autoridade pede valores por mensagem de aplicativo ou qualquer outra forma” e que “as pessoas devem denunciar e procurar a polícia em qualquer suspeita”.   

 

GOLPE

 

O “golpe dos nudes” consiste em um primeiro contato geralmente pela rede social Facebook ou pelo aplicativo WhatsApp, onde uma pessoa jovem e bonita instiga a vítima a trocar mensagens de cunho sexual e fotos íntimas. Na sequência, outra pessoa se apresenta como pai da jovem, dizendo que a filha é menor de idade e a conduta da vítima é crime de pedofilia.

 

Para não denunciar a pessoa às autoridades policiais, o suposto pai exige depósitos em dinheiro. Na maioria das vezes, após o recebimento de valores, o golpista continua exigindo dinheiro ao alegar que haverá a necessidade de submeter a filha ao tratamento psicológico ou até o enterro dela em razão dos graves danos psicológicos sofridos.

 

É bastante comum também nesses casos a presença de uma quarta pessoa envolvida, que se apresenta como policial, sobretudo delegado, usando muitas vezes com fotos e nomes reais dos servidores da segurança pública retirados das redes sociais. O falso policial diz que está sendo registrada uma ocorrência, e que será expedido mandado de prisão contra a vítima, que fica desesperada e aceita depositar mais dinheiro para o arquivamento do caso que na verdade inexiste.

 

 

Fonte: Correio do Povo

30/09/2021 - São Leopoldo faz planejamento para desvios durante bloqueio da BR 116

Fechamento da rodovia deve ocorrer a partir das 22h de quinta e durar até segunda

Por conta do bloqueio previsto para iniciar na noite desta quinta-feira na BR 116, e que vai durar até a segunda-feira, a Guarda Civil Municipal (GCM) de São Leopoldo desenvolveu um planejamento para os desvios do trecho. O fechamento da rodovia deve ocorrer a partir das 22h da quinta-feira. A obra é do Consórcio BR 116 Norte, sob coordenação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

 

A ideia é auxiliar para que o tráfego siga tranquilamente durante o período, segundo o diretor de Trânsito da GCM, Cláudio Dumom. Estão sendo instaladas as placas de sinalização na cidade, desde a avenida Henrique Bier até a avenida Unisinos. A sinalização entra em operação às 20h desta quinta. “A ideia é que quando iniciar o processo de bloqueio da BR, já esteja tudo coordenado, tudo pronto, para que os veículos tenham noção de deslocamento dentro do município", explica.

 

Agentes da GCM estarão a postos em pontos estratégicos, onde há possibilidade de conflito na circulação de veículos. Vão estar distribuídas quatro motocicletas em quadrantes distintos na área central da cidade, que serão acompanhadas também por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o caso de acidentes. O diretor ressalta ainda que os semáforos da avenida João Corrêa, rua São Joaquim, rua Independência, rua Bento Gonçalves, avenida Theodomiro Porto da Fonseca, a partir da Estação São Leopoldo, terão seus tempos aumentados para ampliar o fluxo do trânsito. A medida será tomada principalmente para quem vai sair da cidade em direção a Porto Alegre. Da mesma forma, será aumentado o tempo do semáforo do supermercado Big, dando preferência pela avenida Mauá.

"Vamos tentar minimizar o máximo possível os problemas e instruir os condutores para que sigam as rotas alternativas, o que vai auxiliar também aqueles de fora do município, que não conhecem muito bem a região”, explica Dumom. Além disso, ainda estarão em serviço as viaturas de turno da corporação e as câmeras de vigilância também devem auxiliar a sanar quaisquer conflitos pontuais.

 

Desvios

Para quem se desloca em direção a Novo Hamburgo é necessário seguir por desvios dentro do município de São Leopoldo. Os trechos serão sinalizados e haverá equipes de moto da Guarda Civil Municipal para auxiliar na organização do trânsito. No entanto, há uma restrição de altura para os veículos de até 4,5 metros. Os motoristas devem sair da BR 116 ao chegar no km 246,9, logo após o viaduto sobre a avenida João Corrêa, acessar a via lateral e na sequência, ingressar na avenida Dom João Becker.

Os condutores deverão trafegar pela Dom João Becker, virar à esquerda na rua ponte Henrique Luiz Roesler, que terá sentido único e uso obrigatório para veículos pesados, seguir em frente pela Doutor Hildebrand e converter à esquerda na rua Ferraz de Abreu para acessar a avenida Caxias do Sul até o acesso à BR 116.

 

Como alternativa, veículos leves poderão converter à esquerda na ponte 25 de Julho, seguindo pela avenida Caxias do Sul, até a saída para a 116. A avenida Mauá também é alternativa para quem desejar sair da BR 116 ainda antes pela avenida Unisinos.

 

Fonte: Correio do Povo

30/09/2021 - Campanha Nacional de Multivacinação começa nesta sexta

Ministério da Saúde vai disponibilizar 18 tipos de vacinas à população

O Ministério da Saúde anunciou hoje (30) o início da Campanha Nacional de Multivacinação, que disponibilizará, em 45 mil postos de vacinação localizados em todas as 27 unidades federativas e seus respectivos municípios, 18 tipos de vacinas que protegem crianças e adolescentes de doenças como poliomielite, sarampo, catapora e caxumba.

 

Durante a cerimônia de lançamento da campanha, que se inicia amanhã (1º de outubro) e vai até o dia 29, as autoridades destacam o papel importante que pais e responsáveis têm para o sucesso da campanha com público-alvo de crianças e adolescentes até 15 anos.

 

Eles, no entanto, manifestaram também preocupação com a queda nos índices de vacinação que vêm sendo observados desde 2015. Segundo eles, em parte isso é explicado pela disseminação de notícias falsas (fake news) e pela atuação de grupos antivacinas.

 

De acordo com o secretario de Vigilância em Saúde do ministério, Arnaldo Medeiros, a campanha deste ano é “mais relevante” porque o governo vem identificando, desde 2015, uma “tendência de queda nos índices de vacinação”. Segundo ele, essa queda tem, entre suas causas, o “desconhecimento sobre a importância da vacina, as fake news, os grupos antivacinas e o medo de eventos adversos”. Aponta também como causa os horários de funcionamento das unidades de saúde que, às vezes, são incompatíveis com as novas rotinas da população.

 

Preocupação similar manifestou o presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Wilames Freire. “A campanha publicitária é importante e urgente, porque temos de combater de forma dura as fake news e o movimento antivacina que vem estimulando a população a não procurar a vacina e, assim, ficar desprotegida”.

 

O ministro da Saúde substituto, Rodrigo Cruz, reiterou que a pandemia mostrou a importância do Sistema Único de Saúde (SUS), e acrescentou que seu sucesso tem por base a unicidade que abrange os âmbitos federal, estadual e municipal.

 

“O Brasil tem cultura de vacinação, e isso tem se mostrados nos números da covid-19, em um patamar de 60% vacinados com as duas doses. Temos agora 30 dias para vacinar nossas crianças com idade de até 15 anos. São vacinas seguras, e a gente incentiva que os pais levem as crianças para que possamos erradicar essas doenças”, disse.

 

Segundo o ministro, que substitui Marcelo Queiroga, ainda em isolamento após diagnóstico de covid-19, o governo já trabalha com a possibilidade de ampliar o período inicial previsto para a Campanha Nacional de Multivacinação. “Sabemos que haverá mais tempo disponível porque o Brasil é muito grande, e que existem realidades diferentes no país”, antecipou.

 

 

Fonte: Agência Brasil

29/09/2021 - PRF apreende cerca de 150 quilos de maconha na BR 470, em Lagoa Vermelha

Carregamento da droga foi avaliado em mais de R$ 300 mil e estava sendo levado até Vacaria

A Polícia Rodoviária Federal calculou em mais de R$ 300 mil o carregamento de 150 quilos de maconha apreendido na BR 470, em Lagoa Vermelha. Um traficante paranaense, de 22 anos, foi preso.

 

O flagrante ocorreu na tarde de terça-feira. O efetivo da PRF interceptou um Volkswagen Voyage, que vinha de Santa Catarina. A droga foi então localizada no porta-malas e nos bancos do veículo. Preso, o motorista confessou que levaria o entorpecente até Vacaria.

A PRF estimou que, após mistura e fracionamento, a maconha apreendida poderia produzir mais de meio milhão de cigarros para consumo.

 

 

Fonte: Correio do Povo

29/09/2021 - Tempo segue instável no RS nesta quarta-feira

Sol até aparece em meio a nebulosidade, mas ainda deve haver chuva

A instabilidade segue no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. O sol até aparece em algumas áreas do Estado, como o Oeste e Noroeste, mas deve haver muitas nuvens na maioria das regiões, levando chuva e garoa a diferentes pontos.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, a nebulosidade favorece a manutenção da temperatura amena, apesar de as máximas serem mais altas do que nesta terça-feira. Assim, fica agradável na maior parte do Estado.

Em Porto Alegre, o sol aparece, mas deve haver chuva. A mínima na capital é de 16°C, e a máxima não ultrapassa os 22°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Santa Rosa 17°C / 27°C

Caxias do Sul 14°C / 18°C

Santa Maria 15°C / 22°C

Alegrete 15°C / 23°C

Erechim 16°C / 24°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

29/09/2021 -Nove dias após erupção, lava de vulcão Cumbre Vieja chega ao oceano

Espanha classificou La Palma como área de desastre

A lava vermelha e incandescente do Vulcão Cumbre Vieja, que devastou a ilha espanhola de La Palma, chegou ao Oceano Atlântico nessa terça-feira (28), nove dias depois de começar a descer pelas montanhas, danificando construções e destruindo plantações.

Imagens da Reuters mostraram nuvens de vapor branco esguichando para o alto na área de Playa Nueva. Autoridades alertaram sobre possíveis explosões e nuvens de gás tóxico quando a lava chegasse ao mar.

 

"Quando a lava chega ao mar, o lockdown deve ser rigidamente respeitado", disse ontem Miguel Angel Morcuente, diretor do Plano de Emergências Vulcânicas das Canárias (Pevolca).

 

A lava está fluindo no lado ocidental do vulcão, em direção ao mar, desde o dia 19 de setembro, destruindo quase 600 casas e plantações de banana em La Palma, que é vizinha de Tenerife, no arquipélago das Ilhas Canárias, na costa do norte da África.

Milhares de pessoas foram retiradas, e três vilas litorâneas estavam em lockdown na segunda-feira, esperando a chegada da lava ao oceanoo.

 

A Espanha classificou La Palma como zona de desastre, uma medida que irá repassar apoio financeiro para a ilha.

O governo anunciou um primeiro pacote de 10,5 milhões de euros, que inclui cerca de 5 milhões para a compra de casas e o restante para aquisição de móveis e bens domésticos essenciais, afirmou uma porta-voz.

 

 

Fonte: Agência Brasil

29/09/2021 - Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Alerta é feito no Dia Mundial do Coração, celebrado hoje

Conscientizar a população sobre os principais fatores de risco da doença cardiovascular, a que mais mata no mundo, é o objetivo do Dia Mundial do Coração, celebrado hoje (29). “Mata muito mais do que câncer, do que acidente automobilístico e do que a covid-19”, disse, em entrevista à Agência Brasil, o diretor de Comunicação da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj), Bruno Bandeira. A campanha visa, principalmente, à conscientização dos bons hábitos de saúde, como uma boa e equilibrada alimentação, o abandono por completo do tabagismo e a prática de atividade física regular cinco vezes por semana, durante 30 minutos.

 

“Com a atividade física, a gente vai sair do sedentarismo e reduzir a obesidade, além de controlar a pressão arterial, o colesterol e o açúcar. Ou seja, evitar a hipertensão, o colesterol elevado e o diabetes. Essas são as principais recomendações em relação à prevenção das doenças cardiovasculares. Controlando isso, a gente vai evitar essas doenças”, afirmou o cardiologista.

 

Bruno Bandeira lembrou que a campanha deste ano, organizada pela Federação Mundial do Coração (WHF, a sigla em inglês) destaca a comunicação em suas diversas formas no mundo digital, incentivando a troca de informações entre médico e paciente, as teleconsultas, a inserção digital, para que os pacientes possam cada vez mais saber usar os cuidados por sites bem validados.

 

O diretor da Socerj lembrou que além dos meios digitais, a comunicação abrange também a relação entre o paciente e seus familiares, o que ficou muito distante ao longo da pandemia de covid-19, gerando muitas doenças psicológicas, ansiedade e, com isso, o agravamento das doenças cardiovasculares. O Dia Mundial do Coração foi criado em 2000 pela WHF para ressaltar a importância do cuidado com o coração, um dos órgãos mais importantes do corpo humano.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares responderam por 32% de todas as mortes globais ocorridas em 2019, totalizando 17,9 milhões de pessoas, sendo 85% delas de infarto ou derrame. Dados do Cardiômetro, da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), mostram que de janeiro deste ano até as 16h07 de ontem (28), o número de mortes por doenças cardiovasculares no Brasil alcançava 299.304 pessoas.

 

Melhor caminho

A SBC mostra ainda que, no Brasil, cerca de 14 milhões de pessoas têm alguma doença cardiovascular e pelo menos 400 mil morrem anualmente em decorrência dessas enfermidades, o que corresponde a 30% de todas as mortes no país. O cardiologista Esmeralci Ferreira, do setor de hemodinâmica do Hospital Pan-Americano, lembrou que “é muito mais fácil cuidar da saúde do que da doença. Sendo assim, a prevenção de fatores de risco é o melhor caminho para evitar doenças cardiovasculares”.

 

Confirmou que manter hábitos saudáveis é fundamental para preservar a saúde do músculo cardíaco. Segundo o médico, os principais cuidados com a saúde do coração estão relacionados a fatores comportamentais e hábitos fáceis de serem incorporados no dia a dia. “Para quem não tem nenhum tipo de doença, o ideal é consultar um cardiologista uma vez por ano. E para quem tem alguma comorbidade, de duas a quatro vezes por ano. Atividades físicas são essenciais e podem ser feitas de maneira prazerosa, como caminhadas ao ar livre, subir e descer escadas em vez de usar o elevador e andar de bicicleta”. Manter uma alimentação saudável, evitar o excesso de álcool e não fumar também melhoram a saúde do coração, recomendou Ferreira.

 

O especialista citou também outro problema comum na atualidade, que são os altos níveis de estresse. Eles podem estimular problemas cardíacos, porque a aceleração dos batimentos é capaz de aumentar a pressão arterial. A pressão alta, por sua vez, tem impacto no coração, acarretando maior risco de infarto e AVC. “Às vezes, pequenas medidas, como realizar refeições tranquilas, sem estresse e sem fazer uso de celulares e televisões, podem ajudar a preservar a saúde do coração. Coma com prazer e qualidade. Isso faz diferença, inclusive no alívio do estresse”, sugeriu o cardiologista.

 

Covid-19

Outro tema em destaque no Dia Mundial do Coração é a covid-19 e seus efeitos na saúde do coração. O coordenador da Unidade Coronariana da Casa de Saúde São José (Rede Santa Catarina), Gustavo Gouvêa, chamou atenção para os cuidados com o coração e os riscos na pandemia.

 

Ele admitiu que a covid-19 pode afetar diretamente o coração, causando uma inflamação chamada miocardite, decorrente do próprio vírus que gera a doença. Isso pode ocasionar uma arritmia e até manifestações parecidas com um infarto. Gustavo Gouvêa citou estudo feito por um grupo de cardiologistas do Hospital San Raffaele, em Milão, na Itália, considerado referência para complicações cardiovasculares da covid-19. Os médicos avaliaram 138 pacientes internados pela doença, dos quais 16,7% desenvolveram arritmia e 7,2% apresentaram lesão cardíaca aguda.

 

Gouvêa orientou que os pacientes com covid-19 que tenham sintomas de doenças cardiovasculares, como dor no peito, palpitações e desmaios, devem procurar uma emergência ou um cardiologista para fazer exames específicos, entre eles eletrocardiograma, ecocardiograma e dosagem de enzimas. Alertou que depois da fase aguda da doença, é preciso seguir com o acompanhamento médico para verificar se a inflamação foi revertida e se houve alguma sequela.

 

O diretor de Comunicação da Socerj, Bruno Bandeira, observou que a miocardite não deve ser motivo de não vacinação. “A pessoa deve se vacinar”.

 

Pós-covid

Gustavo Gouvêa informou que 85% dos casos dos pacientes com covid-19 são leves, de pessoas tratadas em casa e sem gravidade. Para esse grupo, após o período de 10 a 14 dias, é possível retomar a rotina, inclusive as atividades físicas. Para os 15% que tiveram um quadro clínico mais grave, com hospitalização, é preciso fazer uma avaliação clínica ou cardiológica para garantir que não há nenhuma sequela, especialmente para retomar exercícios físicos.

 

Segundo o especialista, uma parcela desses pacientes vai precisar passar por uma reabilitação cardíaca para voltar a praticar exercícios, com supervisão. “Muitos perderam massa muscular, pois ficaram dias acamados. Para retomar as atividades, devem passar por um programa específico para recuperar, lentamente, sua saúde e o vigor físico".

 

Crianças

Números da Federação Mundial do Coração mostram a existência de 155 milhões de crianças obesas e acima do peso no planeta. A estimativa é que elas têm 80% a mais de chance de ter sobrepeso quando adultas e, em consequência, maior risco de enfermidades cardíacas e acidentes vasculares cerebrais (AVC). Crianças e jovens com sobrepeso têm três a cinco vezes mais chances de sofrer um infarto ou AVC antes de chegarem aos 65 anos de idade, além de grande risco de desenvolver diabetes.

A nutricionista Fabiana Peleteiro advertiu que “o sobrepeso na infância acaba gerando um acúmulo maior de gordura nas artérias ao longo dos anos, o que aumenta as chances de infarto e AVC”. Por isso, afirmou que a prevenção primária das doenças cardiovasculares deve começar na infância e estar relacionada diretamente à mudança de hábitos alimentares e de estilo de vida.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

28/09/2021 - Dois são presos após arremesso de drogas para o pátio da penitenciária de Venâncio Aires

Dois homens, de 22 e 24 anos, foram presos na noite desta segunda-feira (27) suspeitos de tráfico de drogas. O caso aconteceu após o arremesso de entorpecentes e celulares na Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva).

 

A Brigada Militar realizou a abordagem dos indivíduos que ocupavam um carro Chevrolet Chevette próximo à casa prisional. Os dois homens estavam a bordo do veículo. Um terceiro suspeito, que era motorista do automóvel, conseguiu fugir da guarnição. Em revista pessoal à dupla flagrada foram localizados outros dois aparelhos de telefone celular. Antes, na Peva haviam sido encontrados 140 gramas de maconha, 19 gramas de cocaína e oito gramas de crack, além de seis aparelhos celulares, dois carregadores e três fones de ouvido.

 

Conforme o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Venâncio Aires, os dois homens foram encaminhados para a casa prisional, pelo crime de tráfico de entorpecentes.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

28/09/2021 - Duas pessoas ficam feridas em acidente na RSC-287

Um acidente envolvendo um veículo Eco Sport, com placa de Porto Alegre, e um caminhão, de Estrela, deixou duas pessoas feridas durante a noite na RSC-287 em Candelária.

 

De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar, foi registrada uma colisão traseira. Dos três ocupantes da Eco Sport, duas mulheres ficaram feridas e foram encaminhadas com ferimentos leves para o hospital de Candelária. Já o condutor do caminhão não se feriu. Mais detalhes sobre a ocorrência não foram divulgados.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

28/09/2021 - Viaduto dos Açorianos é liberado para trânsito em Porto Alegre

Trecho facilita acesso ao Centro da cidade para quem vem da zona Sul

O Viaduto dos Açorianos, na região central de Porto Alegre, foi liberado na manhã desta terça-feira pela prefeitura e pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Logo após a retirada dos cones, a movimentação no local se intensificou, já que é o caminho de diversos coletivos e pessoas que tentam acessar a área vindas da zona Sul da Capital.

A liberação do trecho ocorre depois de um ano e quatro meses, com a finalização das obras estruturais, que duraram cerca de oito meses. Conforme a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), os condutores que seguem no sentido Sul-Norte, pela avenida Praia de Belas, podem cruzar a avenida Loureiro da Silva pelo viaduto em direção ao Centro. Já no sentido inverso, veículos que vêm da região central podem seguir pela avenida Borges de Medeiros em direção à zona Sul.

 

“Com a entrega, retornam ao fluxo original os itinerários do transporte coletivo e o fluxo das alças Leste e Oeste, que terão seu sentido invertido, retornando ao traçado anterior ao serviço de manutenção do viaduto”, destaca o diretor-técnico da EPTC, Flávio Caldasso.

 

Para a liberação do Viaduto dos Açorianos, foram implantadas 41 placas – incluindo placas aéreas – e realizados 405 metros quadrados de pintura em sinalização viária. Ao todo, a intervenção no Viaduto dos Açorianos custou R$ 1,58 milhão. A empresa DW Engenharia venceu a licitação em janeiro deste ano. Entre as mudanças, a estrutura recebeu a recuperação de pilares e vigas, tratamento da armadura e do concreto, bem como de fissuras e rachaduras, reforço da viga longitudinal central e lajes de transição. Foram substituídos, ainda, os aparelhos de apoio, as juntas de dilatação e os drenos de escoamento de água.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

28/09/2021 - Chuva retorna ao RS nesta terça-feira

Maiores volumes de chuva serão registrados na fronteira Oeste, Noroeste e Norte do Estado

A terça-feira será marcada pelo retorno da chuva ao RS. Já ao longo da madrugada e pela manhã, a instabilidade avança pelo Sul e Oeste, e atinge todas as regiões do Estado ao longo do dia. O sol até aparece por algumas horas, mas a nebulosidade aumenta muito já a partir da manhã.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, a instabilidade será maior na fronteira Oeste, Noroeste e Norte do Estado, onde serão registrados os maiores volumes de chuva. No sul e no Leste, chove bem menos. As temperaturas ficam amenas ao longo de todo o dia.

Em Porto Alegre, o sol até aparece, mas deve haver chuva. A mínima na Capital é de 17°C, e a máxima não ultrapassa os 24°C.

Mínimas e máximas no RS

Caxias do Sul 14°C / 23°C

Passo Fundo 17°C / 25°C

Santa Rosa 17°C / 26°C

Vacaria 13°C / 23°C

Pelotas 14°C / 22°C

Uruguaiana 17°C / 22°C

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/09/2021 - Semana começa ensolarada no RS

Máximas beiram os 30°C no início da semana, que terá dias de chuva

O sol aparece em todo o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira, mas, assim como se deu no fim de semana, o dia começa com cobertura de nuvens baixas, neblina ou nevoeiro no Sul e no Leste do Estado, de acordo com a MetSul Meteorologia. Haverá períodos de céu claro em diversas regiões. Nuvens vão aparecer e aumentam a partir do Oeste e do Sul da tarde para a noite.

 

A segunda-feira vai começar com temperatura amena, mas aquece rapidamente durante o dia com a presença do sol e a tarde será quente em parte do Estado com máximas próximas ou mesmo acima dos 30°C. Na Capital, a máxima cheaga a 27°C.

 

No entnato, a semana não será toda de sol, com os dias intercalando entre sol e chuva. A instabilidade, que chega já a partir de terça, pode vir acompanhada de temporais isolados em alguns momentos.

Mínimas e máximas nesta segunda

Porto Alegre 15°C / 27°C

Caxias 10°C / 28°C

Capão 15°C / 27°C

Passo Fundo 12°C / 31°C

Santa Maria 13°C / 28°C

Santa Cruz do Sul 13°C / 30°C

Utuguaiana 13°C / 31°C

Livramento 10°C / 26°C

Pelotas 12°C / 24°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/09/2021 - Viatura da Brigada Militar é depredada durante dispersão na Orla Moacyr Scliar em Porto Alegre

Guarda Municipal auxiliou no controle da situação para dispersar cerca de 600 jovens na área

Uma viatura da Brigada Militar foi depredada no final da noite deste domingo durante operação para dispersar aglomerações e desordens na Orla Moacyr Scliar, em Porto Alegre. O veículo da BM, um Renault Sandero, prefixo 8777, do 9º BPM, teve até o vidro traseiro quebrado.

 

“Nós prestamos apoio a BM. Eles foram atender a alguma denúncia e houve essa reação de um grupo", relatou o comandante da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento. “Chegamos para auxiliar na dispersão”, acrescentou.

 

Durante a contenção do tumulto, os policiais militares detiveram duas pessoas. Trata-se de um jovem, de 19 anos, com antecedentes, por desacato, e um homem, de 39 anos, também com antecedentes, por ameaça. Houve necessidade de emprego de força não letal para dispersar cerca de 600 jovens no local.

 

Conforme o 9º BPM, as câmeraas de vídeomonitoramento na área flagraram uma desordem envolvendo um indivíduo possivelmente armado. Os policiais militares foram até o local para realizar as averiguações, sendo abordado um suspeito que investiu contra os brigadianos e foi então contido.

 

Neste momento, uma mulher incitou quem estava na orla para atacarem o efetivo do 9º BPM, desacatando-o. Garrafas, pedras e outros objetos foram arremeçadas contra os policiais militares, atingindo até a viatura. Houve a necessaridade do uso moderado dos meios para controlar a situação. Ninguém ficou ferido.

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/09/2021 - Novo decreto torna obrigatória a vacinação para a participação em eventos em Nova Petrópolis

Novas medidas passam a valer a partir de 8 de outubro

Decreto da Prefeitura de Nova Petrópolis determina a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 para participantes de eventos em ambientes fechados, bem como para trabalhadores de programações oficiais do município em local aberto. A medida é válida para competições esportivas em ambientes fechados, mas não se aplica a eventos particulares e restaurantes com música ao vivo. O decreto entra em vigor em 8 de outubro.

 

Quando a atividade for realizada em espaço fechado, o acesso ao público deverá ser condicionado à apresentação do comprovante de vacinação. São considerados eventos, independentemente do número de público, os relativos a entretenimento, casas de shows, feiras e exposições corporativas, convenções, congressos, teatros, cinema, auditórios e similares.

 

No caso de atividades oficiais do município, se realizadas em ambiente aberto, a exigência se dará aos expositores, prestadores de serviços e organização. Pessoas vindas de outras cidades também devem comprovar que tomaram a vacina. É necessário apresentar a carteira de vacinação fornecida pela unidade de saúde ou o aplicativo ConecteSus com a informação do recebimento da vacina, pelo menos a primeira dose. A obrigatoriedade não será aplicada para pessoas fora da idade de vacinação.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/09/2021 - Prazo para prova de vida de servidores aposentados acaba dia 30

Comprovação deve ser feita no banco onde beneficiário recebe dinheiro

Termina na próxima quinta-feira (30) o prazo para que servidores civis do Executivo Federal aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis façam a comprovação de vida, de forma a garantir a manutenção do benefício.

 

A medida vale para aqueles que ainda não fizeram a comprovação de vida em 2020 ou em 2021, no período de janeiro a junho de 2021. A necessidade dessa comprovação foi suspensa de março de 2020 a junho de 2021 como medida de proteção contra a pandemia.

 

A comprovação de vida deve ser feita na agência bancária onde o beneficiário recebe o pagamento. Quem já tem a biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) – que recentemente passou a se chamar Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) – pode acessar o aplicativo SouGov.br para consultar a situação da comprovação de vida e obter as orientações para realizá-la por meio de aplicativo móvel.

 

Algumas instituições bancárias oferecem alternativas como prova de vida pelo caixa eletrônico ou por aplicativo móvel. O beneficiário deve confirmar as opções disponíveis e o horário de funcionamento junto ao banco.

 

O prazo para a comprovação de vida varia conforme o mês em que o recadastramento deveria ter sido feito em 2020. Quem faria a prova de vida em setembro ou outubro de 2020 e ainda não fez a atualização deve realizar o procedimento até o dia 30 de setembro deste ano.

 

“Os beneficiários que não realizaram a comprovação de vida durante o período de suspensão, entre março de 2020 e junho de 2021, têm até o dia 30 de setembro para regularizar sua situação cadastral e evitar o corte na remuneração. A realização de prova de vida até 30 de setembro garante cobertura para os anos de 2020 e 2021”, informou a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia.

 

A não realização do cadastramento não implica em cancelamento imediato do benefício. Antes disso, há outras duas etapas: bloqueio e suspensão do pagamento. Durante o mês de setembro, quem teve o benefício bloqueado em junho entra agora na etapa de suspensão. Se ainda assim não atualizar os dados nessa segunda etapa, o benefício será cancelado.

 

A prova de vida deve ser feita uma vez por ano, no mês do aniversário, conforme estabelecido na Portaria nº 244 e Instrução Normativa nº 45, ambas de 15 de junho de 2020.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

24/09/2021 - Prazo para prova de vida acaba dia 30 para aposentados e pensionistas

Comprovação deve ser feita no banco onde beneficiário recebe dinheiro

Aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que ainda não fizeram, junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a comprovação de vida em 2020 ou em 2021, no período de janeiro a junho de 2021, têm até 30 de setembro para se atualizar. A necessidade dessa comprovação foi suspensa de março de 2020 a junho de 2021 como medida de proteção contra a pandemia.

 

A comprovação de vida deve ser feita na agência bancária onde o beneficiário recebe o pagamento. Quem já tem a biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) pode acessar o aplicativo SouGov.br para consultar a situação da comprovação de vida e obter as orientações para realizá-la por meio de aplicativo móvel.

 

Algumas instituições bancárias oferecem alternativas como Prova de Vida pelo caixa eletrônico ou por aplicativo móvel. O beneficiário deve confirmar as opções disponíveis e o horário de funcionamento junto ao banco.

 

O prazo varia conforme o mês em que o recadastramento deveria ter sido feito em 2020. Quem faria a prova de vida em setembro ou outubro de 2020 e ainda não fez a atualização deve realizar o procedimento até o dia 30 de setembro deste ano.

 

Notificação

“Aqueles que não fizerem a comprovação de vida até o fim de julho de 2021 serão notificados, até o dia 10 de agosto, para fazê-la no prazo de 30 dias, contados do recebimento da notificação. O prazo limite para fazer a Prova de Vida é 30 de setembro de 2021 para os aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que não a fizeram durante o período da suspensão da exigência”, informou o INSS, em junho, ao anunciar o retorno da necessidade de comprovação de vida.

 

A não realização do cadastramento não implica em cancelamento imediato do benefício. Antes disso, há outras duas etapas: bloqueio e suspensão do pagamento. Durante o mês de setembro, quem teve o benefício bloqueado em junho entra agora na etapa de suspensão. Se ainda assim não atualizar os dados nessa segunda etapa, o benefício será cancelado.

 

A prova de vida deve ser feita uma vez por ano, no mês do aniversário, conforme estabelecido na Portaria nº 244 e Instrução Normativa nº 45, ambas de 15 de junho de 2020.

 

 

Fonte: Agência Brasil

24/09/2021 - Sol aparece, mas sexta feira também terá chuva em alguns pontos do RS

Instabilidade atinge Planalto, Serra e Litoral Norte

O sol aparece na maioria das regiões ao longo da sexta-feira, mas por conta da nebulosidade e da umidade, o tempo também fica fechado em algumas regiões. Pode haver chuva no Planalto, Serra e Litoral e Norte.

De acordo com a MetSul Meteorologia, a metade Leste deve ter maior nebulosidade. A temperatura será agradável ao longo de todo o dia.

Em Porto Alegre, o sol aparece, mas também deve haver chuva. A mínima deve ser de 15°C, e a máxima fica na casa dos 21°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Caxias do Sul 12°C / 17°C

Torres 15°C / 20°C

Vacaria 10°C / 17°C

Santa Maria 11°C / 21°C

Cruz Alta 12°C / 22°C

Pelotas 11°C / 20°C

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/09/2021 - Anatel vota leilão do 5G nesta sexta-feira após dois adiamentos

Aprovação no conselho diretor da agência é necessária para a publicação do edital

O conselho diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) votará, nesta sexta-feira (24), a última versão do edital da licitação da nova geração de internet móvel, 5G. A avaliação do colegiado é necessária para que a publicação ocorra. O leilão será o maior realizado pelo órgão. A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado Federal aprovou, na quinta-feira (23), um plano de trabalho para debater e detalhar temas como a privacidade e a licitação da rede 5G no Brasil, o 5G.

 

O plano de trabalho foi estruturado pelo senador Jean Paul Prates (PT-RN), que prevê a realização de quatro audiências públicas relacionadas ao tema, sendo a primeira já em 7 de outubro. Na ocasião, os senadores devem ouvir representantes de órgãos como a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o TCU (Tribunal de Contas da União) e os Ministérios das Comunicações e de Ciência, Tecnologia e Inovações.

 

Já a segunda audiência, agendada para uma semana depois, em 14 de outubro, vai ouvir representantes das empresas de telecomunicações, especialistas e acadêmicos do setor sobre os benefícios da rede 5G.  A terceira audiência no Senado, prevista para o dia 21 de outubro, contará com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria, para explicar as diretrizes da implantação das redes 5G. Finalmente, a última reunião vai abordar questões relativas à privacidade dos usuários da nova rede.

O relatório preliminar da Comissão de Ciência e Tecnologia deve ser apresentado em 25 de novembro.  Só então, no dia 2 de dezembro, o senador Jean Paul Prates vai apresentar o relatório final e a comissão vai votar o texto.

O conselho diretor da Anatel já adiou duas vezes o edital do leilão do 5G, por falta de consenso entre os diretores para a aprovação do texto final. Entre os pontos polêmicos está a proposta do relator, Emmanoel Campelo, de não acatar a recomendação do Tribunal de Contas da União de prorrogar de julho  para dezembro de 2022 a meta de ativação do 5G nas capitais. 

 

O primeiro adiamento foi do dia 10 para o dia 13 de setembro a pedido de Emmanoel Campelo.  Do dia 13, a votação foi adiada novamente para esta sexta-feira (24) por causa de um pedido de vista do conselheiro Moisés Moreira. O Ministro de Estados das Comunicações, Fábio Faria, fez um apelo à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no dia 13 deste mês. Fábio convocou a imprensa para uma coletiva após o pedido de vista do conselheiro Moisés Queiroz Moreira na análise da proposta final do edital do 5G e afirmou que “um pedido de vista desse representa em torno de R$ 100 milhões por dia”.

Para inglês ver

O ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União (TCU), disse que o prazo previsto pelo governo federal para implementação do 5G em todas as capitais do país, até julho de 2022, seria apenas para "inglês ver". A afirmação foi feita durante audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, na última terça-feira (21).

 

Para o ministro, a implementação da tecnologia em todo o país ficaria apenas na promessa já que a proposta de edital do 5G prevê a instalação de poucas estações rádiobases (ERBs), equipamentos que enviam e recebem sinais para celulares. Com isso, a internet móvel ficaria restrita em algumas áreas das capitais, não cobrindo todas as regiões, conforme o prometido.

 

"O que nos permite afirmar, sem exagero algum, que a implantação do 5G em julho de 2022 seria apenas para 'inglês ver', sem efeitos práticos para quase a totalidade da nossa população", afirmou o ministro.

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/09/2021 - Caixa paga 6ª parcela do auxílio emergencial a nascidos em abril

Benefício também será pago a inscritos no Bolsa Família com NIS 6

Trabalhadores informais nascidos em abril recebem hoje (24) a sexta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

 

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

 

Também hoje, recebem a sexta parcela do auxílio emergencial os participantes no Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de final 6. As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto.

 

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. Ele é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada (veja abaixo guia de perguntas e respostas).

 

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

 

O pagamento da sexta parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 17 e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente é depositado quando o valor é superior ao benefício do programa social.

 

Em todos os casos, o auxílio é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

 

O programa se encerraria em julho, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

23/09/2021 - Reajuste salarial fica abaixo da inflação em agosto

Informação é do boletim Salariômetro, divulgado pela Fipe

No mês de agosto, o reajuste salarial mediano no país ficou 1,4 ponto percentual abaixo da inflação, considerando como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Apenas 9,5% das negociações resultaram em ganhos reais, de acordo com o boletim Salariômetro, divulgado hoje (23) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

 

O reajuste médio negociado foi de 8,5% em agosto, enquanto o INPC, no acumulado de 12 meses, ficou em 9,9%. O piso salarial mediano - modelo que corrige discrepâncias - negociado foi de R$ 1.255 em agosto, enquanto o piso médio foi de R$ 1.396.

 

O Salariômetro analisa os resultados de 40 negociações salariais coletivas, que são depositados no Portal Medidor, do Ministério da Economia.

 

Não houve aumento mediano real como resultado das negociações em nenhum dos últimos 12 meses, conforme a fundação. Desde setembro do ano passado, o índice tem oscilado de -1,4% a zero.

 

Segundo a Fipe, a inflação projetada para as próximas datas-base ficará perto dos 10%, o que deverá comprimir o espaço para ganhos reais no futuro.

 

Fonte: Agência Brasil

23/09/2021 - Surdos defendem Libras como segundo idioma oficial do Brasil

Dia Internacional da Língua de Sinais é comemorado hoje

O presidente da Associação dos Surdos de São Paulo, Jorge Rodrigues, disse que a Língua Brasileira de Sinais (Libras), como qualquer outra, "tem um sistema todo, com regras gramaticais, com sintaxe, tudo”. A afirmação foi feita por ocasião do Dia Internacional da Língua de Sinais, celebrado nesta quinta-feira (23). A data foi estabelecida em 2017 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 

“É por meio dela que a gente se expressa plenamente, interage com as pessoas surdas, conserva a nossa história enquanto comunidade, sem isso a gente não tem nada”, acrescentou. A data busca conscientizar sobre a importância dessa forma de comunicação, fundamental para a inclusão da comunidade surda.

 

Em 2002, a Libras foi reconhecida pela Lei  nº 10.436 como meio legal de comunicação e expressão. “Agora a nossa luta é fazer com que a PEC [proposta de emenda à Constituição] 12/2021 seja aprovada para que a Libras seja reconhecida como segunda língua oficial do Brasil”, defende o presidente da associação.

 

O país tem quase 10 milhões de pessoas com deficiência auditiva, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Jorge nasceu surdo por causa da rubéola contraída pela mãe durante a gestação. Ele diz que a exclusão é constante na vida de pessoas surdas. “As pessoas não querem contratar surdos, pois existe o estereótipo de que o surdo é incapaz de fazer qualquer coisa”.

 

Jorge lembra que o preconceito pode ser combatido se mais pessoas aprenderem a língua. “Acho que o maior entrave é a falta de incentivo para que a Libras seja inserida na grade curricular das escolas e faça a inclusão acontecer. Sem isso, as pessoas não saberão sobre Libras, sobre as pessoas surdas, sobre as nossas lutas”, acredita.

 

O professor Eduardo Pereira Silva, do curso de Libras do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) São Paulo, concorda que o conhecimento da língua deveria ser mais disseminado no Brasil. Ele cita algumas medidas que seriam necessárias: “ampliar a oferta de empregos para a comunidade surda, ter escolas bilíngues, com professores surdos, além da obrigatoriedade de intérpretes em faculdades, hospitais e eventos”.

 

 

Fonte: Agência Brasil

23/09/2021 - Denarc apreende carregamento de cerca de 100 quilos de maconha em São Leopoldo

Droga estava em depósito mantido por facção criminosa no bairro Arroio Manteiga

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil anunciou nesta quinta-feira a apreensão de um carregamento de cerca de 100 quilos de maconha em São Leopoldo. O flagrante foi realizado na noite de quarta-feira pela equipe do delegado Alencar Carraro. A droga pertencia a uma facção criminosa com origem na região do Vale do Rio dos Sinos.

 

Um traficante, que usava tornozeleira eletrônica, foi preso na operação. Os agentes do Denarc apuraram que o criminoso, de 45 anos, seria o responsável por um depósito de entorpecentes situado no bairro Arroio Manteiga. Ele possui extensa ficha de antecedentes, incluindo roubo a banco e tentativa de homicídio.

 

Na ação, os policiais civis recolheram ainda duas máquinas de cartão de crédito, um telefone celular e uma balança de precisão. Segundo as investiogações, a maconha apreendida abasteceria diversos pontos de venda de droga no Vale do Rio dos Sinos, em especial em São Leopoldo, bem como na Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

 

Fonte: Correio do Povo

23/09/2021 - Receita libera consulta a último lote de restituição do IR 2021

A partir de outubro, só serão liberados pagamentos da malha fina

O contribuinte que entregou a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 (ano-base 2020) poderá saber, a partir das 10h de hoje (23), se acertou as contas com o Leão. A Receita Federal liberará a consulta ao último dos cinco lotes de restituição deste ano.

 

Ao todo, 358.162 contribuintes receberão R$ 562 milhões. Além dos contribuintes que entregaram a declaração no prazo, até 31 de maio, a Receita pagará restituição aos que entregaram o documento com atraso, até 15 de setembro, e não caíram na malha fina.

 

O restante tem prioridade legal, sendo 4.955 contribuintes idosos acima de 80 anos, 47.465 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.927 contribuintes com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e 19.211 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

 

A partir do próximo mês, o Fisco só liberará as restituições a contribuintes que tenham caído na malha fina em 2021 ou em anos anteriores e tenham retificado a declaração, corrigindo inconsistências ou erros de informação.

 

O dinheiro será pago em 30 de setembro. A consulta pode ser feita na página da Receita Federal na internet. Basta o contribuinte clicar no campo “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, “Consultar Restituição”. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

 

A consulta no site permite a verificação de eventuais pendências que impeçam o pagamento da restituição – como inclusão na malha fina. Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, basta enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

 

Calendário

Inicialmente prevista para terminar em 30 de abril, o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física foi encerrado em 31 de maio por causa da segunda onda da pandemia de covid-19. Apesar do adiamento, o calendário original de restituição foi mantido, com cinco lotes a serem pagos entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês.

 

A restituição será depositada na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, como no caso de conta informada desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

 

Nesse caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

22/09/2021 - Pelé tranquiliza fãs com vídeo fazendo fisioterapia e brinca: "Em breve volto pro Santos"

Internado desde o dia 31 de agosto, Rei do Futebol usou as redes sociais para mostrar recuperação

Pelé usou as redes sociais nesta terça-feira para tranquilizar os fãs que se preocupam com a saúde do Rei do Futebol. O ex-jogador agradeceu o carinho e compartilhou um vídeo dos trabalhos realizados por ele na fisioterapia, com direito a muito bom humor. "Pedalando desse jeito, em breve eu volto pra Santos, não acham?", brincou Pelé.

 

"Amigos, envio esse vídeo que a minha esposa fez hoje, para dividir com vocês a minha alegria. Estou cercado de carinho e de incentivos para me sentir um pouco melhor todos os dias. Pedalando desse jeito, em breve eu volto pra Santos, não acham?", disse Pelé em publicação no Instagram.

Internado desde 31 de agosto, Pelé foi transferido novamente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na última sexta-feira, o motivo da internação do Rei do Futebol é o descobrimento de um tumor no intenstino, encontrado após realixar exames de rotina.

No domingo, o Rei do Futebol já havia apresentado sinais de melhora e também compartilhou um vídeo da recuperação no hospital. Com o bom humor de sempre, Pelé celebrou a evolução no seu quadro médico e disse estar "dando socos no ar em comemoração a cada dia melhor".

 

O ex-jogador também aproveitou a oportunidade para agradecer a equipe do Hospital Albert Einsten, onde está sendo tratado.

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/09/2021 - Brigada Militar apreende 151 munições e R$ 21 mil em dinheiro, em Passo Fundo

Houve ainda recolhimento de seis armas, nove carregadores, kit rone, drogas e mais de R$ 2,8 mil em cédulas falsas

A Brigada Militar apreendeu armas, munições e drogas, além de dinheiro verdadeiro e falsificado, durante o patrulhamento preventivo na madrugada desta quarta-feira na área central de Passo Fundo. A ação do 3º RPMon ocorreu em um apartamento no segundo andar de um prédio, situado na rua Independência.

 

No imóvel, os policiais militares apreenderam três pistolas calibres 9 milímetros, dois revólveres calibres 38, uma pistola calibre 380, nove carregadores, um kit rone que transforma pistola em submetralhadora e 151 munições.

 

Houve ainda o recolhimento de R$ 21 mil em dinheiro, mais de R$ 2,8 mil em cédulas falsas, 214 gramas de cocaína, 25 gramas de ecstasy e nove cartelas de LSD, bem como quatro maletas para acondicionar armas.

 

Um indivíduo foi preso em flagrante pelo efetivo do 3º RPMon. Os policiais militares constataram que as armas de fogo foram roubadas de uma loja de caça e pesca  no último dia 13, em Erechim.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/09/2021 - Primeiro dia de primavera será marcado por temperaturas amenas no RS

Amanhecer da quarta-feira pode ter frio em algumas regiões

O sol aparece entre nuvens na maior parte do Rio Grande do sul nesta quarta-feira, primeiro dia da primavera. Uma massa de ar frio ingressa com temperaturas baixas ao amanhecer e no fim do dia mas, ao longo do dia, as marcas devem ser amenas e agradáveis.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, parte do dia deve ser de céu nublado a encoberto, especialmente no Sul e Leste do Estado. Não está descartada chuva em pontos isolados na primeira metade do dia.

 

Em Porto Alegre, o sol aparece entre nuvens. A mínima na Capital é de 11°C, e a máxima fica na casa dos 21°C.

Mínimas e máximas no RS

Erechim 8°C / 22°C

Santa Maria 8°C / 21°C

Uruguaiana 8°C / 22°C

Vacaria 3°C / 18°C

Alegrete 7°C / 21°C

Caxias do Sul 6°C / 21°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/09/2021 - Erupção do vulcão nas Canárias pode durar até 84 dias

Informação é do Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias

A erupção vulcânica de Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, pode durar entre 24 e 84 dias, com média geométrica de cerca de 55 dias, segundo cálculos do Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias (Involcan).

 

O instituto explicou, por meio das redes sociais, que a duração da erupção é uma das perguntas que os especialistas fazem frequentemente e, embora não seja fácil de responder, pode ser calculada utilizando os dados conhecidos sobre a duração das erupções históricas que ocorreram na ilha de La Palma.

 

De acordo com esses dados, a última erupção vulcânica na ilha, a de Teneguía em 1971, durou 24 dias; a de San Juan em 1949, 47 dias, e a de Charco em 1712, 56 dias.

 

A erupção do vulcão San Antonio, datada entre 1667 e 1678, durou 66 dias; a do Tigalate, em 1646, durou 82 dias e a de Tehuya, em 1585, 84 dias.

 

Para o vulcão Tacande, que entrou em erupção entre 1430 e 1440, não há dados sobre quanto tempo durou o processo.

 

Com esses dados, o Involcan calcula que a erupção atual, que começou no domingo (19), poderia durar uma média de 55 dias, com um máximo de 84 dias e um mínimo de 24.

 

O Invocan também informou que, segundo as suas medições, a erupção vulcânica em La Palma emitiu diariamente entre 6.140 e 11.500 toneladas de dióxido de enxofre (SO2) para a atmosfera.

 

O instituto diz que a área afetada pelos fluxos de lava, desde domingo, totaliza agora 153 hectares, com base em imagens de satélite do programa europeu Copernicus.

 

O último mapa fornecido pelo programa europeu de monitorização de emergência mostra a situação às 8h14 da manhã dessa terça-feira (21).

 

A lava do vulcão Cumbre Vieja continua a arrastar tudo em seu caminho e desce em direção à costa da ilha de La Palma. Há o receio de que, quando se der o contato com a água do Oceano Atlântico, possam ser emitidos ainda mais gases tóxicos.

 

A erupção já causou a retirada de 6.100 pessoas, incluindo 400 turistas "que foram afastados das zonas de risco" e instalados em Tenerife, a maior das ilhas do arquipélago, de acordo com declaração do governo regional das Ilhas Canárias, feita ontem ao fim do dia.

 

Apesar dessa situação na ilha de 85 mil habitantes, não houve mortos ou feridos, mas os danos são enormes, acima de 400 milhões de euros, segundo o presidente da comunidade autônoma das Canárias, Angel Victor Torres.

 

Até agora, a lava destruiu 185 prédios, 63 dos quais podem ser casas, informou o governo regional.

 

 

Fonte: Agência Brasil

21/09/2021 - Pandemia impede realização de mais de 1 milhão de cirurgias em um ano

Urgência adiou procedimentos eletivos e de emergência, revela estudo

A pandemia de Covid-19 pode ter feito com que mais de 1 milhão de cirurgias eletivas e emergenciais tenham deixado de ser feitas no Brasil em 2020. A estimativa consta de um artigo do Programa de Cirurgia Global e Mudança Social da Harvard Medical School, publicado na revista The Lancet Regional Health – Americas.

 

O levantamento usou dados do DataSUS, do Ministério da Saúde, sobre o número de cirurgias feitas no país no período de 2016 a 2020. Por meio de um modelo estatístico, a pesquisa estimou o volume cirúrgico esperado para o período de pandemia, entre março e dezembro do ano passado.

 

Ao comparar o número esperado com os dados reais fornecidos pelos estados, verificou-se um acúmulo de mais de 1,1 milhão de cirurgias, a maioria delas (928.758) eletivas, aquelas que não são consideradas de urgência.

 

Segundo o professor Rodrigo Vaz Ferreira, da Universidade do Estado do Amazonas, um dos coautores do estudo, o resultado é similar ao de outros países com grande volume de intervenções cirúrgicas. “Por um lado, essa redução se explica pela priorização de procedimentos mais urgentes, realocação de recursos e manejo dos profissionais de saúde durante a pandemia”, destaca Ferreira, que faz pós-graduação na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

 

De acordo com a pesquisa, os estados com políticas governamentais mais rígidas de contenção do vírus, como fechamento de escolas, locais de trabalho e proibições de viagem, conseguiram manter o nível de funcionamento das cirurgias de urgência, graças à preservação de recursos e leitos, apesar do grande atraso nas cirurgias eletivas.

 

 

“A análise de tais dados pode informar políticas públicas que atenuem os efeitos desse acúmulo, além de prevenir crises futuras. Temos que estar preparados, incentivar a população a se vacinar e respeitar as medidas sanitárias locais, pois isso contribui para a preservação dos serviços plenos de cirurgia”, ressalta Fábio Botelho, cirurgião do trauma e pediátrico, pesquisador na Universidade McGill, no Canadá, e coautor do estudo.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/09/2021 - "Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha

Dia Mundial do Alzheimer é lembrado hoje

A iniciativa global “Setembro: Mês Mundial da Doença de Alzheimer” completa, este ano, o décimo aniversário da campanha que busca desmistificar o preconceito e a desinformação que cercam a doença. O tema da campanha em 2021 é “Conhecer Demência, Conhecer Alzheimer”.

 

Hoje (21), quando se comemora o Dia Mundial do Alzheimer, o mestre em psiquiatria e psicologia médica pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e pesquisador do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP), Adiel Rios, explicou à Agência Brasil que o Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro. Ela acomete algumas funções cerebrais, entre elas a memória, o cálculo, a linguagem e o comportamento.

 

“Todas essas funções são comprometidas de forma progressiva e lentamente, de maneira que isso interfere na vida diária do paciente”, explicou. Os primeiros sinais podem surgir de alterações comportamentais. Nem sempre são alterações de memória.

 

Adiel Rios disse que, de modo geral, como se trata de uma doença que acomete mais o indivíduo idoso, acima de 65 anos de idade, os primeiros sinais podem ser depressão, alteração no comportamento, mais agitação, delírio, mudança na personalidade, agressividade e até mesmo alucinações. “Essas podem ser mudanças frequentes no início da doença, quando o paciente sequer tem alteração da memória. Depois, podem surgir essas alterações”.

 

O psiquiatra esclareceu que o Alzheimer, contudo, não envolve qualquer perda de memória. “A gente deve ficar atento porque, todos nós temos esquecimento, o que é natural. Mas a perda de memória no Alzheimer é uma perda de memória que se repete e compromete o dia a dia, interferindo, muitas vezes, nas funções e no funcionamento das atividades pessoais”.

 

Sem cura

Como exemplo, ele citou o caso da pessoa que esquece que está no shopping e não lembra como voltar para casa, repetidas vezes. Trata-se de um esquecimento mais grave, que passa a ser também recorrente. A pessoa começa a ter dificuldade para se orientar no tempo e espaço. Segundo Adiel Rios, com o evoluir da doença, esse esquecimento passa a ser maior. As memórias do paciente acabam sendo deterioradas, principalmente as memórias da vida, autobiográficas. “O paciente começa a esquecer nome de filhos, de netos e, por fim, até dele mesmo, nos estágios finais”.

 

O Alzheimer não tem cura. Existem medicações que estabilizam a doença ou diminuem, pelo menos, a velocidade de progressão. “Mas isso durante um intervalo de cinco anos ou mais. Durante esse tempo, essas medicações podem oferecer ao paciente e ao familiar melhor qualidade de vida, menos alterações no comportamento, menos perdas de memórias, mas cura ainda não. Oferecem um conforto muito grande e uma qualidade de vida muito maior do que se não tomadas [as medicações]”.

 

Rios informou que a medicina vem pesquisando várias alternativas, mas ainda não existe nada milagroso, nem um procedimento definitivo que faça com que a doença possa ser interrompida. Atualmente, existem áreas em que o médico pode atuar para intervir precocemente e, talvez, adiar o início da doença ou, até mesmo, evitar. Para isso, a pessoa deve realizar atividade física; ter uma alimentação balanceada (dieta do Mediterrâneo), com alimentos ricos em ômega 3; controlar fatores de risco cardiovasculares, como diabetes, pressão alta, colesterol; evitar o tabagismo e o consumo de álcool em excesso; realizar atividades intelectuais, como testes, exercícios; manter atividade profissional; habilitação cognitiva.

 

Outra coisa essencial durante a pandemia de covid-19 é a preservação das relações sociais e familiares. Estudos indicam que o isolamento pode levar com maior precocidade à doença de Alzheimer. “O isolamento não seria algo bom”.

 

Diagnóstico

Nesta terça-feira (21), a Associação Internacional da Doença de Alzheimer (ADI, a sigla em inglês) lançará o Relatório Mundial de Alzheimer que, neste ano, se concentrará no aspecto do diagnóstico, levantando questões importantes para sistemas de saúde, governos, gestores e pesquisadores.

 

Adiel Rios afirmou que quanto mais precoce é feito o diagnóstico, mais fácil é, para o médico, intervir e controlar os fatores de risco, o declínio cognitivo, que podem piorar o curso da doença, oferecendo ao paciente atividades de terapia ocupacional, entre outras, utilizando mais precocemente medicações anticolinesterásicas; “É uma maneira de a gente ofertar maior qualidade de vida a essas pessoas que terão, inexoravelmente, a doença”.

 

A coordenadora do Departamento de Neurologia Cognitiva e do Envelhecimento da Academia Brasileira de Neurologia (ABN), Jerusa Smid, concordou que o diagnóstico precoce é importante para que os médicos comecem a interferir em alguns a fim de que a evolução da doença seja mais lenta. Além de controlar pressão alta e diabetes, a neurologista citou a realização de atividade física aeróbica regular, controlar sintomas de depressão. “São várias medidas em que você vai atuar que podem retardar a progressão da doença”. Lembrou também de cuidar de perda auditiva e evitar isolamento social.

 

Envolvimento

O Alzheimer é doença que envolve a família inteira, porque o paciente vai perdendo a autonomia e precisa de ajuda para fazer pequenas coisas.À medida que a doença progride, o indivíduo vai perdendo a autonomia e ficando cada vez mais difícil ele fazer as atividades sozinho. “É preciso envolver toda a família”. Segundo Jerusa Smid, a principal contribuição dos médicos é cuidar do paciente e tratar os sintomas comportamentais que são frequentes, causando muito estresse nas fases moderada e grave, “e orientar o cuidador, dizer como as coisas vão evoluir, o que esperar da evolução dessa doença”.

 

As medicações mais comumente usadas e que estão no rol do Sistema Único de Saúde (SUS), disponíveis gratuitamente inclusive, são os inibidores da acetilcolinesterase (Donepezila, Rivastigmina e galantamina, não usados em associação) e Memantina, nas fases moderada e grave da doença, para tratar os sintomas cognitivos (perda de memória, confusão mental, lentidão do raciocínio e julgamento). Esses medicamentos devem ser usados até o fim da vida.

 

Covid-19

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 1,2 milhão de brasileiros sofrem com a doença e 100 mil novos casos são diagnosticados a cada ano. Em todo o mundo, o número chega a 50 milhões de pessoas. Segundo estimativas da ADl, os números poderão evoluir para 74,7 milhões em 2030 e para 131,5 milhões em 2050, devido ao envelhecimento da população. O psiquiatra Adiel Rios disse que a doença tende a aumentar no pós-pandemia.

 

Alguns estudos mostram que pode ocorrer uma associação com o novo coronavírus em pacientes que tiveram a doença ou que sofreram com o isolamento. “Mas não é nada definitivo. Isso está ainda em pesquisa. Alguns estudos indicaram, porém, uma relação entre ansiedade, depressão, insônia e também o Alzheimer”, concluiu Rios. Jerusa Smid avaliou, por outro lado, que o isolamento social pode acelerar na população idosa o início da doença. “Não no sentido de causar [a doença], mas de acelerar, trazer os sintomas mais para perto do momento atual do que poderia ser mais para a frente”.

 

A doença de Alzheimer foi descrita pela primeira vez em 1906, pelo psiquiatra e neuropatologista alemão Alois Alzheimer.

 

Fonte: Agência Brasil

21/09/2021 - Ilhas Canárias: lava de vulcão continua a se aproximar da água

Cumbre Vieja tem nova boca eruptiva próxima da cidade de Tacande

As autoridades confirmaram, nas últimas horas dessa segunda-feira (20) que o vulcão Cumbre Vieja tem nova boca eruptiva próxima da cidade de Tacande, o que obrigou a novas evacuações. Até o momento, cerca de 6 mil pessoas foram retiradas de casa desde o início da erupção, no domingo (19), na ilha de La Palma. Entretanto, a lava aproxima-se cada vez mais do mar e o contato entre o magma e a água salgada poderá “gerar explosões” e provocar a emissão de “gases nocivos”, admite o gabinete de crise. O governo português admitiu uma “eventual operação” para a retirada de cidadãos portugueses da ilha.

 

O vulcão Cumbre Vieja tem, desde ontem à noite, uma nova boca eruptiva, a 900 metros da boca principal, o que obrigou à evacuação de uma vila próxima, Tacande, com 700 habitantes.

 

Entre domingo e segunda-feira já tinham sido retirados de casa 5 mil habitantes da ilha, mas as autoridades admitem que poderá ser necessário retirar até 10 mil pessoas.

 

Outra situação que preocupa as autoridades é a aproximação da lava ao mar. Os cientistas previam que esse contato ocorresse nessa segunda-feira por 20h, mas houve uma desaceleração do avanço dos rios magmáticos.

 

“Tivemos menos atividade vulcânica e menos volume na massa magmática. A atividade do vulcão diminuiu. A lava cobre o bairro de Todoque neste momento. Ainda falta meio caminho para chegar ao mar. Não irá chegar esta noite”, afirmou Miguel Ángel Morcuende, diretor técnico do Plano de Emergência Vulcânica das Canárias (Pevolca), em declarações aos jornalistas ontem à noite.

 

As autoridades preparam-se para os piores cenários, já que o contato entre o magma, a mais de mil graus de temperatura, e a água salgada, a pouco mais de 20 graus, deverá causar explosões e a emissão de gases nocivos para a atmosfera, que poderão afetar os moradores da ilha com irritações na pele, olhos e no sistema respiratório.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

17/09/2021 - Polícia Civil "estoura" laboratório de preparação de cocaína em Viamão

Houve a apreensão de 3,5 quilos de cocaína pura, avaliada em R$ 400 mil, e de cerca de 7,5 mil pinos vazios

Um laboratório para preparação de cocaína montado por uma facção criminosa foi “estourado” pela Polícia Civil em Viamão. A operação Narcos XXXVI da 2ª DP, sob comando do delegado Júlio Fernandes Neto, foi deflagrada entre a noite de quinta-feira e madrugada desta sexta-feira em uma residência no bairro São Tomé. Quatro traficantes foram presos na ação.

 

Houve a apreensão em torno de 3,5 quilos de cocaína pura, avaliada em R$ 400 mil, e de cerca de 7,5 mil pinos vazios usados para acondicionamento do entorpecente. A droga pronta foi localizada escondida em um galinheiro, junto com todo o material encontrado.

 

No local, os agentes recolheram ainda uma balança de precisão, pinos cheios de cocaína e pedras de crack, embalagens plásticas e equipamentos, insumos utilizados para o processamento de cocaína e crack, além de seis telefones celulares, cinco aplicadores de silicone e um revólver com cinco munições usado para segurança do laboratório, entre outros.

 

As investigações duraram seis meses. A equipe da 2ª DP de Viamão apurou que o local funcionava como um centro de processamento e distribuição de drogas, sendo responsável pelo abastecimento de dezenas de pontos de venda de entorpecentes na cidade.

 

Segundo o delegado Júlio Fernandes Neto, a facção controla aproximadamente 70% do tráfico de drogas no município. Ele avaliou que a descoberta do laboratório e a apreensão da cocaína representam “uma perda econômica significativa para a organização criminosa”.

FLAGRANTE

Já a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Viamão, coordenada pelo delegado Eduardo Limberger do Amaral, prendeu um traficante com R$ 1 mil em dinheiro, 21 porções de crack, 16 pinos de cocaína, 19 porções de maconha, no bairro São Lucas. O criminoso já tinha antecedentes por narcotráfico.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/09/2021 - Publicado decreto que aumenta IOF para bancar novo Bolsa Família

O imposto federal, pago em todas as movimentações financeiras, vai arrecadar R$ 2,4 bilhões extras, segundo projeção do governo

O Diário Oficial da União, desta sexta-feira, publicou o decreto do presidente da República, Jair Bolsonaro, que aumenta o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para bancar a reformulação do Bolsa Família. A decisão, que foi divulgada na quinta-feira à noite pelo Planalto, vai encarecer o crédito, mas renderá uma arrecadação adicional aos cofres do governo de R$ 2,14 bilhões até o fim deste que será usada para a ampliação do programa social, agora denominado Auxílio Brasil.

 

No caso das empresas, a alíquota diária do IOF subirá de 0,0041% (o equivalente a uma taxa anual de 1,5%) para 0,00559% (2,04% no ano). No caso de pessoas físicas, vai passar de 0,0082% (alíquota anual de 3,0%) para 0,01118% (referente a alíquota anual de 4 08%).

 

Segundo o governo, a alteração do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) também permitirá o aumento da cota de importação de bens destinados à ciência e tecnologia. Essa medida, de acordo com a Secretaria-Geral, viabilizará a continuidade de diversas pesquisas científicas e tecnológicas em curso no País.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/09/2021 - Polícia Federal investiga fraudes no fundo Postalis

Operação apura lavagem de dinheiro e corrupção

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17) a Operação Amigo Germânico. É para investigar “crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa, crimes contra o sistema financeiro nacional e corrupção” supostamente cometidos contra o Instituto de Previdência Complementar, fundo de pensão dos Correios (Postalis).

 

Cerca de 44 policiais federais cumprem 19 mandados de busca e apreensão pela Justiça Federal no Distrito Federal, Paraná e em São Paulo. Por determinação da justiça, foram bloqueados R$ 16 milhões dos investigados. O valor corresponde ao limite estimado de prejuízos causados ao Postalis.

 

“As investigações, em parceria com o Ministério Público Federal, apontam que foram criados quatro Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios Não Padronizados – Fidc NP e, em seguida, diversos ativos do Postalis foram reprecificados em valor diferente de zero, quando deveriam ter sido reavaliados a valor zero”, informou, em nota a Polícia Federal.

 

Segundo os investigadores, os prejuízos foram “previamente admitidos pelos alvos investigados”. A situação acabou por agravar o cenário já deficitário do instituto. “Os alvos respaldaram seus atos em pareceres jurídicos elaborados por pessoas que possuíam interesse direto na indicação das empresas que, posteriormente, seriam escolhidas como gestora e administradora dos recursos dos Fidc NP”, informou a PF.

 

Taxas de comissão

Empresas indicadas para a administração dos fundos de investimento teriam direcionado taxas de comissão com o propósito de dividir esses valores entre os responsáveis pela indicação, que, segundo a PF, também atuavam no aconselhamento técnico-jurídico do Postalis.

 

“Além disso, por meio de transações dissimuladas, também foram direcionadas vantagens indevidas a gestores da entidade de previdência complementar dos Correios”, completa a nota.

 

Se condenados, os envolvidos poderão responder pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e corrupção passiva e ativa. As penas podem chegar a 42 anos de reclusão.

 

 

Fonte: Agência Brasil

1709/2021 - Metade Norte do RS deve ter muita chuva nesta sexta-feira

Há risco de granizo isolado em algumas localidades

Muitas nuvens cobrem a metade Norte do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira. E essa nebulosidade traz chuva forte a torrencial nestes locais, especialmente no Alto Uruguai, Planalto e Aparados. Deve haver trovoadas, com granizo localizado.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, na faixa central e região metropolitana, sol aparece entre nuvens, com aumento da nebulosidade e risco de chuva. No sul, sol entre nuvens. O dia começa frio e fica agradável ao longo da tarde.

Em Porto Alegre, o sol até parece, mas também pode haver chuva. A mínima na Capital deve ser de 12°C, e a máxima fica na casa dos 21°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Livramento 5°C / 24°C

Santa Rosa 13°C / 19°C

Vacaria 10°C / 15°C

Caxias do Sul 10°C / 17°C

Passo Fundo 12°C / 17°C

Erechim 12°C / 18°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

16/09/2021 - Homem é preso na BR-290 com mais de 300 aves silvestres

A Polícia Rodoviária Federal prendeu por volta das 23h30min desta quarta-feira (15) um homem de 21 anos com 318 aves silvestres. A prisão aconteceu no km 212 da BR-290 em frente ao posto da PRF de Pantano Grande.

 

Ao todo foram localizados em um veículo Ford Ka - com placa de Gravataí - 215 cardeais, 40 tupis, 20 azulões e 43 canários terra e pintacilgus. Segundo relato do preso à PRF, os passarinhos estavam sendo levados de Bagé para Porto Alegre. O homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Pantano Grande e os animais foram soltos no Rincão Gaia.

 

 

Fonte: Portal Arauto

16/09/2021 - Terremoto na província chinesa de Sichuan deixa três mortos

Ao menos 10 mil pessoas deixaram suas casas e seguiram para abrigos nesta quinta-feira

Três pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um terremoto a baixa profundidade nesta quinta-feira (16) na província de Sichuan, sudoeste da China, anunciaram as autoridades locais. Os serviços geológicos americanos avaliaram a magnitude do terremoto em 5,4 e o centro sismológico chinês estabeleceu uma magnitude 6. Os dois localizaram o tremor a 10 km da superfície.

 

O epicentro do tremor foi localizado no condado de Luxian, quase 120 quilômetros ao sudoeste da grande cidade de Chongqing, com 30 milhões de habitantes. As autoridades locais informaram o balanço de "três mortos, três feridos em estado crítico e 85 pessoas com ferimentos leves". Ao menos 10 mil pessoas deixaram suas casas e seguiram para abrigos, segundo o governo local.

 

Dezenas de casas na região desabaram e outras foram seriamente danificadas. A imprensa local publicou imagens do teto que cedeu em um hospital e de moradores nas ruas após avisos para não ficassem em locais fechados. A província de Sichuan foi o local de um potente terremoto de magnitude 7,9 em 2018, que deixou 87 mil mortos ou desaparecidos.

 

O serviço geológico americano assegurou em um comentário preliminar que "são prováveis danos significativos" e que "o desastre é potencialmente generalizado".

 

 

Fonte: Correio do Povo

16/09/2021 - Campanha alerta que família tem palavra final na doação de órgãos

"Seja Doador de Órgãos e Avise sua Família" é o slogan da ação

O Instituto Brasileiro do Fígado (Ibrafig) e a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) são parceiros na campanha "Seja Doador de Órgãos e Avise sua Família", lançada por ocasião do Setembro Verde, para conscientização da população sobre a importância da doação. A ação tem como objetivo alertar que a família tem a palavra final sobre a doação de órgãos. A iniciativa conta ainda com parceria da Sociedade Brasileira de Hepatologia, além de várias organizações não governamentais (ONGs).

 

De acordo com dados do Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), 1.126 pessoas estão na fila de espera por um transplante de fígado e mais de 45 mil pessoas aguardam por um transplante de órgãos sólidos e de tecidos.

 

O hepatologista Paulo Bittencourt, presidente do Ibrafig, destacou que cada doação feita pode salvar a vida de oito pessoas, a partir de um único doador. Lembrou, entretanto, que durante os quase dois anos de pandemia de covid-19, o número de doações por milhão de habitantes caiu para valores bem abaixo da meta necessária para reduzir a morbimortalidade das pessoas em fila de espera para transplantes. Por isso, afirmou que a campanha é urgente. “Sem o consentimento da família, não há doação, mesmo que a intenção do possível doador seja conhecida de todo o seu entorno”.

 

Abordagem

A opinião foi compartilhada pelo nefrologista Alexandre Tortoza Bignelli, coordenador do Serviço de Transplantes Renais do Hospital Universitário Cajuru (HUC), localizado em Curitiba e considerado referência em transplante de rins. Bignelli afirmou à Agência Brasil que, na hora da captação, a abordagem deve ser feita com a família da pessoa que desejava doar, “porque essa pessoa está em morte cerebral e é a família que vai dar a última palavra”. Lembrou que, em vida, a pessoa pode ser doadora de órgãos mas, se estiver em morte cerebral, não é ela que vai decidir, mas a família. “Se a família pensa diferente, não sai a captação. É importante ter essa conscientização”.

 

Outra coisa que se deve ter em foco é que a lista de espera é justa, destacou o nefrologista. “A distribuição de órgãos se faz por critérios de gravidade, como é o caso do fígado ou coração, ou por critério de compatibilidade ou genética (tipo de sangue). O órgão vai ser distribuído com equidade entre a população. Não tem ninguém que seja favorecido na lista, à exceção das crianças e jovens até 18 anos. Nessa faixa de idade, as crianças são priorizadas”. Isso não significa, porém, que não exista criança em lista de espera, disse Bignelli. Se houvesse maior captação, comentou, “essas crianças teriam mais chance de sair da lista”.

 

Pesquisa

A pesquisa Doação de Órgãos foi encomendada pelo Ibrafig, entre os dias 2 e 7 de agosto passado, ao Instituto Datafolha e ouviu 1.976 pessoas com 18 anos ou mais, moradoras em 129 municípios e pertencentes a todas as classes econômicas. O levantamento revelou que sete em cada dez brasileiros gostariam de ser doadores de órgãos ao morrer. Entretanto, cerca de metade desses potenciais doadores (46%) não informou à família sobre o seu desejo.

 

A sondagem mostrou ainda que a intenção de doação de órgãos diminui com a idade, sendo de 79% entre os entrevistados de 18 a 24 anos, e de 55% entre pessoas com 60 anos ou mais. O desejo de doar aumenta com a escolaridade. Alcança 56% entre pessoas com ensino fundamental, contra 79% dos brasileiros com ensino superior. A renda é outro fator que contribui para a maior intenção de doar: 55% nas classes D e E e 78%, nas classes A e B.

 

De todos os entrevistados, 30% declararam não querer doar seus órgãos ao morrer. Dezesseis por cento alegaram desejo de continuar inteiros ou não serem manipulados após a morte, 13% apresentaram motivos religiosos, 11% mostraram falta de vontade ou de interesse em doar, 9% citaram doenças pré-existentes.

 

Retrocesso

O Registro Brasileiro de Transplantes Janeiro-Julho 2021, editado pela ABTO, indica que o agravamento da pandemia de covid-19 em todo o pai?s aumentou a queda nas taxas de doac?a?o e de transplante, retrocedendo a números de 2014 nas taxas de doac?a?o em geral; ate? 2012, nas taxas de transplante de fígado e corac?a?o, até 2011, nos transplantes de pulma?o e ate? 2003, na taxa de transplante renal.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

16/09/2021 - Polícia faz operação contra quadrilha de agiotagem em cinco estados

Pelo menos 24 pessoas foram presas hoje

Policiais civis cumprem hoje (16) 65 mandados de prisão preventiva, além de mandados de busca e apreensão, contra acusados de agiotagem e extorsão no Rio de Janeiro. A operação Ábaco está sendo realizada também em Santa Catarina, Ceará, Minas Gerais e Espírito Santo.

 

Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, esse é o maior grupo criminoso de agiotagem do estado. Até as 7h30 de hoje, 24 pessoas já tinham sido presas.

 

As investigações, iniciadas há quase um ano, revelaram que a organização criminosa cobrava juros abusivos, que muitas vezes superavam 30% ao mês, além de receber dívidas antigas que já tinham sido pagas.

 

O grupo ainda praticava extorsão cobrando dívidas relativas a empréstimos que nunca existiram. De posse de dados das vítimas e de parentes delas, a quadrilha também fazia ameaças para provocar medo nas pessoas.

 

De acordo com a Polícia Civil, a organização criminosa chegou a manter 70 escritórios em várias cidades brasileiras.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

15/09/2021 - Casa onde Draco apreendeu 20 kg de drogas já havia sido alvo de ação em 2019

A fachada aparenta uma residência normal, lacrada por não ter moradores no momento. Dentro, porém, o ímóvel, localizado no bairro Santa Vitória, revela uma das estratégias da facção que domina o tráfico de drogas na região que antecede a distribuição para as chamadas "bocas de fumo": usar um local, até então insuspeito para os olhos dos leigos, para depositar drogas que chegam à cidade. A casa em questão, que tem aberturas fechadas por estruturas de PVC, foi alvo de cumprimento de mandado de busca e apreensão na manhã dessa terça-feira (14). No imóvel, agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizada (Draco) encontraram 19 tijolos de maconha, pesando no total 14.300 kg; 12 porções de cocaína, dois tijolos cocaína - totalizando 3,5 kg -; um tijolo de crack - pesando 1,14 kg -; 280 munições de calibre .38, além de duas munições calibre 9 mm.

 

O que chamou a atenção da Polícia Civil foi o mesmo imóvel já ter sido alvo de uma ação da Draco. Em dezembro de 2019, 1,7 mil petecas de cocaína e uma espingarda foram apreendidas no local, além de rádio comunicadores. "É uma casa toda fechada, gradeada. De uma forma que quem passa na rua não enxerga nada dentro. As drogas e munições apreendidas pertencem, claramente, a um grupo que atua no tráfico na região do bairro Santa Vitória", destaca o titular da Draco, delegado Marcelo Chiara Teixeira.

 

A investigação buscará agora elementos para identificar os responsáveis pelo esquema do tráfico no local. A apuração mostra que antes de ir para as bocas de fumo, as drogas são levadas à residência em questão. No local, usado como depósito, os entorpecentes ficam por pouco tempo e logo vão para as mãos dos traficantes. A suspeita, por exemplo, é de que a droga apreendida na manhã dessa quinta tenha chegado poucas horas antes da apreensão, logo após a chuva ter parado.

 

 

Fonte: Portal Arauto

15/09/2021 - Governo do RS retira urgência do PL sobre regionalização do saneamento

Prefeitos da Granpal sinalizaram que não iriam aderir sem mudanças nas propostas

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul decidiu, na noite desta terça-feira, retirar a urgência do projeto de lei (PL) 210/2021, na Assembleia Legislativa. O Piratini tomou a atitude sobre o texto que trata da regionalização do saneamento após um ultimato dos prefeitos da Associação dos Municípios da Grande Porto Alegre (Granpal).

 

A Granpal informou que as cidades não devem integrar as Unidades Regionais de Saneamento Básico estabelecidas pelo Executivo nas propostas encaminhadas ao Legislativo, caso não ocorram “correções” no modelo proposto. Além do 210, tramita na Assembleia, sem regime de urgência, o PL 234/2021, que trata da regionalização do saneamento nas cidades não atendidas pela Corsan.

 

O ofício, assinado pelo prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), que preside a Granpal, foi encaminhado tanto para o presidente da Casa, deputado Gabriel Souza (MDB), como para os gabinetes dos demais 54 deputados.

No documento, os prefeitos assinalam preocupação com o que apontam como “ausência de critérios técnicos” nos projetos de lei que tratam da regionalização do saneamento, e reafirmam que não há identidade nos agrupamentos de cidades definidos pelo Executivo para a divisão.

 

Fonte: Correio do Povo

15/09/2021 - Receita Federal do Paraná apreende droga desconhecida da ciência vinda da Holanda

Droga foi identificada como "canabinoide sintético desconhecido"

Agentes da Receita Federal encontraram, no último dia 26 de agosto, no Centro Internacional dos Correios, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, durante inspeção de rotina, 1,2 kg de uma substância amarela compactada e dividida em cinco volumes originários da Holanda. O destino seria a capital paulista.

 

O caso, porém, foi divulgado só no dia 13, após análise do Laboratório Multiusuário de Ressonância Magnética Nuclear, da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Segundo o resultado da análise, a droga foi identificada como "canabinoide sintético desconhecido", por ainda não constar na literatura científica.

 

A droga foi descoberta após passar pelo aparelho de scanner e em seguida ter sido farejada pelos cães de faro que estavam no local. Em seguida, o material foi encaminhado para ser analisado pelos especialistas.

 

A receita Federal divulgou, por meio da assessoria, o laudo do laboratório. "A análise exaustiva dos dados de RMN obtidos para a amostra e a comparação destes com a literatura, permitiu concluir que se trata de uma substância da classe dos canabinoides sintéticos. Além disso, os dados permitiram concluir que se trata de um novo canabinoide sintético, ainda não descrito na literatura", concluiu.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

15/09/2021 - Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial

Dinheiro também pode ser transferido para conta corrente

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em setembro podem sacar, a partir de hoje (15), a quinta parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 28 de agosto.

 

O calendário é organizado em ciclos de crédito em conta e de saque em espécie, de acordo com o mês de nascimento. O saque pode ser feito nas agências da Caixa, lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

 

Para a retirada do dinheiro, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

 

Agora, os recursos também podem ser transferidos para uma conta corrente, sem o pagamento de tarifas, e ainda podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível pagar boletos e contas, como água e telefone, fazer compras pela internet e pelas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, com o cartão de débito virtual e QR Code.

 

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

Regras

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

 

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

 

Pelas regras estabelecidas, o auxílio é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não houve nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

 

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício. A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o pagamento do auxílio em 2021.

 

 

Fonte: Agência Brasil

14/09/2021 - Frente fria avança, mas chuva permanece no RS nesta terça-feira

Há chance de temporais isolados, com vento e granizo, na metade Norte

A frente fria avança, mas os temporais seguem no Rio Grande do Sul nesta terça-feira. A chuva, ao longo do dia, se concentra na metade Norte. Nesses lugares, há risco de temporais isolados, com vento forte e granizo.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, no Oeste e Sul, o céu permanece encoberto, com muita nebulosidade. Há chance de chuva ou garoa em diferentes pontos, mas com baixos volumes. O ar frio ingressa, e a temperatura cai a partir da noite.

 

Em Porto Alegre, o sol aparece, mas deve haver chuva. A mínima na Capital é de 15°C, e a máxima não ultrapassa os 21°C.

Mínimas e máximas no RS

Santiago 12°C / 19°C

Vacaria 13°C / 17°C

Capão da Canoa 15°C / 21°C

Erechim 14°C / 21°C

Santa Maria 13°C / 21°C

Torres 16°C / 22°C

 

Fonte: Correio do Povo

14/09/2021 - Caminhão despenca de viaduto, pega fogo e explode em SC

Confira o vídeo do acidente aconteceu em Palhoça, na região metropolitana de Florianópolis

Um caminhão despencou de um viaduto, pegou fogo e, em seguida, explodiu no km 216,1 da rodovia BR-101, em Palhoça (SC), na região metropolitana de Florianópolis nesta terça-feira. A tragédia ocorreu no trevo de acesso ao bairro Arirú, por volta das 8h10.

Caminhão despenca de viaduto, pega fogo e explode em SC

Confira o vídeo do acidente aconteceu em Palhoça, na região metropolitana de Florianópolis   

O número de vítimas e o número de carros envolvidos ainda não foram confirmados

O número de vítimas e o número de carros envolvidos ainda não foram confirmados | Foto: Divulgação

Um caminhão despencou de um viaduto, pegou fogo e, em seguida, explodiu no km 216,1 da rodovia BR-101, em Palhoça (SC), na região metropolitana de Florianópolis nesta terça-feira. A tragédia ocorreu no trevo de acesso ao bairro Arirú, por volta das 8h10

- Canoas registra primeira semana sem óbitos por Covid-19

- Caxias do Sul registra quatro óbitos por Covid-19 em lar para idosos

- Itaqui realiza vacinação no interior do município nesta quarta e quinta-feira

O Corpo de Bombeiros Militar, ambulâncias da concessionária que administra a via e agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) foram chamados para atender a ocorrência.

O número de vítimas e o número de carros envolvidos ainda não foram confirmados. Conforme a PRF, apesar do acidente, ainda não há um grande congestionamento no local. O tráfego flui com lentidão pela faixa esquerda da pista, segundo a concessionária.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

14/09/2021 - Draco apreende 20 kg de drogas em Santa Cruz

Uma ação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizada (Draco) resultou na apreensão de grande quantidade de drogas nesta terça-feira (14) em Santa Cruz. A apreensão de 20 kg de entorpecentes - durante cumprimento de mandado de busca e apreensão - foi realizada em uma residência localizada no Bairro Santa Vitória.

 

Ao todo, foram apreendidos pela Polícia Civil 19 tijolos de maconha - de 14.300 kg -; 12 porções de cocaína, dois tijolos cocaína - totalizando 3,5 kg -; um tijolo de crack - pesando 1,14 kg -; 280 munições de calibre .38, além de duas munições calibre 9 mm. A cocaína encontrada é pura, denominada escama. Trata-se de uma das maiores apreensões de drogas neste ano em Santa Cruz.

 

De acordo com o delegado titular da Draco, Marcelo Chiara Teixeira, não havia ninguém na residência no momento da ação e a suspeita é de que o local seja usado de fato apenas para depósito de drogas e munições. "A partir de agora, instaurado o inquérito, daremos prosseguimento às investigações. As drogas e munições apreendidas pertencem, claramente, a um grupo que atua no tráfico na região do Bairro Santa Vitória", destaca.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

14/09/2021 - Decreto antecipa flexibilização da tutela de postos a distribuidoras

Consumidor deve ser informado sobre origem do combustível

O presidente Jair Bolsonaro publicou, no Diário Oficial da União de hoje (14), um decreto que obriga os revendedores varejistas de combustíveis automotivos a identificar - de forma “destacada e de fácil visualização” - a origem do combustível comercializado.

 

A medida vale para os revendedores que vendem combustíveis de marcas diferentes da exibida nos postos de revenda. Segundo a Secretaria-Geral da Presidência da República, a decisão flexibiliza a chamada “tutela à bandeira”, pondo fim às restrições impostas aos postos que optem por exibir a marca comercial de um distribuidor, ditos “bandeirados”, que eram proibidos de comercializar combustível de outros fornecedores.

 

O decreto disciplina a aplicação de uma norma legal prevista na Medida Provisória (MP) 1.063, publicada em agosto. Posteriormente, uma outra MP autorizou a regulamentação dessa matéria por meio de decreto presidencial enquanto não estiver vigente a norma da agência reguladora.

 

“As disposições do decreto visam, em especial, assegurar que o consumidor seja devidamente informado sobre a origem do combustível que está adquirindo, que deverá ser identificada de forma destacada e de fácil visualização. Nesse sentido, os postos ficam obrigados a expor em cada bomba medidora o CNPJ [Cadastro de Pessoas Jurídicas] e também o nome de fantasia ou a razão social do fornecedor”, justificou a Secretaria-Geral, ao informar que o painel de preços do revendedor deverá exibir também o nome fantasia de seu fornecedor.

Ainda segundo a secretaria, a medida possibilita a antecipação da flexibilização da tutela à bandeira, enquanto a Agência Nacional do Petróleo (ANP) finaliza o rito processual regulatório, de forma a cumprir os objetivos de ampliação da competição no setor de combustíveis.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

13/09/2021 - Fique atento aos prazos para realizar a prova de vida no INSS

Mais de 7,3 milhões de beneficiários precisam atualizar seu cadastro

Mais de 7,3 milhões de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda precisam fazer a prova de vida até dezembro de 2021. Quem não cumprir a exigência terá sanções que podem chegar à suspensão do pagamento de benefícios por falta de atualização cadastral.

 

Com a decisão do presidente Jair Bolsonaro de vetar a suspensão da prova de vida até dezembro de 2021, que foi aprovada pelo Congresso, os beneficiários do INSS precisam ficar atentos ao calendário.

 

O prazo varia conforme o mês em que o recadastramento deveria ter sido feito em 2020. Quem faria a prova de vida em setembro ou outubro de 2020 e ainda não fez a atualização deve realizar o procedimento até o dia 30 de setembro deste ano.

 

Em outubro, será a vez de quem teria que fazer a comprovação em novembro e dezembro de 2020.? O segurado não é obrigado a esperar até o mês em que o prazo dele acaba.

 

Etapas

A não realização do cadastramento não implica em cancelamento imediato do benefício, antes disso há outras duas etapas: bloqueio e suspensão do pagamento. Durante o mês de setembro, quem teve o benefício bloqueado em junho entra agora na etapa de suspensão. Se ainda assim não atualizar os dados nessa segunda etapa, o benefício será cancelado.

 

Cortes

Segurados que já tiverem seus benefícios bloqueados e suspensos podem reativá-los diretamente no banco. Benefícios cancelados também podem ser reativados. Nesse caso, o segurado terá que ligar para a central 135 e agendar o serviço de reativação de benefício. Esse procedimento também pode ser feito pelo aplicativo Meu INSS. Após acessar o Meu INSS com o número do CPF e a senha cadastrada, busque por Reativar Benefício, na lupa.

 

O recadastramento é feito no banco onde o aposentado ou pensionista recebe seu benefício (no guichê de atendimento, pelo caixa eletrônico e até pelo internet banking, em alguns casos).

 

Maiores de 80

Maiores de 80 anos e pessoas a partir de 60 anos que tenham dificuldade de locomoção podem fazer a prova de vida em domicílio. O beneficiário ou um familiar pode agendar, pelo 135 ou pelo Meu INSS, uma visita de um funcionário do órgão. Os segurados com biometria cadastrada no TSE (via título de eleitor) e no Detran podem fazer a prova de vida digital, por meio do Meu INSS.

 

Vencimento

O mês original de renovação da prova de vida é estabelecido pelo banco que paga o benefício. O critério varia de acordo com cada instituição:

 

Caixa - O vencimento se dá em até um ano da última prova de vida realizada

Banco do Brasil - A prova de vida é feita no mês de aniversário do beneficiário

Bradesco - O vencimento da prova de vida é o mês em que o cliente recebeu o primeiro pagamento

Itaú Unibanco - O vencimento ocorre quando completado um ano após a realização do último procedimento

Santander - O vencimento da prova de vida ocorre anualmente com base na data da concessão da aposentadoria

Segundo o INSS, desde o ano passado, mesmo no período em que a prova de vida deixou de ser obrigatória, por conta da pandemia de covid-19, mais de 28,7 milhões de beneficiários fizeram o procedimento.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

13/09/2021 - RS tem o menor número de pacientes com Covid-19 em UTIs desde julho de 2020

SES reportou mais nove vítimas fatais do coronavírus nesta segunda-feira

O Rio Grande do Sul reportou mais nove óbitos por Covid-19 nesta segunda-feira, além de 330 novos casos. Conforme a atualização da Secretaria Estadual da Saúde (SES), o Estado passa a somar 34.492 óbitos relacionados ao coronavírus, além de 1.419.604 diagnósticos da doença. As vítimas reportadas pela SES tinham entre 53 e 88 anos e eram residentes de sete município diferentes. As mortes ocorreram entre 13 de agosto e 12 de setembro.

 

Com uma leve alta na comparação com a véspera, a ocupação dos leitos de UTI da rede hospitalar gaúcha às 15h desta segunda-feira estava em 55,7% no RS. Eram 1.862 pacientes internados para 3.340 leitos disponíveis. Do contingente, 423 pessoas estavam com Covid-19, enquanto 117 eram considerados casos suspeitos.

 

O total de pacientes com Covid internados em terapia intensiva é o menor em 438 dias, desde 2 de julho de 2020. Naquela data, em meio ao primeiro pico da pandemia no RS, haviam 417 pessoas internadas. Seis meses atrás, em meio ao colapdo do sistema de saúde, o total de internados em UTI em razão da Covid superou os 2,6 mil.

 

O viés de queda também se mostra no número de pacientes em leitos clínicos. Nesta segunda, eram 445 – patamar semelhante ao de junho de 2020.

 

Mais da metade dos adultos com o ciclo vacinal completo

Com vacina à disposição de toda a população adulta e adolescentes com comorbidades, além de estar às vésperas de iniciar a imunização em adolescentes sem comorbidades, o Rio Grande do Sul já tem mais da metade do público vacinável com o ciclo vacinal completo – com duas doses ou a dose única. São quase 4,7 milhõs de pessoas nesta situação, o que corresponde a 41,1% da população residente do Estado.

Com relação à primeira dose, ela já foi aplicada em mais de 7,7 milhões de pessoas, o que corresponde a 90,3% do público adulto e 71,1% do total de residentes.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/09/2021 - Polícia Civil indicia 38 pessoas pela queda do deck na ilha das Flores, em Porto Alegre

Cinco foram responsabilizados diretamente pelo desabamento que provocou uma morte e feriu 15 durante festa em 18 de julho

A Polícia Civil indiciou 38 pessoas no caso do desabamento de um deck de um restaurante na rua do Pescador, na Ilha das Flores, em Porto Alegre, durante uma festa na noite de um domingo, dia 18 de julho deste ano. Na queda da estrutura, junto ao rio Jacuí, uma jovem de 26 anos morreu e ao menos 15 ficaram feridos, sendo que uma com maior gravidade.

 

A investigação foi realizada pela 4ª DP, sob comando da delegada Laura Lopes. Na manhã desta segunda-feira, em uma entrevista coletiva à imprensa no Palácio da Polícia, ela anunciou que o inquérito já foi enviado para a Justiça, acompanhado do laudo do Instituto-Geral de Perícias. “Houve uma série de irregularidades”, constatou. Apenas três feridos representaram criminalmente.

 

De acordo com a titular da 4ª DP, cinco dos indiciados foram responsabilizados diretamente pelo fato. Tratam-se da proprietária do restaurante, junto com o marido, que recebiam valores por cada evento promovido, além do locatário que explorava o imóvel e que alugou para a realização de uma festa, que vão responder por homicídio com dolo eventual e lesões corporais. “Eles tinham ciência de que aquele local estava completamente deteriorado, inclusive está pois estava expresso no contrato de aluguel que havia uma deterioração pelo tempo”, observou a delegada Laura Lopes. “Assumiram o risco de ali fazerem o evento”, frisou.

 

Já o organizador do evento e um bombeiro civil que estava presente foram responsabilizados por homicídio culposo e lesão culposa. “Eles não tinham a ciência de que estava deteriorado, mas deveriam tomar certos cuidados para fazer aquele evento, quando alugaram o espaço para fazer a festa”, esclareceu.

 

A infração de medida sanitária também foi aplicada aos cincos e para 33 pessoas, visto que ocorreu o desrespeito aos decretos relativos à pandemia da Covid-19 devido à festa clandestina, aglomeração e falta do uso de máscaras. A delegada Laura Lopes destacou ainda que o local tinha alvará apenas para funcionar como restaurante e pizzaria, mas “não tinha permissão para aquele evento”.

 

Ela salientou ainda as inexistências de plano de prevenção contra incêndios do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, licença da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul e autorização da Marinha do Brasil, bem como anotação de responsabilidade técnica assinada por algum engenheiro em relação ao deck.

 

Além disto, apontou a titular da 4ª DP, o local encontrava-se com uma interdição cautelar emitida pela Guarda Municipal em janeiro deste ano, quando foi flagrada na ocasião uma aglomeração. “Não poderiam estar funcionando em razão da interdição cautelar”, avaliou.

 

Segundo a delegada Laura Lopes, o palco do deck sacudia durante a festa. “Era bem visível”, sintetizou. Ela estimou que a festa reuniu entre 80 e 120 pessoas, mas apenas 38 foram identificadas nas investigações.

 

PERÍCIA

 

Por sua vez, o Instituto-Geral de Perícias detalhou o resultado do trabalho realizado no local do acidente. “Uma falha estrutural, aliada à deterioração do madeiramento, causou o desabamento”, resumiu o IGP em nota oficial, ao revelar a conclusão do laudo elaborado pelo Departamento de Criminalística do IGP. Por mais de uma vez, os peritos criminais buscaram vestígios e realizaram análises para compreender a dinâmica do fato.

 

Polícia Civil indicia 38 pessoas pela queda do deck na ilha das Flores, em Porto Alegre

Cinco foram responsabilizados diretamente pelo desabamento que provocou uma morte e feriu 15 durante festa em 18 de julho

 

13/09/2021 | 11:56

Correio do Povo

   

Entrevista coletiva sobre envio do inquérito ocorreu no Palácio da Polícia

Entrevista coletiva sobre envio do inquérito ocorreu no Palácio da Polícia | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

 

 

A Polícia Civil indiciou 38 pessoas no caso do desabamento de um deck de um restaurante na rua do Pescador, na Ilha das Flores, em Porto Alegre, durante uma festa na noite de um domingo, dia 18 de julho deste ano. Na queda da estrutura, junto ao rio Jacuí, uma jovem de 26 anos morreu e ao menos 15 ficaram feridos, sendo que uma com maior gravidade.

 

A investigação foi realizada pela 4ª DP, sob comando da delegada Laura Lopes. Na manhã desta segunda-feira, em uma entrevista coletiva à imprensa no Palácio da Polícia, ela anunciou que o inquérito já foi enviado para a Justiça, acompanhado do laudo do Instituto-Geral de Perícias. “Houve uma série de irregularidades”, constatou. Apenas três feridos representaram criminalmente.

 

De acordo com a titular da 4ª DP, cinco dos indiciados foram responsabilizados diretamente pelo fato. Tratam-se da proprietária do restaurante, junto com o marido, que recebiam valores por cada evento promovido, além do locatário que explorava o imóvel e que alugou para a realização de uma festa, que vão responder por homicídio com dolo eventual e lesões corporais. “Eles tinham ciência de que aquele local estava completamente deteriorado, inclusive está pois estava expresso no contrato de aluguel que havia uma deterioração pelo tempo”, observou a delegada Laura Lopes. “Assumiram o risco de ali fazerem o evento”, frisou.

 

 

Já o organizador do evento e um bombeiro civil que estava presente foram responsabilizados por homicídio culposo e lesão culposa. “Eles não tinham a ciência de que estava deteriorado, mas deveriam tomar certos cuidados para fazer aquele evento, quando alugaram o espaço para fazer a festa”, esclareceu.

 

A infração de medida sanitária também foi aplicada aos cincos e para 33 pessoas, visto que ocorreu o desrespeito aos decretos relativos à pandemia da Covid-19 devido à festa clandestina, aglomeração e falta do uso de máscaras. A delegada Laura Lopes destacou ainda que o local tinha alvará apenas para funcionar como restaurante e pizzaria, mas “não tinha permissão para aquele evento”.

 

Ela salientou ainda as inexistências de plano de prevenção contra incêndios do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, licença da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul e autorização da Marinha do Brasil, bem como anotação de responsabilidade técnica assinada por algum engenheiro em relação ao deck.

 

 

Além disto, apontou a titular da 4ª DP, o local encontrava-se com uma interdição cautelar emitida pela Guarda Municipal em janeiro deste ano, quando foi flagrada na ocasião uma aglomeração. “Não poderiam estar funcionando em razão da interdição cautelar”, avaliou.

 

Segundo a delegada Laura Lopes, o palco do deck sacudia durante a festa. “Era bem visível”, sintetizou. Ela estimou que a festa reuniu entre 80 e 120 pessoas, mas apenas 38 foram identificadas nas investigações.

 

PERÍCIA

 

Por sua vez, o Instituto-Geral de Perícias detalhou o resultado do trabalho realizado no local do acidente. “Uma falha estrutural, aliada à deterioração do madeiramento, causou o desabamento”, resumiu o IGP em nota oficial, ao revelar a conclusão do laudo elaborado pelo Departamento de Criminalística do IGP. Por mais de uma vez, os peritos criminais buscaram vestígios e realizaram análises para compreender a dinâmica do fato.

 

 

“O laudo pericial afirma que duas vigas longitudinais de madeira, que formavam parte da estrutura do deck,se romperam, levando a sucessivos rompimentos das vigas transversais, que se apoiavam a elas”, informou o IGP no comunicado. “Como consequência, uma área de aproximadamente 4,80 x 8,80 metros desabou sobre a água, que tinha profundidade de até 1,5 metro naquela região”, explicou.

 

O IGP calculou que cerca de 50 pessoas estavam na parte colapsada do assoalho. Uma delas morreu em decorrência da queda na água e outras 15 tiveram lesões.

 

“Para a perícia, a estrutura que dava suporte ao assoalho não apresentou resistência suficiente para suportar a carga oriunda da presença de público e da tenda que havia sido instalada sobre o assoalho. O madeiramento estava degradado pelo ataque de agentes biológicos e intempéries”, avaliou o IGP.

Polícia Civil indicia 38 pessoas pela queda do deck na ilha das Flores, em Porto Alegre

Cinco foram responsabilizados diretamente pelo desabamento que provocou uma morte e feriu 15 durante festa em 18 de julho

 

13/09/2021 | 11:56

Correio do Povo

   

Entrevista coletiva sobre envio do inquérito ocorreu no Palácio da Polícia

Entrevista coletiva sobre envio do inquérito ocorreu no Palácio da Polícia | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

 

 

A Polícia Civil indiciou 38 pessoas no caso do desabamento de um deck de um restaurante na rua do Pescador, na Ilha das Flores, em Porto Alegre, durante uma festa na noite de um domingo, dia 18 de julho deste ano. Na queda da estrutura, junto ao rio Jacuí, uma jovem de 26 anos morreu e ao menos 15 ficaram feridos, sendo que uma com maior gravidade.

 

A investigação foi realizada pela 4ª DP, sob comando da delegada Laura Lopes. Na manhã desta segunda-feira, em uma entrevista coletiva à imprensa no Palácio da Polícia, ela anunciou que o inquérito já foi enviado para a Justiça, acompanhado do laudo do Instituto-Geral de Perícias. “Houve uma série de irregularidades”, constatou. Apenas três feridos representaram criminalmente.

 

De acordo com a titular da 4ª DP, cinco dos indiciados foram responsabilizados diretamente pelo fato. Tratam-se da proprietária do restaurante, junto com o marido, que recebiam valores por cada evento promovido, além do locatário que explorava o imóvel e que alugou para a realização de uma festa, que vão responder por homicídio com dolo eventual e lesões corporais. “Eles tinham ciência de que aquele local estava completamente deteriorado, inclusive está pois estava expresso no contrato de aluguel que havia uma deterioração pelo tempo”, observou a delegada Laura Lopes. “Assumiram o risco de ali fazerem o evento”, frisou.

 

 

Já o organizador do evento e um bombeiro civil que estava presente foram responsabilizados por homicídio culposo e lesão culposa. “Eles não tinham a ciência de que estava deteriorado, mas deveriam tomar certos cuidados para fazer aquele evento, quando alugaram o espaço para fazer a festa”, esclareceu.

 

A infração de medida sanitária também foi aplicada aos cincos e para 33 pessoas, visto que ocorreu o desrespeito aos decretos relativos à pandemia da Covid-19 devido à festa clandestina, aglomeração e falta do uso de máscaras. A delegada Laura Lopes destacou ainda que o local tinha alvará apenas para funcionar como restaurante e pizzaria, mas “não tinha permissão para aquele evento”.

 

Ela salientou ainda as inexistências de plano de prevenção contra incêndios do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, licença da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul e autorização da Marinha do Brasil, bem como anotação de responsabilidade técnica assinada por algum engenheiro em relação ao deck.

 

 

Além disto, apontou a titular da 4ª DP, o local encontrava-se com uma interdição cautelar emitida pela Guarda Municipal em janeiro deste ano, quando foi flagrada na ocasião uma aglomeração. “Não poderiam estar funcionando em razão da interdição cautelar”, avaliou.

 

Segundo a delegada Laura Lopes, o palco do deck sacudia durante a festa. “Era bem visível”, sintetizou. Ela estimou que a festa reuniu entre 80 e 120 pessoas, mas apenas 38 foram identificadas nas investigações.

 

PERÍCIA

 

Por sua vez, o Instituto-Geral de Perícias detalhou o resultado do trabalho realizado no local do acidente. “Uma falha estrutural, aliada à deterioração do madeiramento, causou o desabamento”, resumiu o IGP em nota oficial, ao revelar a conclusão do laudo elaborado pelo Departamento de Criminalística do IGP. Por mais de uma vez, os peritos criminais buscaram vestígios e realizaram análises para compreender a dinâmica do fato.

 

 

“O laudo pericial afirma que duas vigas longitudinais de madeira, que formavam parte da estrutura do deck,se romperam, levando a sucessivos rompimentos das vigas transversais, que se apoiavam a elas”, informou o IGP no comunicado. “Como consequência, uma área de aproximadamente 4,80 x 8,80 metros desabou sobre a água, que tinha profundidade de até 1,5 metro naquela região”, explicou.

 

O IGP calculou que cerca de 50 pessoas estavam na parte colapsada do assoalho. Uma delas morreu em decorrência da queda na água e outras 15 tiveram lesões.

 

“Para a perícia, a estrutura que dava suporte ao assoalho não apresentou resistência suficiente para suportar a carga oriunda da presença de público e da tenda que havia sido instalada sobre o assoalho. O madeiramento estava degradado pelo ataque de agentes biológicos e intempéries”, avaliou o IGP.

 

 

“O laudo afirma ainda que havia o risco de um dano ainda maior, pois outras áreas que não desabaram também estavam deterioradas. E considera que, para a realização de eventos como o do momento da tragédia, seria necessária uma análise prévia de empresa ou profissional de engenharia, para avaliar a real capacidade de carga do pavimento e se este comportaria as cargas, seguindo os valores mínimos previstos pelas normas técnicas vigentes”, concluiu na nota oficial.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/09/2021 - Vocalista da banda gaúcha Garotos de Ouro morre em acidente de trânsito em Santa Catarina

Airton Machado dirigia ônibus do grupo de música tradicionalista na BR 282, em Águas Mornas, na Grande Florianópolis

Um dos fundadores e vocalista da banda tradicionalista gaúcha Garotos de Ouro, o músico e compositor Airton Machado, 62 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira em um acidente de trânsito em Santa Catarina. A ocorrência mobilizou a Polícia Rodoviária Federal.

 

Ele conduzia o ônibus Mercedes-Benz, com placas de Criciúma, veículo oficial do conjunto musical, que saiu da pista e chocou-se por volta da 1h40min contra um paredão de pedras ao lado do km 44,2 da BR 282, no município de Águas Mornas, na Grande Florianópolis.

 

A esposa dele, Renata Machado, 32 anos, ficou gravemente ferida, sendo socorrida e hospitalizada. Os demais integrantes do grupo viajavam em veículos próprios. Todos retornavam de São Joaquim, onde fizeram um show no sábado passado em um clube.

 

Airton Machado e o irmão Ivonir Machado fundaram a banda Garotos de Ouro em 1976, em Cruz Alta. O grupo possui 18 discos de estúdio, cinco ao vivo e participação em nove coletâneas. Na próxima quarta-feira, dia 15, a vítima completaria 63 anos de idade. Ele residia na cidade catarinense de Içara.

 

 

Fonte: Correio do Povo

10/09/2021 - Caso Henry Borel: Justiça vai ouvir testemunhas de acusação

 

O juízo da 2ª Vara Criminal do Rio de Janeiro marcou para 6 de outubro a audiência visando ouvir testemunhas de acusação do processo sobre a morte do menino Henry Borel. As testemunhas de defesa devem ser ouvidas em outra data, após o encerramento da prova da acusação.

 

O ex-vereador Jairo Souza dos Santos Júnior, conhecido como Dr. Jairinho, e a mãe de Henry, a professora Monique Medeiros, foram denunciados e presos pelo crime.

 

A juíza Elizabeth Machado Louro, da 2ª Vara Criminal, autorizou a presença dos dois acusados na sessão de depoimentos de 6 de outubro, mas eles não serão interrogados neste dia.

 

Jairinho e Monique foram presos em abril, depois que se tornaram suspeitos de matar a criança, de 4 anos de idade, no apartamento do casal, na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

 

Fonte: Agência Brasil

10/09/2021 - Bloqueios de rodovias foram encerrados, diz Ministério da Infraestrutura

Manifestantes seguem protestando em três estados (RS, SC e RO), mas não há comprometimento para o fluxo de veículos nas vias

O governo federal divulgou, no início da manhã desta sexta-feira, que não há mais bloqueios em rodovias federais por parte de caminhoneiros. Segundo informe mais recente do Ministério da Infraestrutura, feito com base em informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), às 7h30 havia alguns pontos de concentração de manifestantes, que caíram 45% desde a noite de quinta-feira (9), e se resumiam a três estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rondônia.

 

"Nos estados de Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santos e Paraná não há mais qualquer ponto de retenção na malha federal. Há aglomerações sem prejuízo ao livre fluxo de veículos no Mato Grosso e no Pará", diz o boletim do ministério.

 

Desde a noite de quarta, quando o protesto começou, o governo está mobilizado para convencer os caminhoneiros a liberar as rodovias ao redor do país. A categoria iniciou as manifestações para apoiar o presidente Jair Bolsonaro e criticar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

O movimento, porém, não é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, que chegou a enviar na madrugada de ontem um áudio aos caminhoneiros para pedir o fim dos bloqueios. A Confederação Nacional do Transporte (CNT), que representa empresas do setor, também negou apoio à greve.

O governo teme que a paralisação possa se estender e comprometer ainda mais a economia. Ontem, o IBGE divulgou o novo índice da inflação oficial (IPCA), que avançou 0,87% em agosto, maior alta para o mês em 21 anos.

Bolsonaro disse nesta quinta-feira, em sua live semanal, que alguns bloqueios devem se manter até o próximo domingo (12). O chefe do executivo federal se reuniu com lideranças do movimento durante a tarde para desmobilizar as manifestações.

 

"Estive hoje à tarde, com 12 pessoas, a maioria caminhoneiros. Falaram que iam manter o movimento até o domingo. É um direito deles. Eu não influencio nessa área. Fui bem claro. Se passar de domingo, passa a ter problemas seríssimos na economia, aumenta a inflação", relatou.

 

 

Fonte: Correio do Povo

10/09/2021 - Trabalhadores nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial

Parcela foi depositada em 25 de agosto

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em junho podem sacar, a partir de hoje (10), a quinta parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 25 de agosto.

 

O calendário é organizado em ciclos de crédito em conta e de saque em espécie, de acordo com o mês de nascimento. O saque pode ser feito no caixa eletrônico das agências da Caixa ou nas lotéricas. Os recursos também podem ser transferidos para uma conta corrente, sem o pagamento de tarifas.

 

O dinheiro ainda pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível pagar boletos e contas, como água e telefone, fazer compras pela internet e pelas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, com o cartão de débito virtual e QR Code.

 

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

 

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

 

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

 

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não houve nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

 

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício. A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial.

 

Fonte: Agência Brasil

10/09/2021 - Sol aparece entre nuvens no Rio Grande do Sul nesta sexta

Dia começa com frio, mas temperatura fica amena pela tarde no Estado

O sol aparece entre nuvens nesta sexta-feira no Rio Grande do Sul. De acordo com a MetSul Meteorologia, o dia começa com nebulosidade em parte do Oeste e no Sul gaúcho, mesmo com chance de precipitação leve em alguns pontos. O tempo abre pela tarde e o sol predomina no Estado.

 

O ar mais frio que foi impulsionado pelo ciclone extratropical no Rio da Prata deixa a madrugada e amanhecer com temperaturas baixas, mas no período da tarde o clima fica ameno e agradável. O vento ainda sopra moderado e com rajadas ocasionais no começo do dia no Leste gaúcho, mas cederá.

 

Em Porto Alegre, a sexta-feira será de tempo firme com sol entre nuvens. As marcas ficam entre 13ºC e 19°C.

Sol aparece entre nuvens no Rio Grande do Sul nesta sexta

Dia começa com frio, mas temperatura fica amena pela tarde no Estado

 

O sol aparece entre nuvens nesta sexta-feira no Rio Grande do Sul. De acordo com a MetSul Meteorologia, o dia começa com nebulosidade em parte do Oeste e no Sul gaúcho, mesmo com chance de precipitação leve em alguns pontos. O tempo abre pela tarde e o sol predomina no Estado.

 

O ar mais frio que foi impulsionado pelo ciclone extratropical no Rio da Prata deixa a madrugada e amanhecer com temperaturas baixas, mas no período da tarde o clima fica ameno e agradável. O vento ainda sopra moderado e com rajadas ocasionais no começo do dia no Leste gaúcho, mas cederá.

 

Em Porto Alegre, a sexta-feira será de tempo firme com sol entre nuvens. As marcas ficam entre 13ºC e 19°C.

 

 

Mínima e Máxima

São José dos Ausentes 5°C | 16°C

Bagé 11°C | 17°C

Santiago 9°C 17°C

Santana do Livramento 10°C | 18°C

Passo Fundo 8°C | 18°C

Alegrete 9°C | 19°C

Uruguaiana 9°C | 20°C

Torres 13°C | 21°C

 

Fonte: Correio do Povo

09/09/2021 - Puxada pelos combustíveis, inflação oficial fecha agosto em 0,87%

Em 12 meses, inflação medida pelo IPCA atinge 9,68%

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou agosto com alta de 0,87%, a maior inflação para o mês desde o ano 2000. Com isso, o indicador acumula altas de 5,67% no ano e de 9,68% nos últimos 12 meses, o maior acumulado desde fevereiro de 2016, quando o índice alcançou 10,36%. Em agosto do ano passado, a variação foi de 0,24%. Os dados foram divulgado hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Entre os nove grupos e serviços pesquisados pelo instituto, oito subiram em agosto, com destaque para os transportes, com alta de 1,46%, puxado pelos combustíveis. A gasolina subiu 2,80% o etanol 4,50%, gás veicular 2,06% e óleo diesel 1,79%.

 

Já o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) teve alta de 0,88% em agosto, 0,14 ponto percentual abaixo do resultado de julho, quando a alta foi de 1,02%. No ano, o indicador acumula elevação de 5,94% e em 12 meses chega a 10,42%, acima dos 9,85% observados nos 12 meses anteriores. Em agosto do ano passado, a taxa variou 0,36%.

 

Para o INPC, a principal influência foram dos produtos alimentícios, que subiram 1,29% em agosto, acima de 0,66% observado em julho. Os produtos não alimentícios desacelararam e tiveram alta de 0,75% no mês, após variação positiva de 1,13% em julho.

 

 

Fonte: Agência Brasil

09/09/2021 - Caminhoneiros bloqueiam estradas pelo 2º dia consecutivo no país

Há interdições total ou parcial em ao menos 15 estados nesta quinta-feira

As interdições de rodovias federais e estaduais pelos caminhoneiros entram no segundo dia consecutivo nesta quinta-feira. Ao menos 15 estados registram interrupções do fluxo de veículos, sejam elas totais ou parciais, de acordo com o Ministério da Infraestrutura, conforme dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

Há manifestações em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará. No Distrito Federal e no entorno, até o momento, não há bloqueios nas rodovias federais.

 

Durante a madrugada, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma mensagem, em áudio, para as lideranças dos caminhoneiros a fim de pedir o fim das paralisações. "Fala para os caminhoneiros aí que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia e isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo e, em especial aí, os mais pobres. Então, dá um toque aí nos caras, se for possível, e vamos liberar, tá ok?", disse.

 

O governo federal informou que alguns corredores logísticos essenciais para o livre trânsito de caminhões foram abertos agora pela manhã. São eles:

 

- BR-040/Minas Gerais

- BR-116/Rio de Janeiro (Dutra/Barra Mansa)

- BR-040/Rio de Janeiro (Reduc)

- BR-101/Espírito Santo

- BR-376/Paraná

- BR-153/Goiás (Anápolis)

 

Hoje de manhã, o presidente chegou mais cedo ao Palácio do Planalto. "Saí mais cedo hoje. Eu tenho 1 hora da manhã [na qual] vou estar o tempo tomado com o pessoal dos Brics, 1 hora. Mas estou mais cedo também, nesses dois intervalos, vou conversar com os caminhoneiros para a gente tomar uma decisão. Tá ok?", afirmou rapidamente aos jornalistas.

 

Caminhoneiros bloqueiam estradas pelo 2º dia consecutivo no país

Há interdições total ou parcial em ao menos 15 estados nesta quinta-feira

 

09/09/2021 | 7:51 Atualizado 8:59

R7

   

Há lentidão nas principais rodovias de Mato Grosso nesta quinta-feira

Há lentidão nas principais rodovias de Mato Grosso nesta quinta-feira | Foto: Polícia Rodoviária Federal Mato Grosso / Divulgação / CP

 

As interdições de rodovias federais e estaduais pelos caminhoneiros entram no segundo dia consecutivo nesta quinta-feira. Ao menos 15 estados registram interrupções do fluxo de veículos, sejam elas totais ou parciais, de acordo com o Ministério da Infraestrutura, conforme dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

Há manifestações em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará. No Distrito Federal e no entorno, até o momento, não há bloqueios nas rodovias federais.

 

Durante a madrugada, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma mensagem, em áudio, para as lideranças dos caminhoneiros a fim de pedir o fim das paralisações. "Fala para os caminhoneiros aí que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia e isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo e, em especial aí, os mais pobres. Então, dá um toque aí nos caras, se for possível, e vamos liberar, tá ok?", disse.

 

 

O governo federal informou que alguns corredores logísticos essenciais para o livre trânsito de caminhões foram abertos agora pela manhã. São eles:

 

- BR-040/Minas Gerais

- BR-116/Rio de Janeiro (Dutra/Barra Mansa)

- BR-040/Rio de Janeiro (Reduc)

- BR-101/Espírito Santo

- BR-376/Paraná

- BR-153/Goiás (Anápolis)

 

Hoje de manhã, o presidente chegou mais cedo ao Palácio do Planalto. "Saí mais cedo hoje. Eu tenho 1 hora da manhã [na qual] vou estar o tempo tomado com o pessoal dos Brics, 1 hora. Mas estou mais cedo também, nesses dois intervalos, vou conversar com os caminhoneiros para a gente tomar uma decisão. Tá ok?", afirmou rapidamente aos jornalistas.

 

 

São Paulo

Em São Paulo, a Anhanguera, que liga a capital ao interior, está totalmente interditada, em ambos os sentidos, no km 148, na região de Limeira. Uma alternativa para o motorista é a rodovia dos Bandeirantes.

 

Na Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, tem um ponto de bloqueio no km 280, na região de Embu das Artes (SP). Há 1,5 km de filas no sentido da capital paulista, de acordo com a concessionária da via.

Rio de Janeiro

Os caminhoneiros, no momento, estão concentrados no km 113, da rodovia BR-040, no sentido Juiz de Fora, em Duque de Caxias, onde bloqueiam a pista principal, gerando 1km de congestionamento. A categoria também está no acostamento do km 780, no sentido Rio de Janeiro, em Juiz de Fora (MG). A PRF acompanha a situação nos dois trechos.

Mais cedo, houve protesto na rodovia Washington Luis, mas, por volta de 7h10, os caminhoneiros deixaram o local e seguiram para seus respectivos destinos. Estado sem registros de manifestações deste tipo por enquanto.

 

Minas Gerais

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), no km 513 da BR-381, na cidade Igarapé, há fila de caminhões no acostamento e em uma das faixas no sentido Belo Horizonte. Os veículos pequenos e os ônibus passam muito lentamente.

 

Porém, no sentido SP, as pistas estão totalmente fechadas todo tipo de veículo. A PRF está no local e negocia a liberação da via com os caminhoneiros.

 

Santa Catarina

 

A região Norte do estado ainda possui alguns pontos de interrupção do tráfego. São ao menos oito bloqueios em rodovias federais, de acordo com a PRF. Eles assim estão localizados:

 

- São Francisco do Sul – BR-280, km 1,4

- São Francisco do Sul – BR-280, km 11

- Guaramirim – BR-280, km 55

- São Bento do Sul – BR-280, km 121

- Canoinhas – BR-280, km 230

- Mafra – BR-116, km 7

- Santa Cecília – BR-116, km 138

- Araquari – BR-101, km 72

 

Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul possui manifestações de caminhoneiros em vias estaduais e federais. De acordo com o CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar), há bloqueio no entroncamento da ER Caminhoneiros bloqueiam estradas pelo 2º dia consecutivo no país

Há interdições total ou parcial em ao menos 15 estados nesta quinta-feira

 

09/09/2021 | 7:51 Atualizado 8:59

R7

   

Há lentidão nas principais rodovias de Mato Grosso nesta quinta-feira

Há lentidão nas principais rodovias de Mato Grosso nesta quinta-feira | Foto: Polícia Rodoviária Federal Mato Grosso / Divulgação / CP

 

As interdições de rodovias federais e estaduais pelos caminhoneiros entram no segundo dia consecutivo nesta quinta-feira. Ao menos 15 estados registram interrupções do fluxo de veículos, sejam elas totais ou parciais, de acordo com o Ministério da Infraestrutura, conforme dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

Há manifestações em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará. No Distrito Federal e no entorno, até o momento, não há bloqueios nas rodovias federais.

 

Durante a madrugada, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma mensagem, em áudio, para as lideranças dos caminhoneiros a fim de pedir o fim das paralisações. "Fala para os caminhoneiros aí que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia e isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo e, em especial aí, os mais pobres. Então, dá um toque aí nos caras, se for possível, e vamos liberar, tá ok?", disse.

 

 

O governo federal informou que alguns corredores logísticos essenciais para o livre trânsito de caminhões foram abertos agora pela manhã. São eles:

 

- BR-040/Minas Gerais

- BR-116/Rio de Janeiro (Dutra/Barra Mansa)

- BR-040/Rio de Janeiro (Reduc)

- BR-101/Espírito Santo

- BR-376/Paraná

- BR-153/Goiás (Anápolis)

 

Hoje de manhã, o presidente chegou mais cedo ao Palácio do Planalto. "Saí mais cedo hoje. Eu tenho 1 hora da manhã [na qual] vou estar o tempo tomado com o pessoal dos Brics, 1 hora. Mas estou mais cedo também, nesses dois intervalos, vou conversar com os caminhoneiros para a gente tomar uma decisão. Tá ok?", afirmou rapidamente aos jornalistas.

 

 

São Paulo

 

Em São Paulo, a Anhanguera, que liga a capital ao interior, está totalmente interditada, em ambos os sentidos, no km 148, na região de Limeira. Uma alternativa para o motorista é a rodovia dos Bandeirantes.

 

Na Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, tem um ponto de bloqueio no km 280, na região de Embu das Artes (SP). Há 1,5 km de filas no sentido da capital paulista, de acordo com a concessionária da via.

 

Rio de Janeiro

 

 

Os caminhoneiros, no momento, estão concentrados no km 113, da rodovia BR-040, no sentido Juiz de Fora, em Duque de Caxias, onde bloqueiam a pista principal, gerando 1km de congestionamento. A categoria também está no acostamento do km 780, no sentido Rio de Janeiro, em Juiz de Fora (MG). A PRF acompanha a situação nos dois trechos.

 

Mais cedo, houve protesto na rodovia Washington Luis, mas, por volta de 7h10, os caminhoneiros deixaram o local e seguiram para seus respectivos destinos. Estado sem registros de manifestações deste tipo por enquanto.

 

Minas Gerais

 

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), no km 513 da BR-381, na cidade Igarapé, há fila de caminhões no acostamento e em uma das faixas no sentido Belo Horizonte. Os veículos pequenos e os ônibus passam muito lentamente.

 

 

Porém, no sentido SP, as pistas estão totalmente fechadas todo tipo de veículo. A PRF está no local e negocia a liberação da via com os caminhoneiros.

 

Santa Catarina

 

A região Norte do estado ainda possui alguns pontos de interrupção do tráfego. São ao menos oito bloqueios em rodovias federais, de acordo com a PRF. Eles assim estão localizados:

 

- São Francisco do Sul – BR-280, km 1,4

- São Francisco do Sul – BR-280, km 11

- Guaramirim – BR-280, km 55

- São Bento do Sul – BR-280, km 121

- Canoinhas – BR-280, km 230

- Mafra – BR-116, km 7

- Santa Cecília – BR-116, km 138

- Araquari – BR-101, km 72

 

Rio Grande do Sul

 

O Rio Grande do Sul possui manifestações de caminhoneiros em vias estaduais e federais. De acordo com o CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar), há bloqueio no entroncamento da ERS-239 com a ERS-115, em Taquara.

 

 

Na BR-153, km 415, em Cachoeira do Sul, há bloqueio total por manifestantes. De acordo com a PRF, agentes negociam com a categoria a liberação do trecho. Em outras vias federais, há pontos com pequena movimentação de manifestantes e abordagem de caminhões.

 

Bahia

 

A BR-116, na altura de Feira de Santana, possui caminhões ocupando os dois lados da rodovia, com trânsito parcialmente liberado. O município de Luís Eduardo Magalhães está com a entrada bloqueada.

 

Pernambuco

Mais cedo, houve atos em Paudalho, mas a manifestação já terminou. Porém, na localidade de Igarassu, na BR-101, ainda há um ponto de bloqueio.

Distrito Federal

No Distrito Federal, a concentração maior ocorre nas proximidades do Km 10 da BR-040. Não há expectativa de bloqueio das vias. A estratégia dos manifestantes tem sido parar outros caminhoneiros convidando a categoria a cruzar os braços, encostando o veículo como forma de protesto.S-239 com a ERS-115, em Taquara.

 

Caminhoneiros bloqueiam estradas pelo 2º dia consecutivo no país

Há interdições total ou parcial em ao menos 15 estados nesta quinta-feira

 

09/09/2021 | 7:51 Atualizado 8:59

R7

   

Há lentidão nas principais rodovias de Mato Grosso nesta quinta-feira

Há lentidão nas principais rodovias de Mato Grosso nesta quinta-feira | Foto: Polícia Rodoviária Federal Mato Grosso / Divulgação / CP

 

As interdições de rodovias federais e estaduais pelos caminhoneiros entram no segundo dia consecutivo nesta quinta-feira. Ao menos 15 estados registram interrupções do fluxo de veículos, sejam elas totais ou parciais, de acordo com o Ministério da Infraestrutura, conforme dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

Há manifestações em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará. No Distrito Federal e no entorno, até o momento, não há bloqueios nas rodovias federais.

 

Durante a madrugada, o presidente Jair Bolsonaro enviou uma mensagem, em áudio, para as lideranças dos caminhoneiros a fim de pedir o fim das paralisações. "Fala para os caminhoneiros aí que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia e isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo e, em especial aí, os mais pobres. Então, dá um toque aí nos caras, se for possível, e vamos liberar, tá ok?", disse.

 

 

O governo federal informou que alguns corredores logísticos essenciais para o livre trânsito de caminhões foram abertos agora pela manhã. São eles:

 

- BR-040/Minas Gerais

- BR-116/Rio de Janeiro (Dutra/Barra Mansa)

- BR-040/Rio de Janeiro (Reduc)

- BR-101/Espírito Santo

- BR-376/Paraná

- BR-153/Goiás (Anápolis)

 

Hoje de manhã, o presidente chegou mais cedo ao Palácio do Planalto. "Saí mais cedo hoje. Eu tenho 1 hora da manhã [na qual] vou estar o tempo tomado com o pessoal dos Brics, 1 hora. Mas estou mais cedo também, nesses dois intervalos, vou conversar com os caminhoneiros para a gente tomar uma decisão. Tá ok?", afirmou rapidamente aos jornalistas.

 

 

São Paulo

 

Em São Paulo, a Anhanguera, que liga a capital ao interior, está totalmente interditada, em ambos os sentidos, no km 148, na região de Limeira. Uma alternativa para o motorista é a rodovia dos Bandeirantes.

 

Na Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, tem um ponto de bloqueio no km 280, na região de Embu das Artes (SP). Há 1,5 km de filas no sentido da capital paulista, de acordo com a concessionária da via.

 

Rio de Janeiro

 

 

Os caminhoneiros, no momento, estão concentrados no km 113, da rodovia BR-040, no sentido Juiz de Fora, em Duque de Caxias, onde bloqueiam a pista principal, gerando 1km de congestionamento. A categoria também está no acostamento do km 780, no sentido Rio de Janeiro, em Juiz de Fora (MG). A PRF acompanha a situação nos dois trechos.

 

Mais cedo, houve protesto na rodovia Washington Luis, mas, por volta de 7h10, os caminhoneiros deixaram o local e seguiram para seus respectivos destinos. Estado sem registros de manifestações deste tipo por enquanto.

 

Minas Gerais

 

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), no km 513 da BR-381, na cidade Igarapé, há fila de caminhões no acostamento e em uma das faixas no sentido Belo Horizonte. Os veículos pequenos e os ônibus passam muito lentamente.

 

 

Porém, no sentido SP, as pistas estão totalmente fechadas todo tipo de veículo. A PRF está no local e negocia a liberação da via com os caminhoneiros.

 

Santa Catarina

 

A região Norte do estado ainda possui alguns pontos de interrupção do tráfego. São ao menos oito bloqueios em rodovias federais, de acordo com a PRF. Eles assim estão localizados:

 

- São Francisco do Sul – BR-280, km 1,4

- São Francisco do Sul – BR-280, km 11

- Guaramirim – BR-280, km 55

- São Bento do Sul – BR-280, km 121

- Canoinhas – BR-280, km 230

- Mafra – BR-116, km 7

- Santa Cecília – BR-116, km 138

- Araquari – BR-101, km 72

 

Rio Grande do Sul

 

O Rio Grande do Sul possui manifestações de caminhoneiros em vias estaduais e federais. De acordo com o CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar), há bloqueio no entroncamento da ERS-239 com a ERS-115, em Taquara.

 

 

Na BR-153, km 415, em Cachoeira do Sul, há bloqueio total por manifestantes. De acordo com a PRF, agentes negociam com a categoria a liberação do trecho. Em outras vias federais, há pontos com pequena movimentação de manifestantes e abordagem de caminhões.

 

Bahia

 

A BR-116, na altura de Feira de Santana, possui caminhões ocupando os dois lados da rodovia, com trânsito parcialmente liberado. O município de Luís Eduardo Magalhães está com a entrada bloqueada.

 

Pernambuco

 

Mais cedo, houve atos em Paudalho, mas a manifestação já terminou. Porém, na localidade de Igarassu, na BR-101, ainda há um ponto de bloqueio.

 

Distrito Federal

No Distrito Federal, a concentração maior ocorre nas proximidades do Km 10 da BR-040. Não há expectativa de bloqueio das vias. A estratégia dos manifestantes tem sido parar outros caminhoneiros convidando a categoria a cruzar os braços, encostando o veículo como forma de protesto.

 

"Nosso objetivo não é usar força bruta, queimar pneus, estragar nossas próprias rodovias que são nosso sustento. É conscientização, comoção. Estamos aqui pelas nossas famílias, pelo nosso sustento, pela nossa dignidade", Wilton Souza França, 51 anos, morador de Luziânia (GO).

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

09/09/2021 - Afeganistão: talibãs autorizam saída de 200 estrangeiros

Partida foi autorizada após pressão de representante dos EUA

Cerca de 200 pessoas, de nacionalidade americana e de outros países, devem sair nesta quinta-feira (9) do Afeganistão, em voos charter que vão partir do aeroporto de Cabul. Ainda não se sabe se os estrangeiros que partem agora estavam entre as centenas de pessoas concentradas há dias no aeroporto de Mazar-i-Sharif, onde continuam seis aviões na pista, mas sem autorização para levantar voo.

 

A saída dos civis estrangeiros, que não conseguiram partir do Afeganistão durante a ponte aérea das últimas duas semanas de agosto – período durante o qual foram transportadas 124 mil pessoas –, foi anunciada por um representante do governo norte-americano.. A fonte, que pediu anonimato, disse que a partida foi autorizada pelos talibãs após pressão do representante especial dos Estados Unidos (EUA) Zalmay Khalilzad.

 

Esta será a primeira vez que voos internacionais são organizados a partir do aeroporto de Cabul, desde que os militares estrangeiros deixaram o Afeganistão no final de agosto, na sequência da tomada da capital pelos radicais islâmicos.

 

O anúncio foi feito dois dias após a apresentação do governo interino, que não correspondeu às expectativas da comunidade internacional. O governo interino afegão é composto principalmente por homens da etnia pashtun, incluindo suspeitos de terrorismo e radicais islâmicos. A composição do governo foi interpretada pelos governantes ocidentais como mais um sinal de que os talibãs não pretendem adotar uma atitude moderada, como prometeram antes da saída dos militares estrangeiros.

 

O anúncio da composição do novo governo afegão mereceu declarações de desapontamento da União Europeia e a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki afirmou que os talibãs não são membros respeitados da comunidade internacional.

 

Proibição de protestos

O ministro afegão da Administração Interna é procurado, por atividade terrorista, pelos Estados Unidos, que oferecem recompensa de US$ 10 milhões por Sirajuddin Haqqani. Pelo ministro dos Refugiados e Repatriamento é oferecida uma recompensa de US$ 5 milhões. Outros elementos do novo governo afegão estiveram detidos em Guantánamo.

 

A primeira medida de Sirajuddin Haqqani como ministro foi a proibição de protestos que não tenham sido devidamente autorizados pelo regime, caso contrário incorrem nas “mais graves consequências legais”.

 

Essa proibição surge depois de várias manifestações terem ocorrido em diferentes cidades afegãs, incluindo Cabul e Badakhshan, nessa quarta-feira, muitas lideradas por mulheres. O protesto na cidade de Herat, que reuniu centenas de pessoas, terminou com a morte de duas.

 

“Um governo sem mulheres é uma falha”, era uma das frases de um cartaz em Cabul. “O governo foi anunciado e não inclui mulheres nos gabinetes. Alguns jornalistas que cobriram os protestos foram detidos e levados para a polícia”, disse uma mulher citada pelas agências internacionais.

 

Pouco depois, o novo ministro dizia que era preciso ter uma autorização com 24 horas de antecedência, antes de convocar uma manifestação, de modo a evitar distúrbios e garantir a segurança.

 

Nesta quinta-feira, o vice-diretor da Comissão Cultural talibã, Ahmadullah Wasiq, declarou à televisão australiana SBS News que as mulheres afegãs não estão mais autorizadas a jogar cricket e, possivelmente, nenhum outro esporte.

 

“O Islã e o Emirado Islâmico não permitem que as mulheres joguem cricket ou outros desportos em que fiquem expostas”, explicou Ahmadullah Wasiq. Segundo ele, as mulheres “não precisam de desporto. Ficarão expostas e não seguirão o código de vestuário e o Islã não permite isso”, acrescentou, Para ele, os valores do Islã são devem ser aplicados mesmo que o país sofra “ameaças ou problemas”.

 

O Comitê Australiano de Cricket reagiu com a ameaça de desmarcar o jogo contra a equipa masculina. Contudo, na última terça-feira (7), após semanas de silêncio, o líder supremo Hibatullah Akhundzada declarou que o governo deve sobretudo fazer respeitar a lei islâmica. Akhunzada não se referiu em particular às mulheres.

 

Líderes antitalibãs

A ordem para o fim dos protestos também surge depois do anúncio da vitória sobre os opositores no Vale de Panchir, ao norte da capital. Contudo, Ahmad Shah Massoud e o antigo vice-presidente afegão anunciaram que ainda continuam na região e a resistir aos talibãs.

 

“Ahmad Massoud e Amrullah Saleh não fugiram para o Tajiquistão. A notícia de que Ahmad Massoud teria fugido de Panchir é falsa; ele está no Afeganistão”, disse o ex-representante do governo afegão no Tajiquistão, citado pelas agências internacionais.

 

“Estou em constante contato com Amrullah Saleh, que está atualmente no vale de Panchir e lidera o governo da República do Afeganistão”, declarou Zahir Aghbar, em Duchambé. Aghbar é muito crítico em relação à atuação do ex-presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, por considerar que ele facilitou os avanços dos talibãs pelo país.

 

Ex-presidente

Em mensagem no Twitter, o ex-presidente do Afeganistão explicou a fuga do país quando, em 15 de agosto, os talibãs avançavam sobre Cabul.

 

Ashraf Ghani considera que a saída do país foi a única maneira de evitar o confronto armado e de garantir a segurança dos habitantes da capital. “Saí por insistência da segurança do palácio que me avisou que, caso ficasse, corria o risco de deflagrar a mesma luta rua a rua que a cidade sofreu durante a guerra civil dos anos 90”, escreveu.

 

“Deixar Cabul foi a decisão mais difícil da minha vida, mas eu acreditava que era a única maneira de manter as armas em silêncio e salvar Cabul e os seus 6 milhões de habitantes”, afirmou.

 

Ashraf Ghani garantiu que “nunca foi sua intenção abandonar o povo” do Afeganistão. Negou veementemente as acusações “infundadas” de ter fugido “com milhões de dólares do povo afegão. Essas acusações são completa e categoricamente falsas”. A fuga de Ghani foi muito criticada por outros políticos afegãos e rapidamente se espalharam rumores de que teria levado quase US$ 170 milhões para os Emirados Árabes Unidos.

 

“A corrupção é uma praga que tem paralisado o nosso país ao longo de décadas, e a luta contra a corrupção tem sido o foco dos meus esforços como presidente. Herdei um monstro que não pode ser facilmente ou rapidamente derrotado”, acrescentou Ghani, de 72 anos, ex-funcionário do Banco Mundial.

 

O antigo presidente afegão se dispôs a ter suas contas familiares auditadas pelas Nações Unidas ou outras organizações independentes.

 

 

Fonte: Agência Brasil

09/09/2021 - PF e Receita fazem nova ação contra fraudes com criptomoedas

É a segunda fase da Operação Kryptus

Policiais federais cumprem hoje (9) dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão contra acusados de praticar fraudes por meio de operações com criptomoedas, no Rio de Janeiro. Esta é a segunda fase da Operação Kryptus, que conta com o apoio da Receita Federal e que investiga a prática ilegal de pirâmide financeira.

 

Segundo a Receita Federal, a empresa localizada na Região dos Lagos fluminense atua como se fosse um fundo de investimento, em que o investidor adquire uma quantia determinada de cotas e recebe rendimentos fixos.

 

Como em um mercado volátil como o das criptomoedas (que incluem os bitcoins), não é sustentável prometer uma rentabilidade fixa aos investidores, a empresa recorreria a uma pirâmide financeira.

 

A pirâmide é um esquema ilegal em que o lucro é gerado pelo aporte de novos clientes e não pela natureza lucrativa das operações. E, para evitar o colapso do sistema, é preciso continuar expandindo a rede de clientes.

 

O esquema gera enriquecimento dos mentores da pirâmide que, segundo a Receita, não declaram seus lucros ao fisco.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

08/09/2021 - Terremoto de 7,1 graus sacode o México e provoca uma morte

Tremor provocou preocupação no centro da Cidade do México

Um terremoto de 7,1 graus de magnitude sacudiu o centro e o sudeste do México na terça-feira e provocou uma morte. "Um homem morreu na queda de um poste de energia elétrica no município de Coyuca de Benítez", estado de Guerrero, informou o governador da região, Héctor Astudillo.

 

Ao falar sobre os danos materiais, o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse que foram reportadas apenas "quedas de pedras, o mesmo em Morelos (centro), não há danos em Oaxaca (sul), não há danos em Puebla (centro)", assim como tampouco na Cidade do México.

 

O terremoto aconteceu às 20h47min de terça-feira no horário local e teve epicentro 11 km ao sudeste de Acapulco, Guerrero, sudeste do México, de acordo com o Centro Sismológico Nacional. Alguns tremores secundários, de magnitude 4 a 5, foram registrados. "Até o momento não foram registrados danos graves", escreveu ni Twitter a prefeita da Cidade do México, Claudia Sheinbaum.

 

"Temos alguns cortes de energia elétrica, mas nada relevante, o metrôs e os ônibus continuam funcionando". declarou Omar García, secretário de Segurança Cidadã.

 

A prefeita de Acapulco, Adela Román, afirmou que muitas pessoas sofreram crises nervosas e ficaram preocupadas com os tremores secundários. Ela também citou a detecção de vazamentos de gás em zonas residenciais.

 

O terremoto também foi sentido com moderação em algumas regiões do estado do México e Veracruz (leste). O tremor provocou preocupação no centro da Cidade do México, onde os moradores recordam do trágico terremoto de 7,1 graus registrado em 19 de setembro de 2017, que sacudiu o centro do país e deixou 369 mortos, a maioria na capital.

 

Turistas hospedados em hotéis da avenida Reforma, uma das principais da capital, também abandonaram seus quartos. A Cidade do México foi devastada por terremotos em setembro de 1985 que deixaram mais de 10.000 mortos.

 

 

Fonte: Correio do Povo

08/09/2021 - Pandemia causa impactos na alfabetização de crianças

Pelo PNE, Brasil deve zerar taxa de analfabetismo até 2024

No Brasil, 11 milhões de pessoas são analfabetas. São pessoas de 15 anos ou mais que, pelos critérios do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), não são capazes de ler e escrever nem ao menos um bilhete simples.

 

Pelo Plano Nacional de Educação (PNE), Lei 13.005/2014, que estabelece o que deve ser feito para melhorar a educação no país até 2024, desde o ensino infantil até a pós-graduação, o Brasil deve zerar a taxa de analfabetismo até 2024.

 

No Dia Mundial da Alfabetização, celebrado hoje (8), a Agência Brasil conversou com professores que trabalham com a alfabetização de crianças sobre os impactos da pandemia na etapa de ensino e sobre a rotina desses profissionais.

 

Sem tempo para cansaço

O professor do terceiro ano do ensino fundamental da Escola Classe Comunidade de Aprendizagem do Paranoá, no Distrito Federal, Mateus Fernandes de Oliveira diz que ainda não conseguiu parar para sentir o cansaço que todo o período de pandemia causou até aqui. Nos últimos 18 meses, ele precisou lidar com diversas situações, incluindo famílias de estudantes com fome. Foi preciso que a escola se organizasse para distribuir cestas básicas nas casas dos alunos.

 

"A gente estava falando de falta de alimentos em casa. Famílias passando por necessidades. Não era possível cobrar de uma família que estava preocupada com alimentação que desenvolvesse um processo de escolarização em um momento como este. A gente entendeu que a escola pública, como parte do Estado, tem responsabilidade social. O Estado deveria cuidar das necessidades básicas, mas não estava dando conta. A escola teve que se mobilizar".

 

Enquanto a escola esteve fechada, o professor chegou até mesmo a visitar os estudantes pessoalmente, levar para eles as atividades e verificar como estavam. A maior parte dos alunos não tinha acesso à internet e acabava não participando das aulas online. Agora a escola voltou em um modelo híbrido, intercalando ensino presencial e ensino remoto.

 

Oliveira percebe que as desigualdades se acentuaram. Aqueles alunos que vêm de um contexto familiar em que a leitura faz parte do cotidiano, em que há livros e revistas em casa, chegam agora ao terceiro ano do fundamental sabendo ler e escrever. Aqueles que moram em casas com pouca ou nenhuma leitura, às vezes sem mães e pais alfabetizados, acabam tendo um conhecimento aquém do esperado para crianças com 8 ou 9 anos de idade.

 

"Não dá para considerar este ano como só este ano. É pensar este ano e o seguinte como duas coisas contínuas, porque senão a gente se exaspera e atropela os processos. Atropela o tempo de entender o que a gente sentiu e o que está sentindo e de perceber que caminhos pode trilhar. A gente pode acabar até gerando o contrário do que gostaria. Em princípio, é preciso ter calma e, ao mesmo tempo, saber que não temos tempo a perder".

 

Trabalho redobrado

Em Corumbá (MS), foi com cachorrinhas que a professora da Escola Municipal Almirante Tamandaré, Sonia Bays, conquistou os alunos e conseguiu medir o que eles haviam aprendido em um ano de pandemia. Ela dá aula para o primeiro ano do ensino fundamental, estudantes de 6 anos, que estão começando a ser alfabetizados. "Queria fazer algo mais lúdico. Acredito que as crianças são penalizadas por estar longe da escola. Criança em fase de alfabetização precisa da escola", diz.

 

Diante das dificuldades de ensinar a distância e por meio de tecnologias, ela gravou um vídeo apresentando os próprios animais de estimação e pediu que os pais estimulassem os filhos a fazer o mesmo com seus bichinhos. "Na fase da alfabetização, a criança precisa de oralidade. Ela fala e depois transfere para o papel. É preciso estimular essa espontaneidade, essa fala das crianças".

 

Ao pequeno grupo que estava sendo atendido presencialmente em horários especiais na escola, ela pediu que desenhasse e, se soubesse, escrevesse os nomes dos animais. Foi assim que avaliou o que os alunos sabiam e aquilo em que tinham dificuldades. Com base nas atividades desenvolvidas com as crianças, surgiu o trabalho Alfabetização e Infância em Tempos de Pandemia, apresentado em agosto no 5º Congresso Brasileiro de Alfabetização.

 

A maior parte dos alunos de Sonia está em situação de vulnerabilidade. Não é raro que as famílias tenham apenas um celular com acesso limitado à internet. A estratégia muitas vezes, durante mais de um ano de pandemia, era mandar vídeos por whatsApp, para que os responsáveis baixassem usando a internet do trabalho e, depois, mostrassem para as crianças.

 

No ano passado, ela chegou a conhecer os alunos pessoalmente, antes do fechamento das escolas por causa da pandemia. A turma desse ano, no entanto, era uma lista com 23 nomes e contatos. Sonia fez questão de entrar em contato com cada um por ligação e conversar com alunos e famílias. A logística não foi simples, alguns estudantes precisaram ir para uma área com wifi aberto, para receber a videochamada.

 

A escola foi retomando aos poucos o ensino presencial. Primeiro, apenas uma vez por semana para atender aos alunos que não tinham acesso a aulas remotas. Agora, a escola voltou às aulas presenciais em esquema de revezamento, com turmas reduzidas.

 

"Os professores, cada um de uma série, selecionaram os conteúdos que seriam prioritários, que seriam essenciais. Não vamos ter como dar conta de tudo. Estamos focando em leitura e escrita", diz e acrescenta: "Os alunos não perderam o ano, eles ganharam a vida. Se antes já tínhamos déficit de aprendizagem, agora também temos, ainda maior. Teremos que redobrar o trabalho para vencer isso".

 

Da sala para a tela

Depois de oito anos nas salas de aula no Rio de Janeiro, o professor Ricardo Fernandes assumiu, em 2019, o cargo de assistente de Gerência de Alfabetização e Anos Iniciais da Secretaria Municipal de Educação. No ano passado, com a pandemia, Fernandes passou a gravar aulas e podcasts para os estudantes da rede municipal, por meio da prefeitura, para garantir a educação remota. Ele, de repente, passou a alcançar um público muito maior.

 

"Acaba que você, que está produzindo uma vídeoaula, você não vira só o professor de uma turma. A sensação que dá é que você vira professor de muitas turmas. Essa foi uma estratégia muito importante para muitas crianças que estavam em casa", diz.

 

Foi preciso, segundo Fernandes, recriar, com tecnologia, espaços alfabetizadores. Além de o formato ser um desafio, foi preciso também repensar o conteúdo de alfabetização, incluindo as famílias. "Todas as vezes que a gente pensa um material agora, a gente pensa que essa família vai assistir junto, vai ajudar na mediação desse conteúdo. Então as aulas agora são pensadas na perspectiva mais coletiva. Quem está escutando o que essa criança fala? Quais as perguntas que essa criança pode fazer para essa pessoa? É esse processo de uma educação coletiva que traz para a alfabetização um novo caráter".

 

O professor conta que, durante a pandemia, as trocas entre os professores da rede de ensino ajudaram a desenvolver novas estratégias para chegar aos alunos e também ajudaram os próprios profissionais a não se sentirem isolados. Fernandes ressalta, no entanto, que mesmo com o esforço, há estudantes que precisarão de mais atenção. "A gente sabe que existe um público que historicamente está alijado do contexto de alfabetização e de educação, e esse contexto foi intensificado com a pandemia".

 

Estudo encomendado ao Datafolha pela Fundação Lemann, o Itaú Social e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), divulgado em junho deste ano, mostra que mais da metade (51%) das crianças em processo de alfabetização na rede pública brasileira ficaram no mesmo estágio de aprendizado, ou seja, não aprenderam nada de novo durante a pandemia. Entre os estudantes brancos, 57% teriam aprendido coisas novas, segundo a percepção dos responsáveis. Entre os estudantes negros, esse índice cai para 41%.

 

Como responsável pela produção de materiais para a alfabetização, Fernandes diz que um dos objetivos é que os estudantes se sintam representados. "Não se pode alfabetizar sem olhar para a favela, sem olhar para o bairro desse aluno, sem olhar para o ritmo desse aluno, sem entender que é um sujeito que aprende quando está em casa, quando está em contato com outros sujeitos. Não se pode negar os aspectos culturais da cidade", defende.

 

Unindo forças

Para a presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) no Paraná, Marcia Baldini, é necessária a união de forças de gestores, Poder Público, professores e familiares para garantir o ensino e a aprendizagem das crianças brasileiras. Marcia, que coordena o Grupo de Trabalho sobre Alfabetização da Undime, diz que a pandemia causou um prejuízo muito grande à alfabetização.

 

"É necessário ter políticas públicas nesse sentido, voltar o olhar para isso, porque se não tivermos nas nossas escolas um olhar focado em relação ao professor alfabetizador, a formação continuada, condições de trabalho, a conscientização das famílias para que esse aluno possa aprender, os prejuízos serão imensuráveis nos anos seguintes na educação fundamental, no ensino médio e até mesmo na educação superior, em que vamos formar os famosos analfabetos funcionais".

 

Marcia explica que a alfabetização exige a mediação do professor. Isso porque gestos, movimentos labiais e materiais didáticos têm impacto na aprendizagem. Esses elementos acabam se perdendo no ensino remoto. "Os alunos que estão retornando [para o ensino presencial] apresentam muitas dificuldades, há alunos que esqueceram até mesmo como se escreve o nome". Os dados mostram muito claramente, nos primeiros anos da educação infantil e do ensino fundamental, prejuízos sociais, econômicos, educacionais, que vão se estender ao longo da vida.

 

Retomada

Neste semestre, as escolas estão, aos poucos, com o avanço da vacinação no país, retomando as aulas presenciais, ainda que mescladas ao ensino remoto, no chamado ensino híbrido. Será preciso ainda, segundo a oficial de educação do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil, Julia Ribeiro, localizar os estudantes que não conseguiram assistir às aulas na pandemia.

 

"Fazer busca ativa desses meninos e meninas que não tiveram condição de se manter aprendendo durante a pandemia. Os dados apontam isso, a pandemia atingiu meninos e meninas que já eram mais vulneráveis. Quem já estava fora da escola ficou cada vez mais longe, e quem estava na escola, mas sem condições de aprender em casa, acabou sendo excluído desse direito".

 

Pesquisa divulgada este ano pelo Unicef mostra que o número de crianças e adolescentes sem acesso à educação no Brasil saltou de 1,1 milhão em 2019 para 5,1 milhões em 2020. Desses, 41% têm entre 6 e 10 anos, faixa etária em que ocorre a alfabetização.

 

"A alfabetização é fundamental para a manutenção desse menino ou menina na escola. É nessa faixa etária que é criado maior vínculo, inclusive com a escola. Ciclos de alfabetização que são incompletos podem acarretar reprovações e abandonos escolares nas demais etapas, nas etapas subsequentes", ressalta.

 

Para Júlia, sobretudo na pandemia, quando as crianças tiveram aprendizagens diferentes, todas as etapas escolares devem se comprometer a garantir o aprendizado dos estudantes, garantir que aprendam a ler e escrever.

 

"A gente precisa de uma corresponsabilização de todo o sistema educacional no sentido de garantir que cada criança e adolescente, independentemente de idade, tenha as oportunidades necessárias que lhe garantam alfabetização completa, que lhe possibilite que esses meninos e meninas tenham maior liberdade, maior autonomia, que estejam incluídos na sociedade, que tenham mais acesso a oportunidades profissionais e pessoais, que tenham acesso a seus direitos".

 

Ministério da Educação

No dia 30 de junho deste ano, o MEC lançou o Sistema Online de Recursos para a Alfabetização, apelidado de Sora. A plataforma foi desenvolvida para apoiar professores e trabalhadores da educação no planejamento e execução de atividades de ensino para alunos que estão aprendendo a ler e escrever.

 

O sistema traz estratégias de ensino ou como o conteúdo pode ser ensinado. Elenca também propostas de atividades a serem aplicadas em salas de aula, ferramentas que são utilizadas na consolidação da apreensão dos conteúdos.

 

A plataforma disponibiliza recursos adicionais diversos que auxiliam os professores. Podem ser acessadas, por exemplo, imagens que ajudam a fixar as letras do alfabeto. Será incluído também um módulo com sugestões de avaliações para verificar a aprendizagem do conteúdo.

 

Fonte: Agência Brasil

08/09/2021 - Bloqueios estão previstos para a BR 116 nesta quarta em São Leopoldo

Intervenções acontecem das 22h às 5h

Os motoristas que trafegam pela BR 116, no trecho do Vale do Sinos, devem estar atentos aos bloqueios previstos para esta quarta e quinta-feira. Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), estão programadas interrupções do tráfego durante a noite, na altura do km 246, em São Leopoldo.

 

As intervenções acontecem das 22h às 5h para a instalação de um contador de tráfego. O local estará devidamente sinalizado e, em caso de chuva, os serviços serão reagendados.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

08/09/2021 - RS segue com chuva e frente fria avança nesta quarta-feira

Chuva deve ser intensa, com risco de temporais de vento e granizo, nas regiões Oeste e Sul

A quarta-feira será mais um dia de chuva no Rio Grande do Sul, em diferentes volumes nas regiões. A permanência do ciclone extratropical, caracterizado pelos temporais, traz frente fria ao Estado no decorrer do dia.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, a chuva desta quarta-feira pode ser forte e intensa com risco de temporais tanto de vento como de granizo, no começo do dia, nas regiões Oeste e Sul. Nas demais regiões, os volumes de chuva serão menores, mas isoladamente pode ocorrer pancadas fortes e ainda tempestades localizadas de vento.

 

A temperatura pouco varia em comparação aos dias anteriores. A maioria das regiões devem ter períodos de céu nublado. Em Porto Alegre, a temperatura mínima será de 16 ºC e a máxima de 21 ºC. De acordo com a previsão da MetSul, nenhuma cidade deve ultrapassar a marca dos 23 ºC, que será registrada em Torres, por exemplo.

 

Confirma as mínimas e máximas das principais cidades gaúchas

 

Torres 16 ºC / 23 ºC

Porto Alegre 16 ºC / 21 ºC

Caxias do Sul 16 ºC / 20 ºC

Erechim 16 ºC / 21 ºC

Passo Fundo 16 ºC / 21 ºC

Santa Maria 16 ºC / 20 ºC

Uruguaiana 13 ºC / 20 ºC

Pelotas 15 ºC / 18 ºC

Chuí 14 ºC / 18 ºC

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2021 - Ministério da Saúde oficializa vacinação de adolescentes a partir de 15 de setembro

Medida destrava imunização de público de 12 a 17 anos sem comorbidades no RS

O Ministério da Saúde autorizou oficialmente a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos, sem comorbidades, em todo o país, a partir do dia 15 de setembro. A autorização está na Nota Técnica 36/2021, publicada na noite de quinta-feira, 2 de setembro, e assinada pela secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19 da pasta, Rosana Leite de Melo. O documento, de quatro páginas, informa que as doses das vacinas da Pfizer (a única autorizada pela Anvisa para este público) específicas para os adolescentes serão incluídas nas pautas de distribuição aos estados a partir do dia 15.

 

“O Ministério da Saúde, amparado também pelas discussões realizadas na Câmara Técnica Assessora em Imunização e Doenças Transmissíveis, opta por recomendar a ampliação da oferta da vacinação contra a Covid-19 para a população de 12 a 17 anos, sem comorbidades, a partir de 15 de setembro de 2021 e exclusivamente com o imunizante Comirnaty do fabricante Pfizer/Wieth”, diz a nota.

 

A medida está sendo comemorada pelos gestores municipais no RS. Até esta sexta-feira, o Estado estava entre o grupo cada vez mais restrito de unidades da federação (apenas nove) que ainda aguardavam pelo posicionamento oficial do ministério para dar início a vacinação de adolescentes sem comorbidades e a demora começava a tensionar as relações entre municípios e o Estado. “Finalmente, com o cronograma de vacinação dos adolescentes definido, os municípios já começarão a deixar as estratégias de vacinação organizadas, para assim que chegarem as doses realizarem grandes mutirões de vacinação a este público”, assinalou, na manhã desta sexta-feira, o presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do RS (Cosems) e vice-presidente da região Sul do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Maicon Lemos. À frente dos conselhos, Lemos, que também é secretário de Saúde em Canoas, foi, no RS, um dos mais empenhados articuladores no sentido de pressionar o ministério para oficializar a autorização.

Agora, a expectativa é sobre se a autorização pode antecipar o início da imunização em pelo menos parte das cidades gaúchas para ainda antes do dia 15. Conforme dados do Cosems, 209 dos 497 municípios, entre eles a Capital, Porto Alegre, têm doses da Pfizer para aplicar ou em toda ou em pelo menos uma parte da população de 17 anos. Mas as outras 288 não, e o RS havia entrado em setembro com um impasse. Parte significativa dos prefeitos e gestores municipais de saúde queria avançar na imunização por faixa etária. O governo do Estado seguia insistindo em aguardar por uma autorização expressa do Ministério da Saúde. E os últimos lotes destinados ao RS eram todos de segundas doses.

 

Além de Lemos, o secretário de Saúde de Porto Alegre, Mauro Sparta, e o diretor da Vigilância em Saúde, Fernando Ritter, vinham defendendo internamente a progressão da imunização para o público adolescente sem comorbidades. Nesta semana, Sparta avisou a secretária estadual, Arita Bergmann, de que a Capital avançaria tão logo recebesse mais primeiras doses do imunizante da Pfizer. A vizinha São Leopoldo, no Vale dos Sinos, havia ido mais longe. No último dia 31, tinha se tornado uma exceção em solo gaúcho, ao começar a vacinar o público de 17 anos até o esgotamento das primeiras doses com possibilidade de uso.

Apesar da insistência de administrações municipais, o Estado havia sinalizado com a possibilidade de seguir outro caminho, priorizando as doses de reforço. Na reunião de quarta-feira da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que congrega representantes do Estado e das cidades, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) manifestou interesse em começar a aplicar a dose de reforço em idosos e imunossuprimidos com o saldo das primeiras doses de Pfizer dos municípios que as possuíam, antes mesmo da data já estabelecida pelo Ministério da Saúde (também 15 de setembro), e antes de avançar para os adolescentes. A sugestão foi rejeitada.

 

Questionado sobre a possibilidade na noite de quarta, o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), foi taxativo. “Assim que chegarem primeiras doses, pretendo reduzir a faixa etária conforme está na bula. Está decidido já. Somos parceiros do governo do Estado, mas teremos autonomia.”

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi (PT), por sua vez, tornou públicas críticas que aliados só vocalizavam nos bastidores. “Nosso entendimento é de que o governo estadual deveria fazer uma pressão maior: por mais doses e por maior agilidade na distribuição; mostrar mais empenho.” Segundo ele, a preocupação nos municípios é forte e ocorre em função de três fatores principais: a grande demanda da população pela retomada do convívio social; as incertezas sobre os diferentes cenários projetados a respeito da disseminação da nova cepa; e o fato de que uma parcela da população que já poderia estar imunizada não foi até agora buscar a aplicação.

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2021 - Estelionatária de Imbé que aplicou golpe em Santa Cruz tem conta bloqueada após ação da PC

A Polícia Civil de Santa Cruz do Sul identificou a autora de um golpe aplicado em um morador do Bairro Arroio Grande. A estelionatária, que mora em Imbé, teve a conta bancária bloqueada e admitiu o crime ao ser ouvida nesta quinta-feira (2). Na ação, ela anunciava a venda de veículos pela internet e negociava o depósito de parte do valor. Somente do morador de Santa Cruz do Sul ela obteve R$ 20 mil com a prática do crime.

 

Conforme o delegado Alessander Zucuni Garcia, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Santa Cruz, um mandado de busca e apreensão foi realizado na residência da mulher, onde foram apreendidos eletrônicos, celulares, notebooks e cartões bancários. A análise dos objetos, segundo o delegado, busca identificar se a criminosa realmente agiu sozinha - como disse em depoimento - ou se há outros envolvidos. A mulher identificada tem antecedentes por receptação e estelionato. "É uma pessoa com uma certa instrução e facilidade de acesso à internet e informática. A partir disso ela conseguia organizar o esquema e dar uma aparência de negócio concreto", diz.

 

Segundo o delegado, a estelionatária anunciava os veículos utilizando nome de terceiros e abria contas a partir desses dados. Quando o valor do depósito entrava, ela rapidamente fazia a transferência para sua conta original. Para conseguir convencer as vítimas, ela tinha um espelho de documentos das pessoas que ela dizia ser, preenchia formulários de transferência de veículos encontrados na internet e utilizava esses meios como estratégia para fazer as pessoas adiantarem os valores.

 

Além da vítima de Santa Cruz do Sul, a mulher também recebeu valores de um morador de Ivoti. Segundo o delegado, a tendência é que o valor bloqueado termine destinado às vítimas como forma de ressarcimento.

 

A criminosa ainda responderá por fraude eletrônica. Uma nova tipificação do crime de estelionato que aumenta a pena por ser um golpe aplicado na internet para o período de 4 a 8 anos de detenção.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

03/09/2021 - RS deve ter temporais e queda de granizo durante o feriado de 7 de setembro, alerta Metsul

Chuva poderá superar a média de precipitação para o mês

Após uma semana de tempo seco e até com calor e sensação de abafamento, o Rio Grande do Sul deverá registrar nos próximos dias uma virada no clima. Conforme a MetSul Meteorologia, altos volumes de chuva são esperados para o feriadão de 7 de setembro e com possibilidade de queda de granizo no dia do feriado nacional.

 

Segundo dados da MetSul, em algumas regiões os acumulados podem até superar a média de precipitação de setembro, que é uma das mais altas entre os meses do ano.

 

O primeiro período de instabilidade mais forte deve ocorrer entre tarde de sábado e as primeiras horas de domingo. O segundo poderá ocorrer entre o final de segunda-feira e a próxima quarta. A chuva, no entanto, não atingirá todas as regiões do Estado de maneira simultânea.

 

Durante o sábado, a chuva deve avançar pelo Rio Grande do Sul. Entretanto, em Porto Alegre, ela só deve chegar no final do dia. No domingo, a instabilidade alcançará cidades do Norte e do Leste, mas rapidamente se afastará para o oceano.

 

A partir de segunda-feira, com o aumento gradual da nebulosidade, um ar muito quente chegará ao Estado. Nuvens carregadas vão se formar no Oeste e devem avançar para a faixa central e parte do Sul gaúcho da tarde para a noite com pancadas de chuva, raios e risco de granizo isolado.

Já no dia 7 de setembro, o clima de claro deve se instalar em diversas regiões. As máximas ficarão perto ou acima de 35ºC e, a partir daí, há risco de temporais acompanhados de muito vento e granizo. Porto Alegre e região devem estar na área limítrofe entre a zona de maior e menor risco de tempo severo

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2021 - Brasil chega a 40% da população completamente vacinada contra covid-19

Imunização atinge 64 milhões de pessoas com mais de 18 anos

Um balanço divulgado nesta sexta-feira (3) pelo Ministério da Saúde aponta que 40% da população brasileira - 64 milhões de pessoas - com mais de 18 anos já completaram o esquema de vacinação contra a covid-19. No caso de aplicação de primeira dose, 132 milhões já estão nos braços dos brasileiros. O número representa que 83,4% do público-alvo de 160 milhões de adultos no país.

 

Na avaliação do Ministério da Saúde, o avanço da vacinação traz resultados positivos. Um dos principais é a queda na taxa de ocupação dos leitos de covid-19, de enfermaria e UTI, que já está abaixo de 50% e dentro dos padrões de normalidade em 19 estados do país. As médias móveis de casos e óbitos também estão em queda e registraram, nos últimos dois meses, redução de 61% e 60%, respectivamente.

 

Reflexos

"Vamos continuar avançando e contando com apoio de todos. Quando assumi o Ministério da Saúde o objetivo era vacinar 1 milhão de pessoas por dia, número que estamos atingindo com normalidade. Se continuarmos nesse ritmo será possível vacinar todo público-alvo do país com as duas doses até o mês de outubro", destacou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

 

Desde o início da campanha, já foram distribuídas mais de 233,7 milhões de doses das vacinas contra covid-19 pelo Programa Nacional de Imunização. No mês de agosto, houve recorde na distribuição de doses de imunizantes. Foram mais de 60,8 milhões para todos os estados e o Distrito Federal.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

02/09/2021 - Polícia Civil apreende mais de R$ 400 mil em apartamento na Região Metropolitana

Dinheiro vivo estava em pacotes de papel em um imóvel para alugar no centro de Gravataí

A Polícia Civil apreendeu grande quantidade de dinheiro vivo em um apartamento no centro de Gravataí na tarde desta quarta-feira (1º). Com muitas notas de pequeno valor, os policiais terminaram a contagem somente no começo da noite. O total chegou a R$ 412 mil.

 

De acordo com a 2ª Delegacia do Narcotráfico do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc), o apartamento estava vazio e para alugar. As equipes chegaram ao local no meio da tarde para executar a busca.

 

— O dinheiro não estava escondido. Os pacotes com os valores estavam escorados junto à parede de uma das peças desse apartamento. Sabemos que o dinheiro pertence a uma facção criminosa e deve ter origem na venda de drogas. As investigações seguem — relatou o delegado Carlos Wendt.

 

Grande parte do dinheiro era em notas de R$ 50, R$ 20, R$ 5 e R$ 2. Segundo Wendt, o mesmo grupo criminoso tem ligação com a quase meia tonelada de maconha apreendida nesta quarta em um sítio de Sapiranga, no Vale do Sinos.

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

02/09/2021 - Governo do RS libera uso de pistas de dança

Após reunião do Gabinete de Crise, realizada na tarde desta quarta-feira (1º), o Governo do Estado decidiu adotar diversas mudanças em relação ao funcionamento de alguns serviços. Entre as decisões tomadas ontem, uma se refere à liberação de eventos sociais.

 

O Governo decidiu liberar, a partir de 1º de outubro, o uso de pista de dança em eventos infantis, sociais e de entretenimento, com teto de 150 pessoas no protocolo variável, podendo chegar a até 350 pessoas caso seja decidido e autorizado pelas regiões. No entanto, será mantida a obrigação do uso de máscara e o cumprimento dos demais protocolos. Por ora, em casas de shows, casas noturnas e similares segue a proibição do uso de pista de dança.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

02/09/2021 - Marca de mil presos é atingida pela 2ª DPRM entre janeiro e agosto deste ano

Resultado da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana é decorrente das ações e operações

A marca de mil presos foi atingida pela 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM) da Polícia Civil decorrente de ações e operações após investigações contra o crime entre janeiro e agosto deste ano na região. “O resultado expressivo contra o crime é devido principalmente à estratégia da realização das operações especiais que afetam na estrutura o crime organizado e as ações pontuais e constantes que dificultam a estabilidade das quadrilhas”, avaliou o diretor do órgão, delegado Mario Souza, na manhã desta quinta-feira.

 

A 2ª DPRM é formada por 15 delegacias e um setor de inteligência, com foco nas cidades de Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, Guaíba, Eldorado do Sul e Nova Santa Rita.

 

Conforme o delegado Mario Souza, as atividades realizadas tiveram êxito no esclarecimento de crimes diversos, prisões de autores de delitos, apreensões de armas, munição, veículos, dinheiro em espécie, drogas entre outros resultados.

“A integração foi fundamental para a eficiência dos trabalhos policiais na região. Esse importante resultado de enfrentamento qualificado ao crime na região metropolitana se deve fundamentalmente ao esforço e dedicação das equipes de policiais civis da 2ª DPRM”, ressaltou o delegado Mario Souza.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

02/09/2021 - Agência Brasil explica: como funciona nova bandeira tarifária de luz

Criadas em 2015, tarifas refletem custo variável na produção elétrica

Desde o último dia 1º, os brasileiros estão sentindo no bolso os impactos da escassez de chuvas nas usinas hidrelétricas. Com a criação da bandeira de escassez hídrica, o consumidor passará a pagar R$ 14,20 extras a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

 

A cobrança extra será feita até 30 de abril de 2022 e encarecerá a conta de energia, em média, em 6,78%, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A bandeira de escassez hídrica substitui a bandeira vermelha 2, em vigor desde junho e que sofreu reajuste de 52% em julho.

 

Inicialmente, o patamar 2 da bandeira vermelha estava em R$ 6,24 para cada 100 kWh. Com o reajuste, o valor havia subido para R$ 9,49 em julho. Na prática, a bandeira de escassez hídrica cria outro patamar, com a cobrança de R$ 14,20. O aumento não é calculado sobre o valor total da conta de luz, mas a cada 100 kWh consumidos.

 

Custos variáveis

Criadas em 2015 pela Aneel, as bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica e é dividida em níveis. Elas indicam quanto está custando para o Sistema Interligado Nacional (SIN) gerar a energia usada nas casas, em estabelecimentos comerciais e nas indústrias. Quando a conta de luz é calculada pela bandeira verde, significa que a conta não sofre nenhum acréscimo.

 

A bandeira amarela significa que as condições de geração de energia não estão favoráveis, e a conta sofre acréscimo de R$ 1,874 por 100 quilowatt-hora (kWh) consumido. A bandeira vermelha mostra que está mais caro gerar energia naquele período. A bandeira vermelha é dividida em dois patamares. No primeiro patamar, o valor adicional cobrado passa a ser proporcional ao consumo, na razão de R$ 3,971 por 100 kWh; o patamar 2 aplica a razão de R$ 9,492 por 100 kWh.

 

“Com as bandeiras tarifárias, o consumidor ganha um papel mais ativo na definição de sua conta de energia. Ao saber, por exemplo, que a bandeira está vermelha, o consumidor pode adaptar seu consumo e diminuir o valor da conta (ou, pelo menos, impedir que ele aumente)”, explica a Aneel.

 

Por que a conta aumenta?

A usina hidrelétrica, que gera energia a partir da força da água nos reservatórios, é a mais barata e a primeira opção do SIN. Por isso, em épocas de muita chuva e reservatórios cheios, a bandeira tarifária costuma ser a verde, porque a energia está sendo produzida em grande capacidade e em condições favoráveis

 

Em períodos de estiagem, quando o nível dos reservatórios diminui, é necessário captar energia de outros tipos de usina, como as termelétricas. Esse tipo de usina gera energia a partir de combustíveis fósseis, como carvão, diesel e gás. Além de ser mais poluente, é menos eficaz e mais cara. Por isso, quando as termelétricas são acionadas, o custo da geração de energia aumenta e a bandeira tarifária muda, já que as condições de produção ficam menos favoráveis.

Quem faz a avaliação das condições de geração de energia no país é o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). É ele que define a melhor estratégia de geração de energia para atendimento da demanda. Ela define a previsão de geração hidráulica e térmica, além do preço de liquidação da energia no mercado de curto prazo.

 

 

Fonte: Agência Brasil

01/09/2021 - Três são presos e drogas, armas e 170 kg de carnes são apreendidos em Venâncio Aires

Três indivíduos foram presos na madrugada desta quarta-feira (1º) na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) após apreensão de drogas, armas e carnes no Bairro Xangrilá. A Brigada Militar realizou a abordagem dos homens em frente a uma residência, quando um dos acusados dispensou um material ao avistar o policiamento.

 

Durante a ação, foi realizada revista em uma casa onde foram encontrados 170 kg de carne de ovelha e de gado que estavam sendo cortados pelo proprietário da residência e por um comparsa. Além disso, em um dos cômodos do imóvel foram encontradas 13 munições de calibres diversos, dois revólveres, calibres 38 e 22, uma espingarda calibre 12 e duas outras armas longas de pressão. Ainda, foram encontradas duas porções de maconha pesando 38 gramas, um celular, uma roçadeira, câmeras, DVR - aparelho que recebe imagens captadas por uma câmera - instalado no local e anotações sobre o peso das carnes que estavam sendo cortadas.

 

Conforme o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, um dos revólveres apreendidos estava em situação de furto desde o ano de 2015. Os dois indivíduos, de 25 e 37 anos, que estavam na residência carneando os animais foram apresentados na Delegacia de Polícia e encaminhados para a Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva).  O terceiro homem, que teria escondido o revólver inicialmente encontrado, deixou de ser autuado em razão da arma não possuir condições de funcionamento. A carne apreendida, em péssimo estado de conservação, deverá ser inspecionada nesta manhã pela vigilância sanitária.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

01/09/2021 - Calor no RS pode chegar a 30ºC nesta quarta-feira

Calor fora de época em todo o Estado antecede chuva nos próximos dias

Os gaúchos terão mais um dia de calor fora de época nesta quarta-feira, com tempertura máxima acima dos 25 ºC em todas as regiões do Estado. Em Santa Rosa, Uruguaiana e na Grande Porto Alegre, por exemplo, os termômetros podem registrar até 30ºC durante a tarde. Contudo, as tardes de sol e calor antecedem uma série de dias chuvosos ainda nesta semana. Com isso, a temperatura também deve cair gradualmente.

 

Nesta quarta-feira, o sol aparece em todo o Rio Grande do Sul, com a presença de nuvens altas no decorrer do dia. De acordo com a MetSul Meteorologia, o dia começa com temperatura amena na maioria das localidades gaúchas, entretanto em regiões serranas faz frio no começo do dia, especialmente nas baixadas. Em Porto Alegre, a temperatura mínima será de 13 ºC e a máxima de 28ºC nesta quarta-feira, que terá sol e nuvens.

 

Mínimas e máximas

Torres 14ºC / 27 ºC

Porto Alegre 13 ºC / 28 ºC

Caxias do Sul 10 ºC / 26 ºC

Erechim 23 ºC / 26 ºC

Uruguaiana 18 ºC / 30 ºC

Pelotas 13 ºC / 28 ºC

Santa Rosa 12 ºC / 30 ºC

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/09/2021 - Começa hoje programa de redução voluntária de energia no Brasil

Iniciativa do governo começa no mesmo dia em que passa a valer nova bandeira na conta de luz, com aumento de 6,78%

Começa a valer nesta quarta-feira (1º) o Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica, criado pelo governo Bolsonaro em meio à pior crise hídrica dos últimos 91 anos. A iniciativa recompensará os cidadãos que reduzirem em até 10% o consumo, com um bônus de R$ 50 para cada 100 kWh economizados.

 

O programa deve durar até dezembro de 2021 e vale para aqueles que reduzirem o consumo em um patamar de 10% a 20%. Quem economizar menos que 10% não receberá bônus, e quem superar o nível de 20% não receberá prêmio adicional.

 

O consumo nos mesmos meses de 2020 deste período de setembro e dezembro servirá como parâmetro para calcular a média de consumo.

 

O governo espera reduzir a demanda em 914 MW, 1,41% do SIN (Sistema Interligado Nacional). O bônus concedido deve custar cerca de R$ 339 milhões por mês, que serão custeados pelos ESS (Encargos de Serviço do Sistema).

 

O Ministério de Minas e Energia calcula que, com a adesão da população ao programa de consumo de energia, o pagamento destes bônus custará menos do que o que é gasto atualmente acionando as usinas termelétricas para suprir o fornecimento de energia.

Aumento da conta de luz

Também passará a valer a partir desta quarta o novo aumento na conta de luz, anunciado pela  Creg (Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética). O reajuste será de cerca de 6,78% na tarifa média, através da criação da bandeira inédita da "Escassez Hídrica" na conta deluz.

 

A nova taxa será de R$ 14,20/100kWh, quase 50% acima da bandeira atual, e valerá para todos os consumidores de 1º de setembro de 2021 a 30 de abril de 2022. As exceções ficam por parte dos moradores de locais isolados do SIN e dos cidadãos de baixa renda que aderem à tarifa social da conta de luz.

 

A conta de luz teve seu primeiro aumento em junho, pouco depois do governo anunciar que o país passaria em 2021 pela maior crise hídrica em 91 anos. O Ministério de Minas e Energia ainda anunciou outros reajustes dentro da bandeira vermelha nos meses seguintes, até estabelecer nesta terça-feira (31) a nova bandeira.

 

A situação piorou depois que os meses de julho e agosto tiveram ainda menos chuvas do que o esperado pelo governo. Por isso, os reservatórios do subsistema Sudeste/Centro-Oeste, responsáveis por cerca de 70% da geração hídrica do país, terminaram agosto com a pior média mensal da história.

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/09/2021 - PF combate grupo responsável por derrame de dinheiro falso em Curitiba

Estão sendo cumpridas 16 ordens judiciais, sendo seis de prisão

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (1º) a Operação Derrame, para combater um grupo suspeito de colocar em circulação grande quantidade de cédulas falsas de real, em Curitiba.

 

Estão sendo cumpridas 16 ordens judiciais, sendo seis mandados de prisão e dez de busca e apreensão na capital paranaense e na cidade de Contenda, na Região Metropolitana. Os mandados judiciais foram expedidos pela 14ª Vara da Justiça Federal em Curitiba.

 

As notas falsas eram colocadas em circulação através da compra de aparelhos celulares anunciados para venda em uma grande plataforma virtual. “As compras eram realizadas com cédulas de R$ 100 falsas, com apenas três numerações de série diferentes”, diz a PF. As investigações apuraram que os suspeitos agiam organizadamente na prática do crime e fizeram várias vítimas.

 

Em cada compra, os criminosos repassavam entre 15 e 25 cédulas de R$ 100 falsas. Para obter lucro, os suspeitos efetuavam a venda dos aparelhos celulares, inclusive por intermédio de uma distribuidora de bebidas do pai de um dos investigados.

 

De acordo com a PF, os presos serão indiciados pelo crime de moeda falsa, associação criminosa e lavagem de dinheiro, cujas penas podem ultrapassar 12 anos de reclusão.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

31/08/2021 - Manhã é marcada por grande congestionamento na praça de pedágio de Venâncio Aires

A manhã desta terça-feira (31) está sendo marcada por congestionamento na praça de pedágio de Venâncio Aires. A lentidão no trânsito é registrada nos dois sentidos da rodovia, no dia em que a Rota de Santa Maria assume a RSC-287 e altera os valores das tarifas de pedágio.

 

A lentidão ocorre principalmente no sentido Santa Cruz/Venâncio Aires e, em função disso, diversos motoristas protestam no local por meio de buzinaço. A reportagem do Portal Arauto esteve no local e verificou que o congestionamento chega a passar de 1 km em ambos os sentidos. Conforme informações preliminares apuradas no local, a cobrança automática no pedágio não está funcionando em todos os veículos. Em alguns casos, o equipamento não está fazendo o reconhecimento correto. Além disso, nesta terça-feira iniciou a cobrança de pedágio para motos, que antes não era cobrado, contribuindo, também, para o congestionamento.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

31/08/2021 - Último dia de agosto deve ser de sol no RS

Temperaturas serão amenas na maior parte do Estado

O último dia de agosto deve ser de tempo ensolarado no Rio Grande do Sul. São esperados grandes períodos de céu claro na maior parte do Estado ao longo desta terça-feira.  dia começa frio, apesar disso.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, da tarde para a noite nuvens médias e altas passam a ser vistas em algumas áreas do território gaúcho. Ao longo da tarde, a tempratura fica amena, com aquecimento maior na Fronteira Oeste e Noroeste.

Em Porto Alegre, o sol predomina. A mínima na capital é de 13°C, e a máxima deve chegar aos 26°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Cruz Alta 12°C / 27°C

Vacaria 7°C / 22°C

Alegrete 13°C / 28°C

Santa Maria 13°C / 27°C

Caxias do Sul 10°C / 25°C

Bagé 13°C / 26°C

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

31/08/2021 - Assembleia tenta votar privatização da Corsan nesta terça-feira

Governo do Estado amplia articulação para reduzir resistências ao projeto da companhia e ao da regionalização. Mas votação é incerta

Apesar das críticas e resistências, os deputados estaduais poderão votar hoje os projetos que tratam da privatização da Corsan e a regionalização do saneamento básico no Estado, que cria o bloco dos municípios que são atendidos pela companhia atualmente. Ambas as propostas estão com regime de urgência. Assim, caso não sejam votadas, trancam a pauta. Há ainda outros oito projetos do Executivo, também em regime de urgência.

Até o momento, o primeiro a ser votado é o que cria a Unidade Regional de Saneamento Básico Central (URSB Central), sendo seguido pelo que define as medidas de desestatização da Corsan. O projeto da regionalização é o que enfrenta maior resistência, em especial por parte dos prefeitos. Esse foi um dos temas discutidos nesta terça-feira, em assembleia extraordinária, da Famurs. Na ocasião, mais de 300 prefeitos apresentaram dúvidas sobre a regionalização, assim como em relação à privatização da Corsan. Como resultado, sinalizando a necessidade de mais tempo para que os dois projetos sejam votados. Além disso, na semana passada, o presidente da Assembleia, Gabriel Souza, chegou a apresentar uma proposta alternativa. Porém, efetivamente não houve avanço.

 

No caso da privatização, o panorama é mais favorável. Assim, é possível inverter a ordem e analisar primeiro o que trata da companhia e, depois retirar o quórum, deixando a continuação da votação para o dia 14 de setembro, uma vez que na semana que vem não haverá sessão. A ordem final será discutida na reunião dos líderes de hoje.

 

Deputados discutem alterações

Entre os parlamentares ainda há dúvidas sobre os projetos e sugestões de alterações. Em nota, a bancada do PSB anunciou posição contrária a perda do controle acionário público da Corsan. Ao mesmo tempo, “concorda e recomenda a abertura do capital, de até 49% das ações, como forma de capitalizar a empresa e profissionalizar a gestão”, diz o documento assinado pelo líder da bancada, Dalciso Oliveira, mas também em nome dos outros dois colegas, Elton Weber e Franciane Bayer. Na justificativa, os parlamentares citam o fato de o PSB nacional ter ingressado com uma Adin, no STF, contra o novo marco legal, alegado que o projeto prejudica “as companhias públicas estaduais de saneamento”. Além disso, pontuam que a Corsan presta relevantes serviços, mas a companhia pode melhorar a sua gestão e eficiência.

 

Pela bancada do PT, o deputado Jeferson Fernandes, que coordena a Frente Parlamentar em Defesa da Água Pública, criticou a ausência de discussão e de transparência. “O governador quer vender a Corsan às pressas e de nada adianta discutir a regionalização ideal se a Companhia já estiver privatizada”, pontuou.

 

As dúvidas recaem ainda sobre os prefeitos. Na reunião de Famurs, o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), sustentou ser “inoportuna a votação, em regime de urgência, de um tema tão complexo como a regionalização do serviço básico”.  Além disso, os prefeitos dos 43 municípios da Amzop (Zona da Produção) entregaram à presidência da Assembleia um documento reforçando o pedido para que os projetos que tratam da privatização da Corsan e da regionalização não sejam votados em regime de urgência nesta terça-feira.

 

Manifestação pedirá rejeição dos projetos

Sindicatos, entidades e movimentos sociais prometem realizar manifestações contra os projetos hoje. No início da manhã, está prevista uma concentração no Largo Glênio Peres, no Centro de Porto Alegre, organizada pelo Sindiágua. No ato, ocorrerá uma assembleia geral extraordinária, com o objetivo de mobilizar os trabalhadores contra o projeto que prevê a privatização do saneamento e também para tratar de movimentações e reivindicações em relação aos projetos de lei, terceirização dos serviços, juntamente com a falta de concursos públicos, além das atuais condições de trabalhos.

 

No final da manhã, haverá manifestação em frente à sede da Corsan, na rua Caldas Júnior, além de um tuitaço nas redes. Após, enquanto ocorrerá a sessão plenária na Assembleia, uma mobilização está sendo organizada, na praça da Matriz, onde deverá ocorrer ato do Sindiágua e uma manifestação do Comitê Porto Alegre do Plebiscito Popular sobre as Privatizações no mesmo local.

 

Do outro lado, integrantes do grupo Transforma RS, formado por empresários, emitiu um manifesto às lideranças políticas em apoio ao projeto de privatização da Corsan. O argumento principal é que, com a aprovação do projeto que trata da companhia, será possível haver uma “virada para melhora na prestação dos serviços de saneamento no nosso Estado. Sem dúvida alguma promoverá a melhoria da qualidade de tratamento da água, além de assegurar os benefícios da salubridade ambiental à totalidade da população do Estado”, diz o documento, assinado pelo presidente do Transforma RS, Daniel Randon, junto com 13 outros empresários.

 

A nota também aponta que a Corsan, no cenário atual, não teria condições de atender as metas impostas pelo novo Marco do Saneamento Legal, que prevê a universalização dos serviços de abastecimento e saneamento até 2033.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

31/08/2021 - Receita paga hoje as restituições do 4º lote do Imposto de Renda 2021

O pagamento é para mais de 3,8 milhões de contribuintes

A Receita Federal paga hoje (31) as restituições do quarto lote do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2021, que também inclui restituições de exercícios anteriores. O pagamento é para mais de 3,8 milhões de contribuintes.

 

Neste lote, o valor das restituições chega a R$ 5,1 bilhões. Desse total, R$ 273,2 milhões serão destinados a contribuintes com prioridade: 8.185 idosos acima de 80 anos, 67.893 entre 60 e 79 anos, 6.088 com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e 26.647 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. Foram contemplados ainda 3.710.930 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 16 de agosto.

 

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet. No serviço Portal e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

 

A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones, para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com ele, é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições.

 

Como resgatar

O pagamento da restituição é feito diretamente na conta bancária informada pelo contribuinte na declaração. Se por algum motivo o crédito não for realizado (se, por exemplo, a conta foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

 

Nesse caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores, em seu nome, pelo Portal BB, acessando o endereço www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

 

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deve requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos - Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

30/08/2021 - Próximo da conclusão, nova ponte do Guaíba está com obras paralisadas

De acordo com Dnit, 3% da obra restante nas alças da ponte deve ser inserida em concessão das rodovias BR 166 e 290, que está em fase de estudo pelo governo federal

Os trabalhos nas alças da nova Ponte do Guaíba, localizadas na rua Voluntários da Pátria, estão paralisadas. Nesta segunda-feira, não havia nenhum trabalhador da Construtora Queiroz Galvão, responsável pela realização da obra, no local. No canteiro central, que fica na rótula da rua Dona Teodora com a rua Voluntários da Pátria, mais de 120 vigas estavam na área. Em outros tempos, o local estava cheio de trabalhadores e guindastes que faziam a remoção das estruturas.

 

Em nota, a superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit/RS) informou que a nova Ponte do Guaíba está 97% concluída e em operação. No entanto, a continuidade das obras deve ser inserida na concessão das BR116 e 290, que está em fase de estudo pelo governo federal.

 

Durante visita a Porto Alegre nesta segunda-feira, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou que a conclusão das alças de acesso da Nova Ponte do Guaíba farão parte de um programa de concessão de Porto Alegre a Camaquã na BR 116 e BR 290 - seguindo até Caçapava do Sul. A remoção das famílias das vila Tio Zeca e Areia e a conclusão das obras ficará a cargo da concessionária.

 

 

Segundo Freitas, o governo federal fará a licitação no próximo ano. "Vamos dar a mesma solução para a nova Ponte do Guaíba que fizemos com o Aeroporto Internacional Salgado Filho", ressaltou o ministro. Freitas esteve em Porto Alegre onde participou a convite do presidente da Fetransul, Afrânio Kieling, do evento que tratou sobre o DT-e (Documento Eletrônico do Transporte. A solenidade foi realizada no Hotel DeVille, na zona Norte da Capital.

 

Na rua João Moreira Maciel, onde estava localizado o Centro Administrativo da nova Ponte do Guaíba, administrado pela Construtora Queiroz Galvão, foi completamente desativado. Poucos funcionários da empresa circulavam pelo local. Uma empresa de vigilância realizava a segurança nos terrenos que eram ocupados pela construtora.

 

Em dezembro do ano passado, o presidente da República Jair Bolsonaro, juntamente com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esteve em Porto Alegre para inaugurar um trecho da nova Ponte do Guaíba, na BR 290. Na época, foi inaugurado o eixo principal da nova ponte do Guaíba. Parte da obra inaugurada por Jair Bolsonaro deveria estar pronta desde 2017. O custo da estrutura foi avaliado em R$ 757,5 milhões.

 

O Dnit estima que cerca de 50 mil veículos passem diariamente pela nova estrutura. Hoje, cerca de 40 mil automóveis passam por dia na atual ponte. Uma das diferenças da nova estrutura é que não há necessidade de içamento do vão móvel, evitando interrupções no trânsito. A nova Ponte do Guaíba possui uma extensão de 12,3 quilômetros com um total de cinco quilômetros em acessos e 7,3 quilômetros em obras de artes especiais (ponte sobre os canais navegáveis, elevadas e viadutos). A estrutura possui cerca de 28 metros de largura, em pista dupla com duas faixas de tráfego em cada sentido com acostamento e refúgio.

 

 

Fonte: Correio do Povo

30/08/2021 - Cartilha da Fundação do Câncer ajuda fumantes a largar o vício

 

Material informativo já foi baixado por 4,6 mil pessoas em todo o país

Fumante desde os 15 anos de idade, o mecânico de manutenção Edinilson Rodrigues de Paula, de 47 anos, está há um mês sem fumar, graças à Cartilha Prática para Parar de Fumar, lançada em maio deste ano pela Fundação do Câncer, e que já ajudou em torno de 500 pessoas a deixarem o cigarro durante a pandemia.

 

Edinilson contou à Agência Brasil que, desta vez, está decidido a não voltar a fumar. “Estou pegando firme. Quando vejo um sujeito fumando, viro a cara e saio de perto. Não quero mais não. Eu acordava cedo com aquela tosse de cachorro. Agora, já está diminuindo a tosse”.

 

Para seguir no popósito, ele também cortou café, pão, refrigerante, cerveja. “Tudo que instiga o sistema nervoso para pegar cigarro, eu abandonei”. Com o dinheiro que ele gastava comprando cigarros abriu uma conta no banco e está fazendo uma poupança, “como a cartilha sugere também. Se for botar na ponta do lápis, é uma loucura. Deus me livre!”.

 

O vício de fumar também acompanhou Carlos Augusto dos Anjos durante 40 anos. Hoje, depois de seguir as orientações da cartilha, ele conseguiu largar o cigarro. Segundo ele, o material foi de grande ajuda para incentivá-lo e, o mais importante, sem pressão. “Foi crucial; foi importante. Mais uma força para que eu abandonasse o cigarro”.

 

Carlos chamou a atenção da relação custo/benefício. “O benefício de você parar de fumar é muito maior do que o falso prazer de fumar, de estar ingerindo nicotina, alcatrão, esse monte de química que todo mundo sabe. Essa satisfação de você sentir que não fuma mais é muito mais prazerosa do que o falso prazer de fumar. E quando você firma na sua cabeça que não quer mais, pronto, acabou! O primeiro passo é dizer para você mesmo que não quer mais. Daí, tem sua força de vontade, sem pressão de ninguém. Isso é muito importante”.

 

Levantamento

Levantamento feito com 4,6 mil pessoas de todo o Brasil que baixaram a cartilha até agora no site da Fundação do Câncer mostrou que 10% pararam de fumar com a ajuda do material educativo. “Foi uma surpresa boa. A gente sabe que não é fácil, mas é um bom retorno inicial. Há tão pouco tempo a gente lançou a cartilha e já tem um resultado desses; é realmente muito bom. Para a gente, é gratificante”, disse à Agência Brasil o diretor-executivo da Fundação do Câncer, oncologista Luiz Augusto Maltoni.

 

O médico destacou que o que se viu muito durante a pandemia do novo coronavírus, e que foi comprovado por muitos trabalhos científicos, é que os tabagistas aumentaram muito o consumo, por causa da ansiedade, pela questão de ficar em casa, sem poder sair.

 

Por outro lado, nesse ambiente de tanta adversidade, provocado pela pandemia, a Fundação do Câncer quer mostrar que quem fuma pode largar o vício. ”Porque é uma oportunidade, para não permitir que a associação ruim do cigarro com a covid-19 se estabeleça ainda mais, e também para evitar que aqueles que não fumam não venham a começar”.

 

Luiz Augusto Maltoni observou que os adolescentes estão fumando cada vez mais cedo, a partir das alternativas de cigarros ditos orgânicos, mas que apresentam alto índice de nicotina e são viciantes, e também dos cigarros eletrônicos. Esses produtos aumentam a probabilidade de transmitir o vírus devido ao compartilhamento de piteiras e mangueiras e de dispositivos que permitem exalar gotículas de vapor.

 

Até agora, porém, continua valendo a Resolução da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) RDC nº 46, de 28 de agosto de 2009, que proíbe a propaganda e comercialização desses produtos no país, embora eles sejam vendidos pela internet, disse o diretor-executivo da Fundação do Câncer..

 

Informação correta

Para Maltoni, é importante que a população receba informação correta. Ele conta que todas as formas de uso do tabaco podem elevar o risco de desenvolver covid-19, especialmente para complicações de quadros mais graves e potencialmente fatais. Estudo recente feito por pesquisadores do Utsunomiya Hospital e da Jichi Medical University, do Japão, reiteram que os fumantes correm risco de ter uma resposta imunológica mais baixa que o da população não fumante, após receber a vacina contra a covid-19.

 

"A gente já sabia que o tabagista tinha uma fragilidade imunológica maior, principalmente pelas portas de entrada, que são os órgãos respiratórios, mais vulneráveis a infecções e, com a covid, isso ficou mais que demonstrado, com situações de maior gravidade, desfecho clinico pior para pacientes tabagistas, comparado com aqueles que não são tabagistas”. O mais seguro, segundo Maltoni, é buscar tratamento, deixar o cigarro, não fumar. “Isso é uma evidência que já temos".

 

A cartilha reúne uma série de informações já disponíveis, tentando traduzi-las de uma maneira simples, clara e fácil, além de atrativa e amigável. “E que criasse facilidades, não dificuldades. Esse foi o objetivo de ajudar as pessoas que têm consciência de que isso (fumo) faz mal e que querem parar de fumar”. O médico sugeriu que as pessoas acessem a cartilha e deem contribuições para que a Fundação do Câncer possa aprimorar esse material.

 

Dependência

O epidemiogista Alfredo Scaff, consultor médico da Fundação do Câncer, salientou que tratar a dependência do tabaco de forma natural ajuda a sociedade. “É algo que está em nosso cotidiano e que muita gente não vê como dependência química, mas é. Quando lançamos ações que falam abertamente, a população entende, reflete e temos resultados positivos”, comentou Scaff.

 

Em formato eletrônico, a Cartilha Prática para Parar de Fumar traz informações sobre como e por onde começar na tentativa de abandonar o vício. O material propõe uma reflexão sobre aquilo que as pessoas têm consciência que é desagradável e que pode estimular o abandono do tabaco, como o cheiro forte do fumo, o gosto na boca, o fato de o produto causar diversas doenças que podem levar à morte, como vários tipos de câncer.

 

Luiz Augusto Maltoni lembrou que há tratamento gratuito para o tabagismo no Sistema Único de Saúde (SUS). As informações podem ser obtidas através do Disque Saúde, no telefone 136. O diretor-executivo afirmou que o Brasil é um dos poucos países do mundo que tem uma estrutura bem organizada em relação à Política Nacional de Controle do Tabaco. Há grupos em todo o país e nas secretarias de Saúde para auxiliar as pessoas a largar o hábito de fumar, não só por meio de consultas, mas também com medicamentos.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

30/08/2021 - UE volta a impor restrições a viagens não essenciais dos EUA

Atualmente, nenhum país da América Latina consta na lista que autoriza viagens não essenciais

A União Europeia (UE) retirou, nesta segunda-feira, os Estados Unidos da lista de países cujos cidadãos estão autorizados a fazer, sem restrições, viagens não essenciais ao território do bloco durante a pandemia do coronavírus. "Israel, Kosovo, Líbano, Montenegro, a República da Macedônia do Norte e os Estados Unidos foram removidos da lista", disse o Conselho da UE em um comunicado.

A mudança envolve a nova imposição de restrições às viagens não essenciais desses países. "Viagens não essenciais para a UE de países ou entidades que não estão (na lista aprovada) estão sujeitas a restrições temporárias", disse o comunicado.

 

No entanto, esta é uma recomendação da UE e as capitais europeias podem permitir um certo número de chegadas de viajantes totalmente vacinados, em meio a um cenário de preocupação generalizada com o aumento dos casos.

 

A UE destacou que "esta lista continuará a ser revisada periodicamente e, eventualmente, será atualizada". O bloco havia acrescentado os Estados Unidos à lista de países autorizados em 16 de junho.

Com a chegada do verão boreal e o início da temporada turística na Europa, vários países do bloco pressionaram para abrir as portas aos turistas americanos, em uma tentativa de se recuperar do impacto econômico da pandemia. Atualmente, nenhum país da América Latina consta na lista que autoriza viagens não essenciais. O último país latino-americano, o Uruguai, foi retirado em dezembro de 2020.

 

Apenas 17 países estão autorizados a fazer viagens não essenciais para o bloco, além da China, em uma decisão que depende de medidas de reciprocidade.

 

Fonte: Correio do Povo

30/08/2021 - Gaúcho é preso com mais de meia tonelada de maconha pela PRF em Santa Catarina

Flagrante ocorreu quando caminhonete, com placas de Viamão, foi abordada na BR 101, em Joinville

A Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina confirmou nesta segunda-feira que um gaúcho foi preso com mais de meia tonelada de maconha na BR 101, em Joinville. A droga foi avaliada em cerca de R$ 1,2 milhão.

 

O flagrante ocorreu na noite de domingo. O efetivo da PRF abordou uma Chevrolet S10, com placas de Viamão (RS). Na revista na caminhonete, os policiais rodoviários federais localizaram um total de 592 quilos de maconha.

 

O motorista, um gaúcho de 31 anos, natural de Quaraí, abandonou o veículo e tentou fugir correndo, mas foi alcançado e preso logo em seguida. Ele admitiu que receberia em torno de R$ 10 mil pelo transporte do entorpecente.

 

Um Chevrolet Prisma, com placas de São Paulo (SP), que atuava como batedor, também foi interceptado. O condutor, um uruguaio de 54 anos, e a passageira, uma maranhense de 36 anos, foram detidos.

 

Conforme a PRF, o carregamento de maconha vinha de Foz do Iguaçu, no Paraná, na fronteira com Ciudad del Este, no Paraguai. O destino inicial seria Florianópolis (SC).

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/08/2021 - Estudo associa poluição do ar a maior gravidade de doenças mentais

 

Pesquisa foi publicada pela Universidade de Cambridge

Um estudo que envolveu 13 mil pessoas em Londres concluiu que a exposição a ar poluído pode levar ao agravamento de doenças mentais. Os investigadores britânicos cruzaram dados médicos, desde os primeiros contatos com os serviços de saúde, aos níveis de poluição de áreas residenciais. Acreditam que a ligação entre o ar poluído e danos mentais é "biologicamente plausível".

 

O dióxido de azoto, também conhecido por dióxido de nitrogênio - NO2 - está identificado como um dos principais poluentes que circulam na atmosfera. Provém de combustíveis fósseis, como o petróleo ou carvão. Queimados a elevadas temperaturas nos motores dos automóvel e no setor industrial, transformam-se em gás tóxico e são emitidos para o ar que respiramos.

 

Os riscos na saúde humana, principalmente em doenças respiratórias e pulmonares, estão amplamente comprovados.

 

O novo estudo britânico, publicado pela Universidade de Cambridge, avalia a possível gravidade da saúde mental associada à exposição de ar poluído.

 

Os pesquisadores dizem no trabalho que as "evidências sugerem que a exposição à poluição do ar pode afetar adversamente o cérebro e aumentar o risco de transtornos psiquiátricos, como esquizofrenia e depressão. No entanto, pouco se sabe sobre o papel potencial da poluição do ar na gravidade e na recaída após o início da doença".

 

Os cientistas rastrearam pacientes no sul de Londres e cruzaram as estimativas da poluição vinculadas às suas residências.

 

Os níveis médios de NO2 na área de estudo variaram entre 18 e 96 microgramas por metro cúbico (µg / m³), a cada três meses. Os investigadores descobriram que os indivíduos expostos a níveis 15 µg / m³ mais elevados de poluição tinham um risco 18% maior de serem internados no hospital e 32% maior de necessitar de tratamento em ambulatório após um ano.

 

A relação com o dióxido de nitrogênio tornou-se mais clara quando o níveis de partículas pequenas variaram de 9 para 25 µg / m³, associada a uma exposição três vezes mais, aumentando o risco de internamento em 11% e o risco de tratamento em ambulatório em 7%.

 

O estudo revela que os dados do doente avaliado sete anos depois do primeiro tratamento mantêm a ligação com a poluição atmosférica.

 

Para os cientistas, "a exposição das habitações ao ar poluído está associado ao aumento do uso de serviços de saúde mental entre pessoas recentemente diagnosticadas com transtornos psicóticos e de humor".

 

Os pesquisadores estimaram que "reduzir a exposição da população urbana do Reino Unido à poluição por pequenas partículas, por apenas algumas unidades, até o limite anual da Organização Mundial da Saúde de 10µg / m³", teria impacto nos serviços de saúde mental. Poderia haver uma redução em cerca de 2% e seriam economizadas dezenas de milhões de libras por ano.

 

"Identificar fatores de risco modificáveis para a gravidade da doença e recaída pode ajudar os esforços de intervenção precoce, reduzir o sofrimento humano e os altos custos econômicos causados por doenças mentais crônicas de longo prazo", destacam os autores do estudo.

 

Kevin McConway, professor da Open University, não faz parte da equipa que assina o estudo, mas faz uma avaliação positiva do trabalho.

 

"Este é um bom estudo. A análise estatística é geralmente apropriada e aumenta a confiança de que há pelo menos algum elemento de causa e efeito na associação entre poluição e saúde mental", diz McConway, citado na publicação britânica Guardian.

 

"Mas não é fácil para as pessoas evitarem a poluição. A redução da poluição do ar nas cidades requer uma ação comunitária em ampla escala", acrescenta.

 

O Banco Mundial estima que a poluição do ar custa à economia global bilhões de dólares, mas apenas inclui patologias do coração e pulmões.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

27/08/2021 - Polícia prende, em Guaíba, traficante que lucrava R$ 100 mil por semana

Criminosos usavam aviário como fachada para o ponto de tráfico

Uma operação policial em Guaíba, na Região Metropolitana, desarticulou uma quadrilha que realizava tele-entrega de drogas. O foco da ação da manhã desta sexta-feira (27), foram endereços situados nos bairros Colina, Jardim dos Lagos e Cohab.

 

De acordo com a Polícia Civil, quatro pessoas foram presas até o momento, sendo que as investigações apontaram que o líder do grupo, que está entre os capturados, lucrava cerca de R$ 100 mil por semana.

 

A operação contou com helicóptero e apoio da Polícia Rodoviária Federal, especialmente na região às margens da BR-116.

O local onde era administrado o tráfico usava um aviário como fachada. Nos fundos, a polícia encontrou um depósito de armas.

A operação segue em andamento.

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

27/08/2021 - Sexta começa com frio no RS, mas sol aparece em todas as regiões

Porto Alegre terá máxima de 21°C, em dia de sol e nuvens

Uma massa de ar frio define as condições do tempo no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, conforme a MetSul Meteorologia. O dia começa frio em todas as regiões, mas as menores marcas devem ocorrer no Oeste e no Sul, onde o tempo estará aberto e mais seco, o que vai favorecer a ocorrência de geada em diferentes municípios destas regiões.

 

O sol aparece no Estado com amplos períodos de céu claro no Centro, no Oeste e no Sul gaúcho. No Norte e no Nordeste do Estado são esperados períodos de maior nebulosidade com céu nublado a encoberto. A temperatura à tarde vai estar amena e muito agradável, próxima do que é normal para agosto. Na Capital, em um dia de sol e nuvens, as temperaturas variam entre 8°C e 21°C.

 

Mínimas e máximas pelo RS

Porto Alegre 8°C / 21°C

Caxias 6°C/ 20°C

Torres 11°C / 20°C

Passo Fundo 6°C / 21°C

Santa Cruz do Sul 5°C / 22°C

Santa Maria 5°C / 21°C

Uruguaiana 4°C / 22°C

Pelotas 4°C / 22°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/08/2021 - Nova concessionária da RSC 287 assume a rodovia na próxima terça

Grupo administrará 204 quilômetros entre Tabaí e Santa Maria

O início das atividades da concessionária Rota de Santa Maria, do Grupo Sacyr, ocorre na próxima terça-feira no trecho da RSC 287 entre Tabaí e Santa Maria. Atualmente, o trajeto da rodovia entre Tabaí e Paraíso do Sul é administrado pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) homologou na terça-feira o contrato de concessão nesta semana.

 

A tarifa nas praças de pedágio de Candelária e Venâncio Aires, que hoje é de R$ 7 para veículos de passeio, no início da concessão baixará para R$ 3,70. O valor será reajustado anualmente com base no IPCA.

 

A assinatura do contrato de concessão entre o governo do Estado e a Rota de Santa Maria ocorreu no dia 20 de julho. O consórcio deverá investir R$ 2,7 bilhões na RSC 287 nos próximos 30 anos, sendo R$ 1 bilhão já nos primeiros dez anos. O contrato de três décadas prevê a duplicação da estrada, um dos principais corredores logísticos do Rio Grande do Sul. Durante o período, a concessionária será responsável pelos 204,5 quilômetros entre Tabaí e Santa Maria.

 

Após um ano de concessão, serão implantadas três praças de pedágio, em Santa Maria, Paraíso do Sul e Tabaí. A empresa pretende iniciar, tão logo assumir a rodovia, melhorias com tapa-buracos, recapeamento e reforço na sinalização e estrutura de segurança. Nos primeiros seis meses, haverá serviço de ambulância e guincho apenas no trecho entre Venâncio Aires e Candelária. Depois, passará a ser atendida toda a extensão da rodovia.

 

O início da duplicação da RSC 287 está previsto para 2023, mas está descartado que a movimentação de máquinas se inicie ainda este ano. O trabalho vai ocorrer em etapas, priorizando os trechos urbanos. À medida que os trajetos duplicados forem entregues, também será recuperada a rodovia atual.

 

Originária da Espanha, o Grupo Sacyr venceu a licitação em dezembro de 2020 pelo consórcio Via Central, formado por duas empresas do grupo, que está entrando no mercado brasileiro a partir do Rio Grande do Sul. Entre as quatro propostas concorrentes do leilão, o consórcio foi o que apresentou a menor tarifa de pedágio.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/08/2021 - Operação combate quadrilha que atacava propriedades rurais e depois oferecia serviços de vigilância

Ofensiva com 200 policiais cumpre 16 mandados de prisão e 46 de busca e apreensão no sul do RS

Uma operação com cerca de 200 policiais foi desencadeada nesta quinta-feira (26) para prender 16 integrantes de uma facção que tem base no sul do Estado. A organização criminosa já havia sido investigada e desarticulada em 2017, por roubos em áreas rurais, mas voltou a agir. Até 10h, 12 suspeitos haviam sido presos.

 

 

Segundo a polícia, o grupo segue realizando furtos e roubos em fazendas e sítios — foram 28, em 15 municípios da região, nos últimos nove meses —, mas agora também age como milícia, ao montar uma empresa de vigilância clandestina. Logo após os crimes, eles ofereciam às vítimas serviços de segurança privada, e quem não aceitava era coagido ou assaltado novamente.

A operação foi chamada de "Farroupilha", pelo fato de a apuração ter começado após um roubo a fazenda na cidade de Piratini, que foi a primeira capital farroupilha. A ação ocorre em seis municípios da região: Pelotas (base da facção, que atua na cidade há pelo menos oito anos), Rio Grande, Piratini, Morro Redondo, Santana da Boa Vista e em Capão do Leão (sede da empresa de vigilância).

Além dos 16 mandados de prisão, há ainda 46 de busca e apreensão sendo cumpridos. Os nomes dos alvos não foram divulgados.

Grupo violento

De acordo com o delegado André Mendes, titular da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Bagé, a facção já havia migrado parte das ações para crimes rurais, em 2017, com o objetivo de capitalizar o tráfico de drogas. O grupo foi responsável por roubos de gado, em residências e de defensivos agrícolas, sempre agindo de forma violenta.

 

Vários integrantes foram presos à época, na chamada "Operação Castelo". Com o tempo, eles foram soltos e, há dois anos, em agosto de 2019, alguns voltaram a agir durante tentativa de roubo de uma caminhonete em Pelotas.

 

Na ocasião, a policial civil Cristina Gonçalves Lucas, que estava saindo da cidade com a família em férias, foi baleada e acabou morrendo. Três homens foram condenados pelo crime no ano passado — o delegado destaca que o objetivo deles era roubar a caminhonete para usá-la nos roubos a propriedades rurais.

 

Depois disso, a partir de dezembro de 2020, vários roubos começaram a ser registrados em 15 municípios, como Piratini, Pelotas, Santa Vitória do Palmar, Herval, Arroio Grande, Santana da Boa Vista, Pinheiro Machado, entre outros. Foram 18 roubos e 10 furtos.

 

— Todos os crimes praticados com muita violência, inclusive com famílias sendo submetidas a cárcere privado, trancadas em peças das residências após os assaltos — explica Mendes.

Empresa de vigilância

Os integrantes da facção saíam de Pelotas para ir, por exemplo, até Herval — cerca de 145 quilômetros de distância — para furtar apenas panelas de uma fazenda. Contudo, Mendes descobriu que o objetivo real era outro, ao comprovar que os investigados haviam montado uma empresa de vigilância clandestina.

 

A Nova Fronteira Vigilância e Monitoramento tem sede em Capão do Leão e teve a interdição solicitada pela polícia. Conforme o inquérito instaurado, a mesma facção que realizava os roubos depois oferecia o serviço de monitoramento às vítimas. Os responsáveis pelo estabelecimento teriam coagido, ameaçado e até mesmo assaltado novamente quem não aceitou o monitoramento.

 

— Isso é milícia, temos provas suficientes. A empresa batia de porta em porta para oferecer segurança, muitas vezes, logo depois dos roubos que os próprios comparsas realizaram. Contudo, anunciavam nas redes sociais e, um dos integrantes que aparecia no perfil, por exemplo, é um dos presos — ressalta Mendes.

 

GZH tentou contato com a empresa na manhã desta quinta-feira, mas ainda não obteve retorno por meio dos telefones disponíveis no anúncio em uma rede social.

 

Outras investigações

Mendes diz que esse tipo de situação preocupa a Polícia Civil. Se antes traficantes estavam assaltando propriedades rurais para capitalizar a venda de drogas, agora estão também agindo como milícias ao aterrorizar proprietários rurais da Região Sul. Além dos roubos de eletrodomésticos, carros, celulares, dinheiro, armas e defensivos agrícolas, bem como gado em algumas ocasiões, a facção oferece posteriormente o serviço de vigilância privada.

Casos semelhantes já ocorreram neste mês em cidades como Cacequi, na Região Central. No último dia 16, seis pessoas foram detidas por abigeato e roubos de defensivos agrícolas e por oferecer, após os crimes, serviço de vigilância semelhante ao da empresa de Capão do Leão.

 

O delegado diz que, apesar de ter a mesma forma de atuação, os investigados fazem parte de outra facção criminosa. Muitas das ordens para os ataques também são dadas de dentro das cadeias.

 

Também neste mês, houve uma ação em Cruz Alta, no Noroeste. Sete homens encapuzados fizeram uma família refém em uma fazenda e roubaram o local, que também tem serviço de vigilância. Neste caso, ainda não se sabe se a empresa tem algum vínculo com facção.

 

Ordens judiciais

Segundo a Decrab de Bagé, as prisões desta quinta-feira ocorreram em Pelotas e em Capão do Leão. Os mandados de busca foram em Pelotas, Capão do Leão, Rio Grande, Santana da Boa Vista, Morro Redondo e Piratini.

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

26/08/2021 - Vacina da Pfizer passará a ser produzida no Brasil a partir de 2022

Farmacêutica acerta acordo com Eurofarma e expectativa é de 100 milhões de doses por ano, para distribuir na América Latina

A partir do ano que vem a vacina contra Covid-19 da Pfizer vai ser produzida aqui no Brasil. Isso porque a farmacêutica dos Estados Unidos e a parceira BioNTech confirmaram, nesta quinta-feira (26), que assinaram um acordo com a Eurofarma, laboratório de medicamentos genéricos, para fabricar o imunizante no país.

 

A produção de doses prontas pelo laboratório brasileiro será 2022. Mas, as instalações de equipamentos e as  atividades de transferência  técnica e desenvolvimento começam imediatamente. Vale destacar que o acordo não cobre o complicado processo de produção de mRNA do fármaco, que seguirá sendo feito nas instalações da Pfizer e da BioNTech, nos Estados Unidos.

 

A expectativa da Pfzizer/BioNTech é que a farmacêutica nacional produza mais de 100 milhões de doses prontas anualmente em plena capacidade operacional. Os imunizantes produzidos no país serão distriuídos na América Latina.

 

Albert Bourla, CEO da Pfizer, afirma que a ampliação da produção vai ajudar na distribuição dos imunizantes. "Todos, independentemente  da  condição financeira, etnia, religião ou geografia, merecem acesso às vacinas contra a Covid-19 que salvam vidas. Nossa nova colaboração com a Eurofarma expande nossa rede global de cadeia de suprimentos – nos ajudando a continuar fornecendo acesso justo e equitativo à nossa vacina. Continuaremos a explorar e buscar oportunidades como esta para ajudar a garantir que as vacinas estejam disponíveis para todos os que precisam", disse ele.

O comunicado não deixa claro se o Brasil vai ter mais doses disponíveis no ano que vem. De acordo com o vacinômetro, do Ministério da Saúde, mais de 30 milhões de doses da Pfizer já foram aplicados nos brasileiros, o que equivale a mais de 17% dos vacinados.

 

O imunizante foi o primeiro a ter uso definitivo autorizado no País e é único que pode ser aplicados também em adolescentes de 12 a 17 anos. O acordo entre a Pfizer/BioNTech e a Eurofarma é o terceiro entre farmacêuticas e labarotários brasileiros para produção de imunizantes contra a Covid-19, uma vez que a AstraZeneca é produzida pela Fiocruz (Fundação Osvaldo Cruz), no Rio de Janeiro, e a CoronaVac, da chinesa Sinopharm, é feita no Instututo Butantan, em São Paulo.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/08/2021 - RS aguarda orientação do Ministério da Saúde para vacinar adolescentes em setembro

Idosos com mais de 70 anos e imunossuprimidos devem ser atendidos com a terceira dose contra a Covid-19 no dia 15

O governo do Rio Grande do Sul atualizou nesta quinta-feira os dados de vacinação contra a Covid-19 no Estado. Durante a transmissão, o governador Eduardo Leite esclareceu que a terceira dose de imunização deverá estar disponível a partir de 15 de setembro. As pessoas com mais de 70 anos e os imunossuprimidos serão atendidos em primeiro lugar. No que diz respeito à vacinação de adolescentes sem comorbidades, de 12 a 17 anos, a imunização deve ocorrer também no próximo mês, mas o Piratini aguarda a posição do Ministério da Saúde.

 

Conforme o Executivo gaúcho, cerca de 1 milhão de pessoas devem receber a terceira dose da vacina contra a Covid-19. O número corresponde à faixa da população com mais de 70 anos, e imunossuprimidos. O quantitativo de vacinas ainda é desconhecido do Piratini.

 

Durante a sua explanação sobre o cenário atual de imunização no RS, Leite explicou que desde o início da mobilização, o RS vinha recebendo cerca de 6% dos imunizantes disponibilizados pelo governo federal. Entretanto, nas últimas semanas, o índice foi de 4%. Expectativa é de que as 95 cidades que ainda faltam atingir a totalidade da população adulta, cheguem aos 18 anos nos próximos dias.

Outro tema que está no escopo do Piratini, que também depende do parecer do Ministério da Saúde, é o encurtamento do prazo para a segunda dose nos imunizantes da Pfizer e da AstraZeneca. O novo período seria de oito semanas.

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/08/2021 - TSE amplia participação em teste de segurança das urnas eletrônicas

Número máximo foi ampliado de 10 para 15 participações

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou hoje (26) as regras para o sexto teste de segurança das urnas eletrônicas, e neste ano decidiu ampliar o número máximo de participantes, de 10 para 15, entre outras novidades. Os interessados têm até 29 de setembro para fazer uma pré-inscrição.

 

Criado em 2009, o teste público de segurança das urnas disponibiliza o hardware e o software da urna eletrônica para serem escrutinados por especialistas, instituições acadêmicas e órgão públicos.

 

Neste ano, cada uma das 15 participações poderá contar com uma equipe de até cinco pessoas. Outra novidade é ampliação dos programas disponibilizados para investigação, que agora incluem sistemas de apoio à auditoria de funcionamento das urnas e outros softwares verificadores, além dos códigos da própria urna.

 

O prazo para os investigadores inspecionarem os códigos-fontes dos sistemas também foi ampliado de uma para duas semanas, informou o TSE. A previsão é que resultados preliminares dos testes sejam publicados em 27 de novembro.

 

 

Fonte: Agência Brasil

25/08/2021 - Pedágios da RSC-287 vão custar R$ 3,70

Os pedágios da RSC-287 custarão R$ 3,70. A definição, por parte da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs), ocorreu nesta terça-feira (24). O contrato com o Grupo Sacyr já com o valor deve ser publicado no Diário Oficial do Estado nos próximos dias. O aumento em relação a tarifa ofertada para vencer o leilão da rodovia é baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de julho de 2021.

 

Portanto, a Sacyr, através da concessionária Rota de Santa Maria, implementará a nova tarifa a partir de 1º de setembro nos dois pedágios já existentes na RSC-287, em Venâncio Aires e em Candelária. Hoje, ainda sob administração da Empresa Gaúcha de Rodovias, passar pela cancela custa R$ 7.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

25/08/2021 - PRF prende traficante com meia tonelada de maconha na BR-290

A Polícia Rodoviária Federal prendeu um traficante com maconha na noite desta quarta-feira (24). A droga estava dentro de um Renegade clonado, abordado em Eldorado do Sul.

 

Em uma operação com a participação do serviço de inteligência da PRF, os policiais identificaram um Renegade que transitava pela BR-290. Ao perceber a aproximação da viatura, o motorista fugiu com o carro por uma avenida em Eldorado do Sul, onde foi interceptado.

 

O veículo, com placas clonadas, estava completamente carregado de maconha, totalizando mais de meia tonelada. O motorista, que viajava sozinho, tem 22 anos e é de Nova Hartz, com passagem por roubo.

 

Ele disse que foi pago para pegar o carro já carregado em Novo Hamburgo e levá-lo ao Uruguai. O homem foi preso e conduzido para a delegacia com o Renegade e a droga, que poderia produzir mais de um milhão de cigarros para consumo.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

25/08/2021 - Banco Mundial congela ajuda financeira ao Afeganistão

Instituição se preocupa com impacto do novo governo sobre mulheres

O Banco Mundial suspendeu a ajuda financeira ao Afeganistão enquanto avalia o processo de transição de liderança no país. A instituição diz que está preocupada, especialmente, com o impacto do novo governo sobre as mulheres. Para este ano, o Banco Mundial tinha previsto 680 milhões de euros de ajuda, mas que por enquanto estão congelados.

 

Desde 2002, o Banco Mundial garantiu mais de 4 bilhões de euros para projetos de desenvolvimento no Afeganistão. Arrecadou cerca de 11 mil milhões para o Fundo Fiduciário de Reconstrução do país, que administra.

 

Na previsão para 2021, estão 680 milhões de euros de reembolsos.

 

Segundo o porta-voz da organização financeira, enquanto não forem claros os planos dos talibãs para governar o Afeganistão, o Banco Mundial suspende os pagamentos.

 

"Suspendemos os reembolsos em nossas operações no país e estamos monitorando de perto a situação de acordo com nossas políticas e procedimentos internos", anunciou um porta-voz do banco, citado na BBC.

 

O banco, além ter os olhos postos na transição governamental, mantém contato constante com a comunidade internacional.

 

"Continuaremos a consultar de perto a comunidade internacional e os parceiros de desenvolvimento. Junto com nossos parceiros, estamos buscando maneiras de permanecermos engajados para preservar os ganhos de desenvolvimento conquistados nos últimos 20 anos e continuar a apoiar o povo do Afeganistão."

 

A preocupação maior é com o impacto que a política talibã terá no "desenvolvimento do país, especialmente para as mulheres".

 

Paralisação à vista

O Banco Mundial não foi a única instituição externa a suspender o financiamento de projetos no Afeganistão, desde que os talibãs assumiram o controle do país.

 

Na semana passada, o Fundo Monetário Internacional congelou mais de 340 milhões em reservas de emergência de moeda alocada ao Afeganistão. Em causa está a legitimidade de um futuro governo liderado por talibãs.

 

A Casa Branca também congelou os ativos do Banco Central do Afeganistão que estão depositados nos EUA, não sendo disponibilizados aos talibã. O banco afegão tem mais de 7 bilhões de euros em reservas, a maioria em solo americano.

 

O Afeganistão pode enfrentar uma paralisação devido tanto a cortes da ajuda externa como a sanções econômicas aplicadas ao desempenho dos talibã no governo.

 

De acordo com dados do Banco Mundial/CIA World Factbook referentes a 2020, o Afeganistão é considerado um dos países mais pobres do mundo.

 

A esperança média de vida é de 53 anos.

Parte da economia afegã gira em torno da plantação de papoula, cuja parte da produção de derivados do ópio é usada para fabricação de anestesias. A outra parte é para heroína.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

25/08/2021 - Fiocruz recebe hoje insumos para produção de 5,1 milhões de doses

Laboratório já entregou 88 milhões de 150 milhões de doses da vacina contra Covid-19 contratadas pelo governo Bolsonaro

A Fiocruz recebe nesta quarta-feira (25) mais uma remessa de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), que será utilizado para a produção de 5,1 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford. O insumo tem previsão de chegada às 5h40min no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (RioGaleão).

 

O laboratório, porém, ainda tem capacidade superior ao IFA que está disponível em suas dependências e aguarda a chegada de novos lotes para acelerar a produção.

A Fundação já entregou 88,4 milhões de doses PNI (Programa Nacional de Imunizações) das 150 milhões contratadas pelo governo Bolsonaro. Em setembro haverá a última remessa de entrega do primeiro acordo, com mais 8 milhões de doses.

Ainda há outro contrato do governo e a Fiocruz, que prevê mais 50 milhões de doses, que serão entregues a partir de outubro.

 

Até esta terça-feira (24), 125 milhões de pessoas já receberam a primeira dose das vacinas disponíveis no Brasil contra Covid-19. Outros 56,6 milhões estão totalmente imunizados com a segunda dose ou a dose única.

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/08/2021 - Receita abre consulta ao quarto lote de restituição do IR 2021

Lote inclui restituições de exercícios anteriores

A Receita Federal abre hoje (24), a partir das 10h, a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2021, que também inclui restituições de exercícios anteriores. O crédito será feito no dia 31 de agosto para mais de 3,8 milhões de contribuintes.

 

Neste lote, o valor das restituições chega a R$ 5,1 bilhões. Desse total, R$ 273,2 milhões serão destinados a contribuintes com prioridade: 8.185 idosos acima de 80 anos, 67.893 entre 60 e 79 anos, 6.088 com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e 26.647 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. Foram contemplados ainda 3.710.930 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 16 de agosto.

 

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet. No serviço Portal e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

 

A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones, para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com ele, é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições.

 

Como resgatar

O pagamento da restituição é feito diretamente na conta bancária informada pelo contribuinte na declaração. Se por algum motivo o crédito não for realizado (se, por exemplo, a conta foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

 

Nesse caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores, em seu nome, pelo Portal BB, acessando o endereço www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

 

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deve requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos - Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

24/08/2021 - Criminosos arrombam estabelecimento comercial no Centro de Santa Cruz

Um estabelecimento comercial foi alvo de furto arrombamento na madrugada desta terça-feira (24), na Rua Marechal Floriano, no Centro de Santa Cruz. Segundo relato do proprietário a reportagem do Portal Arauto, criminosos ingressam no ambiente pela entrada principal e levaram uma quantia em dinheiro.

 

Ainda, foram quebrados alguns itens do local. Imagens de câmeras de segurança serão analisadas a fim de buscar a identificação dos indivíduos. O caso será investigado pela Polícia Civil. Qualquer informação que possa colaborar na investigação pode ser repassada pelo telefone 197. Estabelecimentos que tenham imagens do ocorrido também podem acionar o órgão policial.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

24/08//2021 - Pedido de reaplicação do Encceja 2020 pode ser feito até sexta

Inep orienta que pessoas com sintomas de Covid-19 ou outras doenças contagiosas não compareçam às provas no próximo domingo

Pessoas com sintomas de covid-19 ou outras doenças contagiosas não devem comparecer ao local de provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020 marcadas para o próximo domingo (29). A orientação é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que pede para que esses participantes solicitem a reaplicação do exame. A solicitação da reaplicação da prova deve ser feita até as 12h de sexta-feira (27), por meio do Sistema Encceja, e mediante comprovação da condição de saúde.

 

Nesta edição, o Encceja será aplicado para mais de 1,6 milhão de pessoas, em 622 cidades brasileiras. O exame é voltado para quem não concluiu os estudos na idade apropriada. Por meio do Encceja, os participantes têm a oportunidade de conseguir a certificação tanto para o ensino fundamental quanto para o ensino médio.

 

Sintomas de Covid-19

 

Podem entrar com o pedido de reaplicação pessoas que apresentaram sintomas de covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa prevista no edital, como coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola ou varicela. Os casos serão analisados individualmente pelo Inep e os resultados, divulgados no sábado (28), no sistema do exame.

 

A reaplicação ocorrerá nas mesmas datas de aplicação do Encceja para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa 2020: 13 e 14 de outubro.

 

Documentos

 

Para que o Inep analise os pedidos, a pessoa deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a condição. Em casos de covid-19, o resultado do exame positivo para o novo coronavírus poderá ser utilizado para a comprovação.

 

Quanto à documentação comprobatória das demais doenças previstas no edital, é necessário constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código da Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional que realizou o diagnóstico, com o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. O documento precisa ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/08/2021 - RS deve ter chuva na maioria das regiões nesta terça-feira

Dia será frio no Sul e no Oeste, enquanto Norte e Nordeste registram temperaturas altas e abafamento

O Rio Grande do Sul deve ter chuva na maioria das regiões nesta terça-feira. O dia será de muita nebulosidade, com sol aparecendo em alguns pontos, especialmente na metade Norte. No entanto, a instabilidade avança ao longo do dia e predomina.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, a temperatura varia. Enquanto Sul e Oeste terão dia frio, as máximas mais altas ficam no Norte e Nordeste, com abafamento. Centro e Leste registrarão marcas amenas.

 

Em Porto Alegre, deve haver chuva e pouca oscilação térmica. A mínima na Capital será de 14°C, e a máxima fica na casa dos 19°C.

Mínimas e máximas no RS

Caxias do Sul 13°C / 21°C

Santa Rosa 16°C / 24°C

Santa Maria 12°C / 18°C

Uruguaiana 12°C / 17°C

Pelotas 11°C / 14°C

Rio Grande 11°C / 15°C

 

Fonte: Correio do Povo

20/08/2021 - Com novas confirmações da Fiocruz, RS chega a 66 casos da variante delta do coronavírus

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro, confirmou a ocorrência de 14 novos casos da variante delta do coronavírus no Rio Grande do Sul. A informação chegou nesta quinta-feira (19) ao Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs). A confirmação é realizada por meio de sequenciamento genético completo, que define, de forma 100% precisa, as variantes das amostras. Com isto, são 66 casos confirmados da cepa de origem indiana no Estado e 95 prováveis aguardando confirmação, totalizando 161 amostras.

 

Também aparecem agora na lista de municípios com casos confirmados Capão da Canoa, Carlos Barbosa, Guaíba, Novo Hamburgo, Panambi e Viamão. De qualquer forma, o especialista em saúde do Cevs, Richard Steiner Salvato, reitera que a delta está em circulação no Estado de forma autóctone (transmissão comunitária, sem que possa definir a origem da infecção) há quase um mês. O Cevs declarou esse tipo de transmissão da variante em 24 de julho. “Então ela já pode estar em qualquer município. As medidas de proteção como uso de máscaras, álcool gel, evitar aglomerações e diminuir as exposições continuam vigentes”, alertou Salvato.

 

Entre os casos sequenciados nesta última leva pela Fiocruz, o laboratório ainda identificou uma amostra da variante Alpha (B.1.1.7), que teve o primeiro registro no Reino Unido. O paciente com esta cepa é residente de Caxias do Sul. A amostra foi coletada ainda em maio e referia-se a um dos dois casos que já estavam registrados no painel da Vigilância Genômica da Secretaria da Saúde (SES). “Parece se tratar de um caso isolado, como foi visto também em Pelotas em fevereiro, pois se houvesse uma disseminação minimamente expressiva nós iríamos identificar nas nossas análises”, garantiu Salvato.

 

Variante tomando espaço

Nesta quinta-feira (19), a porcentagem da variante delta em relação à variante gamma identificadas na última semana está em aproximadamente 18%. A gamma (P.1) surgiu no Amazonas e é predominante no Estado desde o início de março. No início do mês de agosto, essa porcentagem estava variando entre 10% e 15%.

 

De acordo com Salvato, a delta está tomando um espaço importante, mas mais lenta do que ocorreu em outros países da Europa e nos Estados Unidos, onde, após cinco semanas da identificação, essa variante já representava a maioria das amostras analisadas. A diferença desses países analisados para o Brasil, e mais especificamente o território gaúcho, é que aqui predomina a gamma. “Dado o cenário mundial, a expectativa é que tenhamos um aumento da delta nas próximas semanas, mas espera-se que em ritmo semelhante ao que temos acompanhado, com a variante tomando espaço aos poucos. Porém, essa é uma análise muito dinâmica, e a cada semana o cenário pode trazer mudanças significativas. Por isso o trabalho de Vigilância Genômica em tempo real que o Cevs vem fazendo é tão importante, não só para entender a dinâmica de disseminação da delta aqui no Estado, mas também entender como se dá a relação entre a delta e a gamma em uma região onde a gamma predomina, além de podermos identificar possíveis novas variantes caso venham a surgir”, conclui Salvato.

 

Variantes de preocupação identificadas no Estado

Gamma (P.1) – Identificada pela primeira vez em Manaus. Até o momento, é a variante de preocupação com maior circulação do Estado.

 

Delta (B.1.617.2) – Identificada pela primeira vez na Índia. Vem ganhando espaço aos poucos nas últimas semanas no Estado.

 

Alpha (B.1.1.7) – Identificada pela primeira vez no Reino Unido. No Estado, apareceu em duas amostras de sequenciamento genético, uma em Pelotas e outra em Caxias do Sul. Trata-se de dois casos isolados até o momento.

 

Municípios com casos confirmados de delta:

Alvorada, Canoas, Capão da Canoa, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Estância Velha, Esteio, Garibaldi, Gramado, Guaíba, Nova Bassano, Novo Hamburgo, Panambi, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Maria, Santana do Livramento, São José dos Ausentes, São Leopoldo, Sapucaia do Sul e Triunfo.

 

Municípios com casos prováveis de delta:

Alegrete, Alvorada, Bom Retiro do Sul, Cachoeirinha, Canela, Canoas, Caxias do Sul, Cidreira, Esteio, Garibaldi, Gramado, Gravataí, Guaíba, Montenegro, Não-Me-Toque, Novo Hamburgo, Paraí, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Maria, Santo Ângelo, São Francisco de Paula, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Vacaria e Viamão.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

20/08/2021 - Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em janeiro

Dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem

Trabalhadores informais nascidos em janeiro recebem nesta sexta-feira (20) a quinta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

 

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

 

Também hoje recebem a quinta parcela do auxílio emergencial os participantes do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de final 3. As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas na semana passada.

 

Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

 

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

 

O pagamento da quinta parcela aos inscritos no Bolsa Família começou na quarta-feira (18) e segue até o dia 31. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.

 

Em todos os casos, o auxílio é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada. O programa se encerraria neste mês, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas.

 

 

Fonte: Correio do Povo

20/08/2021 - Afeganistão: G7 pede missão internacional para conter crise

Talibãs tomaram o controle do país no fim de semana

Os ministros das Relações Exteriores do G7 (grupo dos países mais industrializados do mundo) pediram nessa quinta-feira (19) à comunidade internacional para unificar suas respostas à crise no Afeganistão, a fim de prevenir que a situação no país saia de controle, afirmou o chanceler britânico, Dominic Raab.

 

Os militantes do Talibã tomaram o controle do país no fim de semana, em um movimento que colocou milhares de civis e militares afegãos em fuga, em busca de segurança. Muitos temem a volta a uma interpretação rígida da lei Islâmica imposta durante o último governo do grupo, que acabou há 20 anos.

 

"Os ministros do G7 solicitam a toda a comunidade internacional que se una em uma missão compartilhada para prevenir a escalada da crise no Afeganistão", disse Raab, em nota, após a reunião com os ministros do G7.

 

O Reino Unido detém atualmente a liderança rotativa do G7, que também inclui Estados Unidos, Itália, França, Alemanha, Japão e Canadá.

 

"A crise no Afeganistão requer resposta internacional, incluindo o engajamento intensivo em questões críticas na região: com os afegãos mais afetados, as partes do conflito, o Conselho de Segurança da ONU, o G20, doadores internacionais, e os vizinhos regionais do Afeganistão", disse na nota.

 

Na quarta-feira (18), o Reino Unido afirmou que dobraria seu auxílio humanitário e de desenvolvimento para o Afeganistão para 286 milhões de libras neste ano.

 

Paralelamente, Raab disse, nessa quinta-feira à noite, que o Reino Unido e a Turquia estão trabalhando juntos no Afeganistão para garantir as retiradas em segurança. O ministro britânico agradeceu à Turquia pelo comprometimento na garantia da segurança do aeroporto de Cabul, ao lado das tropas britânicas.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

20/08/2021 - Frente fria modifica o tempo no RS nesta sexta-feira

Há risco de temporais localizados

Uma frente fria ingressa e modifica o tempo no RS nesta sexta-feira. Pode haver chuva localizada e há risco de temporais no começo do dia em partes da região Oeste e Sul.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, Centro e metade Norte devem ter chuva isolada. Nestes pontos, o dia segue quente, mas sem a intensidade da quinta-feira.

Em Porto Alegre, o sol aparece, mas deve haver chuva. A mínima na Capital é de 17°C, e a máxima será de 26°C.

 

Mínimas e máximas no RS

 

Erechim 19°C / 31°C

São Miguel 19°C / 31°C

Passo Fundo 19°C / 30°C

Santa Cruz 16°C / 27°C

Torres 19°C / 29°C

Santa Rosa 18°C / 30°C

 

Fonte: Correio do Povo

19/08/2021 - Número de mortos em terremoto no Haiti supera 2,1 mil

Além de 12 mil pessoas feridas, o país contabilizou 332 desaparecidos

Cinco dias depois do terremoto que abalou o Sudoeste do Haiti e deixou mais de 2 mil mortos, as autoridades enfrentam o desafio de entregar ajuda humanitária de maneira segura a centenas de milhares de desabrigados, incluindo muitos que vivem em áreas isoladas. O serviço de Proteção Civil do Haiti atualizou o balanço do terremoto na quarta-feira à noite: 2.189 mortos, 332 desaparecidos e mais de 12 mil feridos.

 

"As operações de resgate continuam", afirmou o organismo no Twitter. O caos impera na região e os desabrigados também precisam enfrentar as chuvas provocadas pela passagem do furacão Grace.

 

O governo dos Estados Unidos fretou oito helicópteros do exército a partir de Honduras para ajudar nas evacuações por razões médicas. Além disso, o "USS Arlington" deve chegar nas próximas horas ao Haiti com uma equipe médica.

 

"Temos ao redor de 600 mil pessoas diretamente afetadas e que precisam de ajuda humanitária imediata", disse Jerry Chandler, diretor de proteção civil do Haiti, no Centro de Operações de Emergência Nacional em Porto Príncipe. "Tivemos que encontrar meios para garantir a segurança, o que continua sendo um grande desafio. Sabemos que havia um problema no nível da saída sul de Porto Príncipe, em Martissant, mas este problema aparentemente está resolvido, já que temos conseguido passar nos dois últimos dias", explicou.

Trégua informal

Desde o começo de junho, o trânsito seguro era impossível em dois quilômetros da estrada que atravessa Martissant, bairro pobre da capital haitiana, assolado por confronto entre quadrilhas. Após o terremoto cessaram os disparos esporádicos e os ataques aleatórios contra veículos, sem que tenha sido realizada nenhuma operação policial para recuperar o controle do bairro, segundo as autoridades.

 

Embora esta trégua informal imposta pelos grupos armados seja um alívio para os serviços humanitários, a distribuição de ajuda aos desabrigados não deixa de ser complicada. "Ocorre que enfrentamos populações um pouco frustradas e impacientes, que causam problemas e precisamente bloqueiam os comboios", disse Jerry Chandler. "A ideia é poder chegar o mais rapidamente possível e atender a maior quantidade de pessoas", acrescentou.

 

Desaparecidos

A mais de 200 quilômetros dali, na pequena localidade de Maniche, os moradores esperam o apoio de que tanto precisam após o terremoto de magnitude 7,2. "Todas as instituições que haviam estão em ruínas. Não temos igrejas, o salão paroquial, o dispensário desabaram totalmente...", enumera, desolada, Rose Hurguelle Point du Jour.

 

Geordany Bellevue compartilha desta angústia e está especialmente preocupado com as áreas isoladas de sua comuna. "Nas montanhas houve muitos deslizamentos de terra, que mataram e feriram muita gente. Alguns estão desaparecidos. Não temos capacidade de ir buscá-los nos cumes", diz. "Já é complicado receber ajuda aqui no centro de Maniche e quando isto acontece, nunca chega às vítimas de áreas isoladas", lamenta, lembrando a gestão da ajuda humanitária após a passagem devastadora do furacão Matthew em 2016.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/08/2021 - Beneficiários do Bolsa Família com NIS final 2 recebem 5ª parcela do auxílio

Para quem recebe por meio da poupança digital, recursos podem ser movimentados por aplicativo

A Caixa Econômica realiza nesta quinta-feira (19) o pagamento da quinta parcela do auxílio emergencial aos beneficiários do Bolsa Família com NIS (Número de Identificação Social) final 2.

 

A liberação dos recursos segue o mesmo calendário do programa assistencial, realizado sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês, de acordo com o número final do NIS. O pagamento segue até o dia 31, para os que têm o NIS final 0.

 

Para quem recebe o benefício pela poupança social da Caixa, os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem e nas casas Lotérica de todo o Brasil, ou sacados com o uso do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

 

A nova rodada do auxílio, que previa quatro parcelas, foi prorrogada com mais três pagamentos e acontecerá até outubro. O pagamento médio continua de R$ 250, exceção às mulheres chefes de família, que recebem R$ 375, e as pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

 

A partir de amanhã (20), o público geral do auxílio emergencial também começará a receber a primeira parcela extra do benefício. Serão mais três pagamentos de agosto a outubro. Em novembro, o governo começa a pagar o Auxílio Brasil, programa idealizado para substituir o Bolsa Família.

 

Calendário da 5ª parcela a membros do Bolsa Família

NIS final 1: 18 de agosto

NIS final 2: 19 de agosto

NIS final 3: 20 de agosto

NIS final 4: 23 de agosto

NIS final 5: 24 de agosto

NIS final 6: 25 de agosto

NIS final 7: 26 de agosto

NIS final 8: 27 de agosto

NIS final 9: 30 de agosto

NIS final 0: 31 de agosto

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/08/2021 - Quinta-feira promete calor acima dos 30ºC, rajadas de vento e sensação de abafamento no RS

Chuva retorna à noite devido ao avanço de uma nova frente fria

Após uma quarta-feira marcada pela chuva e queda de granizo no Rio Grande do Sul, os gaúchos vão poder abandonar o guarda-chuva nesta quinta-feira (19), mas será por pouco tempo. A previsão é de céu limpo e calor acima dos 30ºC em todo o Estado durante o dia. À noite, porém, a instabilidade retorna em parte do território.

 

 Segundo a Somar Meteorologia, a quinta-feira pode registrar uma das tardes mais quentes do inverno, com recorde de calor inclusive em Porto Alegre. Na Capital, a máxima pode chegar aos 33°C. No Norte, na Serra e no Vale do Rio Pardo, os termômetros podem beirar os 40ºC, como São José do Sul: 39°.

 

Isso ocorre, segundo a Somar, devido à atuação de uma área de baixa pressão, que propicia a concentração de umidade e de calor. Somado a ela, há um fluxo de calor vindo do interior do Brasil e também a presença de uma pré-frontal, ou seja, ventos quentes que predominam do quadrante norte sobem ainda mais a temperatura.

 

A ventania mais intensa deve ocorrer nas áreas que fazem fronteira com o Uruguai, como nas regiões da Campanha, Fronteira Oeste, e Região Sul, com rajadas de vento na média entre 60 e 70km/h, mas não se descarta que em alguns pontos possa passar disso. Na Serra, há possibilidade de ventos de até 60km/h.

 

Durante a noite, a aproximação de uma frente fria provoca chuva com trovoadas no extremo sul e Região da Campanha. Na sexta-feira (20), uma frente fria avança pelo Rio Grande do Sul, causando temporais e queda da temperatura. Há risco de trovoadas e ventania inclusive na Capital. 

 

Veja como deve ficar o tempo na sua região nesta quinta-feira:

Região Metropolitana: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. Em Esteio, os termômetros variam de 18°C a 33°C.

 

Serra gaúcha: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. Em Vacaria, os termômetros variam de 15°C a 30°C.

 

Litoral Norte: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. Em Torres, os termômetros variam de 20°C a 33°C.

 

Litoral Sul: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. À noite, há risco de pancadas de chuva e trovoadas. Em Rio Grande, os termômetros variam entre 18°C e 30°C.

 

Região Norte: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. Em Passo Fundo, os termômetros variam de 16°C a 31°C.

 

Região Noroeste: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. Em Cruz Alta, os termômetros variam de 19°C a 32°C.

 

Região Sul: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. À noite, há risco de pancadas de chuva e trovoadas. Em Canguçu, os termômetros variam de 14°C a 27°C.

 

Região Central: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. Em Santa Maria, os termômetros variam de 17°C a 32°C.

 

Campanha gaúcha: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. À noite, há risco de pancadas de chuva e trovoadas. Em Candiota, os termômetros variam de 16°C a 28°C.

 

Fronteira Oeste: a quinta-feira (19) terá tempo firme, com sol entre poucas nuvens. Á noite, há pancadas de chuva e trovoadas em pontos isolados. Em Uruguaiana, os termômetros variam de 22°C a 34°C.

 

Confira as máximas para algumas cidades:

Capital: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 33°C

Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Máxima de 31°C

Caxias do Sul: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 30°C

Santa Maria: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 32°C

Santa Rosa: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 36°C

Erechim: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 30°C

Uruguaiana: pancadas de chuva e trovoadas. Máxima de 34°C

Torres: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 33°C

Rio Grande: pancadas de chuva e trovoadas. Máxima de 30°C

Mostardas: pancadas de chuva e trovoadas. Máxima de 32°C

Passo Fundo: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 31°C

Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Máxima de 30°C

Tramandaí: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 34°C

Xangri-Lá: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 33°C

Capão da Canoa: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 35°C

São Borja: tempo aberto e com poucas nuvens. Máxima de 36°C

 

Fonte: Gaúcha ZH

19/08/2021 - Ciclista: dia nacional alerta sobre desafios para trânsito mais seguro

Ciclismo é visto por como um dos melhores modais de transporte

Transformar a dor em uma ação positiva, ainda que em meio a processos muito difíceis, foi a experiência vivida pelo economista Persio Davison, de 73 anos. Da trágica morte de seu filho, Pedro Davison, atropelado por um motorista alcoolizado na chamada faixa presidencial do Eixão Sul, em Brasília, ele viu surgir, em todo o país, um movimento de conscientização e de mudanças de atitudes que, desde então, ajudam a melhorar as estatísticas de ciclistas mortos no trânsito.

 

Todos os esforços de conscientização culminaram na criação do Dia Nacional do Ciclista, em 19 de agosto.

 

“O Dia Nacional do Ciclista, para nós, é o dia da morte de nosso filho. Por outro lado, é, para a sociedade, um dia de conscientização e de busca por novos caminhos para a mobilidade. Um dia para lembrar que todos temos de ser protetores de todos, e que a realidade só será menos trágica se nos respeitarmos. Um dia para lembrar que temos o mesmo direito de respeito pela escolha sobre como queremos nos locomover”, disse Persio à Agência Brasil.

 

Foi no dia 19 de agosto de 2006 que, após participar de um churrasco em comemoração ao aniversário da filha Lulu, de 8 anos, que Pedro, aos 25 anos e com um curso de biologia recém-concluído, optou por fazer algo que estava muito acostumado: “dar um pedal”.

 

Forma de diálogo

O ciclismo, para ele, era mais que um modal de transporte. Era uma forma de manifestar todo o amor que sentia pela natureza e pela vida. Prova disso foi a viagem que fez a Trancoso, na Bahia. Foram 11 dias pedalando e fazendo novas amizades.

 

“Pedalar, para ele, era uma forma de diálogo com as populações locais. Ele pernoitava em quintais e na casa das pessoas que ia conhecendo. Meu filho fazia disso um modo de vida”, lembra Persio.

 

Em outra viagem, acompanhado de dois colegas, passou 45 dias pedalando pelo Tocantins e, no retorno a Brasília, margeou o Planalto Central na direção do Pantanal. “A vocação dele, como biólogo e ambientalista, estava presente também no ciclismo”, afirma Persio.

 

Após o impacto com um veículo a mais de 110 quilômetros por hora (km/h), o jovem Pedro foi arremessado a uma distância de 84 metros e morreu. O motorista Leonardo Luiz da Costa foi encontrado cerca de meia hora depois, tentando escapar de uma blitz no Setor de Indústria e Abastecimento. Ele estava alcoolizado. Sua placa já havia sido informada por um motociclista que testemunhou o crime. A história do biólogo é contada em um curta-metragem chamado Lulu Vai de Bike. Entre as atividades programadas pela organização não governamental (ONG) Rodas da Vida para o Dia Nacional do Ciclista em Brasília está a exibição do curta, às 19h, Espaço Infinu, na 506 Sul. Para acessar a programação, clique aqui.

 

“Não é acidente. É crime”

“O Dia do Ciclista é ato político. Teve sua origem, mas não é a ela que se volta e sim à defesa do direito de o ciclista ter sua mobilidade segura e respeitada. O foco está na construção e não nas tragédias de tantas perdas. A mensagem é de mobilização e futuro”, resume o pai da vítima, ao se referir à tragédia que, hoje, simboliza uma quebra de paradigmas.

 

O que antes era visto como “acidente”, desde então passou a ser percebido, tanto pela sociedade quanto pela Justiça, como “crime”.

 

“Não há acidentes, há crimes no trânsito. Não são circunstâncias acidentais: são decisões conscientes tomadas por um adulto que decide dirigir acima da velocidade permitida, sob efeito do álcool ou transgredindo qualquer outra norma das boas práticas ao volante”, argumenta a coordenadora administrativa da ONG Rodas da Paz, Joyce Ibiapina.

 

Toda a mobilização decorrente desse crime praticado contra Pedro Davison favoreceu um ambiente que, dois anos depois, em 2008, resultou em uma legislação que salvou muitas vidas no trânsito: a Lei Seca.

 

Persio lembra que, com a ajuda de organizações como a Rodas da Paz, um movimento tomou conta do país que, por meio do Congresso Nacional, criou leis visando uma “mobilidade respeitosa à vida, com um olhar para os ciclistas e pedestres”. Entre as causas defendidas pelo movimento está “o dever de reconhecimento, pelas leis e pela Justiça, da tipificação de crime no trânsito e a condenação e punição desses crimes pelo Judiciário”.

 

Na época, lembra Persio, havia o entendimento de que o tombamento impedia a construção de ciclovias em Brasília. “Hoje, o DF lidera a oferta de infraestrutura cicloviária, e a fiscalização mais efetiva tem coibido motoristas transgressores, a direção e o consumo de bebida”.

 

Em meio à luta pelos direitos dos ciclistas – e ao fato de seu filho ter se tornado um símbolo da causa – Persio e sua esposa, Beth Davison, tornaram-se conselheiros e, no caso dele, vice-presidente da ONG.

 

“Brasília tem seu simbolismo e cumpre esse papel de incentivo, motivando um movimento nacional para a transformação de nossas cidades e de nossa conduta, de forma a propiciar maior respeito aos ciclistas e aos pedestres, em relação a seus direitos e a uma mobilidade segura”, diz.

 

Economia, clima e saúde

A ONG desenvolve diversas ações nas quais apresenta a bicicleta como o “mais promissor dos veículos” para enfrentar a crise econômica, climática e de saúde que o país atravessa, agravada pela pandemia.

 

“O transporte por bicicleta é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela ONU Habitat como alternativa ao transporte coletivo e ao transporte individual motorizado, para que as pessoas façam seus deslocamentos com risco reduzido de contágio pela covid-19 e possam praticar exercícios físicos regularmente, o que aumentou o número de bicicletas no mundo todo”, relata Joyce Ibiapina, do Rodas da Paz.

 

União dos Ciclistas do Brasil

Outra entidade que atua na defesa dos direitos dos ciclistas é a União de Ciclistas do Brasil (UCB), que tem Felipe Alves como um de seus diretores. A entidade também aproveita a data de hoje para chamar a atenção ao “permanente descaso com ciclistas no trânsito”.

 

“Descaso por parte de motoristas, motociclistas e, principalmente, do Poder Público, tanto federal quanto estaduais ou municipais, que pouco se esforçam para tornar o trânsito mais seguro no Brasil, seja não atendendo às necessidades dos usuários mais vulneráveis (como pedestres e ciclistas), seja afrouxando as leis de trânsito e as punições previstas para condutores que não cumprem a lei”, declarou à Agência Brasil.

 

Empregos

As duas entidades destacam que os benefícios do ciclismo vão além da saúde, favorecendo também a economia, inclusive por meio da geração de empregos.

 

Citando estudo divulgado este ano pela Aliança Bike – que tem por base dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2020 e 2021 – Ibiapina, do Rodas da Paz, diz que, “mesmo com pouco ou nenhum incentivo, o setor de bicicletas é resiliente e pode ser importante vetor para a recuperação da economia brasileira em momentos de crise e fora deles”.

 

Considerando empregos com carteira assinada em dois setores da economia da bicicleta no Brasil (o industrial e o varejista), o estudo mostra um impacto inicial negativo da pandemia no setor, especialmente em abril de 2020. “Porém, foi verificada uma rápida recuperação nos meses a partir de maio de 2020, e o balanço do setor foi positivo tanto ao longo do ano de 2020 quanto nos dois primeiros meses de 2021”.

 

Pandemia

A chegada da pandemia favoreceu e ampliou o uso desse modal, o que pode ser percebido pelo aumento de venda de bicicletas, peças, acessórios e serviços como mecânica, o que também é mostrado por outro estudo da Aliança Bike – este citado pelo diretor da UCB.

 

Os motivos do maior uso da bicicleta como meio de transporte têm tanto fatores econômicos, por ser mais barato, como sanitários, já que é muito mais seguro que transporte público ou por aplicativo em relação à transmissão do novo coronavírus, afirma.

 

Ele cita também fatores esportivos, de saúde e de lazer, já que a atividade é recomendada mesmo com as restrições e recomendações durante a pandemia, por ser realizada em espaço aberto e com distanciamento das pessoas.

 

Aumento de sinistros

O crescimento do uso da bicicleta trouxe outro tipo de aumento – o número de sinistros graves, informa a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet).

 

De acordo com a instituição, houve um “aumento relevante de 30%” no registro de sinistros que exigiram atendimento médico a ciclistas traumatizados nos primeiros cinco meses de 2021.

 

“Os dados demonstram a importância de termos atenção e iniciativas focadas nesse público. O uso da bicicleta cresceu no Brasil e exige uma abordagem de prevenção ao sinistro”, diz o presidente da Abramet, Antonio Meira Júnior.

 

Segundo a associação, em janeiro de 2019 foram registrados 1,1 mil sinistros graves com ciclistas, número que subiu para 1.451 em janeiro de 2021, “o mais alto nível no período estudado”.

 

Os dados avaliados pela associação mostram a evolução dos sinistros graves com ciclistas em todo o Brasil. “Chama a atenção a escalada no registro no estado de Goiás: em 2021, houve um aumento de 240% em relação a 2020, com 406 casos a mais”, diz o levantamento.

 

Em Rondônia, a incidência de sinistros graves aumentou 113%, e em Sergipe, 100%.

 

A Abramet avaliou também o perfil dos ciclistas envolvidos em sinistros graves. Cerca de 80% eram homens e a faixa etária predominante é de 20 a 59 anos (60% dos casos).

 

“A superioridade numérica dos acidentes envolvendo pedestres e motociclistas fez com que os ciclistas fossem negligenciados em relação às políticas de prevenção. Percorrem ruas e estradas, partilhando espaço com veículos pesados. Muitas vezes, sequer sendo percebidos. Comparada a alguém que se desloca em um automóvel, uma pessoa que circula em uma bicicleta tem probabilidade de óbito oito vezes maior”, explica Flavio Adura, diretor científico da Abramet.

 

Limites de velocidade

A Rodas da Paz tem algumas dicas de segurança que, se seguidas, podem ajudar a tornar a mobilidade do modal cicloviário mais segura, de forma a reverter os números inflacionados pela pandemia e promover uma convivência mais harmônica nas ruas do país.

 

“Sem baixar a velocidade das vias, é impossível conter a epidemia das mortes no trânsito. Para que seja possível a convivência pacífica e humanizada no trânsito, é necessário a responsabilidade dos condutores de veículos maiores, para que protejam os menores, e a readequação dos limites de velocidade”, afirma Joyce Ibiapina, ao defender investimentos em fiscalização e medidas tecnológicas e de engenharia.

 

Citando o manual Gestão da Velocidade, elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU), ela diz que as chances de sobrevivência em um atropelamento “diminuem exponencialmente” quando a velocidade de impacto do veículo é maior.

 

Se a velocidade de impacto do veículo sobre o pedestre for de 32 km/h, as chances de sobrevivência são de 95%. Se a velocidade for 48 km/h, a probabilidade cai para 55%. A partir de 64 km/h, a probabilidade de sobreviver é reduzida a 15%.

 

“Ciclistas devem trafegar ao lado direito da via, ocupando um terço da faixa e sempre no sentido de circulação regulamentado no local. Para evitar sinistros de trânsito como atropelamentos, os motoristas devem dirigir respeitando o limite de velocidade máxima regulamentada e reduzir a velocidade ao ultrapassar ciclistas, guardando distância lateral de 1,5 metro”, diz a coordenadora da ONG.

 

Felipe Alves, da UCB, sugere, além da diminuição da velocidade em perímetros urbanos, maior proteção e melhor infraestrutura para ciclistas e pedestres, bem como “investimentos permanentes” em educação para o trânsito. “E, claro, mais rigor nas punições aos infratores”, complementa.

 

Fonte: Agência Brasil

18/08/2021 - Massa de ar quente ingressa e quarta-feira será de calor no RS

Deve haver tempestade de raios e granizo isolado

O ingresso de uma massa de ar quente, que percorrerá todo o Brasil, ingressa e ganha força no RS a partir desta quarta-feira. Por conta disso, há chance de tempestade de raios e granizo isolado. As máximas podem passar dos 30°C em algumas cidades.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, a instabilidade começa a se formar ainda na madrugada, mas se afasta para o Litoral ao longo do dia. O calor deve ser mais intenso no Oeste e Norte do Estado.

 

Em Porto Alegre, o sol aparece, mas também deve haver chuva. A mínima na Capital será de 16°C, e a máxima fica na casa dos 24°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Cruz Alta 18°C / 30°C

Santiago 18°C / 31°C

Santa Rosa 19°C / 32°C

Caxias do Sul 17°C / 22°C

Bagé 16°C / 25°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

18/08/2021 - Caminhões pegam fogo após acidente na freeway, em Gravataí; há congestionamento no trecho

Ninguém ficou ferido na colisão, que ocorreu na altura do km 74 na manhã desta quarta-feira

Dois caminhões pegaram fogo após uma colisão no km 74 da freeway, em Gravataí, na manhã desta quarta-feira (18). Ninguém ficou ferido, mas o acidente causa transtornos ao trânsito na região.

 

Devido à ocorrência, apenas uma faixa da rodovia está liberada, no sentido Litoral-Capital, pouco antes do acesso para a RS-118. Por volta das 8h30min, havia cerca de cinco quilômetros de congestionamento no trecho.

 

O acidente ocorreu quando uma carreta, que havia saído de Santa Catarina levando uma carga de pisos, parou no refúgio da rodovia para pegar duas pessoas que ajudariam a descarregar o material em Porto Alegre. Ao retornar à pista principal, o veículo foi atingido na lateral por um caminhão, vindo de Itajaí (SC) e carregado de produtos diversos como tinta, alvejante e desinfetante.

 

Os dois veículos pegaram fogo. O primeiro teve queima parcial, e o segundo ficou totalmente destruído.

 

— Eu levei uma fechada e bati. Quando vi o fogo, pulei do caminhão — disse o motorista do caminhão de Itajaí, Carlos Santos, 43 anos.

— A gente saiu correndo — contou Marcelo Soares, 41 anos, ocupante do outro veículo envolvido.

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

 

 

18/08/2021 - Número de mortos em terremoto no Haiti sobe para quase 2 mil

Busca foram retomadas após passagem da tempestade Grace

O número de mortes após o grande terremoto que atingiu a região sudoeste do Haiti no último fim de semana subiu para 1.941 nessa terça-feira (17). A busca por sobreviventes foi retomada após a passagem da tempestade tropical Grace, com os haitianos atingidos pela tragédia clamando por alimentos, abrigos e ajuda médica.

 

Os hospitais enfrentam enormes dificuldades para atender a todos os feridos, que chegaram a 9.915, com muitas pessoas ainda desaparecidas ou presas sob os escombros, informou o Serviço de Proteção Civil.

 

"Não havia médicos suficientes, e agora ela está morta", disse Lanette Nuel, sentada apaticamente ao lado do corpo de sua filha do lado de fora do principal hospital de Les Cayes, uma das cidades mais castigadas tanto pelo tremor quanto pela chuva e pelos fortes ventos da tempestade.

 

A mulher morta, de 26 anos, que era também mãe de duas crianças, foi atingida por escombros durante o terremoto de magnitude 7.2. "Nós chegamos ontem à tarde, ela morreu hoje de manhã. Eu não posso fazer nada", disse a mãe.

 

O terremoto de sábado (14) provocou o desabamento de dezenas de milhares de prédios no país mais pobre das Américas, que ainda se recuperava de outro tremor de 11 anos atrás, que matou mais de 200 mil pessoas.

 

As iniciativas de resgate e auxílio estavam complicadas por causa do difícil acesso e do estado das estradas que ligam a capital Cabul à região sul, devido ao controle de pontos importantes por gangues. Inundações e deslizamentos na passagem da tempestade tropical Grace, que seguiu para a Jamaica, dificultaram ainda mais os esforços.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

18/08/2021 - Porto Alegre atualiza decreto de distanciamento para aulas presenciais na Educação

Secretaria Municipal de Educação encaminhou documento aos diretores das escolas da rede municipal de ensino

A Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre encaminhou aos diretores das escolas da rede municipal de ensino, no final da tarde desta terça-feira, uma nota técnica atualizando as normas para as aulas presenciais na Capital. No documento, é reiterado o distanciamento físico mínimo de um metro entre pessoas, em ambiente fechado, garantidos o uso de máscara e ventilação natural cruzada.

 

Com base nessa determinação, a Prefeitura também atualizou a planilha referente à capacidade das salas de aula e enviada às equipes diretivas no cálculo total de alunos que poderão ocupar o espaço simultaneamente. Já as normativas para a Educação Infantil, no município de Porto Alegre, têm por base a Lei Complementar nº 544 de 2006 e a Resolução nº 015 de 2014, as quais definem a área mínima de 2 metros quadrados por criança do grupo etário de 0 a 2 anos e de 1,20 metro quadrado para os demais grupos etários”.

 

A nota explica, ainda, que as escolas terão até sexta-feira, 20, para fazer a adequação dos espaços conforme as diretrizes encaminhadas, sendo que a nova organização passará a valer a partir da próxima segunda-feira, 23. O documento assinado pela secretária Janaina Audino reforça que continua aberto o processo de confirmação do retorno presencial dos alunos às escolas, de forma a que a totalidade dos estudantes matriculados na rede municipal de ensino possa retomar as atividades no ambiente escolar o quanto antes.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/08/2021 - Estados e municípios definem nova proposta de distribuição de vacinas contra a Covid-19

Cálculo levará em conta quantas doses para primeira aplicação cada cidade precisa receber

Muito perto de completar 100% de imunização para a população com 18 anos ou mais, governo do Estado e municípios decidiram nova proposta de distribuição de vacinas contra a Covid-19. O cálculo levará em conta quantas doses para primeira aplicação cada cidade ainda precisa receber.

 

A informação foi confirmada pelo chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, Tani Ranieri. O cálculo levará em conta todas as remessas já distribuídas.

 

Os gestores municipais que quiserem reportar alguma distorção no rateio de doses ou pedir doses extras poderão entregar ofício à SES, que será analisado por uma equipe técnica conjunta entre a pasta e Conselho das Secretarias Municipais.

 

Na quarta-feira, o Estado distribuirá às 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS) cerca de 200 mil doses de Pfizer e cerca de 40 mil de Coronavac que chegaram ao Estado entre sábado  e segunda. Os imunizantes serão utilizados para avançar na campanha de vacinação como dose 1, e já será utilizado o novo método de cálculo.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/08/2021 - Draco prende homem com armas e droga em Santa Cruz

Uma ação da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco) prendeu um homem de 26 anos com armas e drogas na manhã desta terça-feira (17) em Santa Cruz do Sul. Policiais chegaram até uma residência no Bairro Faxinal Menino Deus e localizaram, em cima da geladeira, duas armas calibre .38 e .32, além de um tablete e 18 porções de maconha, mais uma porção de cocaína.

 

De acordo com o delegado titular da Draco, Marcelo Chiara Teixeira, o indivíduo preso já tinha antecendentes por roubo, tráfico, porte de arma raspada e por integrar organização criminosa. Além disso, estava em liberdade há poucos meses, após ter sido preso na Operação Cúpula. "Apuramos nas investigações que ele estaria traficando drogas e portando arma de fogo. Na manhã de hoje, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, conseguimos êxito na aprensão das armas municidas e nos entorpecentes", afirma.

Ainda, segundo o delegado, o homem irá responder por porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

 

Fonte: Portal Arauto

 

 

 

17/08/2021 - Ar quente eleva as temperaturas e traz instabilidade ao RS a partir desta terça-feira

Calor deve ser acima da média para agosto, e máximas devem ser sentidas na quinta

O sol predomina na maior parte do RS nesta terça-feira. No entanto, uma massa de ar quente começa a ingressar pelo Oeste e Norte, aumentando as temperaturas especialmente no Oeste e Norte.

Por conta da nebulosidade, pode haver chuva fraca e isolada. No entanto, a precipitação deve ocorrer a partir desta quarta-feira. O calor deve ser acentuado para agosto.

De acordo com a MetSul Meteorologia, o ápice de calor será sentido na quinta-feira. São esperadas máximas de até 37°C em algumas localidades.

 

Nesta terça-feira, o sol aparece entre nuvens em Porto Alegre. A mínima na Capital será de 14°C, e a máxima fica na casa dos 27°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Torres 14°C / 26°C

Vacaria 8°C / 26°C

Caxias do Sul 12°C / 28°C

Alegrete 12°C / 28°C

Santa Rosa 12°C / 32°C

Uruguaiana 12°C / 29°C

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/08/2021 - Conselho do FGTS deve decidir distribuição de lucro a trabalhadores

Fundo lucrou R$ 8,46 bilhões em 2020

Os trabalhadores com carteira assinada podem se preparar para ver o saldo na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) subir até o fim do mês. O Conselho Curador do FGTS deve decidir na reunião de hoje (17) a distribuição de parte do lucro de R$ 8,467 bilhões em 2020.

 

Formado por representantes do governo, das empresas e dos trabalhadores, o conselho decidirá o percentual do lucro a ser repassado às contas do FGTS. Feita desde 2017, a distribuição ocorre de forma proporcional ao saldo de cada conta em 31 de dezembro do ano anterior. Quanto maior o saldo, maior o lucro recebido.

 

No ano passado, o FGTS distribuiu cerca de R$ 7,5 bilhões aos trabalhadores, o que equivale a 66,2% do lucro de 2019. Caso o percentual seja mantido neste ano, seriam repassados cerca de R$ 5,8 bilhões às contas vinculadas. Segundo a Caixa Econômica Federal, caso a distribuição dos lucros seja aprovada, o crédito em cada conta será feito até 31 de agosto.

 

Em 2017 e 2018, a legislação fixava a distribuição de 50% do lucro do FGTS no ano anterior aos trabalhadores. Em 2019, o Congresso tinha aprovado a distribuição de 100% do lucro, na lei que criou a modalidade de saque-aniversário, mas o presidente Jair Bolsonaro vetou o artigo, e o percentual passou a ser aprovado a cada ano pelo Conselho Curador.

 

Com rentabilidade fixa de 3% ao ano, o FGTS tem os rendimentos engordados com a distribuição dos lucros. Em 2020, o procedimento elevou a rentabilidade do fundo para 4,9%.

 

O pagamento de parte dos ganhos do FGTS não muda as regras de saque. O dinheiro só poderá ser retirado em condições especiais, como demissões, compra da casa própria ou doença grave. Quem aderiu ao saque-aniversário pode retirar uma parte do saldo até dois meses após o mês de nascimento, mas perde direito ao pagamento integral do fundo no caso de demissão sem justa causa.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

16/08/2021 - Carro pega fogo logo depois de passar pelo pedágio em Candelária

Veículo ficou totalmente destruído, mas família que estava viajando não se feriu

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Candelária atendeu uma ocorrência de incêndio na RSC-287, na noite deste domingo, 15. Um carro, modelo Mercedes classe A, com placas de Venâncio Aires pegou fogo. De acordo com informações da corporação, as chamas iniciaram assim que o veículo cruzou a praça de pedágio, no sentido Candelária/Santa Cruz.

 

O carro ficou completamente destruído, mas a família, moradora de Pantano Grande, que estava no veículo não teve ferimentos. A causa do incêndio ainda não foi identificada.

 

 

Fonte: Portal Gaz

16/08/2021 - PRF apreende mais de 300 litros de bebidas importadas ilegalmente em Pantano Grande

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 310 litros de bebidas estrangeiras que entraram ilegalmente no país em uma ação desencadeada na noite desse domingo (16), na BR-290, em Pantano Grande. A ação aconteceu durante abordagem a um ônibus, com placas de Içara, Santa Catarina, por volta das 20h30min.

 

Os policiais chegaram a localizar um fundo falso na parte traseira do coletivo, onde 168 litros de bebidas estavam escondidos. Conforme os policiais, o motorista assumiu que a parte da carga que estava no compartimento era dele. O restante das bebidas, entre whisky e espumante, estava dividido entre três passageiros. Todos estrapolavam a cota permitida para entrada de produtos do tipo no país.

 

Os três passageiros e o motorista responderão pelo crime de descaminho. As bebidas vão ser encaminhadas para a Polícia Federal de Santa Cruz.

 

 

 

Fonte: Portal Arauto

16/08/2021 - Sol predomina em segunda-feira amena no RS

Semana deve ser de calor, com máximas ultrapassando 30°C na quarta

O sol aparece em todo o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira, com amplo períodos de céu claro. Apesar da previsão de tempo bom, deve haver nuvens baixas em alguns pontos, especialmente no Oeste.

 

De acordo com a MetSul Meteorologia, o amanhecer será frio, mas ao longo da tarde deve ficar agradável. No fim da tarde, pode haver formação de nevoeiro.

Apesar de a semana começar amena, deve haver calor intenso no meio da semana, com máximas acima da média para a época. Uma massa de ar quente deve trazer temperaturas na casa dos 30°C na quarta-feira, quando o calor será mais sentido no Estado.

 

Sol predomina em segunda-feira amena no RS

Semana deve ser de calor, com máximas ultrapassando 30°C na quarta

O sol aparece em todo o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira, com amplo períodos de céu claro. Apesar da previsão de tempo bom, deve haver nuvens baixas em alguns pontos, especialmente no Oeste.

De acordo com a MetSul Meteorologia, o amanhecer será frio, mas ao longo da tarde deve ficar agradável. No fim da tarde, pode haver formação de nevoeiro.

 

Apesar de a semana começar amena, deve haver calor intenso no meio da semana, com máximas acima da média para a época. Uma massa de ar quente deve trazer temperaturas na casa dos 30°C na quarta-feira, quando o calor será mais sentido no Estado.

 

 

Nesta segunda-feira, o sol aparece entre nuvens em Porto Alegre. A mínima na Capital é de 12°C, e a máxima fica na casa dos 21°C.

 

Mínimas e máximas no RS

Santa Maria 10°C / 22°C

Passo Fundo 9°C / 28°C

Cruz Alta 11°C / 25°C

Vacaria 9°C / 22°C

Erechim 11°C / 25°C

Caxias do Sul 9°C / 22°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

16/08/2021 - Último dia de inscrição para certificadores do Enem 2021

Saiba quem pode participar

Termina hoje (16) o período de inscrições para a Rede Nacional de Certificadores (RNC) do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. Entre outras atribuições, os integrantes da Rede são responsáveis por certificar, in loco, a realização dos procedimentos corretos de aplicação nos dias de prova do Enem, em 21 e 28 de novembro. Os interessados devem se inscrever por meio do Sistema RNC.

 

Quem pode se candidatar?

Servidores públicos do Poder Executivo Federal e docentes das redes públicas de ensino estaduais e municipais, efetivos e em exercício da docência em 2021 podem se candidatar. No momento da inscrição, é possível escolher até três cidades de atuação ou sub-regiões, caso o município ofereça essa opção.

 

Os interessados devem ter o ensino médio como formação mínima e não podem estar inscritos como participantes no Enem 2021. Também não é permitida a inscrição de quem possui cônjuge, companheiro ou parentes de até terceiro grau inscritos no exame.

 

Professores

No caso dos professores, é necessário preencher a declaração de docência disponível no Sistema RNC, informando nome, CPF, matrícula, cargo que ocupa, secretaria de Educação a que está vinculado, nome da escola em que atua, turnos, número de turmas e carga horária total. Se o docente atuar em mais de uma escola, deve preencher o documento com as informações do local em que atua com a maior carga horária. A declaração deve ser anexada ao sistema até o último dia de inscrição, em formato PDF e com tamanho máximo de 2 MB. Esse documento deve ser assinado pelo gestor ou o diretor da escola em que o professor trabalha, conforme prevê o edital.

 

Capacitação

A relação de candidatos homologados e convocados para a capacitação será divulgada pelo  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em setembro. Essas pessoas devem participar do curso a distância promovido pelo instituto, no qual serão instruídos a respeito das normas, dos procedimentos e critérios técnicos da RNC. Os colaboradores serão considerados aptos somente após serem aprovados no curso com, no mínimo, 70% de aproveitamento.

 

Ao fim dos processos de inscrição, homologação e capacitação, o selecionados atuarão na certificação dos procedimentos do Enem 2021. Eles também serão responsáveis por registrar as informações da aplicação em sistema eletrônico. Os profissionais terão, ainda, a função de comunicar ao Inep possíveis inconsistências identificadas.

 

 

Fonte: Agência Brasil

13/08/2021 - Polícia Federal prende Roberto Jefferson após ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF

Jefferson estaria supostamente envolvido com milícia digital voltada a ataques ao regime democrático brasileiro

Após determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal prendeu o presidente nacional do PTB, ex-deputado Roberto Jefferson na manhã desta sexta-feira (13). A detenção é preventiva, o que significa que não tem prazo para término.

 

Além da prisão, na ordem expedida por Moraes, foi solicitado o bloqueio de conteúdos postados por Jefferson em rede sociais e apreensão de armas e acesso a mídias de armazenamento.

 

A ordem ocorre dentro do chamado inquérito da milícia digital, que investiga a organização e o funcionamento de uma equipe voltada a ataques à democracia brasileira, por meio da disseminação de conteúdos de ódio e de notícias falsas. Foi aberto em julho, por decisão de Moraes.

 

Em sua conta pessoal no Twitter, Jefferson comentou a operação da PF: "A Polícia Federal foi à casa de minha ex-mulher, mãe de meus filhos, com ordem de prisão contra mim e busca e apreensão. Vamos ver de onde parte essa canalhice". Por causa da postagem, que continha sua localização, a PF acabou chegando ao seu encontro e efetuando a prisão pouco depois das 9h, no Rio de Janeiro.

 

Aliado do presidente Jair Bolsonaro, o ex-deputado que já foi preso no âmbito do escândalo do mensalão, tem veiculado ataques e críticas frequentes ao Supremo Tribunal Federal. E também é um defensor ferrenho do voto impresso. Na linha do presidente, chegou a dizer que as eleições do ano que vem poderiam não serem realizadas caso o voto impresso não fosse instituído.

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

13/08/2021 - Sexta-feira será de sol entre nuvens e tarde amena no RS

Períodos de maior nebulosidade ocorrem principalmente no Norte do Estado

A sexta-feira deve ser de sol entre nuvens em todo o Rio Grande do Sul. Embora diminua em relação aos últimos dias, a nebulosidade deve persistir em diversas regiões, provocando um céu parcialmente nublado. Períodos de maior nebulosidade ocorrem principalmente no Norte gaúcho, onde em parte do dia ainda pode ter chuva ou garoa.

 

De acordo com a MetSul, em razão das nuvens, o resfriamento noturno é prejudicado e o dia começa muito menos frio do que nesta quinta-feira. Durante a tarde, as máximas se elevam, um pouco mais altas e serão amenas.

Em Porto Alegre, o dia terá sol entre nuvens e as marcas ficam entre 9ºC e 19ºC.

 

Mínima e Máxima

São José dos Ausentes 5°C | 13°C

Santana do Livramento 4°C | 18°C

Caxias do Sul 7°C | 18°C

São Miguel 9°C | 19°C

Alegrete 6°C | 19°C

Uruguaiana 7°C | 21°C

Rio Grande 7°C | 18°C

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/08/2021 - Compartilhamento de dados do open banking começa hoje

Cliente pode permitir que uma instituição acesse informações de outra

Começa a funcionar hoje (13) o open banking - sistema que permite aos clientes autorizarem o compartilhamento de dados pessoais e financeiros entre instituições bancárias. Assim, o cliente vai permitir que uma instituição financeira acesse as informações de outra com a qual o usuário tem relação estabelecida.

 

O objetivo é facilitar o acesso a produtos e serviços bancários, como empréstimos e cartões de crédito, que poderão ser oferecidos por outras instituições em condições semelhantes ou melhores às concedidas por bancos com os quais o consumidor já se relaciona. A intenção também é permitir que sejam disponibilizados produtos e serviços adaptados ao perfil do cliente.

 

Esse procedimento será vinculado a uma oferta de produto ou serviço específico, como financiamento, abertura de conta ou cartão de crédito. O tempo máximo do compartilhamento será de um ano. As operações são limitadas entre os bancos autorizados pelo usuário. As instituições serão responsáveis pela segurança desses dados.

 

O sistema foi elaborado para que seja possível aceitar o compartilhamento de forma intuitiva, para que ao demonstrar interesse na oferta de um banco, o usuário indique as informações que quer compartilhar e seja encaminhado à plataforma da instituição que irá fornecer os dados.

 

Etapas

O open banking vai ser estabelecido gradualmente e com consentimento dos usuários, que vão poder escolher quais dados, por quanto tempo e entre quais instituições compartilhar. A partir de hoje (13) poderão ser compartilhadas as informações de cadastro, que incluem os dados pessoais, o endereço e a renda.

 

A partir do dia 30 de agosto, será possível fazer pagamentos pelo Pix usando o open banking, o que vai permitir que essas transações sejam feitas pelos chamados iniciadores de pagamento, que podem ser aplicativos de compras ou até de mensagens.

A partir do dia 13 de setembro, poderão ser autorizadas as trocas de informações sobre contas e movimentação financeira. Depois do dia 27 de setembro, os usuários vão poder disponibilizar os dados sobre operações de crédito e cartões de crédito.

De acordo com a regulamentação estabelecida pelo Banco Central, é obrigatória a participação no open banking de todas as grandes e médias instituições financeiras do país.

Mais informações sobre o sistema, cronograma de implantação e instituições participantes estão disponíveis em uma página criada pelas instituições participantes.

 

 

Fonte: Agência Brasil

12/08/2021 - PRF apreende 85 mil reais sem procedência na BR-386

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu  R$ 84.700 sem comprovação de origem. A ação aconteceu no fim da tarde dessa quarta-feira (11), quando durante ações de fiscalização de trânsito e combate à criminalidade na BR 386, os policiais flagraram o condutor de um Cobalt, com placas de Novo Hamburgo, executando uma ultrapassagem irregular.

 

Durante a abordagem, o homem demonstrou apreensão excessiva com a fiscalização, o que levou os PRFs a fazer uma busca minuciosa no veículo, localizando, em um compartimento oculto no painel, quase 85 mil reais em notas variadas.

 

Com o objetivo de dificultar a fiscalização policial, o painel contava com um sistema eletrônico que exigia vários acionamentos para a abertura do compartimento.

O motorista, de 33 anos, morador de Giruá, disse aos policiais que viajava à Porto Alegre para visitar familiares e sabia da existência do dinheiro. Mas não comprovou a sua origem, nem declarou a sua finalidade.

O homem, que já tem histórico criminal por tráfico de drogas e ameaça, foi encaminhado, assim como o dinheiro apreendido, à polícia judiciária local, e será investigado.

 

Fonte: Portal Arauto

12/08/2021 - Ressecamento da pele é comum no inverno

A época fria pede produtos e cuidados específicos para manter a pele hidratada

Um dos problemas mais comuns trazidos pelas baixas temperaturas é o ressecamento da pele. O frio provoca uma contração da camada mais externa de células, deixando a pele seca e com a sensação de aspereza, principalmente, nas áreas que ficam mais expostas, como o rosto e as mãos.

 

A época pede cuidados e produtos específicos. “Devemos investir em hidratantes de acordo com o nosso tipo de pele e sabonetes menos adstringentes (que constringem os tecidos, fechando os poros)”, explica a dermatologista Juliana Fonte.

 

Principais cuidados

As baixas temperaturas pedem um banho bem quente, certo? Mas cuidado! A água muito quente também contribui para o ressecamento da pele. “É necessário evitar os banhos ou a lavagem do rosto com água muito quente. Além disso, procurar hidratar diariamente a pele do rosto e do corpo e reforçar a hidratação das mãos, principalmente, nesse momento de pandemia, em que usamos muito álcool em gel e as lavamos com muita frequência”, orienta Juliana.

 

A dermatologista explica que mesmo aquelas pessoas que têm a pele oleosa podem sofrer com o ressecamento por conta do frio. “Para a pele oleosa também vale a questão da hidratação, mas com um produto apropriado para esse tipo de pele e evitar a água muito quente, pois pode acabar agravando a oleosidade”, indica.

 

Para quem tem a pele seca, é importante reforçar ainda mais a hidratação, usando um produto mais potente ou mesmo aplicando mais vezes ao longo do dia. “Para qualquer tipo de pele é importante não esquecer de tomar água, pois no inverno costumamos diminuir a ingestão de água e isso também pode agravar o ressecamento das nossas células”, aponta Juliana.

 

Em quais produtos investir?

Nesse momento também é importante dar uma olhada especial para a nécessaire e para o armário. Apostando nos produtos certos, é possível manter a pele saudável em qualquer estação do ano.

 

Confere as dicas da Juliana:

- Substituir o sabonete adstringente por um mais hidratante;

- Associar ou substituir a água termal por um hidratante;

- Associar ou substituir o hidratante por um óleo de banho;

- Substituir o filtro solar com o toque seco por um filtro mais hidratante.

 

 

 

Fonte: Bella +

12/08/2021 - Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira prêmio de R$ 2,5 milhões

O valor da aposta mínima, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50

A Mega-Sena sorteia, nesta quinta-feira (12), um prêmio de R$ 2,5 milhões, na faixa principal. As seis dezenas do concurso 2.399 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Este é o segundo sorteio da Mega-Semana dos Pais, que tem concurso, ainda, no próximo sábado (14). Normalmente os sorteios são realizados na quarta-feira e no sábado.

 

As pessoas podem fazer suas apostas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

O valor da aposta mínima, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

 

 

<